PROF. 2o ANO
GEOGRAFIA
PADRÃO VOL. II

Direção Executiva:
Fabio Benites
Gestão Editorial:
Maria Izadora Zarro
Diagramação, Ilustração
de capa e Projeto Gráfico:
Alan Gilles Mendes
Alex França
Dominique Coutinho
Erlon Pedro Pereira
Estevão Cavalcante
Paulo Henrique de Leão
Estagiários:
Amanda Silva
Fabio Rodrigues
Gustavo Macedo
Lucas Araújo
Irium Editora Ltda
Rua Desembargador Izidro,
no114 - Tijuca - RJ
CEP: 20521-160
Fone: (21) 2560-1349
www.irium.com.br

Autores:
Biologia:
Filosofia:
Física:
Geografia:
História:
Leitura e Produção:
Língua Espanhola:
Língua Inglesa:
Língua Portuguesa:
Literatura:
Matemática:
Química:
Sociologia:

Alexandre Bandeira
Gustavo Bertoche
Wilmington Collyer
Gonzalo Lopez
Roberto José Alves
Vinícius Carvalho
Mizael Souza
Caroline Carvalho
Vinícius Carvalho
Vinícius Carvalho
Ricardo Viz
André Ventura
Anne Nunes

Atualizações:
Língua Espanhola:
Língua Inglesa:
Matemática:
Química:

Karina Paim
Maria Izadora Zarro
Gabriella Moreira
Beattriz Guedes

É proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, inclusive quanto às características gráficas e/ou editoriais. A violação de direitos
autorais constitui crime (Código Penal, art. 184 e §§, e
Lei nº 6.895, de 17/12/1980), sujeitando-se a busca e
apreensão e indenizações diversas (Lei nº 9.610/98).

Apresentação:
Olá, querido aluno.
O material da Irium Educação foi elaborado por professores competentes e comprometidos com
uma proposta de educação exigente e plural.
Neste livro, você encontrará uma teoria na medida certa, focada nas informações mais importantes
hoje em dia, e muitos exercícios para fortalecer sua aprendizagem e preparação para os desafios futuros.
Vamos conhecer um pouco mais sobre este livro?
Todo capítulo inicia com uma capa, onde você encontrará uma imagem ilustrativa e os objetivos
de aprendizagem. Estes resumem o que queremos que você aprenda. Quando chegar no final do
capítulo, se você quiser saber se aprendeu o que é realmente importante, volte na capa e verifique se
alcançou cada um dos objetivos propostos.
Antes de entrarmos na teoria, em cada capítulo, você encontrará uma contextualização. Ela funciona para mostrar para você porque o assunto é importante e como você poderá usar esse conhecimento
no seu dia a dia.

No meio do caderno, quando estiver estudando, você encontrará inserções com informações relevantes e que "conversam" com portais da Irium Educação. É o caso do box Como pode cair no ENEM?,
que trazem temas conectados ao assunto do capítulo e propõem questões do ENEM ou com o estilo
da prova. Você poderá resolver os exercícios no seu caderno ou acessar o portal comopodecairnoenem.
com.br. Lá você também encontrará todas essas questões resolvidas em vídeo.
Outra inserção interessante, que visa oferecer mais conhecimento relevante, é o 4News. Nessa seção, será possível acessar notícias recentes que conectam o tema do capítulo com uma informação
importante para a sua formação e para os diversos vestibulares. Na apostila, essas informações estão
resumidas, mas poderá acessar esse conteúdo, produzido pela nossa equipe de professores, na íntegra, através do portal 4newsmagazine.com.br ou utilizando o QR code inserido no box.
Uma das principais marcas dos livros da Irium Educação são os exercícios, que primam pela quantidade e qualidade. Para ajudar os alunos a tirarem suas dúvidas, existem inúmeras questões com
soluções gravadas em vídeo. Elas aparecem com uma câmera e um código. Para acessar a solução,
utilize o código no campo de busca no espaço destinado (videoteca) no nosso site irium.com.br/videoteca
ou até mesmo no Youtube.

