13

PROVA DE GEOGRAFIA

OBSERVE A FIGURA ABAIXO E RESPONDA À QUESTÃO 16.

Escala: 1:160 000

Fonte: Prefeitura de Belo Horizonte

QUESTÃO 16
O mapa representa Belo Horizonte e sua divisão administrativa regional.
Considerando-se que o ponto A está representado a 5 cm de distância do
ponto B, para uma escala de 1:160 000, então a distância real entre esses
pontos é de:
a)
b)
c)
d)

8 km
0,8 km
16 km
1,6 km

14
QUESTÃO 17
Observe com atenção a fotografia a seguir para responder a esta questão.

OCEANO

LAGUNA

Fonte: http://www.panoramio.com

O litoral brasileiro apresenta uma grande diversidade de paisagens. Dentre
essas paisagens sucedem-se ilhas, falésias e restingas dentre outras. Sobre
a classificação da paisagem entre as unidades de relevo brasileiras e seu
processo de formação, é CORRETO afirmar:
a)

b)

c)
d)

Sua morfologia ondulada indica a predominância de processos erosivos
em sua formação, compondo uma paisagem do planalto atlântico brasileiro.
Sua localização entre o oceano e a laguna indica que os processos de
deposição formaram uma restinga, compondo uma paisagem da planície
litorânea.
Sua posição litorânea indica a predominância de processos erosivos
compondo uma depressão periférica litorânea.
Sua morfologia plana e a presença de praias arenosas indicam a predominância de processos orogenéticos na esculturação do relevo.

15
QUESTÃO 18
Supondo-se que na figura abaixo esteja representada a distribuição altitudinal
de tipos vegetacionais em uma área de clima temperado do Hemisfério Norte
e tomando-a como referência para interpretação e análise dos deslocamentos
espaciais dos ecossistemas e das atividades produtivas, é INCORRETO afirmar:

a)
b)
c)
d)

A floresta mista tenderá a deslocar-se em altitude e posicionar-se em níveis superiores, dado o aumento generalizado de temperatura.
A floresta de coníferas deverá deslocar-se para posições mais setentrionais para adequar-se às novas condições climáticas.
Os campos e altas pastagens deverão deslocar-se para posições mais
meridionais, dado o esperado aumento de precipitação.
Os campos de cultivo poderão ocupar áreas maiores ocupadas hoje por
grandes extensões florais das florestas de coníferas.

16
QUESTÃO 19
Nos últimos meses, os brasileiros puderam observar a ocorrência de diversos
fenômenos meteorológicos que causaram prejuízos de ordem material, perdas de vidas e severos impactos sobre o ambiente em geral. Dentre esses
eventos podem-se destacar as enchentes em Santa Catarina e os deslizamentos na região serrana do Rio de Janeiro. Sobre as causas das tragédias e
de suas consequências, é INCORRETO afirmar que:
a)
b)

c)
d)

atingem mais severamente populações vulneráveis do ponto de vista
social, o que remete a conexões com injustiças ambientais.
constituem convergência de fatores socioeconômicos, culturais, geológicos, dentre outros, e geralmente são apenas disparados por fenômenos
ambientais.
são consequência direta das mudanças climáticas globais que alteram o
ritmo, a sazonalidade e o volume de chuva precipitado.
possuem conexões políticas, uma vez que o poder do Estado deixa de
cumprir parte do seu papel, ora de legislador, ora de fiscalizador do processo de produção do espaço.

QUESTÃO 20
Com o avanço da urbanização no Brasil, houve uma significativa redução do
ritmo de crescimento populacional. Tudo indica que organização social e econômica urbana parece não combinar com uma taxa de fecundidade -- número médio de filhos por mulher -- muito elevada. São fatores que levaram a
essa redução em nosso país, EXCETO:
a)
b)
c)
d)

as políticas oficiais de controle da natalidade.
o acesso mais facilitado aos métodos contraceptivos.
a entrada da mulher no mercado de trabalho.
o maior custo de criação dos filhos na cidade.

17
QUESTÃO 21
A figura representa os regimes pluviométricos do Nordeste brasileiro. Sobre
sua interpretação, é INCORRETO afirmar:

Fonte: Nimer, 1979.

a)

b)

c)

d)

O Nordeste possui grande homogeneidade do ponto de vista do comportamento pluviométrico, sendo caracterizado pela predominância de regime semiárido.
O litoral oriental nordestino possui originalidade do seu sistema de chuva em relação a outras regiões tropicais do Brasil, pela sua ocorrência
concentrada no período de outono-inverno.
O nordeste setentrional possui regime pluviométrico caracterizado pela
concentração de precipitação entre os meses de janeiro a maio, relacionados ao equinócio de outono do hemisfério sul.
Existe uma zona de transição entre os vários regimes pluviométricos
que constitui uma das áreas mais secas da região.

