GEOGRAFIA

01. Os processos geomorfológicos internos ou exógenos deixam sempre impressas,
impressas nas paisagens
paisagens, as marcas
de sua atuação. Eles desenvolvem, inclusive, um conjunto de feições de relevo característico. Esse fato
reveste-se
se de uma particular importância,
importância quando o pesquisador de áreas, como Biologia, Geografia,
Geologia etc, volta-se
se à análise de ambientes
ambien pretéritos. Com relação a esse assunto, observe,, atentamente,
a fotografia reproduzida a seguir e assinale, com base nas evidências morfológicas, o processo responsável
pela elaboração da paisagem visualizada em primeiro plano.

A) Erosão eólica.
B) Erosão glacial.
C) Tectonismo ruptural.
D) Neotectonismo plástico.
E) Sedimentação fluvial.
que quando a água evapora ou se transforma
02. A evaporação da água absorve energia térmica, de forma que,
em vapor d'água, as moléculas de água aprisionam uma certa quantidade dessaa energia térmica. Nos
ambientes climaticamente secos, como,
como por exemplo, o Sertão nordestino, esse fenômeno é mais intenso.
Assinale a alternativa que denomina CORRETAMENTE essa energia aprisionada.
A) Evapotranspiração potencial.
B) Calor latente.
C) Ciclone latente.
D) Frente oclusa.
E) Calor específico do ar.
03. Populações inteiras são, às vezes, expulsas de seus territórios. Esses povos sem-território
sem território ficam acuados e
privados de seus direitos de cidadania e passam a viver em condições extremamente precárias.
Exemplifica esse fato a guerra entre as etnias hutu e tutsi, que provocou aproximadamente meio milhão de
refugiados. Essa desterritorialização aconteceu na(no,
n
em)
A) Croácia.
B) Eritreia.
C) Azerbaijão.
D) Afeganistão.
E) Ruanda.
1

04. Observe, atentamente, o desenho esquemático a seguir,
seguir correspondente a uma morfoestrutura observada
em área de relevo submarino, fortemente influenciada pelas ações tectônicas.

O que a seta está indicando?
A) Planície Abissal.
B) Talude Continental.
C) Plataforma Continental.
D) Delta-Estuário.
E) Dorsal Oceânica.

05. "Há na superfície oceânica uma corrente que transporta águas quentes e salinas para o nordeste do Atlântico.
O calor que ela libera para a atmosfera aquece a Europa ocidental, constituindo-se,
constituindo se, assim, num elemento de
fundamental importância
tância para o andamento do tempo naquele continente. Perdendo calor, a água se esfria,
mistura-se
se com as águas mais frias de origem ártica e se torna tão densa que acaba afundando..."

Esse texto está se referindo à
A) Contra-Corrente Sul-Equatorial.
B) Corrente Kuro Sivo.
C) Corrente "El Niño Atlântico".
D) Corrente do Golfo.
E) Corrente Quente do Brasil.

2

06. A temperatura do ar atmosférica e a precipitação pluviométrica são elementos de grande importância à
análise climato-ambiental,
ambiental, sobretudo no mundo tropical. Esses elementos podem ser representados num
diagrama, como o que é apresentado a seguir. Neste, a linha curva indica o andamento médio da
temperatura ao longo do ano, as barras inferiores correspondem às chuvas mensais,
mensais e as letras são a
abreviatura
breviatura de cada mês do ano. Observe-o
Observe atentamente.

Estee diagrama permite que se chegue às seguintes conclusões:
1.
2.
3.
4.
5.
6.

Essa localidade situa-se
se no hemisfério norte, em pleno domínio tropical, numa área elevada.
O clima dessa localidade é quente, mas seco, do tipo BSh, segundo a Classificação Climática de W.
Koppen.
Nessa
essa localidade, a evapotranspiração potencial anual deve superar a precipitação pluvial anual; há, assim,
um déficit hídrico.
A localidade situa-se integralmente
ntegralmente, no hemisfério sul e possui um clima de caráter subtropical.
Ass variações térmicas anuais e diárias nessa localidade são insignificantes, o que significa dizer que ela se
situa próxima do Trópico de Capricórnio.
A localidade possui um regime de
d chuvas de primavera-verão,
verão, provocado por invasões de anticiclones
móveis.

Estão CORRETAS apenas
A) 2 e 3.
B) 2, 3 e 4.
C) 1, 2 e 3.

D) 3, 4 e 6.
E) 1, 2, 5 e 6.

3

07. Observe o gráfico a seguir. O que ele nos permite afirmar CORRETAMENTE?

1.
2.
3.
4.