Além dos exercícios tradicionais, de concursos, propomos uma atividade mais experimental no final
de cada capítulo. Na seção Pesquisando, você encontrará uma proposta de reflexão e/ou pesquisa
com o intuito de tornar o aprendizado teórico mais prático e concreto. Essa atividade poderá ser usada
para seminários e apresentações, de acordo com a agenda pedagógica da escola.
Para finalizar, que tal encontrar um conteúdo ideal para aquelas revisões na véspera de provas e
concursos? Essa é a proposta da seção Resumindo, na última página de cada capítulo. Aqui, você encontrará uma síntese com as principais informações do capítulo, como as fórmulas mais importantes,
que você não pode esquecer.
A equipe da Irium Educação acredita em uma formação exigente, completa e divertida. Esperamos que
este livro possa proporcionar isso a você.
#vamboraaprender

"A Educação é a arma mais poderosa
que você pode usar para mudar o mundo."

(Nelson Mandela)

Fabio Benites
Diretor-geral

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
2º ANO ­ 2016 / 2017
GEOGRAFIA
1o BIMESTRE
EM2GEO01: Cartografia: conceitos e técnicas cartográficas
·
·
·
·

Compreender os conceitos relacionados a cartografia;
Entender o que são projeções e categorias cartográficas;
Entender o que é Fuso horário e Escala;
Compreender o uso e as técnicas cartográficas no cotidiano.

EM2GEO02: Como funciona o planeta Terra: geologia, dinâmicas e fenômenos?
·
·
·

Entender o Universo e sua formação, assim como estudar as eras geológicas do Planeta Terra;
Compreender as dinâmicas interna e externa do planeta Terra;
Compreender como as dinâmicas internas modificam a Geomorfologia da Terra.

EM2GEO03: Como funciona o planeta Terra: relevo e recursos hídricos?
·
·
·

Compreender o Intemperismo e contextualizar processos erosivos e ações humanas;
Conceituar o processo de sedimentação e as formas de relevo;
Analisar o ciclo hidrológico e os recursos hídricos no planeta.

2o BIMESTRE
EM2GEO04: Como entender o Brasil: geologia e pedologia?
·

Compreender a dinâmica geológica do Brasil;

·
·
·

Contextualizar políticas econômicas com recursos geológicos brasileiros;
Situar as classificações do relevo brasileiro;
Analisar a composição pedológica do Brasil.

EM2GEO05: Como funciona o planeta Terra: aspectos climáticos mundiais?
·
·
·
·
·

Estudar os elementos do clima;
Compreender as precipitações, em especial as chuvas;
Estudar os fatores do clima;
Entender a dinâmica das massas de ar;
Contextualizar os fenômenos "El Niño" e "La Niña".

1

EM2GEO06: Como entender o Brasil: aspectos climáticos e hídricos?
·
·
·
·
·
·

Compreender a dinâmica hídrica do Brasil;
Compreender a dinâmica do clima brasileiro;
Estudar os traços climáticos brasileiros;
Contextualizar a atuação das massas de ar sobre o território brasileiro;
Estudar os recursos hídricos brasileiros;
Analisar questões hídricas nacionais.

3o BIMESTRE
EM2GEO07: Como entender o Brasil: biodiversidade do centro-norte?
·
·
·

Situar o domínio Amazônico brasileiro;
Estabelecer o domínio do Cerrado brasileiro;
Relacionar aspectos locais com devastação de ambientes naturais;

·
·

Relacionar aspectos locais com preservação de ambientes naturais;
Analisar as políticas ambientais no cenário regional brasileiro.

EM2GEO08: Como entender o Brasil: biodiversidade do centro-sul?
·
·
·
·
·

Localizar o domínio de Mata Atlântica, da Caatinga e Pantaneiro brasileiro;
Situar a Campanha Gaúcha brasileira;
Relacionar aspectos locais com devastação de ambientes naturais;
Relacionar aspectos locais com preservação de ambientes naturais;
Analisar as políticas ambientais no cenário regional brasileiro.

