PROF. 2o ANO
HISTÓRIA
PADRÃO VOL. II

Direção Executiva:
Fabio Benites
Gestão Editorial:
Maria Izadora Zarro
Diagramação, Ilustração
de capa e Projeto Gráfico:
Alan Gilles Mendes
Alex França
Dominique Coutinho
Erlon Pedro Pereira
Estevão Cavalcante
Paulo Henrique de Leão
Estagiários:
Amanda Silva
Fabio Rodrigues
Gustavo Macedo
Lucas Araújo
Irium Editora Ltda
Rua Desembargador Izidro,
no114 - Tijuca - RJ
CEP: 20521-160
Fone: (21) 2560-1349
www.irium.com.br

Autores:
Biologia:
Filosofia:
Física:
Geografia:
História:
Leitura e Produção:
Língua Espanhola:
Língua Inglesa:
Língua Portuguesa:
Literatura:
Matemática:
Química:
Sociologia:

Alexandre Bandeira
Gustavo Bertoche
Wilmington Collyer
Gonzalo Lopez
Roberto José Alves
Vinícius Carvalho
Mizael Souza
Caroline Carvalho
Vinícius Carvalho
Vinícius Carvalho
Ricardo Viz
André Ventura
Anne Nunes

Atualizações:
Língua Espanhola:
Língua Inglesa:
Matemática:
Química:

Karina Paim
Maria Izadora Zarro
Gabriella Moreira
Beattriz Guedes

É proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, inclusive quanto às características gráficas e/ou editoriais. A violação de direitos
autorais constitui crime (Código Penal, art. 184 e §§, e
Lei nº 6.895, de 17/12/1980), sujeitando-se a busca e
apreensão e indenizações diversas (Lei nº 9.610/98).

Apresentação:
Olá, querido aluno.
O material da Irium Educação foi elaborado por professores competentes e comprometidos com
uma proposta de educação exigente e plural.
Neste livro, você encontrará uma teoria na medida certa, focada nas informações mais importantes
hoje em dia, e muitos exercícios para fortalecer sua aprendizagem e preparação para os desafios futuros.
Vamos conhecer um pouco mais sobre este livro?
Todo capítulo inicia com uma capa, onde você encontrará uma imagem ilustrativa e os objetivos
de aprendizagem. Estes resumem o que queremos que você aprenda. Quando chegar no final do
capítulo, se você quiser saber se aprendeu o que é realmente importante, volte na capa e verifique se
alcançou cada um dos objetivos propostos.
Antes de entrarmos na teoria, em cada capítulo, você encontrará uma contextualização. Ela funciona para mostrar para você porque o assunto é importante e como você poderá usar esse conhecimento
no seu dia a dia.

No meio do caderno, quando estiver estudando, você encontrará inserções com informações relevantes e que "conversam" com portais da Irium Educação. É o caso do box Como pode cair no ENEM?,
que trazem temas conectados ao assunto do capítulo e propõem questões do ENEM ou com o estilo
da prova. Você poderá resolver os exercícios no seu caderno ou acessar o portal comopodecairnoenem.
com.br. Lá você também encontrará todas essas questões resolvidas em vídeo.
Outra inserção interessante, que visa oferecer mais conhecimento relevante, é o 4News. Nessa seção, será possível acessar notícias recentes que conectam o tema do capítulo com uma informação
importante para a sua formação e para os diversos vestibulares. Na apostila, essas informações estão
resumidas, mas poderá acessar esse conteúdo, produzido pela nossa equipe de professores, na íntegra, através do portal 4newsmagazine.com.br ou utilizando o QR code inserido no box.
Uma das principais marcas dos livros da Irium Educação são os exercícios, que primam pela quantidade e qualidade. Para ajudar os alunos a tirarem suas dúvidas, existem inúmeras questões com
soluções gravadas em vídeo. Elas aparecem com uma câmera e um código. Para acessar a solução,
utilize o código no campo de busca no espaço destinado (videoteca) no nosso site irium.com.br/videoteca
ou até mesmo no Youtube.