Os fatores empresariais estão relacionados à estratégia da empresa e à capacitação e competência des
desta.
Os fatores macroambientais englobam os aspectos inerentes às contingências geográficas, econômicas e
até políticas.
O esquema mostra que desequilíbrios na estrutura sistêmica do macroambiente permitem que a
concorrência desleal ocupe um espaço, passando a fazer parte,
parte também, do ambiente.
A estratégia desempenha o papel de adequar o comportamento da empresa capitalista, por exemplo, com
suas limitações de recursos
cursos e capacitações, aos padrões de concorrência estabelecidos pelo ambiente
econômico e político.

Está(ão) CORRETA(S)
A) apenas 1.

B) apenas 2.

C) apenas 2 e 4.

D) apenas 1, 3 e 4.

E) 1, 2, 3 e 4.

08. A fotografia reproduzida a seguir mostra,
mostra com muita clareza, um importante fenômeno investigado pela
Geografia Física. Assinale-o.

A) Formação de ciclones tropicais nas Antilhas.
Antilhas
B) Gênese de chuvas frontológicas nas áreas de exceção.
C) Formação de precipitações por imposição orográfica.
D) Avanço de ciclones extratropicais.
E) Desenvolvimento de nuvens estratificadas,
estratificadas decorrentes de uma ação anticiclônica.
4

09. No Nordeste brasileiro, existe uma ampla unidade de paisagem, muito estudada, por sinal, pela Geografia.
Essa unidade é conhecida como "Depressão Sertaneja". Identifique as características dessa depressão.
1.
2.
3.
4.
5.
6.

Apresenta, em algumas áreas, ocorrências minerais, como, por exemplo, a Schelita, a Magnesita e
Gipsita, além de pegmatitos.
Possui uma precipitação pluvial média anual, que se situa entre 400 - 900mm, e elevada taxa de
evaporação.
As chuvas são concentradas em curto período do ano, e a estação seca, provocada pelo avanço de frentes
frias, é longa (sete meses ou mais).
Baixo potencial de águas subterrâneas, exceto nas localidades em que dominam os terrenos graníticos e
gnáissicos.
Inexistência de ablação dos horizontes superficiais dos solos que, em geral, são medianamente
desenvolvidos.
Apresenta, muitas vezes, problemas de salinização dos solos, sobretudo nos ambientes de baixadas.

Somente está CORRETO o que se afirma em
A) 1 e 3.
B) 1, 2 e 6.
C) 2, 3 e 5.
D) 1, 4 e 6.
E) 1, 2, 3, 5 e 6.
10. O Brasil é um país, que possui um regime democrático assegurado pela Constituição de 1988. Essa mesma
Constituição, que deve ser respeitada e obedecida por todos, estabelece uma série de direitos e garantias
aos brasileiros e aos estrangeiros. Identifique-os entre os que são mencionados a seguir:
1.
2.

3.

4.
5.

É livre a manifestação de pensamento, sendo, no entanto, vedado o anonimato.
Ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa, ou mesmo, de convicção filosófica e
política, a não ser, se as invocar, para se eximir de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a
cumprir prestação alternativa, fixada pela lei.
É livre a expressão da atividade artística, científica e de comunicação, mas a utilização de charges
humorísticas que envolvam políticos ou líderes religiosos terá que ser submetida à apreciação e
liberação ou não das autoridades policiais do Estado.
As associações para fins lícitos têm liberdade plena, inclusive as de caráter paramilitar, desde que não
utilizem símbolos político-ideológicos.
O direito à propriedade privada dos meios de produção é assegurado, mas a que objetiva um lucro
exorbitante poderá ser confiscada, passando a ser dirigida pelos sindicatos dos trabalhadores que nela
exercem atividades.

Estão CORRETAS apenas
A) 1 e 5.
B) 1 e 2.
C) 2 e 5.
D) 1, 3 e 4.
E) 2, 3, 4 e 5.

5

Nas questões de 11 a 14, assinale, na coluna I, as afirmativas verdadeiras e, na coluna II, as falsas.
11. Sobre o importante tema A Formação Territorial Brasileira, são feitas as considerações a seguir. Com
base nos seus conhecimentos históricos e geográficos, identifique as que são verdadeiras e as falsas, se
existirem.
I

II

0

0

No regime das Capitanias Hereditárias, nos séculos XVI e XVII, os donatários possuíam
amplos poderes nas suas capitanias, inclusive o de distribuir sesmarias. Esse regime
fragmentou a América Portuguesa.

1

1

A economia canavieira foi o centro da empresa agrícola do Brasil Colonial; essa
economia baseou-se no Sistema de "Plantation".

2

2

A expansão territorial do Brasil foi realizada por diversos tipos de movimentos ditos
expansionistas, como, por exemplo, a exploração de drogas e especiarias existentes no
interior da colônia e nas expedições militares.