4o BIMESTRE
EM2GEO09: Como reconhecer o regionalismo brasileiro: Centro, Norte e Nordeste?
·
·
·
·
·

Situar o Norte Regional do Brasil;
Dimensionar o Nordeste Regional do Brasil;
Localizar o Centro-Oeste Regional do Brasil;
Entender os aspectos regionais brasileiros;
Compreender os critérios clássicos de classificação em conjuntos climato-botânicos brasileiros.

EM2GEO10: Como reconhecer o regionalismo brasileiro: Sudeste, Sul e novas
regionalizações?
·
·
·
·
·

Situar o Norte, o Nordeste e o Centro-Oeste Regional do Brasil;
Dimensionar os aspectos regionais brasileiros;
Compreender novas propostas de regionalização em áreas econômicas brasileiras;
Estudar a evolução político-administrativa do território brasileiro;
Compreender a importância das ilhas brasileiras.

2

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

ORIENTADOR METODOLÓGICO PADRÃO
ENSINO MÉDIO 2017/2018
O material didático da Irium Educação foi reformulado para o biênio 2017/2018 com o
intuito de estar atualizado com as demandas educacionais dos principais concursos do país e
alinhado com os pilares educacionais elementares defendidos pela editora.
Além de conter um projeto pedagógico de vanguarda, o projeto gráfico é totalmente
inovador. O design de cada página foi projetado para ser agradável para a leitura e atrativo
visualmente, favorecendo a aprendizagem. Há uma identidade visual para cada disciplina e as
seções são marcadas com foco artístico e acadêmico.
Veja algumas páginas:

1

Didaticamente, há um projeto traçado que envolve fundamentos pedagógicos de
vanguarda. Além disso, o material impresso dialoga com sites e aplicativos, e vídeos dispostos
na videoteca do irium.com.br.
Confira os fundamentos pedagógicos do material e suas justificativas:
Fundamento 01:
Apresentar um conteúdo com ementa e nível de acordo com os Parâmetros Curriculares
Nacionais (PCNs), refletidos pelos principais concursos do país do referido segmento.
Descrição: O conteúdo de cada série segue as orientações dos PCNs e conteúdo programático
do exame nacional do Ensino Médio (ENEM). Existem duas linhas de material. O pacote
Otimizado aborda todo o conteúdo dividido em três anos, enquanto o Padrão encerra todo o
conteúdo nos dois primeiros anos, e o terceiro ano funciona como um pré-vestibular abordando
toda a ementa do ENEM e dos principais vestibulares do Brasil.
Fundamento 02:
Alinhar desde o princípio os objetivos pedagógicos de cada caderno (capítulo).
Descrição: Ainda na capa de cada caderno (capítulo), professores e alunos encontrarão os
objetivos a serem alcançados naquela unidade. Dessa forma, pretende-se que docentes e
discentes comecem "com o objetivo em mente", ou seja, que tenham clareza desde o início dos
objetivos.
Como funciona na prática? Logo na capa do caderno, sugerimos que o professor apresente os
objetivos pedagógicos do caderno, ou seja, o que o aluno deve assimilar e quais competências
ele deve desenvolver, quando o caderno estiver com a teoria lecionada e os exercícios
realizados.
Na capa do caderno de Hidrostática, ao lado, ao ler os objetivos
da unidade, junto com os alunos, o professor deixa claro que
visa ensinar, para compreensão dos alunos, compreender os
conceitos de pressão, massa específica e densidade de um
corpo, assim como o teorema de Stevin, de Arquimedes e o
princípio de Pascal.