Além dos exercícios tradicionais, de concursos, propomos uma atividade mais experimental no final
de cada capítulo. Na seção Pesquisando, você encontrará uma proposta de reflexão e/ou pesquisa
com o intuito de tornar o aprendizado teórico mais prático e concreto. Essa atividade poderá ser usada
para seminários e apresentações, de acordo com a agenda pedagógica da escola.
Para finalizar, que tal encontrar um conteúdo ideal para aquelas revisões na véspera de provas e
concursos? Essa é a proposta da seção Resumindo, na última página de cada capítulo. Aqui, você encontrará uma síntese com as principais informações do capítulo, como as fórmulas mais importantes,
que você não pode esquecer.
A equipe da Irium Educação acredita em uma formação exigente, completa e divertida. Esperamos que
este livro possa proporcionar isso a você.
#vamboraaprender

"A Educação é a arma mais poderosa
que você pode usar para mudar o mundo."

(Nelson Mandela)

Fabio Benites
Diretor-geral

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
2º ANO ­ 2016 / 2017
HISTÓRIA
1o BIMESTRE
EM2HIS01: República Velha: quais os fatores da crise do Império?
·
·
·
·

Analisar os fatores que levaram ao desgaste político do Imperador Pedro II e a queda da Monarquia;
Caracterizar os principais pontos dos projetos republicanos colocados para substituir a decadente
monarquia;
Identificar as primeiras medidas tomadas pelo Governo Provisório e analisar as principais características
da Constituição de 1891;
Analisar os primeiros governos republicanos na chamada República da Espada.

EM2HIS02: República Velha: quais os principais acontecimentos da República Oligárquica?
·
·
·
·

Identificar as demandas dos novos grupos sociais que assumiram um protagonismo político no Brasil;
Identificar as principais características do projeto político de Vargas;
Compreender o processo de construção de uma identidade nacional comandado pelo governo;
Analisar a realidade social e econômica da Capital Federal relacionando-as com a Revolta da Vacina
e a Revolta da Chibata.

EM2HIS07: Era dos Extremos: compreendendo o mundo no início do século XX
·
·
·
·
·

Identificar as transformações econômicas que levaram ao Neocolonialismo;
Identificar as características do Imperialismo;
Compreender o processo de dominação ideológico e político;
Identificar as consequências para o Brasil e para o mundo da chamada Grande Guerra;
Compreender as transformações socioeconômicas na Rússia que contribuíram para a eclosão de
uma revolução socialista.

2o BIMESTRE
EM2HIS03: Era Vargas: entendendo os principais fatos do primeiro governo varguista
·
·
·
·
·
·

Reconhecer as consequências do processo de industrialização no país;
Identificar as demandas dos novos grupos sociais que assumiram um protagonismo político no Brasil;
Identificar as principais características do projeto político de Vargas;
Compreender o processo de construção de uma identidade nacional comandado pelo governo;
Identificar a influência do contexto externo para o desenrolar da Era Vargas;
Compreender os fatores que contribuíram para a saída de Vargas do poder.

1

EM2HIS08: Era dos Extremos: o período Entreguerras e a Segunda Guerra Mundial
·
·
·
·
·

Explicar as origens da grande crise capitalista de 1929 e seus desdobramentos nos anos 30;
Identificar as soluções apresentadas para superação da Depressão Econômica dos anos 30;
Identificar os fatores que levaram à eclosão da Segunda Guerra Mundial;
Compreender o papel dos Estados Unidos e da União Soviética no conflito;
Identificar as principais consequências do conflito.

3o BIMESTRE
EM2HIS04: Intervalo democrático no Brasil: quais os principais eventos durante a
experiência democrática entre 1946 e 1964?
·
·
·
·
·

Entender os Governos Dutra e Vargas, e compreender as causas e consequências do suicídio de
Vargas;
Identificar os objetivos do projeto desenvolvimentista de JK;
Entender os Governos Jânio Quadros e João Goulart e identificar os grupos sociais envolvidos na
derrubada do governo de João Goulart;
Reconhecer as contradições da experiência democrática brasileira;
Identificar a relação entre o contexto político e a produção cultural do período.

