Geografia: Domínios Morfoclimáticos
1. (Ufrgs 2015) Considere as afirmações abaixo, sobre os domínios morfoclimáticos propostos
pelo geógrafo Aziz Ab'Saber, os quais resultam da interação de clima, relevo e vegetação e
constituem paisagens próprias.

I. Domínio dos Mares de Morros: onde predomina o relevo mamelonar e a Mata Atlântica.
II. Domínio das pradarias: onde predomina o clima subtropical, o relevo de coxilhas e a
vegetação herbácea dos campos.
III. Domínio das caatingas: predominante no interior do nordeste brasileiro, caracterizado por
depressões interplanálticas semiáridas.

Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas I e III.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.

2. (Ufsm 2015) O conceito de domínios morfoclimáticos pode ser entendido como um conjunto
espacial em que haja uma interação entre os processos ecológicos e as paisagens.
Fonte: OLIC, N. B.; SILVA, A. C. da; LOZANO, R. Vereda digital geografia. São Paulo: Moderna, 2012. p.169

A partir desse conceito e da compreensão dos domínios de natureza que existem no território
brasileiro, considere as afirmativas a seguir.

I. São reconhecidos seis grandes domínios paisagísticos e macroecológicos, dos quais quatro
são intertropicais (amazônico, dos cerrados, das caatingas e dos mares de morros) e dois
subtropicais (o das pradarias e o das araucárias).
II. Os ecossistemas que caracterizam os domínios são constituídos de grande diversidade
biológica, que se torna cada dia mais preciosa para as indústrias de alimentos, cosméticos e
fármacos.
III. As potencialidades paisagísticas são definidas pela relação entre diversos elementos, como
o relevo, os solos, a vegetação e as condições climático-hidrológicas.
IV. Entre o núcleo de um domínio paisagístico e ecológico e as áreas centrais de outros
domínios vizinhos, existe uma área de transição que afeta os componentes naturais, como,
por exemplo, os solos e a vegetação.
Está(ão) correta(s)
a) apenas III.

b) apenas IV.

d) apenas III e IV.

e) I, II, III e IV.

c) apenas I e II.

1

3. (Uece 2015) Atente à seguinte letra de música:
"Por ser de lá do sertão, lá do cerrado
Lá do interior do mato
Da caatinga, do roçado
Eu quase não saio
Eu quase não tenho amigos
Eu quase não consigo
Ficar na cidade, sem viver contrariado"
(Lamento Sertanejo, Dominguinhos)

A letra da canção acima apresenta elementos que estão associados
a) ao aspecto visível das formas da natureza, considerando principalmente os domínios
morfoclimáticos.
b) à estrutura social e econômica de uma determinada sociedade.
c) aos movimentos migratórios que ensejam transformações socioespaciais.
d) ao sentimento de pertencimento e experiência vivida pelo indivíduo.

4. (Fgv 2014) Com base no mapa abaixo e em seus conhecimentos, caracterize os Domínios
Morfoclimáticos I, III e V.

a) Domínio I.
b) Domínio III.
c) Domínio V.

2

5. (Unicamp 2014)

Assinale a alternativa que indica corretamente a localização e uma

característica predominante dos domínios morfoclimáticos do Cerrado, da Caatinga e dos
Mares de Morros.

a) 1, Cerrado, com clima subtropical; 2, Caatinga, com rios perenes; 3, Mares de Morros, com
vegetação do tipo savana estépica.
b) 1, Caatinga, com clima semiárido; 2, Mares de Morros, com mata atlântica; 3, Cerrado, com
vegetação do tipo savana.
c) 1, Caatinga, com clima tropical de altitude; 2, Mares de Morros, com rios intermitentes; 3,
Cerrado, com mata de araucária.
d) 1, Cerrado, com vegetação do tipo savana; 2, Caatinga, com clima semiárido; 3, Mares de
Morros, com mata atlântica.
6.