2

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

Fundamento 03:
Transcender o conteúdo tradicional, a partir do diálogo entre este e outros saberes, não
previstos na Base Nacional Comum, mas considerados relevantes para a formação do
jovem, segundo a visão da Irium Educação.
Descrição: Além do conteúdo tradicional, o material do Ensino Médio é focado em novos saberes
essenciais para a formação dos jovens hoje em dia. Saberes como Economia, Noções de
Nutrição, Geopolítica e Meio Ambiente são apresentados de forma dialógica com os conteúdos
tradicionais. De forma prática, em cada caderno há pelo menos uma inserção transdisciplinar
em formato de observação. Essas inserções surgem no material impresso em uma versão
reduzida e o artigo na íntegra pode ser acessado no site do projeto 4newsmagazine.com.br.
Como funciona na prática? As inserções são apresentadas em um quadro específico e o
conteúdo é exposto pela bandeira interdisciplinar 4NEWS MAGAZINE. Esta é uma revista de
atualidades que possui uma linguagem própria da adolescência, o que gera identificação com
os alunos. Com isso, terão a oportunidade de ler, entender e debater temas importantes do
Brasil e do mundo de uma forma mais interessante para a faixa etária que se encontram. Para
os professores, fica a sugestão de utilizar esses artigos transdisciplinares para apresentar
como o conteúdo presente "dialoga" com outros, estendendo a aprendizagem e mostrando
outras áreas do conhecimento com as quais alguns alunos, com certeza, irão se identificar.
Esse fundamento do material didático é uma grande oportunidade para fazer conexões entre
os saberes, valorizando cada um e ainda mais a sinergia entre eles. Além do artigo presente
na apostila, os educadores podem incentivar os discentes a acessar o conteúdo completo,
no site, possibilitando a navegação por outros artigos e, consequentemente, o acesso a mais
informações de qualidade. Veja no recorte abaixo, como a notícia sobre a influência da igreja
católica na geopolítica mundial foi utilizada para dialogar com o caderno de História do 3º ano
"Formação do Brasil colonial", enriquecendo ainda mais o conhecimento cultural do aluno.

3

Fundamento 04:
Sugerir contextos para apresentação dos conteúdos a fim de tornar o aprendizado mais
prático e concreto para o aluno.
Descrição: Um desafio para os educadores é não cair no "conteudismo" puro, distante da
aplicabilidade desses e da realidade dos alunos. Para isso não acontecer, o material traz
sugestões de contextualizações para o início do conteúdo, além de outras exemplificações
práticas ao longo da apresentação da teoria.
Como funciona na prática? Na segunda página de cada caderno, há uma charge, uma tirinha,
uma citação, um meme ou outra representação que o professor pode usar como "gancho" para
iniciar a sua aula de forma contextualizada, trazendo mais significado para o aprendizado
desde o início da aula. Repare que o texto abaixo (à esquerda) propõe uma reflexão sobre
o porquê alguns corpos flutuam e outros não. Essa provocação cabe perfeitamente para o
início da exposição, considerando que se pretende explicar o conceito de hidrostática, ou seja,
ciência que estuda os líquidos em equilíbrio estático. No outro exemplo (à direita), o autor inseriu
uma imagem para criticar a concentração fundiária no Brasil.

4

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

Fundamento 05:
Promover uma linguagem mais dialógica e sedutora para o aluno, a fim de sensibilizá-lo
para a importância do conteúdo, facilitando o processo de aprendizagem.
Descrição: A forma como as informações são apresentadas é essencial para criar simpatia
ou rejeição por parte dos alunos. Pensando nisso, reformulamos a linguagem do material,
especialmente no início de cada caderno, na primeira impressão, para que ela fosse mais
atrativa para os jovens. Assim, o texto "conversa" com o leitor, favorecendo a apresentação do
conteúdo e evitando rejeições devido a forma como ele é apresentado.
Como funciona na prática? Os textos do material não possuem linguagem coloquial, eles
são técnicos. Porém, não são puramente técnicos no sentido tradicional. Eles buscam uma
aproximação do educando, como se o autor estivesse "conversando" com o leitor. Esse tipo de
construção favorece a compreensão, e os professores podem usar isso em exercícios como:
reescreva determinado texto com suas palavras, deixando claro o que você entendeu. Nos
textos tradicionais, normalmente, os alunos têm dificuldade de entenderem sozinhos. Veja os
textos abaixo como são convidativos.