EM2HIS05: A Ditadura Militar Brasileira: conhecendo os principais eventos da
Ditadura Militar
·
·
·
·
·
·

Reconhecer as diferentes fases do Regime Militar ao longo dos 21 anos de ditadura;
Identificar o projeto político e econômico desenvolvido pelos militares;
Reconhecer a importância dos movimentos sociais no combate à ditadura;
Compreender o papel dos meios de comunicação no regime militar;
Identificar o contexto internacional da época e sua relação com a crise do regime militar;
Identificar causas, características e consequências do chamado Milagre Brasileiro.

EM2HIS09: Guerra Fria: como ocorreu o conflito ideológico entre liberalismo e
comunismo?
·
·
·

Identificar as características da Doutrina Truman;
Compreender a atuação dos movimentos sociais dos EUA no contexto da Guerra Fria;
Identificar as consequências geopolíticas da Revolução Cubana de 1959;

·
·

Identificar os conflitos ocorridos em todo mundo em decorrência da disputa entre EUA e URSS;
Reconhecer os fatores que levaram ao fim da União Soviética.

EM2HIS10: Processo de descolonização: quais as principais lutas por liberdade
durante o século XX?
·
·
·
·
·

Identificar os fatores que determinaram o inicio do processo de Descolonização de Ásia e África;
Reconhecer a criação da ONU como um elemento de legitimação da luta destes povos por sua
independência;
Caracterizar o processo de Independência da Índia;
Analisar o contexto histórico da China antes e depois da Segunda Guerra Mundial;
Caracterizar o processo de construção do socialismo chinês.

2

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017
4o BIMESTRE
EM2HIS06: Brasil contemporâneo: quais os principais acontecimentos no país, após
a redemocratização?
·
·
·
·
·

Reconhecer os grupos sociais envolvidos na construção da Nova República;
Identificar os diferentes projetos econômicos criados no país durante o período estudado;
Compreender o processo de construção de um estado democrático de direito;
Identificar as características do Plano Real de FHC;
Reconhecer o papel das políticas sociais do governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

EM2HIS12: A crise do Socialismo: como ocorreram as aberturas políticas na Rússia
e no Leste Europeu?
·
·

Relacionar a fragmentação da URSS com o fim da Guerra Fria;
Caracterizar a Glasnost e a Perestroika, implementadas no governo Gorbachev;

·
·
·

Identificar os principais fatores que levaram a crise do chamado socialismo real;
Analisar a guerra e a fragmentação da Iuguslávia;
Analisar a situação social e econômica dos países do Leste Europeu após a queda do socialismo.

3

4

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

ORIENTADOR METODOLÓGICO PADRÃO
ENSINO MÉDIO 2017/2018
O material didático da Irium Educação foi reformulado para o biênio 2017/2018 com o
intuito de estar atualizado com as demandas educacionais dos principais concursos do país e
alinhado com os pilares educacionais elementares defendidos pela editora.
Além de conter um projeto pedagógico de vanguarda, o projeto gráfico é totalmente
inovador. O design de cada página foi projetado para ser agradável para a leitura e atrativo
visualmente, favorecendo a aprendizagem. Há uma identidade visual para cada disciplina e as
seções são marcadas com foco artístico e acadêmico.
Veja algumas páginas:

1

Didaticamente, há um projeto traçado que envolve fundamentos pedagógicos de
vanguarda. Além disso, o material impresso dialoga com sites e aplicativos, e vídeos dispostos
na videoteca do irium.com.br.
Confira os fundamentos pedagógicos do material e suas justificativas:
Fundamento 01:
Apresentar um conteúdo com ementa e nível de acordo com os Parâmetros Curriculares
Nacionais (PCNs), refletidos pelos principais concursos do país do referido segmento.
Descrição: O conteúdo de cada série segue as orientações dos PCNs e conteúdo programático
do exame nacional do Ensino Médio (ENEM). Existem duas linhas de material. O pacote
Otimizado aborda todo o conteúdo dividido em três anos, enquanto o Padrão encerra todo o
conteúdo nos dois primeiros anos, e o terceiro ano funciona como um pré-vestibular abordando
toda a ementa do ENEM e dos principais vestibulares do Brasil.
Fundamento 02:
Alinhar desde o princípio os objetivos pedagógicos de cada caderno (capítulo).
Descrição: Ainda na capa de cada caderno (capítulo), professores e alunos encontrarão os
objetivos a serem alcançados naquela unidade. Dessa forma, pretende-se que docentes e
discentes comecem "com o objetivo em mente", ou seja, que tenham clareza desde o início dos
objetivos.
Como funciona na prática? Logo na capa do caderno, sugerimos que o professor apresente os
objetivos pedagógicos do caderno, ou seja, o que o aluno deve assimilar e quais competências
ele deve desenvolver, quando o caderno estiver com a teoria lecionada e os exercícios
realizados.
Na capa do caderno de Hidrostática, ao lado, ao ler os objetivos
da unidade, junto com os alunos, o professor deixa claro que
visa ensinar, para compreensão dos alunos, compreender os
conceitos de pressão, massa específica e densidade de um
corpo, assim como o teorema de Stevin, de Arquimedes e o
princípio de Pascal.

2

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

Fundamento 03:
Transcender o conteúdo tradicional, a partir do diálogo entre este e outros saberes, não
previstos na Base Nacional Comum, mas considerados relevantes para a formação do
jovem, segundo a visão da Irium Educação.
Descrição: Além do conteúdo tradicional, o material do Ensino Médio é focado em novos saberes
essenciais para a formação dos jovens hoje em dia. Saberes como Economia, Noções de
Nutrição, Geopolítica e Meio Ambiente são apresentados de forma dialógica com os conteúdos
tradicionais. De forma prática, em cada caderno há pelo menos uma inserção transdisciplinar
em formato de observação. Essas inserções surgem no material impresso em uma versão
reduzida e o artigo na íntegra pode ser acessado no site do projeto 4newsmagazine.com.br.
Como funciona na prática? As inserções são apresentadas em um quadro específico e o
conteúdo é exposto pela bandeira interdisciplinar 4NEWS MAGAZINE. Esta é uma revista de
atualidades que possui uma linguagem própria da adolescência, o que gera identificação com
os alunos. Com isso, terão a oportunidade de ler, entender e debater temas importantes do
Brasil e do mundo de uma forma mais interessante para a faixa etária que se encontram. Para
os professores, fica a sugestão de utilizar esses artigos transdisciplinares para apresentar
como o conteúdo presente "dialoga" com outros, estendendo a aprendizagem e mostrando
outras áreas do conhecimento com as quais alguns alunos, com certeza, irão se identificar.
Esse fundamento do material didático é uma grande oportunidade para fazer conexões entre
os saberes, valorizando cada um e ainda mais a sinergia entre eles. Além do artigo presente
na apostila, os educadores podem incentivar os discentes a acessar o conteúdo completo,
no site, possibilitando a navegação por outros artigos e, consequentemente, o acesso a mais
informações de qualidade. Veja no recorte abaixo, como a notícia sobre a influência da igreja
católica na geopolítica mundial foi utilizada para dialogar com o caderno de História do 3º ano
"Formação do Brasil colonial", enriquecendo ainda mais o conhecimento cultural do aluno.

3

Fundamento 04:
Sugerir contextos para apresentação dos conteúdos a fim de tornar o aprendizado mais
prático e concreto para o aluno.
Descrição: Um desafio para os educadores é não cair no "conteudismo" puro, distante da
aplicabilidade desses e da realidade dos alunos. Para isso não acontecer, o material traz
sugestões de contextualizações para o início do conteúdo, além de outras exemplificações
práticas ao longo da apresentação da teoria.
Como funciona na prática? Na segunda página de cada caderno, há uma charge, uma tirinha,
uma citação, um meme ou outra representação que o professor pode usar como "gancho" para
iniciar a sua aula de forma contextualizada, trazendo mais significado para o aprendizado
desde o início da aula. Repare que o texto abaixo (à esquerda) propõe uma reflexão sobre
o porquê alguns corpos flutuam e outros não. Essa provocação cabe perfeitamente para o
início da exposição, considerando que se pretende explicar o conceito de hidrostática, ou seja,
ciência que estuda os líquidos em equilíbrio estático. No outro exemplo (à direita), o autor inseriu
uma imagem para criticar a concentração fundiária no Brasil.

