SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DO ESTADO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
CONCURSO PÚBLICO
Não deixe de preencher as informações a seguir.
Prédio

Sala

Nome

Nº de Identidade

Órgão Expedidor

UF

Nº de Inscrição

PROFESSOR DE GEOGRAFIA
ATENÇÃO
Abra este Caderno, quando o Fiscal de Sala autorizar o início da Prova.
Observe se o Caderno está completo. Ele deverá conter 60 (sessenta) questões objetivas de múltipla
escolha com 05 (cinco) alternativas cada, sendo 10 (dez) questões de Língua Portuguesa, 10 (dez)
questões de Conhecimentos Pedagógicos e 40 (quarenta) questões de Conhecimentos Específicos.
Se o Caderno estiver incompleto ou com algum defeito gráfico que lhe cause dúvidas, informe,
imediatamente, ao Fiscal.
Uma vez dada a ordem de início da Prova, preencha, nos espaços apropriados, o seu Nome
completo, o Número do seu Documento de Identidade, a Unidade da Federação e o Número de
Inscrição.
Para registrar as alternativas escolhidas nas questões objetivas de múltipla escolha, você receberá
um Cartão-Resposta de Leitura Ótica. Verifique se o Número de Inscrição impresso no Cartão
coincide com o seu Número de Inscrição.
As bolhas constantes do Cartão-Resposta devem ser preenchidas, totalmente, com caneta
esferográfica azul ou preta.
Preenchido o Cartão-Resposta, entregue-o ao Fiscal, juntamente com este Caderno e deixe a sala
em silêncio.

BOA SORTE !

LÍNGUA PORTUGUESA

Texto I (Questões de 01 a 05)
O dilema genético
Estamos todos, cientes ou não, querendo ou não, sendo arrastados pelo turbilhão causado pelas novas
descobertas da engenharia genética. Sérias questões éticas, que deveriam ser discutidas por toda a sociedade,
ocupam manchetes de jornais e revistas do mundo inteiro, relatando as maravilhas e os perigos da manipulação
dos genes. Muitas pessoas encontram-se confusas, vítimas do inevitável sensacionalismo e da propagação de
idéias erradas, sem saber como se posicionar perante as várias questões que emergem do agitado debate genético.
Gostaria de tocar em alguns dos vários ângulos dessa questão, deixando clara ao leitor ao menos minha posição.
Primeiro, os alimentos transgênicos. Sem a menor dúvida, criar vegetais capazes de sobreviver aos
ataques de várias pragas e ainda de produzir bem mais por planta é de grande importância para a humanidade.
Imagine como isso não ajudaria no combate a um dos maiores males que nos afligem, a fome. Vejo favoravelmente
a manipulação genética da soja, do milho ou de vários outros alimentos, contanto que eles não comprometam a
estabilidade ecológica das regiões onde são produzidos. A natureza é mais frágil do que parece.
A questão ética se complica muito quando a aplicação da engenharia genética vai do reino vegetal ao
animal. A clonagem de vários animais já é uma realidade. Não é surpresa alguma que se fale agora na clonagem
de humanos. A iniciativa veio de um médico italiano, mas poderia ter vindo de qualquer outro mais interessado no
oportunismo do que no código hipocrático.
Em conversas com vários profissionais da área, ficou claro o desdém que a maioria tem por esse tipo de
aplicação. Argumentos baseados em infertilidade não são, a meu ver, relevantes. Se, de fato, todos os métodos de
fertilização falharem, que o casal adote uma criança, pois estas em necessidade é que não faltam. Riscos e
prováveis conseqüências da clonagem humana são horrendos demais e não são justificados pelos potenciais
benefícios.
Gleiser, M. Caderno Mais! Folha de São Paulo, 2001. In: ABURRE, M.L. & M. PONTARRA. Gramática/Texto:
análise e construção de sentido. São Paulo: Moderna, 2006.

01. A partir da leitura do Texto I, é CORRETO afirmar que o autor
A) defende sua opinião, utilizando-se de uma estrutura dissertativa e linguagem objetiva.
B) narra fatos que, embora estejam acontecendo no mundo da ciência, se apresentam como fictícios.
C) descreve os efeitos surgidos em vegetais e animais em decorrência dos estudos genéticos.
D) apela ao leitor, buscando convencê-lo da necessidade de maior participação da sociedade nas pesquisas.
E) informa a um público leigo, com pouca formação, os resultados obtidos pelos cientistas nas pesquisas genéticas.
02. Analisando-se o Texto I, observa-se que o autor emite um juízo de valor negativo em relação à
A) manipulação transgênica de vegetais.
B) necessidade do equilíbrio ecológico da natureza.
C) proibição do comércio de vegetais transgênicos.
D) opinião de vários médicos quanto à clonagem de seres humanos.
E) postura do médico italiano que pretende clonar um ser humano.
03. Pela leitura do Texto I, é CORRETO concluir que
A) crianças adotadas por casais sem filhos podem ser muito mais felizes do que aquelas que por acaso venham a resultar da
manipulação genética.
B) os benefícios advindos de uma possível clonagem humana são muito pequenos, para que se corram os enormes riscos
decorrentes dessas pesquisas.
C) é inaceitável a interferência humana na agricultura, pois resultará em um inevitável desequilíbrio ecológico na natureza.
D) a solução mais eficaz para o problema da infertilidade humana se deposita nas pesquisas, já adiantadas, sobre
engenharia genética.
E) o desconhecimento das extraordinárias conquistas científicas no campo da engenharia genética confunde a opinião
pública, embora sejam veiculadas pela imprensa.
2