5

Fundamento 06:
Articular conteúdo e exercícios de forma planejada, a fim de tirar o melhor proveito
desses últimos, funcionando como validação dos conceitos básicos trabalhados ou
espelhando a realidade dos mais diversos concursos.
Descrição: Há três seções de exercícios "tradicionais". Os Praticando possuem o aspecto de
validação da aprendizagem, os Aprofundando refletem a clássica abordagem dos concursos e
os Desafiando (somente na versão Padrão) são os mais difíceis, até mesmo para os principais
concursos do país. Existem também, em todas as seções, questões resolvidas em vídeo. Elas
estão sinalizadas com um ícone de uma câmera, que indica que há solução gravada, e podem
ser localizadas pelo código justaposto. Através desse código, o aluno-usuário deverá acessar
a área da Videoteca, localizada em irium.com.br.
Como funciona na prática? Os exercícios Praticando, por serem validações da aprendizagem,
permeiam a teoria, ou seja, teoria 1 praticando 1 teoria 2 praticando 2 ... Os
Aprofundando servem como mini simulados de concursos e são recomendados "para casa"
para serem corrigidos na aula seguinte. Os Desafiando, por serem os mais difíceis, podem
valer pontos extras em atividades a parte.
Fundamento 07:
Incentivar o aluno a estender sua aprendizagem além da sala de aula, seja com links para
sites e aplicativos ou através de atividades complementares de pesquisa e reflexão.
Descrição: O material possui também atividades não
ortodoxas. As questões "tradicionais" são testes para
verificar se o aluno consegue reproduzir aquilo que deveria
ser aprendido. Na seção Pesquisando, o material propõe
exercícios novos, que incentivam a pesquisa on-line e
off-line, reflexões sobre escolhas e comportamentos e
servem também, para possibilitar a atuação dos
responsáveis na educação formal do filho, pois podem
ajudá-los nas pesquisas e reflexões sugeridas pela
atividade. Para o terceiro ano, não há a sugestão da
atividade Pesquisando, mas uma seção denominada
Competências e Habilidades onde são informadas e
trabalhadas as cento e vinte habilidades da matriz de
referência do ENEM.

6

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

Como funciona na prática? A seção Pesquisando é constituída de exercícios "fora da caixinha",
isto é, aqueles que exigem pesquisas e/ou reflexões. Há algumas utilizações pedagógicas
interessantes para essa seção. Exemplos: 1) O professor poderia pedir um caderno separado
para registro desses exercícios. Ao final ele teria um verdadeiro portfólio da produção dos
alunos ao longo de determinado tempo; 2) Os pais poderiam ser convidados a participar da
educação formal do filho, ajudando-o ou simplesmente perguntando sobre os temas abordados
nesses exercícios, pois são mais fáceis para esse intuito do que os exercícios tradicionais;
3) O aluno poderia exercitar sua oratória apresentando atividades propostas nessa seção; 4)
Alguns Pesquisando podem ser usados como temas para debates em sala, desenvolvendo as
habilidades de ouvir e compreender o outro, além, obviamente, da capacidade de argumentação.
A seção Competências e Habilidades, presente no material do terceiro ano, informa
qual(is) habilidade(s) está(ão) relacionada(s) àquele conteúdo, qualificando o educando nesse
conteúdo.
Fundamento 08:
Oferecer informações sintetizadas, a fim de atender momentos de revisão do conteúdo.
Descrição: No final de todo caderno, apresentamos uma seção denominada Resumindo,
onde é apresentada uma síntese do conteúdo do caderno. O intuito é possibilitar que o aluno
tenha um resumo bem construído para uma revisão rápida, quando necessária.