4

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

Fundamento 05:
Promover uma linguagem mais dialógica e sedutora para o aluno, a fim de sensibilizá-lo
para a importância do conteúdo, facilitando o processo de aprendizagem.
Descrição: A forma como as informações são apresentadas é essencial para criar simpatia
ou rejeição por parte dos alunos. Pensando nisso, reformulamos a linguagem do material,
especialmente no início de cada caderno, na primeira impressão, para que ela fosse mais
atrativa para os jovens. Assim, o texto "conversa" com o leitor, favorecendo a apresentação do
conteúdo e evitando rejeições devido a forma como ele é apresentado.
Como funciona na prática? Os textos do material não possuem linguagem coloquial, eles
são técnicos. Porém, não são puramente técnicos no sentido tradicional. Eles buscam uma
aproximação do educando, como se o autor estivesse "conversando" com o leitor. Esse tipo de
construção favorece a compreensão, e os professores podem usar isso em exercícios como:
reescreva determinado texto com suas palavras, deixando claro o que você entendeu. Nos
textos tradicionais, normalmente, os alunos têm dificuldade de entenderem sozinhos. Veja os
textos abaixo como são convidativos.

5

Fundamento 06:
Articular conteúdo e exercícios de forma planejada, a fim de tirar o melhor proveito
desses últimos, funcionando como validação dos conceitos básicos trabalhados ou
espelhando a realidade dos mais diversos concursos.
Descrição: Há três seções de exercícios "tradicionais". Os Praticando possuem o aspecto de
validação da aprendizagem, os Aprofundando refletem a clássica abordagem dos concursos e
os Desafiando (somente na versão Padrão) são os mais difíceis, até mesmo para os principais
concursos do país. Existem também, em todas as seções, questões resolvidas em vídeo. Elas
estão sinalizadas com um ícone de uma câmera, que indica que há solução gravada, e podem
ser localizadas pelo código justaposto. Através desse código, o aluno-usuário deverá acessar
a área da Videoteca, localizada em irium.com.br.
Como funciona na prática? Os exercícios Praticando, por serem validações da aprendizagem,
permeiam a teoria, ou seja, teoria 1 praticando 1 teoria 2 praticando 2 ... Os
Aprofundando servem como mini simulados de concursos e são recomendados "para casa"
para serem corrigidos na aula seguinte. Os Desafiando, por serem os mais difíceis, podem
valer pontos extras em atividades a parte.
Fundamento 07:
Incentivar o aluno a estender sua aprendizagem além da sala de aula, seja com links para
sites e aplicativos ou através de atividades complementares de pesquisa e reflexão.
Descrição: O material possui também atividades não
ortodoxas. As questões "tradicionais" são testes para
verificar se o aluno consegue reproduzir aquilo que deveria
ser aprendido. Na seção Pesquisando, o material propõe
exercícios novos, que incentivam a pesquisa on-line e
off-line, reflexões sobre escolhas e comportamentos e
servem também, para possibilitar a atuação dos
responsáveis na educação formal do filho, pois podem
ajudá-los nas pesquisas e reflexões sugeridas pela
atividade. Para o terceiro ano, não há a sugestão da
atividade Pesquisando, mas uma seção denominada
Competências e Habilidades onde são informadas e
trabalhadas as cento e vinte habilidades da matriz de
referência do ENEM.