04. Em relação à manipulação genética de vegetais, é CORRETO afirmar que
A) estamos todos sendo arrastados pelo turbilhão causado pela engenharia genética.
B) deve-se relatar as maravilhas e os perigos da manipulação dos genes humanos.
C) muitas pessoas encontram-se confusas em relação à clonagem humana.
D) a natureza é mais frágil do que parece.
E) a clonagem de vários animais já é realidade.
05. Analise o trecho.
"Sérias questões éticas, que deveriam ser discutidas por toda a sociedade, ocupam manchetes de jornais e
revistas do mundo inteiro, relatando as maravilhas e os perigos da manipulação dos genes (...)"
Assinale a alternativa que contém vocábulos que obedecem à mesma regra de acentuação das palavras sublinhadas
respectivamente:
A) alguém, núcleo, órgão, refém.
B) núcleo, pântano, ideal, coração.
C) núcleo, refém, ideal, coração.
D) alguém, núcleo, órgão, coração.
E) refém, pântano, ideal, coração.
06. Considere o seguinte trecho abaixo (adaptado de entrevista dada por uma professora à Folha de São Paulo).
"O que dói nem é a frase (Quem paga seu salário sou eu), mas a postura arrogante. Você fala e o aluno nem
presta atenção, como se você fosse uma empregada".
Folha de S.Paulo, 3 jun. 2001. In: ABURRE, M.L. & M. PONTARRA. Gramática/Texto: análise e construção de sentido. São
Paulo: Moderna, 2006.

Em relação ao pronome Você, tal como foi usado pela professora, assinale a alternativa CORRETA.
A) Pronome de tratamento, típico da linguagem oral.
B) Pronome que faz referência aos professores em geral.
C) Pronome pessoal, típico da linguagem padrão.
D) Pronome oblíquo funcionando como sujeito.
E) Locução pronominal utilizada para designar o interlocutor.
07. No trecho a seguir existem duas locuções adverbiais com sentidos diferentes "No dia seguinte, cada aluno leu a sua
redação. Todos mais ou menos dizendo as mesmas coisas: a mãe nos amamenta, é carinhosa conosco, é a rosa mais
linda no nosso jardim etc. etc. etc".
Em relação ao significado, as expressões sublinhadas indicam respectivamente a idéia de
A) lugar e finalidade.
B) tempo e lugar.
C) tempo e meio.
D) lugar e afirmação.
E) instrumento e lugar.

3

08. Analise os fragmentos abaixo.
I.

"Ela também sofrerá com a morte do pai."

II.

"Os suspeitos do crime eram três, aliás, quatro".

III.

"Dos candidatos previamente selecionados, só um será escolhido para receber o prêmio".

IV.

"O professor é que não vai ser bobo a ponto de desistir do concurso!"

Cada um desses termos sublinhados acima significa, respectivamente:
A) inclusão, retificação, exclusão, realce.
B) reforço, inclusão, realce, retificação.
C) inclusão, realce, exclusão, reforço.
D) realce, reforço, inclusão, retificação.
E) inclusão, retificação, realce, reforço.
09. Uma das dificuldades da língua escrita formal é operar a concordância em certos contextos. Considerando a
norma culta, assinale a única construção CORRETA em relação à concordância verbal e nominal.
A) Não cabia mais, na estante, nenhuma das gramáticas que havia comprado.
B) Sempre lhe tinha causado interesse indagações acerca de construções da linguagem coloquial.
C) Ficou comprovado, mediante realização de pesquisa, todas as dificuldades dos jovens em relação à língua culta formal.
D) É da leitura que depende nossos resultados em termos de desempenho na língua escrita.
E) Vai faltar muitos alunos nas próximas aulas de gramática.
10. Analise as alternativas abaixo e indique a oração em que o "a" deveria levar acento grave (à), indicando a
ocorrência da crase.
A) "Pede a Deus que te proteja e que dê vida a teus pais".
B) "Sabe-se que a cidade do Rio de Janeiro está ligada a de Niterói por uma majestosa ponte de quatorze quilômetros".
C) "Embora sejamos livres, nossa liberdade não é absoluta: está sempre sujeita a restrições".
D) "Costuma-se dizer que quem tem boca vai a Roma".
E) "Exaustos, os viajantes chegaram a uma árvore frondosa, em cuja sombra descansaram".

CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS
11. Conforme a Lei 9.394/96, de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, o dever do Estado com educação escolar
pública será efetivado mediante a garantia de
I.
II.
III.
IV.
V.

ensino fundamental, obrigatório e gratuito, inclusive para os que a ele não tiveram acesso na idade própria.
progressiva extensão da obrigatoriedade e gratuidade ao ensino médio.
oferta de ensino noturno especial, com carga horária reduzida.
atendimento educacional gratuito aos educandos com necessidades especiais, preferencialmente, em classes
especializadas.
acesso aos níveis mais elevados do ensino, da pesquisa e da criação artística, segundo a capacidade de
cada um.

Assinale a alternativa que contém as afirmativas CORRETAS.
A) Apenas I, II e V.
B) Apenas I, II e III.
C) Apenas II, III e V.

D) Apenas I e III.
E) Apenas III, IV e V.
4

12. A construção coletiva do projeto político-pedagógico, na escola básica, requer
I.
II.
III.
IV.
V.

descentralização da tomada de decisões.
instalação de processo de avaliação na perspectiva formativa.
democratização das ações técnicas e administrativas.
um gestor organizado e com poder de decisão gerencial.
personalismo nos encaminhamentos administrativos e pedagógicos.

Assinale a alternativa que contém as afirmativas CORRETAS.
A) I, II e III.

B) I, III e V.

C) II, III e V.

D) IV e V.

E) I e IV.