7

8

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ENSINO MÉDIO 2017
2º ano
GEOGRAFIA
2o bimestre:
Aula: 11
Tópico:
Como entender o Brasil: geologia e pedologia?
Objetivos Compreender a dinâmica geológica do Brasil; Contextualizar políticas econômicas com
recursos geológicos brasileiros; Utilização X Degradação dos solos; O problema da acidez e a calagem;
Subtópicos: Introdução; Solos
Exercícios: x
Para casa: Praticando 1 ao 4

Aula: 12
Tópico:
Como entender o Brasil: geologia e pedologia?
Objetivos: Situar as classificações do relevo brasileiro; Analisar a composição pedológica do Brasil.
Subtópicos: Relevo Brasileiro
Exercícios: Praticando 5 ao 14
Para casa: Aprofundando

Aula: 13
Tópico:
Como entender o Brasil: geologia e pedologia?
Objetivos: x
Subtópicos: Exercícios
Exercícios: Aprofundando e Desafiando
Para casa: Pesquisando

Aula: 14
Tópico:
Como funciona o planeta Terra: aspectos climáticos mundiais?
Objetivos: Estudar os elementos do clima; Compreender as precipitações, em especial as chuvas;
Estudar os fatores do clima
Subtópicos: Elementos e fatores climáticos;
Exercícios: x
Para casa: Praticando 1 ao 3

9

Aula: 15
Tópico:
Como funciona o planeta Terra: aspectos climáticos mundiais?
Objetivos: Entender a dinâmica das massas de ar; Contextualizar os fenômenos "El Niño" e "La Niña
Subtópicos: El Niño e La Niña; Climogramas Mundiais
Exercícios: Praticando 4 ao 13
Para casa: Aprofundando e Desafiando

Aula: 16
Tópico:
Como funciona o planeta Terra: aspectos climáticos mundiais?
Objetivos: x
Subtópicos: Exercícios
Exercícios: Aprofundando e Desafiando
Para casa: Pesquisando

Aula: 17
Tópico:
Como entender o Brasil: aspectos climáticos e hídricos?
Objetivos: Compreender a dinâmica hídrica do Brasil; Compreender a dinâmica do clima brasileiro;
Estudar os traços climáticos brasileiros; Contextualizar a atuação das massas de ar sobre o território
brasileiro;
Subtópicos: Classificação Climática Brasileira
Exercícios: x
Para casa: Praticando 1 e 2

Aula: 18
Tópico:
Como entender o Brasil: aspectos climáticos e hídricos?
Objetivos: Estudar os recursos hídricos brasileiros; Analisar questões hídricas nacionais
Subtópicos: Ciclo Hidrológico; Aquífero Guarani; O Modal Hidroviário
Exercícios: Praticando 3 ao 14
Para casa: Aprofundando

Aula: 19
Tópico:
Como entender o Brasil: aspectos climáticos e hídricos?
Objetivos: x
Subtópicos: Exercícios
Exercícios: Aprofundando e Desafiando
Para casa: Pesquisando

Aula: 20
Tópico:
Revião
Objetivos: x
Subtópicos: Revisão bimestral
Exercícios: Revisão bimestral
Para casa: Revisão bimestral

10

COMO ENTENDER O BRASIL: GEOLOGIA E PEDOLOGIA?

ORIENTADOR METODOLÓGICO

Objetivos de aprendizagem:
· Compreender a dinâmica geológica do Brasil;
· Contextualizar políticas econômicas com recursos geológicos brasileiros;
· Situar as classificações do relevo brasileiro;
· Analisar a composição pedológica do Brasil.

Como entender o Brasil:
geologia e pedologia?

Praticando:
1) A

15) E
16) B

2) C
17) D
3) A
18) A
4) B
19) C
5) D
Desafiando:
20) a) O aluno.
b) São características:
Horizonte: O horizonte orgânico.
Horizonte A: Presença de nutriente e Húmus.
Horizonte C: Material inconsolidado.
c) São caracteristicas: Forte atuação de
agentes de esternos, presença de solo e sedimentos no litoral.