6

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

Como funciona na prática? A seção Pesquisando é constituída de exercícios "fora da caixinha",
isto é, aqueles que exigem pesquisas e/ou reflexões. Há algumas utilizações pedagógicas
interessantes para essa seção. Exemplos: 1) O professor poderia pedir um caderno separado
para registro desses exercícios. Ao final ele teria um verdadeiro portfólio da produção dos
alunos ao longo de determinado tempo; 2) Os pais poderiam ser convidados a participar da
educação formal do filho, ajudando-o ou simplesmente perguntando sobre os temas abordados
nesses exercícios, pois são mais fáceis para esse intuito do que os exercícios tradicionais;
3) O aluno poderia exercitar sua oratória apresentando atividades propostas nessa seção; 4)
Alguns Pesquisando podem ser usados como temas para debates em sala, desenvolvendo as
habilidades de ouvir e compreender o outro, além, obviamente, da capacidade de argumentação.
A seção Competências e Habilidades, presente no material do terceiro ano, informa
qual(is) habilidade(s) está(ão) relacionada(s) àquele conteúdo, qualificando o educando nesse
conteúdo.
Fundamento 08:
Oferecer informações sintetizadas, a fim de atender momentos de revisão do conteúdo.
Descrição: No final de todo caderno, apresentamos uma seção denominada Resumindo,
onde é apresentada uma síntese do conteúdo do caderno. O intuito é possibilitar que o aluno
tenha um resumo bem construído para uma revisão rápida, quando necessária.

7

8

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2017

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ENSINO MÉDIO 2017
2º ano
HISTÓRIA
2o bimestre:
Aula: 11
Tópico:
Era Vargas: entendendo os principais fatos do primeiro governo varguista
Objetivos: Reconhecer as consequências do processo de industrialização no país; Identificar as
demandas dos novos grupos sociais que assumiram um protagonismo político no Brasil; Identificar
as principais características do projeto político de Vargas; Compreender o processo de construção de
uma identidade nacional comandado pelo governo;
Subtópicos: A crise da República Oligárquica e a Revolução de 1930;
Exercícios: x
Para casa: Praticando 1

Aula: 12
Tópico:
Era Vargas: entendendo os principais fatos do primeiro governo varguista
Objetivos: Identificar a influência do contexto externo para o desenrolar da Era Vargas.
Subtópicos: A Era Vargas (1930 ­ 1937)
Exercícios: x
Para casa: Praticando 2

Aula: 13
Tópico:
Era Vargas: entendendo os principais fatos do primeiro governo varguista
Objetivos: Compreender os fatores que contribuíram para a saída de Vargas do pod
Subtópicos: A Era Vargas: a ditadura do Estado Novo (1937 ­ 1945)
Exercícios: Praticando 3 ao 20
Para casa: Aprofundando e Desafiando

Aula: 14
Tópico:
Era Vargas: entendendo os principais fatos do primeiro governo varguista
Objetivos: x
Subtópicos: Exercícios
Exercícios: Aprofundando e Desafiando
Para casa: Pesquisando

9

Aula: 15
Tópico:
Era dos Extremos: o período Entreguerras e a Segunda Guerra Mundial
Objetivos: Explicar as origens da grande crise capitalista de 1929 e seus desdobramentos nos anos
30; Identificar as soluções apresentadas para superação da Depressão Econômica dos anos 30.
Subtópicos: O Período Entreguerras (1919 ­ 1939): a crise de 1929 e a depressão econômica dos anos 30
Exercícios: x
Para casa: Praticando 1

Aula: 16
Tópico:
Era dos Extremos: o período Entreguerras e a Segunda Guerra Mundial
Objetivos: Identificar os fatores que levaram à eclosão da Segunda Guerra Mundial
Subtópicos: O Período Entreguerras (1919 ­ 1939): a onda nazi ­ fascista
Exercícios: x
Para casa: Praticando 2

Aula: 17
Tópico:
Era dos Extremos: o período Entreguerras e a Segunda Guerra Mundial
Objetivos: Compreender o papel dos Estados Unidos e da União Soviética no conflito; Identificar as
principais consequências do conflito;
Subtópicos: A Segunda Guerra Mundial (1939 ­ 1945)
Exercícios: x
Para casa: Praticando 3 ao 21

Aula: 18
Tópico:
Era dos Extremos: o período Entreguerras e a Segunda Guerra Mundial
Objetivos: Compreender o papel dos Estados Unidos e da União Soviética no conflito; Identificar as
principais consequências do conflito
Subtópicos: A Segunda Guerra Mundial (1939 ­ 1945)
Exercícios: x
Para casa: Aprofundando