13. O Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei Nº 8.069/90, estabelece que a criança e o adolescente têm direito à
educação, assegurando a todos
A) acesso à escola pública e gratuita, em local determinado pelo órgão público.
B) os pais ou responsáveis o direito de conhecer o processo pedagógico bem como participar das definições das propostas
educacionais.
C) condições de acesso e permanência na escola, de acordo com o comportamento apresentado pelo estudante.
D) o dever de participar de clube esportivo e agremiações de lazer.
E) freqüência escolar flexível sem a necessária justificativa.
14. O uso de Tecnologias da Informação e Comunicação ­ TIC no processo de ensino e de aprendizagem permite ao
professor optar por diversas metodologias. Ao projetar o trabalho de forma participativa e construtiva,
utilizando os recursos da WEB, o professor possibilita o desenvolvimento
I.
II.
III.
IV.

da responsabilidade do aluno pela sua própria aprendizagem em interação com professores e colegas.
da gestão e do controle das ações desenvolvidas, partindo das decisões do professor.
do acesso, da interação e do compartilhamento das descobertas e dos conhecimentos em tempo real.
da memorização das buscas e dos links no momento das pesquisas.

Assinale a alternativa que contém as afirmativas CORRETAS.
A) Apenas I, II e IIII.
B) Apenas II, III e IV.
C) Apenas III e IV.

D) Apenas I, III e IV.
E) Apenas I e III.

15. A Lei N° 10.639/2003, que trata da história e da cultura afro-brasileira, altera a Lei de Diretrizes e Bases da
Educação Nacional (Nº 9.394/96) para incluir
I.
II.
III.

nas escolas e nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, a
obrigatoriedade do ensino sobre "História e Cultura Afro-Brasileira''.
no calendário escolar, o dia 20 de novembro como `Dia Nacional da Consciência Negra'.
conteúdos referentes à História e à Cultura Afro-Brasileira, devendo ser ministrados, especificamente, nas
áreas de Educação Artística, de Literatura e História Brasileira.

Assinale a alternativa que contém as afirmativas CORRETAS.
A) Apenas II e III.

B) Apenas I e III.

C) Apenas I e II.

D) Apenas II.

E) Apenas III.

16. Como professores, precisamos preparar os estudantes para trabalharem com o universo tecnológico. Na escola,
para que os estudantes possam compreender o mundo em que vivem e posicionarem-se criticamente, uma
questão fundamental, no uso das tecnologias da informação e comunicação, é
A) utilizar todas as técnicas do computador.
B) acessar, analisar e interpretar as informações.
C) arquivar informações e transferi-las aos demais interessados.
D) acessar e copiar todas as informações disponíveis.
E) construir programas nas mídias digitais e audiovisuais.
5

17. A escolarização básica constitui instrumento indispensável à construção da sociedade democrática, tendo como
função a socialização do saber sistematizado e construído historicamente pela humanidade, essencial ao
exercício da cidadania. Assim, a escola é
A) a redentora das injustiças sociais e democráticas.
B) reprodutora das desigualdades sociais e econômicas.
C) instituição que deve, prioritariamente, preparar os estudantes para as profissões técnicas.
D) uma das instâncias que pode favorecer as mudanças sociais na direção da democracia.
E) responsável pela divulgação dos saberes de senso comum.
18. Nos últimos anos, diversos estudos têm sido dedicados à história da educação no Brasil e suas relações com as
tendências pedagógicas, comumente classificadas como conservadoras e progressistas. Dentre as conservadoras,
tem-se a pedagogia tradicional, a pedagogia renovada e o tecnicismo educacional. O tecnicismo educacional
prioriza o(a)
I.
II.
III.
IV.
V.

uso de meios e técnicas eficazes para a aprendizagem por meio do estímulo e resposta.
definição dos objetivos instrucionais operacionais.
ação do professor como detentor do saber, que expõe e interpreta a matéria.
processo de participação ativa do aluno.
método, como trabalhos em grupo, pesquisas e experimentação.

Assinale a alternativa que contém as afirmativas CORRETAS.
A) I, II e IV.

B) II, III e V.

C) III e V.

D) II e III.

E) I e II.

19. A avaliação da aprendizagem na educação básica deve ser desenvolvida como um processo de acompanhamento
permanente do desenvolvimento do estudante, objetivando
I.
II.
III.
IV.
V.

pontuar os resultados alcançados pelos estudantes.
favorecer e ampliar as possibilidades de aprendizagem do aluno.
realizar comparações com modelos e objetivos pré-estabelecidos.
atribuir as notas e médias com precisão e objetividade.
permitir ao professor perceber os avanços e as dificuldades dos alunos.

Assinale a alternativa que contém as afirmativas CORRETAS.
A) I, II e III.
B) II e III.
C) II e V.

D) II, III e IV.
E) IV e V.

20. "Saber ensinar não é transferir conhecimento, mas criar possibilidades para sua própria produção ou a sua
construção"
Paulo Freire (1996)
A partir dessa citação, é CORRETO inferir que, em sala de aula, o (a) professor(a) deve
I.
II.
III.
IV.
V.

informar as razões políticas da história do conhecimento.
acatar o pensamento crítico dos alunos, favorecendo a discussão e a construção de novos conhecimentos.
estar aberto às indagações, à curiosidade, às perguntas dos alunos.
provocar reflexões e discussões, relacionando as teorias com exemplos práticos e contextualizados.
entregar ao aluno endereços de sites que facilitem o ensino de sua disciplina.

Assinale a alternativa que contém as afirmativas CORRETAS.
A) I, II e III, apenas.
B) II, III e IV, apenas.
C) I, II e IV, apenas.