(Ufpr

2014)

Num

clássico

trabalho

publicado em 1967, o geógrafo brasileiro Aziz
Nacib Ab'Saber caracterizou seis grandes
domínios morfoclimáticos, apresentados no
mapa abaixo, cujas áreas estão relacionadas a
regiões

climatobotânicas,

áreas

geopedológicas, províncias fitogeográficas e
regiões

hidrológicas

particularmente

bem

definidas.
Cada quadro na legenda, de 1 a 6, no mapa,
representa
Numere

um
as

domínio

morfoclimático.

caracterizações

abaixo,

estabelecendo sua correspondência com a
legenda do mapa.

3

(

) Domínio dos planaltos de araucárias, com predomínio de drenagens perenes e solos
diversificados.

(

) Domínio dos chapadões recobertos por cerrados e penetrados por florestas de galerias,
composto por planaltos de estrutura complexa, capeados ou não por lateritas de cimeira,
planaltos sedimentares com vertentes em rampas suaves, drenagens espaçadas pouco
ramificadas.

(

) Domínio das terras baixas florestadas com planícies de inundação labirínticas e/ou
meândricas, tabuleiros extensos e morros baixos e arredondados nas áreas cristalinas
adjacentes, terraços de cascalhos e/ou laterita, rios com elevada carga de sedimentos e
drenagens perenes.

(

) Domínio das depressões interplanálticas semiáridas, revestido por diferentes tipos de
caatingas, apresenta fraca decomposição das rochas com frequentes afloramentos,
chãos pedregosos e drenagens intermitentes.

(

) Domínio das pradarias mistas, coxilhas extensivas, grandes matas subtropicais, apresenta
fraca decomposição das rochas e presença de banhados.

(

) Domínio dos mares de morros florestados, apresenta fortíssima e generalizada
decomposição de rochas, densas drenagens perenes, extensiva mamelonização.

Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta, de cima para baixo.
a) 5 ­ 2 ­ 1 ­ 4 ­ 6 ­ 3.
b) 1 ­ 4 ­ 5 ­ 2 ­ 6 ­ 3.
c) 1 ­ 2 ­ 6 ­ 5 ­ 3 ­ 4.
d) 5 ­ 6 ­ 1 ­ 4 ­ 3 ­ 2.
e) 3 ­ 4 ­ 6 ­ 5 ­ 1 ­ 2.

7. (Uepg 2014) Sobre a relação entre "domínios morfoclimáticos" e território brasileiro, assinale
o que for correto.
01) Segundo Aziz Nacib Ab'Sáber (2003), os domínios morfoclimáticos referem-se à existência
de esquemas coerentes entre feições de relevo, tipos de solo, formas de vegetação e
condições climático-ecológicas.
02) Existe no território brasileiro seis grandes domínios morfoclimáticos. Destes, quatro são
intertropicais e dois são subtropicais.
04) Os domínios morfoclimáticos existentes no território brasileiro são: domínio Equatorial
Amazônico, dos Cerrados, dos Mares de Morros, das Caatingas, das Araucárias e das
Pradarias.
08) Os domínios morfoclimáticos ocorrem em uma área principal, com feições heterogêneas e
descontínuas, a partir de suas condições fisiográficas e biogeográficas.

4

8. (Ufg 2013) Os domínios morfoclimáticos, propostos por Aziz Ab'Saber (1967), representam
uma visão de síntese do território brasileiro, que se baseia, principalmente, na integração entre
características do relevo, do clima e da cobertura vegetal. Considerando-se os Mares de
Morros, que se estendem ao longo de uma faixa norte-sul, no extremo leste do território
brasileiro,
a) cite o tipo de vegetação que predominava originalmente nesse domínio morfoclimático;
b) indique uma característica marcante da formação do relevo nesse domínio;
c) explique como esse domínio foi afetado no processo histórico de ocupação do território
brasileiro.

9. (Ufpe 2013) Considere o texto a seguir.