18
QUESTÃO 22
A Autoridade Nacional Palestina solicitou, no dia 23 de setembro, na 66ª Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), o reconhecimento
do Estado Palestino com as fronteiras anteriores a 1967, situando a capital na
parte oriental de Jerusalém. Na prática, a inclusão da Palestina como membro da ONU dará mais poder político aos árabes nas negociações com Israel,
paralisadas há mais de um ano.

Fonte: BBC

Com base na afirmativa, assinale a opção INCORRETA.
a)

b)

c)

d)

Há décadas palestinos e israelenses disputam as mesmas terras no
Oriente Médio. Em 1947, a ONU propôs a divisão da Palestina entre
árabes e judeus, formando dois Estados: Israel e a Palestina.
Após a Guerra dos Seis Dias, em 1967, Israel anexou territórios árabes,
assumindo o controle da Cisjordânia e de Jerusalém Oriental, então pertencentes à Jordânia e da Faixa de Gaza, além da Península do Sinai
(pertencente ao Egito) e das Colinas de Golan, da Síria.
Israel não aceita a proposta apresentada pela Autoridade Palestina, pois
ela significaria o fim dos assentamentos da Cisjordânia, onde vivem cerca de 300 mil judeus, além de abrir mão de Jerusalém Oriental, que
passaria a ser a capital palestina.
A proposta apresentada pela Autoridade Palestina provavelmente será
aprovada pela Assembleia Geral, já que tem o apoio de todos os membros do Conselho de Segurança da ONU, em especial dos Estados Unidos da América.

19
QUESTÃO 23
A análise do gráfico ilustra de forma clara alguns aspectos da ordem econômica mundial na atualidade. A afirmativa que melhor expressa o processo
representado é:

G-7
BRIC

www.cartanaescola.com.br

a)

b)

c)

d)

O crescimento econômico surpreendente observado nas economias da
China e da Índia, a retomada econômica do Brasil e as reformas econômicas na Rússia constituem na atualidade um fator de crise na economia mundial.
Uma nova guerra fria se anuncia no cenário geopolítico mundial, tendo
como protagonistas os países mais desenvolvidos do mundo em oposição às novas potências econômicas globais: China, Índia, Brasil e Rússia.
A economia mundial passa por uma mudança substancial, com a perda
do poder relativo das maiores economias do mundo e a ascensão de
nações que vêm apresentando rápido crescimento econômico como
China, Índia, Brasil e Rússia.
Os países subdesenvolvidos caminham para a posição de maiores economias mundiais do século XXI, diante da decadência irreversível das
economias mais avançadas do planeta, como os Estados Unidos, Japão
e as nações que integram a União Europeia.

20
QUESTÃO 24
Os blocos econômicos existentes no mundo são classificados a partir dos
acordos estabelecidos entre eles e podem ser agrupados em zonas de preferência tarifária, zonas de livre comércio, uniões aduaneiras, mercado comum
ou união econômica e monetária. O MERCOSUL é atualmente considerado
como uma união aduaneira, porque:
a)

b)

c)

d)

reúne os países através de acordos comerciais que visam exclusivamente à redução ou eliminação de tarifas aduaneiras entre os paísesmembros do bloco.
além de reduzir as tarifas aduaneiras entre si, procura estabelecer as
mesmas tarifas de exportação e importação, a TEC (Tarifa Externa Comum) para o comércio internacional fora do bloco.
além de eliminar as tarifas aduaneiras internas e adotar tarifas comuns
para o mercado fora do bloco, permite a livre circulação de pessoas,
mão de obra, capitais e todo tipo de serviços entre os países-membros.
além de garantir a livre circulação de mercadorias, pessoas, capitais e
força de trabalho, promove a unificação econômica e monetária.

QUESTÃO 25
Enquanto o mundo assiste ao crescimento econômico dos BRIC's, a Europa
enfrenta a maior crise econômica do período do Pós 2ª Guerra Mundial. A
crise, que tem sua motivação no elevado nível de endividamento de alguns
países, coloca em risco o sistema bancário europeu. A saída, segundo os
especialistas, reside no socorro financeiro aos governos e instituições financeiras, aliado a uma política de contenção de gastos públicos, com a redução
de investimentos sociais e de infraestrutura e privatização de empresas estatais.
Enquanto a sigla BRIC foi criada para identificar as economias mundiais com
elevado crescimento, forjou-se agora a sigla PIIGS, no idioma inglês, para
identificar o grupo de países europeus mais afetados pela crise. Fazem parte
do grupo dos PIIGS:
a)
b)
c)
d)

Portugal, Irlanda, Itália, Grécia e Espanha
Portugal, Inglaterra, Itália, Grécia e Suíça
Polônia, Inglaterra, Irlanda, Grécia e Suécia
Polônia, Irlanda, Itália, Grécia e Suécia