D) II e IV, apenas.
E) IV e V, apenas.
6

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

21. Um grupo de alunos foi encarregado, pelo professor de Geografia, de realizar uma pesquisa, de caráter
geográfico, sobre o tema "A produção do espaço geográfico no Nordeste brasileiro". Os alunos receberam cinco
mapas em escalas diferentes que serviriam de suporte aos estudos, mencionados a seguir. Qual dessas escalas
permite um maior nível de detalhes dos fatos investigados?
A) 1: 25.000.000
B) 1: 500.000
C) 1: 2.500.000
D) 1: 1000.000
E) 1: 250.000
22. Num mapa, confeccionado na escala de 1:2.500.000, a distância, em linha reta, entre duas cidades A e B é de 7
cm. Qual a distância real entre essas duas cidades em km?
A) 1.750km

B) 17,5km

C) 250 km

D) 175 km

E) 255km

23. A distância, em linha reta, no terreno entre dois afloramentos rochosos é de 35km. Qual deve ser a escala de um
mapa a ser usado para representação geológica do lugar, tal que essa distância corresponde, nesse, a 7cm?
A) 1: 50.000
B) 1: 500.000
C) 1: 350.000
D) 1: 700.000
E) 1: 35.000.
24. Observe a figura a seguir.

Que tipo de projeção cartográfica ela está esquematicamente representando?
A) Equidistante Polar.
B) Plana Polar.
C) Cilíndrica.
D) Cônica.
E) Equivalente Polar.

7

25. Um professor de Geografia, numa de suas aulas sobre o território brasileiro, projetou a figura que será
observada a seguir. Depois, perguntou aos alunos o que as áreas escuras estavam indicando. Obteve cinco
respostas. Assinale a correta.

A) O domínio do "mar" de morros florestados.
B) As bacias sedimentares fanerozóicas.
C) As áreas de agricultura de "Plantation".
D) O domínio dos terrenos dobrados pré-cambrianos.
E) As áreas de expansão da fronteira agrícola.
26. Uma professora de Geografia, do Ensino Fundamental, ao preparar a aula sobre o tema "O espaço agrário
brasileiro e seus problemas", estabeleceu uma série de dimensões atitudinais a serem apreendidas pelos alunos.
Identifique-as entre as que são mencionadas a seguir.
1.
2.
3.
4.
5.

A exportação da estrutura fundiária brasileira mostra a concentração de terras nas mãos de poucos.
A exportação de produtos agrícolas é importante para o ingresso de capital na economia do país.
A compreensão de que os conflitos sociais no campo são uma das conseqüências da adoção de um modelo
excludente é necessária.
As famílias pobres do campo brasileiro, particularmente da Região Nordeste, necessitam, muitas vezes, da
solidariedade dos habitantes das cidades.
As práticas agrícolas tradicionais e a expansão desordenada das fronteiras agropecuárias, no país,
acarretam, inúmeras vezes, sérios problemas ambientais que precisam ser compreendidos e, até,
criticados.

ESTÃO CORRETAS
A) 1 e 2, apenas.
B) 2 e 5, apenas.
C) 1 e 3, apenas.

D) 3, 4 e 5.
E) 2, 4 e 5.

27. As glaciações têm sido o mais característico fato físico-geográfico dos últimos dois milhões de anos da História da
Terra. Esse é um assunto que necessariamente precisa ser abordado no ensino de Geografia. A influência desse
fato é tão grande que marca o início de um período geológico denominado
A) Terciário.
B) Eoceno.
C) Quaternário.

D) Mioceno.
E) Holoceno.
8

28. Observe uma questão que foi elaborada por um professor de Geografia, do Ensino Fundamental e assinale a
alternativa CORRETA que deveria ser indicada pelo aluno.
"O domínio morfoclimático do "mar' de morros, no Brasil, assume uma posição nitidamente azonal. Tal domínio
apresenta uma série de características, como as que mencionamos a seguir, EXCETO.
A) Planícies meândricas, com predominância de sedimentos finos na calha fluvial.
B) Mamelonização extensiva das vertentes em terrenos cristalinos.
C) Presença de "pães-de-açúcar".
D) Depósitos do tipo "stone lines".
E) Regolitos pouco espessos predominantemente.
29. Com relação ao assunto vegetação, podemos afirmar como corretas as afirmações seguintes, com EXCEÇÃO de
uma. Assinale-a.
A) As áreas de tensão ecológica caracterizam-se pela ocorrência de contatos (ecótono e encrave) entre os diferentes tipos de
vegetação; o Planalto da Ibiapaba é um exemplo dessas áreas.
B) Os climas condicionam as grandes paisagens fitogeográficas do planeta, ao passo que os solos determinam as nuances e
as variações locais.
C) Na caracterização das formações vegetais, assume importância a forma ou o hábito das árvores, fato que é atribuído ora
à natureza climática, ora a causas genéticas.
D) As epífitas são tipos de plantas que se desenvolvem apoiadas no tronco e nos galhos das árvores e, até mesmo, nas
folhas.
E) Os arbustos são plantas terófilas, menores que as árvores, cujo tronco se destaca consideravelmente dos ramos laterais.
30. Leia as dimensões conceituais, a seguir, referentes ao tema "Vegetação do Brasil". Identifique aquelas que
correspondem à realidade.
1.
2.
3.
4.
5.

Floresta é a denominação dada às comunidades de plantas, nas quais predominam as árvores, podendo,
também, ocorrer estratos mais baixos de arbustos.
As áreas brasileiras nas quais se desenvolve a floresta pluvial perenifólia recebem precipitação média
anual igual ou inferior a 1.500mm e têm, apenas, três meses de seca.
A Mata de Terra Firme apresenta, em seu estágio clímax, grande densidade; as copas das árvores se
tocam, formando um docel contínuo, apenas perfurado por árvores gigantes.
O Cerrado consiste de uma cobertura de gramíneas entre as quais crescem árvores esparsas, tortuosas,
baixas e de casca grossa. É o bioma típico de áreas de climas subtropicais, com duas estações distintas.
As Caatingas, em face do baixo grau de xerofitismo que possuem, apresentam um grande número de
cactáceas, bromeliáceas e arbustos que perdem totalmente as folhas no período de estiagem.