Precipitação e temperatura, os dois componentes de qualquer clima, não definem apenas a
vegetação, mas também a topografia de uma área. Em regiões montanhosas bem irrigadas,
por exemplo, aguaceiros torrenciais desencadeiam deslizamentos de terra. E, em uma escala
de tempo mais longa, a água quebra fortes rochas ao se congelar e derreter. Os fragmentos se
convertem, assim, em alimentos do solo. Em regiões com pouca água, os ventos persistentes
se combinam com as temperaturas flutuantes para compor a paisagem. As macias rochas do
deserto, superaquecidas à noite, são esmigalhadas e arrastadas como areia.

(Geografia, Ciência e Natureza. Ed. Time Life, 1998.)

Sobre os assuntos abordados no texto, analise as proposições abaixo.
(

) No domínio morfoclimático do "mar de morros", observado no território brasileiro, o
principal fator diretamente responsável pela morfogênese do relevo são as amplitudes
térmicas diárias, que em algumas áreas do Sudeste chegam a superar 15°C.

(

) Os movimentos de massa rápidos que se verificam no manto de intemperismo de áreas
montanhosas e encostas íngremes são produzidos pelas precipitações atmosféricas e
pelo gradiente de relevo.

(

) Existem domínios morfoclimáticos, em áreas de altas latitudes ou de altitudes bem
elevadas, em que a água em estado sólido fragmenta as rochas; esse fenômeno é
geograficamente definido como crioclastia.

(

) Nos climas tropicais chuvosos, a ação eólica é bastante eficaz, produzindo feições de
relevo designadas como bacias de deflação e dunas.

(

) O intemperismo físico ou mecânico ocorre em praticamente todas as faixas climáticas,
contudo é muito eficaz em áreas com deficit hídrico anual, como o trópico semiárido
brasileiro.

5

10. (Ufrgs 2013) O mapa abaixo representa os estudos realizados pelo geógrafo brasileiro Aziz
Nacib Ab'Saber, sobre os domínios morfoclimáticos do Brasil, que resultam da interação entre
relevo, clima e vegetação.

Considere as seguintes afirmações a respeito dos domínios morfoclimáticos e a respectiva
localização no mapa.

I. Domínio da Caatinga (1 no mapa): relevo formado por depressões e planaltos. Possui clima
semiárido, com chuvas concentradas em alguns meses do ano. A vegetação de arbustos
espinhosos e cactáceas sofre alterações desde a época do Brasil colônia.
II. Domínio do Cerrado (2 no mapa): a vegetação tem sido intensamente alterada para dar
lugar às áreas de pastagens e para a instalação de lavouras (sobretudo o cultivo da soja).
III. Domínio das Araucárias (3 no mapa): região caracterizada pela presença de planaltos em
estruturas dobradas, com muitas serras e morros.
IV. Faixas de Transição (4 no mapa): áreas intermediárias que possuem características
ambientais de dois ou mais domínios morfoclimáticos, como é o caso do Pantanal matogrossense.
Quais estão corretas?
a) Apenas I e II.
b) Apenas I e III.
c) Apenas II e III.
d) Apenas II e IV.
e) Apenas III e IV.

6

11. (Mackenzie 2013) Com base no conceito de Domínios Morfoclimáticos, do Geógrafo Aziz
Nacib Ab'Saber, assinale a alternativa que identifica, corretamente, o domínio morfoclimático
descrito no texto abaixo.
"Extensão espacial de segunda ordem, com aproximadamente 650 mil quilômetros quadrados
de área, ao longo do Brasil Tropical Atlântico. Distribuição geográfica marcadamente azonal.
Área de mamelonização extensiva, afetando todos os níveis da topografia (de 10-20m a 11001300m de altitude no Brasil de Sudeste)[...]. Presença de mais forte decomposição de rochas
cristalinas e de processos de convexização em níveis intermontanos[...]. Florestas biodiversas,
dotadas de diferentes biotas, primariamente recobrindo mais de 85 % do espaço total.
Enclaves de bosques de araucária em altitude (Campos do Jordão, Bocaina) de cerrados em
diversos compartimentos dos planaltos interiores, onde predominavam chapadões florestados
(subdomínios dos chapadões florestados dos planaltos interiores de São Paulo e norte do
Paraná."
Os domínios de natureza no Brasil ­ Potencialidades Paisagísticas. Ab'Saber, Aziz Nacib,
Ateliê Editorial, São Paulo, 2003