3

3

A existência de solos litólicos rasos de massapê, de grande fertilidade na Zona da Mata
nordestina, e o predomínio do clima quente e úmido (As') foram fatores decisivos no
desenvolvimento da economia canavieira e, consequentemente, na criação de diversas
cidades pernambucanas, como Goiana, Igarassu e Barreiros.

4

4

No século XVII, a exportação de fumo e a descoberta de ouro e bauxita na parte
ocidental do Nordeste brasileiro, na fronteira com o que hoje é o Estado do Tocantins,
foram fatores que influenciaram a Coroa lusitana a decidir-se pela formação de várias
cidades, como Teresina, Arapiraca, Mariana, entre outras.

12. "Com o rápido esgotamento dos solos do vale do Paraíba, a cafeicultura avança progressivamente em direção a
São Paulo, onde se expande rapidamente a partir de Jundiaí (região de Campinas) até o Planalto Ocidental
(Ribeirão Preto, Bauru, Marília, etc). A partir da segunda metade do século XIX, São Paulo torna-se por mais
de um século principal centro produtor do país."
(Texto extraído do livro: Geografia do Brasil. Autor- Marcos de Amorim Coelho. Editora Moderna, S/D)

Com relação a esse tema abordado no texto, apontam-se vários fatores que são considerados responsáveis
pela expansão cafeeira em São Paulo. Identifique-os.
I

II

0

0

O emprego de mão-de-obra assalariada de imigrante.

1

1

O relevo suavemente ondulado e planaltos de altitudes médias.

2

2

A existência de um clima regional do tipo frio, favorável a esse cultivo muito exigente.

3

3

Os financiamentos externos e um expressivo sistema de comercialização.

4

4

A implantação de uma razoável rede ferroviária ligando o interior à capital e à cidade de
Santos.

6

13. A expansão e o desenvolvimento do agronegócio canavieiro no Brasil vêm provocando desterritorialização
de algumas unidades e, em especial, de capital de um estado para outro, ou de uma região do país para
outra, gerando um processo de reterritorialização nos locais a que se destinam as unidades fabris e o
capital. Sobre esse assunto, analise as afirmativas e conclua.
I

II

0

0

Este novo movimento do capital no âmbito do setor canavieiro vem expressando uma
nova territorialidade, ou seja, um novo ordenamento territorial das agroindústrias e dos
espaços plantados com cana-de-açúcar.

1

1

A crise dos anos 1990 levou inúmeras agroindústrias do Nordeste oriental à falência, e
as que permaneceram não foram suficientes para absorver toda a força de trabalho
existente.

2

2

O reordenamento territorial desse agronegócio acarretou mudanças na dinâmica do
trabalho, na medida em que reduziu a oferta de empregos e aumentou o desemprego nos
locais de onde migraram o capital e as unidades fabris.

3

3

O movimento dos trabalhadores para o corte da cana-de-açúcar no país ocorre tanto para
as regiões tradicionalmente produtoras como para as áreas em processo de expansão,
inclusive acompanhando o movimento recente do próprio capital agroindustrial
canavieiro.

4

4

O crescente processo de territorialização e desterritorialização do capital agroindustrial
canavieiro provocou mudanças na Geografia do campo no país e na Geografia do
trabalho.

14. A Região Sul é uma das cinco macrorregiões, onde se encontra dividido o Brasil. Os Estados que a
compõem totalizam uma área de mais de 500.000km², por isso é considerada a menor do país. Sobre as
características geográficas mais destacadas dessa região, analise as proposições e conclua.
I

II

0

0

Trata-se de uma região que, do ponto de vista físico geográfico, é ocasionalmente
atingida, sobretudo durante o inverno, por movimentos intensos do ar atmosférico,
denominados anticiclones extratropicais. Esses ventos fortíssimos acarretam, em geral,
sérios prejuízos econômicos, sobretudo na porção ocidental de Santa Catarina e Paraná.

1

1

As áreas de florestas dessa região foram colonizadas por imigrantes eslavos, italianos e
alemães, com pequenas e médias propriedades rurais, voltadas, fundamentalmente, à
policultura.

2

2

A região dos Campos foi ocupada desde o Brasil Colonial por latifúndios escravocratas
e utilizada, de início, para a pecuária extensiva e depois, para o cultivo de trigo e soja.

3

3

A porção oeste dessa região, tradicionalmente produtora de arroz, atravessou uma grave
crise econômica neste século, resultante de alterações climáticas desfavoráveis ao
cultivo desse produto; em face desse fenômeno, deixou de ser a maior produtora
nacional, perdendo espaço, assim, para o Maranhão.

4

4

O clima da região é dominantemente subtropical, caracterizado por fracas amplitudes
térmicas anuais e com chuvas bem distribuídas ao longo do ano; esse clima
condicionou, sobremaneira, o cultivo do chá-mate.

7