A) Apenas 1 e 3.

B) Apenas 1 e 4.

C) 2, 3 e 4.

D) 3, 4 e 5.

E) 1, 3 e 5.

31. Um professor de Geografia, no processo de avaliação de unidade didática, aplicou a seguinte questão num teste:
"O processo de metropolização, como manifestação objetiva do mercado de trabalho e da concentração de
capital, no Brasil, gerou uma
a) rápida absorção do migrante qualificado no setor secundário.
b) expansão cada vez mais significativa dos níveis de empregos industriais.
c) certa fixação do trabalhador rural no campo.
d) melhor distribuição de renda nas áreas metropolitanas.
e) oferta de mão-de-obra maior que a demanda."
Para a solução dessa questão, o aluno deveria
1.
2.
3.

reconhecer o processo de metropolização como uma manifestação da concentração de capital e do
mercado de trabalho e, também, os problemas daí decorrentes.
entender que o processo de desenvolvimento é combinado e desigual.
estabelecer a relação existente entre as metrópoles do país e as áreas com as quais elas se relacionam.
9

4.
5.

saber que as indústrias, no país, utilizam, cada vez mais, tecnologia sofisticada e que acabam poupando
mão-de-obra.
compreender que o processo de desenvolvimento capitalista do país é gerador de grandes desigualdades
sociais .

Está(ão) CORRETA(S)
A) apenas 3.

B) apenas 5.

C) apenas 1, 2 e 4.

D) apenas 2, 3 e 4.

E) 1, 2, 3, 4 e 5.

32. A atividade industrial, compreendida como energia e trabalho voltados à produção, é algo já bem antigo na
história da humanidade. Sobre esse assunto, NÃO é correto afirmar que
A) o período neolítico da evolução humana foi a época da Pré-História em que o homem elaborou e aprimorou suas
ferramentas para conseguir alimento e abrigo.
B) ao mesmo tempo que o crescimento dos mercados estimulou o desenvolvimento e a diversificação do processo de
industrialização no planeta, ocorreu, também, uma diversificação na divisão social do trabalho.
C) a evolução das técnicas na indústria significou, também, novas formas de relações entre os homens e destes com o
território.
D) as especializações profissionais diminuíram em número e qualidade com a 2ª Revolução Industrial; paralelamente, a
classe operária afastou-se das ideologias sociais e políticas e se voltou mais à produtividade do trabalho.
E) a 1ª Revolução Industrial, que aconteceu a partir de meados do século XVIII, foi o início da utilização mais intensa de
combustíveis fósseis.
33. Uma professora de Geografia entregou aos alunos a figura reproduzida a seguir.
3

1

2
Com relação a essa figura e aos fatos geográficos nela visualizados, é CORRETO afirmar que
1.
2.
3.
4.

a seta 1 indica o aproveitamento de um fato natural para a produção de um fato geoeconômico
fundamental à sociedade contemporânea.
a seta 2 indica a influência notável de uma falha geológica no percurso de uma corrente fluvial.
a seta 3 mostra um espaço conhecido como "bacias de cabeceiras".
do ponto de vista geomorfológico, essa paisagem corresponde a uma fase de senilidade da paisagem
geomorfológica.

Assinale a alternativa CORRETA.
A) Apenas 1.

B) Apenas 4.

C) Apenas 1 e 3.

D) Apenas 2 e 4.

E) 1, 2, 3 e 4.
10

34. Observe a figura a seguir.

O que as setas estão indicando mais especificamente?
A) Chapadas.
B) Terraços fluviais.
C) Bancos fluviais de areia.

D) Cuestas.
E) Escarpas litológicas.

35. Identifique o teórico da Geografia a que o texto está se referindo.
"Esse geógrafo analisou, no último quartel do século XIX, o estudo da influência do meio ou das condições
naturais sobre a humanidade. Ele distinguia os "povos naturais", ou seja, aqueles que viviam submetidos às leis
da natureza, dos "povos civilizados", mais independentes com relação ao meio natural. O território dos "povos
civilizados" seria a expressão de uma ligação completa entre sociedade e natureza. Além disso, esse autor
considerava que o progresso ou a decadência de uma sociedade estariam ligados respectivamente à perda e à
conquista de territórios, e o tamanho de um Estado indicaria o "grau de civilização " de seu povo."
A) Emanuel De Martonne.
B) Vidal de La Blache.
C) Friedrich Ratzel.
D) Derek Gregory.
E) William Moris Davis.
36. O texto, a seguir, foi escrito por um dos mais destacados geógrafos brasileiros, o prof. Milton Santos. Leia-o
atentamente.
"Uma ciência do homem deve cuidar do futuro não como mero exercício acadêmico, mas para dominálo. Ela deve tentar dominar o futuro para o Homem, isto é, para todos os homens e não só para um pequeno
número deles. Se o homem não for, também, um projeto, retorna ao homem animal que ele era quando, para
assegurar a reprodução de sua própria existência, não comandava as forças naturais.
(...) A construção do espaço é obra da sociedade em sua marcha histórica ininterrupta. Mas não basta
dizer que o espaço é o resultado da acumulação do trabalho da sociedade global. Pode-se dizer isso e ainda
trabalhar com uma noção abstrata de sociedade, onde não se leva em consideração o fato de que os homens se
dividem em classes. A sociedade se transforma em espaço através de sua redistribuição sobre as formas
geográficas, e isto ela o faz em benefício de alguns e em detrimento da maioria; ela também o faz para separar os
homens entre si, atribuindo-lhes um pedaço de espaço segundo um valor comercial: e o espaço-mercadoria vai
aos consumidores como uma função de seu poder de compra. O estudo do espaço exige que se reconheçam os
agentes dessa obra, o lugar que cabe a cada um, seja como organizador da produção e dono dos meios de
produção, seja como fornecedor de trabalho.
11

(...)Como propõe o geógrafo uruguaio G. Wettstein, somente restam ao geógrafo duas alternativas:
justificar a ordem existente através da ocultação das reais relações sociais no espaço ou analisar essas relações,
as contradições que elas encobrem, e as possibilidades de destruí-las."