Nota: en.cla.ve
sm (fr enclave) 1 Geogr Território ou trato de terra de um país, encerrado no território de outro.
Dicionário Michaelis.
a) Cerrado
b) Araucárias
c) Pradarias
d) Amazônico
e) Mares de Morros Florestados

7

Gabarito:

Resposta da questão 1: [E]

[I] CORRETA. O domínio de Mares de Morros se estende ao longo da área costeira e se
caracterizam por apresentar formas policonvexas denominadas mares de morros, recobertas
originalmente pela Mata Atlântica.
[II] CORRETA. O domínio das Pradarias abrange a porção extrema do sudoeste do país,
caracterizando-se pelo clima subtropical, planícies cuja monotonia é quebrada por suaves
colinas denominadas coxilhas recobertas por vegetação herbácea denominada campos.
[III] CORRETA. O domínio das caatingas se situa no interior do nordeste, cujo relevo é de
depressões interplanálticas associado ao clima semiárido e vegetação de caatinga.

Resposta da questão 2: [E]
[I] CORRETA. Segundo Aziz Ab'Saber, o Brasil divide-se em seis domínios associados às
zonas intertropical e temperada.
[II] CORRETA. A potencialidade da paisagem dos domínios é largamente utilizada pela
indústria.
[III] CORRETA. A sobreposição de elementos naturais dos domínios caracteriza sua
potencialidade paisagística.
[IV] CORRETA. Entre os domínios morfoclimáticos, definidos pela sobreposição de elementos
naturais, surgem as áreas de transição.

Resposta da questão 3: [D]

A letra da canção reflete elementos que criam um sentimento de pertencimento ao lugar. Estão
incorretas as demais alternativas porque o texto articula referências generalizadas a partir do
indivíduo.

Resposta da questão 4: a) O Domínio da Amazônia é caracterizado pela dominância de terras
baixas (depressões, baixos planaltos e planícies fluviais), solos pobres e lixiviados, rios
perenes, clima equatorial (quente, úmido e com chuvas abundantes) e floresta latifoliada
perenefolia amazônica com alta biodiversidade.

b) O Domínio dos Mares de Morros é caracterizado por planaltos cristalinos com serras e
morros arredondados, dominância de clima tropical litorâneo e de altitude, solos variados,
rios perenes e com prevalência da floresta latifoliada perenefólia atlântica com elevada

8

biodiversidade.

c) O Domínio da Araucária é caracterizado por planaltos elevados submetidos ao clima
subtropical (inverno frio e chuvas bem distribuídas no decorrer do ano), solos variados e Mata
de Araucária (mistura de espécies aciculifoliadas como a Araucária e espécies latifoliadas) com
importante biodiversidade.

Resposta da questão 5: [D]

O mapa apresenta os seguintes domínios morfoclimáticos e fitogeográficos do Brasil:
1 ­ Cerrado: vegetação com fisionomia de savana (predomínio dos estratos herbáceo e
arbustivo com árvores espaçadas), clima tropical, planaltos com chapadas e solos ácidos.
2 ­ Caatinga: clima semiárido (quente, com os menores índices pluviométricos do país e com
secas prolongadas), vegetação de caatinga (plantas xerófilas) e predomínio de depressões.
3 ­ Mar de Morros: prevalência da Mata Atlântica (floresta latifoliada perenefolia tropical) com
elevada biodiversidade, relevo de planaltos com morros e serras com vigência dos climas
tropical de altitude, tropical litorâneo e subtropical.