6) E
7) A
8) B
9) C
Aprofundando:
10) B
11) a) O aluno deve relacionar as altas amplitudes térmicas com a reduzida unidade.
b) A baixa prioridade reduz o processo erozivo impedindo o desenvolvimento do solo.
12) a) A fator natural é a atração dos agentes externos de relevo como o vento e as colunas o
fator humano e o desmatamento desenfreado.
b) Um problema socioeconômico e o processo de favelização concomitante ao desmatamento e exposição (eroção) ao solo.
13) Menor umidade gera o solo pouco profundo
sobre a rocha.

1

EM2GEO04

14) D

EM2GEO04

COMO ENTENDER O BRASIL: GEOLOGIA E PEDOLOGIA?

2

ASPECTOS CLIMÁTICOS MUNDIAIS

ORIENTADOR METODOLÓGICO

· Estudar os fatores do clima;
· Compreender a dinâmica das massas de ar;
· Contextualizar os fenômenos El Niño e La
Niña.

Aspectos climáticos
mundiais
Objetivos de aprendizagem:
· Estudar os elementos do clima;
· Compreender as precipitações, em especial
as chuvas;
Praticando:
1) A

15) B
16) A

2) E
17) A
3) B
18) C
4) a) O tempo atmosférico é relacionado às condições momentâneas da atmosfera. O clima é a
análise as condições atmosféricas ao longo de
um tempo (30 anos) para formar o padrão anual.
b) Elemento: pressão atmosférica
Fator: massas de ar

19) A
20) D
Desafiando:
21) A

5) E

22) A Corrente do Golfo se forma na área tropical, no mar das Antilhas, sendo por isso quente,
ao se dirigir para as latitudes mais elevadas ela
se divide em dois ramos. Um dos ramos chega ao nordeste da Europa, aquecendo a massa
de ar que atua sobre esta parte do continente,
onde se localizam as cidades de Londres (51º N)
e Paris (48º N), permitindo que estas cidades tenham invernos mais amenos que as cidades de
Montreal (45º N) e Nova Iorque (40º N) apesar de
terem latitudes menores.

6) A
7) E
8) E
9) A
10) B
Aprofundando:
11) D
12) D
13) A

3

EM2GEO05

14) D

EM2GEO05

ASPECTOS CLIMÁTICOS MUNDIAIS

4

COMO ENTENDER O BRASIL: ASPECTOS CLIMÁTICOS E HÍDRICOS?

ORIENTADOR METODOLÓGICO

· Estudar os traços climáticos brasileiros;
· Contextualizar a atuação das massas de ar
sobre o território brasileiro;
· Estudar os recursos hídricos brasileiros;
· Analisar questões hídricas nacionais.

Como entender o Brasil:
aspectos climáticos e
hídricos?
Objetivos de aprendizagem:
· Compreender a dinâmica hídrica do Brasil;
· Compreender a dinâmica do clima brasileiro;

Praticando:
1) D

b) Predomina o clima subtropical com estações bem definidas, inverno frio e chuvas
regular.

2) C

17) B

3) E

18) C

4) E

19) a) O fator climático principal é a atitude, outro é a atitude.
b) É necessário que seja unidade e temperaturas baixas (próximo de 0 grau).

5) B
6) C

20) B

7) C

21) B

8) D

22) A

9) C

23) B

10) E

24) A

11) E

25) B

12) C

26) E

13) E

27) D

Aprofundando:
14) A
15) A

29) D

16) a) As massas são: Massa polar atlanta e tropical atlântica.

30) E

5

EM2GEO06

28) A

COMO ENTENDER O BRASIL: ASPECTOS CLIMÁTICOS E HÍDRICOS?

31) B
32) C
Desafiando:
33) O clima A é equatorial o clima B é tropical
típico. a pequena variação em A ocorre pela elevada umidade, e em B se trata de uma zona tropical.

EM2GEO06

34) C. O cerrado tem uma vegetação de médio
porte, caducifolia e o clima com uma estação
seca.

6