(Milton Santos)

Com base nesse texto, é CORRETO afirmar que o autor
A) defende que a Geografia, como geociência, deve se preocupar com a estruturação natural do espaço geográfico.
B) critica firmemente a ideologia marxista que considera o espaço geográfico como o resultado da "luta de classes".
C) se posiciona favoravelmente ao "Possibilismo Geográfico", importante corrente da Geografia Neo-positivista.
D) analisa alguns dos postulados fundamentais do que se convencionou denominar "Geografia Crítica".
E) critica a Geografia de esquerda uruguaia, que defende a ocultação das relações sociais de produção no espaço
geográfico, na análise geográfica da sociedade.
37. Existe um ramo da Geografia que se volta fundamentalmente para a percepção do espaço na vida cotidiana,
além de estudar a construção social de identidades baseadas em lugares. Ela considera, portanto, as idéias e os
sentimentos de um grupo sobre o espaço a partir da experiência vivida. Que ramo da Geografia é esse?
A) Geografia dos Serviços.
B) Geografia Cultural.
C) Geografia Ambiental.

D) Geografia Urbano-Industrial.
E) Geografia do Subdesenvolvimento.

38. Uma professora de Geografia colocou, num exercício, um mapa, reproduzido a seguir e solicitou que os alunos
mencionassem o que as áreas escuras representam na época em que ainda existia a URSS.

Obteve, dentre outras, as respostas citadas abaixo. Qual é a CORRETA?
A) Áreas com expressivo desenvolvimento industrial.
B) Regiões produtoras de ferro e carvão mineral.
C) Áreas com baixa densidade demográfica.
D) Regiões de agricultura de exportação.
E) Áreas que apresentam a maior parte da população economicamente ativa empregada no Setor Primário.
12

39. Segundo a ótica do Balanço de Pagamentos, a pauta de exportações brasileiras de serviços é bastante
concentrada nas(nos)
1234-

viagens internacionais.
transportes.
serviços empresariais.
serviços técnicos.

Estão CORRETAS:
A) apenas 1 e 2.
B) apenas 2 e 4.
C) apenas 1 e 3.

D) apenas 2 e 3.
E) 1, 2, 3 e 4.

40. O assunto "fuso horário" é de fundamental importância no ensino de Geografia e, particularmente, na
"alfabetização cartográfica". Teoricamente, um fuso horário deveria ter a distância longitudinal de
A) 10°.
B) 15°.
C) 25º

D) 30°
E) 23° 27'.

41. O ângulo formado entre a vertical de um lugar e o plano do equador terrestre define o(a)
A) Círculo Polar Ártico.

B) Zênite.

C) Meridiano de Greenwich.

D) Latitude.

E) Eclíptica.

42. A figura a seguir representa uma imagem de satélite em que se salienta grande parte da América do Sul.

A seta que pode ser vista na referida imagem está indicando um(a)
A) Onda de Leste.
B) Ciclone Extratropical.
C) Frente Fria.

D) Anticiclone.
E) Massa de Ar Equatorial Oceânica.
13

43. As afirmativas, a seguir, referem-se à região geoeconômica do Brasil denominada "Centro-Sul". Uma delas,
contudo, não corresponde à realidade. Assinale-a.
A) Na porção central da região, situam-se as terras de médias e baixas altitudes, que são classificadas como planaltos e
chapadas da bacia do Paraná.
B) Possui a economia mais diversificada do país e produz a maior parte do PIB brasileiro.
C) O subsolo regional é muito rico em recursos minerais; possui grandes reservas de carvão, petróleo e gás natural.
D) A maior parte da porção meridional da região tem um clima frio, com queda de neve durante o mês de julho; é a única
região do país que possui essa modalidade climática.
E) Na região, concentram-se as três maiores regiões metropolitanas e, também, as porções mais industrializadas do país.
44. "Solo é um corpo natural sintetizado em forma de perfil, composto de uma mistura variável de minerais divididos em
pedaços e desintegrados, e de matéria orgânica em decomposição, que cobre a terra com uma camada fina e que
fornece, quando contém, as quantidades necessárias de ar, água, amparo mecânico e subsistência para os vegetais"
(BUCKMAN, Harry O. & BRADY,, NYLE C. Natureza e Propriedades dos Solos. São Paulo: Livraria Freitas Bastos.)

Com base nessas considerações, o professor poderá ensinar aos alunos que um solo é produto de
1.
2.
3.
4.
5.
6.

Tempo.
Litomassa.
Topografia.
Organismos vivos.
Água.
Temperatura.

Estão CORRETOS:
A) apenas 1 e 2.
B) apenas 2 e 3.
C) apenas 1, 4 e 5.
D) apenas 3,5 e 6.
E) 1, 2, 3,4, 5 e 6.
45. A parte mineral do solo é constituída de partículas de vários tamanhos e formas. Partículas que apresentam
diâmetro menor que 0,002mm correspondem às (aos)
A) Argilas.
B) Limos.
C) Areias finas.
D) Seixos.
E) Linhas de pedra.
46. Qual a formação vegetal existente no Nordeste brasileiro, descrita a seguir?
"Apresenta-se menos densa e de menor porte que a floresta subperenifólia e encontra-se atualmente devastada em sua
quase totalidade, cedendo lugar às formações secundárias (capoeiras), culturas e pastagens. Caracteriza-se por
apresentar caráter semi-decíduo, ou seja, parte dos componentes perde as folhas durante a estação seca. Distribui-se
em uma faixa compreendida entre a zona úmida oriental e a zona do Agreste, sob condições de clima 3bTh, segundo a
classificação bioclimática de Gaussen."
A) Floresta hiperperenifólia.
B) Floresta subcaducifólia.
C) Floresta caducifólia.
D) Floresta ombrófila densa.
E) Floresta paludosa.