Resposta da questão 6: [A]
(5) ­ O domínio da Araucária compõe-se pelo bioma do clima subtropical e formação
aciculifoliada.
(2) ­ O domínio do Cerrado ocupa as áreas do Planalto Central com a presença de chapadas e
chapadões, clima tropical semiúmido, e formação arbóreo-arbustiva.
(1) ­ O domínio da Amazônia corresponde à elevada pluviosidade do clima equatorial
associado à cobertura da floresta latifoliada.
(4) ­ O domínio da Caatinga está associado ao clima semiárido, presença de formação xerófita
e drenagem intermitente.
(6) ­ O domínio das Pradarias caracteriza-se pela monotonia da planície gaúcha interrompida
pela presença de colinas suavemente onduladas (coxilhas) recoberta por formação
herbácea.
(3) ­ O domínio de Mares de Morros ocupa a porção oriental do país, caracterizado
originalmente pela presença da Mata Atlântica, pela formação cristalina que, submetida à
umidade oceânica, elabora formas mamelonares ou policonvexas, e pela intensa atividade
urbano-industrial na atualidade.

Resposta da questão 7: 01 + 02 + 04 = 07.
[01] CORRETA ­ Os domínios são resultantes da interação dos elementos naturais.
[02] CORRETA ­ Os domínios intertropicais são Amazônico, Cerrado, Mares de Morros e

9

Caatinga, ao passo que os subtropicais são Araucária e Pradarias.
[04] CORRETA ­ O Brasil é caracterizado pela presença de seis domínios morfoclimáticos
citados corretamente na afirmativa.
[08] INCORRETA ­ Os domínios morfoclimáticos são espaços individualizados caracterizados
pela interação dos diferentes elementos naturais.

Resposta da questão 8: a) No Domínio dos Mares de Morros, a vegetação predominante é a
Mata Atlântica (floresta latifoliada perenifólia tropical).
b) O relevo é dominado por planaltos com morros na forma de meia laranja (mamelonares) com
vales profundos esculpidos pela erosão causada pela chuva e pelos rios. A região também
apresenta numerosas serras, muitas delas, escarpas de falha como a Serra do Mar e a
Serra da Mantiqueira.
c) Trata-se do domínio que sofreu maior ocupação demográfica, urbana e agrícola desde o
período colonial, sendo caracterizado por sucessivos ciclos econômicos (cana de açúcar no
Nordeste, ouro em Minas Gerais, café em São Paulo, etc.) que concorreram para a devastação
da maior parte da Mata Atlântica, hoje reduzida a 7% em relação à área original.

Resposta da questão 9: F ­ V ­ V ­ F ­ V.
FALSA. A feição geomorfológica do domínio de "mares de morros" resulta da presença de
rochas cristalinas que, submetidas à ação da umidade do oceano, elaboram formas de relevo
policonvexas.
VERDADEIRA. A associação entre a acentuada declividade das encostas e o elevado volume
pluviométrico resulta no deslocamento de grandes porções do solo.
VERDADEIRA. A crioclastia é a fragmentação da rocha resultante da força exercida pela água
congelada em fendas do relevo.
FALSA. A erosão eólica (ventos) é mais acentuada em áreas de climas mais secos.
VERDADEIRA. O intemperismo físico ocorre em áreas de climas mais secos, resultando na
desagregação da rocha por ação mecânica, e, portanto, é mais acentuado no semiárido do
país.

Resposta da questão 10: [D]

O domínio do Cerrado [II] é dominado por planaltos com chapadas submetidos ao clima tropical
e ecossistema de Cerrado. A devastação da vegetação chega a 49% devido ao avanço do
agronegócio nas últimas décadas. As faixas de transição [IV] apresentam elementos dos
domínios limítrofes, além de elementos específicos. O Pantanal (MS e MT) é um exemplo de
faixa de transição devido à presença de elementos botânicos da Amazônia, Cerrado e Mata
Atlântica, além de espécies hidrófilas em rios e lagoas.

10

Resposta da questão 11: [E]

Como mencionado corretamente na alternativa [E], a descrição refere-se ao domínio de Mares
de Morros, com a presença de clima tropical úmido, Mata Atlântica e formas policonvexas
caracterizando o trabalho erosivo do escudo cristalino.

11