14

47. "Grande parte do material escrito sobre o turismo começa- não raro também termina- com a afirmação de que se
trata de uma indústria importante, porque movimenta muito dinheiro, o que é inegável, porém diz pouco. A
complexidade e a diversidade presentes no turismo têm originado uma enorme quantidade de definições, de
acordo com a disciplina a que pertençam os seus autores. Nesse contexto, basta dizer que o turismo é um
fenômeno social que atualmente abrange o mundo inteiro do ponto de vista geográfico e praticamente todas as
camadas e grupos sociais. O turismo abrange o mundo inteiro pois, a partir do processo da globalização das
economias e da cultura, assim como da melhora dos meios de comunicação e transporte, são poucos os lugares
que não recebem a visita de turistas. Do mesmo modo, abrange todas as camadas e grupos sociais não porque
todos possam, algum dia, ser turistas, mas porque tal fenômeno atinge, de alguma maneira, também aqueles que
não o praticam."
(BARRETO, Margarita. In: Olhares contemporâneos sobre o turismo. São Paulo: Papirus Editora, 2004)

Tomando-se por base as opiniões da autora, conclui-se que o turismo
A) não pode ser definido como uma atividade industrial, porque não movimenta máquinas e motores.
B) é um fenômeno social, porque emprega um número razoável de pessoas economicamente no setor secundário da
economia.
C) exerce, no espaço geográfico, um efeito econômico multiplicador.
D) só conseguiu desenvolver-se devido a um fenômeno social recente, a Globalização, bem como ao fim do socialismo
real.
E) é uma atividade socioeconômica espontânea, daí a não obrigatoriedade de um planejamento turístico do espaço
geográfico.
48. "À primeira vista, não parece que o simples represamento de um rio possa influir na sua qualidade, a ponto de alterar
sua composição química, sua flora e sua fauna. Mas influi e muito."
(Samuel Murgel Branco)
Sobre esse assunto, NÃO é correto afirmar que
A) uma barragem ao longo de um rio acarreta um forte assoreamento à jusante da represa.
B) a inundação do vale pela barragem reduz bastante a velocidade do escoamento das águas.
C) na represa, os materiais finos transportados pelas águas são depositados no leito, formando camadas de lodo.
D) a represa pode acarretar a eutrofização, em face, sobretudo, do excesso de nutrientes, que se dissolveram na água, a
partir do solo inundado.
E) de armazenador de calor, a barragem passa a constituir um armazenador de energia química, na forma de plantas
aquáticas.
49. Existem diversas definições de Geografia, que podem ser empregadas no processo de ensino dessa disciplina
escolar. Uma dessas definições afirma que: "A Geografia é a ciência da diferenciação de áreas".
Quem assim a definiu pela primeira vez?
A) Manuel Correia de Andrade.
B) Karl Ritter.
C) Carl Sauer.

D) André Cholley.
E) Milton Santos.

50. Identifique nas alternativas abaixo, o processo referido no texto a seguir.
"(...) Funciona em ciclos ascendentes, começando pela produção interna com graus crescentes de
nacionalização de insumos. Quando essa primeira etapa se aproxima de um nível muito grande ou quase total de
concretização, tudo começa a se renovar, ocorrendo um aumento da importação de componentes para as
mercadorias fabricadas localmente. É uma fase provocada pelo aparecimento de novos produtos, de modelos
aperfeiçoados ou simplesmente modificados nos países desenvolvidos. Há uma renovação da produção interna
com graus crescentes de nacionalização. O que significa que o processo recomeçou. (...) Depois da euforia de
compras de bens de consumo no exterior que se seguiu ao término da última guerra mundial, o Brasil retomou
esse processo em ritmo ainda mais acelerado."
(NASCIMENTO, B.H, Desenvolvimento Periférico. São Paulo: Ver. do Depto. de Geografia, n°10, USP, 1996)

A) Neopopulismo econômico.
B) Ecodesenvolvimento.
C) Neoliberalismo.

D) Substituição de importações.
E) Fordismo.

15

51. As afirmações que se seguem referem-se à organização político-administrativa do Brasil. Analise as proposições,
a seguir.
1.
2.
3.
4.
5.

A organização político-administrativa do Brasil compreende a União, os Estados, o Distrito Federal e os
municípios, todos autônomos.
Os Estados podem incorporar-se entre si, subdividir-se ou desmembrar-se para se anexarem aos outros,
ou formarem nos Estados ou Territórios Federais mediante plebiscito e lei complementar do Congresso
Nacional.
A criação, a incorporação, a fusão e o desmembramento de Municípios far-se-ão por lei federal e
independerão de consulta prévia.
É vedado à União estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o
funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada,
na forma da lei, a colaboração de interesse público.
As ilhas fluviais e lacustres, situadas nas zonas limítrofes com outros países, são consideradas bens do
Município onde se localizam; sua ocupação dependerá de aprovação da Câmara dos Vereadores.

Estão CORRETAS
A) 1 e 2, apenas.

B) 3 e 4, apenas.

C) 1, 2 e 4.

D) 2, 3 e 4.

E) 2, 3, 4 e 5.

52. Compete à União:
1.
2.
3.
4.
5.
6.

instituir diretrizes para o desenvolvimento urbano, inclusive habitação e saneamento básico.
estabelecer as áreas e as condições para o exercício da garimpagem.
administrar as reservas cambiais do país e fiscalizar as operações de natureza financeira.
estabelecer princípios e diretrizes para o sistema nacional de viação.
conceder anistia.
organizar e manter serviços oficiais de estatística, geografia, geologia e cartografia de âmbito nacional.

Estão CORRETAS:
A) 1 e 3, apenas.
B) 2, 4 e 6, apenas.
C) 3, 4 e 5, apenas.
D) 1, 2 e 6, apenas.
E) 1, 2, 3, 4, 5 e 6.
53. Segundo estabelece a Constituição da República Federativa do Brasil, a União não intervirá nos Estados nem no
Distrito Federal, EXCETO para:
1.
2.
3.
4.
5.

reorganizar finanças da unidade da Federação.
intervir nas Centrais Sindicais que estejam promovendo greves em `serviços essenciais" e em áreas de
"segurança nacional".
pôr termo a grave comprometimento da ordem pública.
impedir o livre exercício do Poder Legislativo, que esteja se opondo fortemente ao Governo Federal nas
unidades da Federação.
repelir invasão de uma unidade da Federação por outra.

Assinale
A) se apenas 1 for correta.
B) se apenas 5 for correta.
C) se forem corretas 1 e 2.
D) se forem corretas 1, 3 e 5.
E) se forem corretas 2, 3, 4 e 5..
16

54. Observe a figura abaixo.

I

II

III

IV

V

Ela permite as seguintes conclusões:
1.
2.
3.
4.
5.

O rio I pode ser considerado do tipo conseqüente e caudaloso, típico de ambientes quentes e úmidos.
A escarpa II é do tipo falha e representa uma conseqüência do tectonismo ruptural.
A planície do rio III corresponde a uma fossa de afundamento; há exemplos dessa morfoestrutura no
Sudeste brasileiro.
A feição de relevo IV corresponde a um reverso estrutural que mergulha numa dada direção.
O rio V, por ser um nível de base superior , controla a onda erosiva remontante do rio I.

Estão CORRETAS
A) apenas 1 e 4.
B) apenas 2 e 3.
C) apenas 2, 3 e 4.
D) apenas 1, 2 e 5.
E) 1, 2, 4 e 5.

17

55.

O assunto ao qual a charge se refere diz respeito ao(à)
1.
2.
3.
4.
5.

aumento do nível do mar pelo aquecimento global que poderá provocar expressivos tsunamis,
especialmente no Sul da Ásia e noroeste da Insulíndia.
metano, lançado em larga escala, ao contrário do CO2 provoca um resfriamento global.
aquecimento global que poderá acarretar, novos movimentos eustáticos planetários se ocorrerem numa
escala considerável,.
prática do surf, em áreas litorâneas tropicais, não será mais possível, caso se configure um aumento da
temperatura do ar em nível global.
aquecimento global que é um fenômeno exclusivamente antrópico, acarretado pelo uso indiscriminado de
gás no sistema de refrigeração das casas e na utilização do carvão vegetal nas residências.

Está(ão) CORRETA(S)
A) apenas 1.
B) apenas 3.
C) apenas 1 e 2.
D) apenas 4 e 5.
E) 1, 2 e 4.

18

56. Identifique o país abordado no texto a seguir.
"Esse país é uma das áreas de conflito no mundo atual. Foi fundado em 1948, após o plano de partilha elaborado
pela ONU, que dividiu a região em Estados árabes e judeus, embora os primeiros tenham rejeitado o plano.
Desde então, a história do país tem girado em torno de conflitos com palestinos e nações árabes vizinhas."
1

5

4

2
3

Assinale
A) 1

B) 2

C) 3

D) 4

E) 5.

57. O mapa a seguir apresenta as mesorregiões de Pernambuco.

A linha escura indica uma dessas messorregiões. Assinale-a.
A) Mesorregião do Agreste Pernambucano.
B) Messorregião do Agreste Setentrional.
C) Mesorregião da Mata Seca Pernambucana.

D) Mesorregião do Sertão Oriental.
E) Mesorregião de Garanhuns.
19

58. Observe atentamente o gráfíco a seguir.

À qual teoria ele se refere?
A) Teoria Marxista da População.
B) Teoria do Neopopulismo Tropical.
C) Teoria de Malthus.

D) Teoria Demográfica de Pierre George.
E) Teoria do Pleno Emprego dos Recursos Naturais.

59. O professor de Geografia, ao explicar a dinâmica do planeta Terra, projetou a figura a seguir.

Ao indagar os alunos sobre o que ela está indicando, obteve as respostas a seguir. Uma delas, apenas , é a
CORRETA. Assinale-a.
A) O ciclo da chuva e seus efeitos sobre a rocha.
B) As manchas solares e os seus efeitos sobre a infiltração das águas.
C) As influências da estrutura rochosa sobre o nível da água subterrânea.
D) A formação de chuvas frontais e suas conseqüências.
E) As complexas interações do ciclo hidrológico.
20

60. Identifique, dentre as dimensões de ensino estabelecidas para o tema "Regionalização do Brasil", que constam a
seguir, aquelas que são consideradas procedimentais.
1.
2.
3.
4.
5.

Elaborar mapas temáticos das grandes regiões brasileiras, com base no IBGE.
Comparar dados sobre as regiões brasileiras apresentados em tabelas.
Valorizar a pluralidade cultural nas diversas regiões do país.
Valorizar a defesa pela demarcação de terras indígenas nas diversas regiões brasileiras.
Apresentar textos jornalísticos sobre movimentos migratórios populacionais entre as diversas regiões do
país.

A) 1 e 4, apenas.
B) 2 e 3, apenas.
C) 1, 2 e 3.
D) 1,2 e 5.
E) 3, 4 e 5.

21