Aula: 19
Tópico:
Era dos Extremos: o período Entreguerras e a Segunda Guerra Mundial
Objetivos: x
Subtópicos: Exercícios
Exercícios: Aprofundando e Desafiando
Para casa: Pesquisando

Aula: 20
Tópico:
Revião
Objetivos: x
Subtópicos: Revisão bimestral
Exercícios: Revisão bimestral
Para casa: Revisão bimestral

10

ORIENTADOR METODOLÓGICO: ERA VARGAS ENTENDENDO OS PRINCIPAIS FATOS DO PRIMEIRO GOVERNO VARGUISTA

ORIENTADOR METODOLÓGICO

DESENVOLVIMENTO: Apenas a alternativa E está
adequada ao tempo cronológico proposto no
enunciado. O investimento de parte do capital
gerado pelo café na industrialização coincide
com a incipiente indústria paulista na primeira e
segunda décadas do século XX.

Era Vargas: entendendo os
principais fatos do primeiro
governo varguista

5) a) O aluno poderá citar: a retração da produção; o aumento do desemprego; a diminuição da
capacidade de consumo; a diminuição do crescimento econômico; a depressão econômica; o aumento da inflação, dentre outros.
b) O aluno deverá especificar como a crise de
29 abalou a economia do café o que por sua vez
desestruturou as bases econômicas da primeira
república, uma resposta a essa crise foi a implantação das indústrias de base conduzidas pelo estado Varguista.

Objetivos de aprendizagem:
· Reconhecer as consequências do processo
de industrialização no país;
· Identificar as demandas dos novos grupos
sociais que assumiram um protagonismo político
no Brasil;
· Identificar as principais características do
projeto político de Vargas;
· Compreender o processo de construção de
uma identidade nacional comandado pelo governo;
· Identificar a influência do contexto externo
para o desenrolar da Era Vargas;
· Compreender os fatores que contribuíram
para a saída de Vargas do poder.

6) A
DESENVOLVIMENTO:Não se pode falar nesse momento de abandono dos setores agrícolas pelo
governo. A industrialização é posterior a revolução de 30

Praticando:

7) O aluno deverá explicar que a semana de arte
moderna produziu uma ruptura com a tradição
artística brasileira, dando início ao processo de
mudanças culturais que políticas que renovaram
as condições de vida nacional. Como um de seus
efeitos o aluno poderá indicar: a valorização de
uma linguagem brasileira; o reforço da relação
entre cultura e nação; crítica política as oligarquias; afirmação de uma cultura nacional; intensificação de estudos sobre folclore e cultura popular; recepção de tendências modernistas nas
artes; dentre outras.

1) D
DESENVOLVIMENTO:O Estado Brasileiro promoveu um processo de industrialização de substituição das importações durante o período da grande depressão, na falta de produtos estrangeiros
os país se viu obrigado a suprir a demanda, o que
gerou uma incipiente industrialização no Sudeste, principalmente no Estado de São Paulo.
2) E
DESENVOLVIMENTO: Nos anos iniciais do Estado
Novo, Vargas, que simpatizava com os regimes
totalitários europeus, tomou a atitude de regular
a entrada de judeus no Brasil.

8) E
DESENVOLTIMENTO: O Tenentismo foi um movimento militar ocorrido na década de 20 que se
opunha ao padrão político oligárquico brasileiro
e exigia uma série de mudanças inclusive a ampliação da educação básica.

3) C
DESENVOLVIMENTO:O período do Estado Novo
foi marcado pela centralização e fortalecimento
do poder em torno de Getúlio Vargas, de maneia
oposta a descentralização política da Primeira República. Isso fica simbolizado pela supremacia da
bandeira nacional frente as bandeiras estaduais.
4) E

1

EM2HIS03

9) A
DESENVOLVIMENTO: Apesar da valorização dos
elementos nacionais, em detrimento dos estrangeiros, os modernistas demonstravam elevado
senso crítico, marcado pelo realismo e pela rejeição da visão romântica sobre os nativos e natureza.

ORIENTADOR METODOLÓGICO: ERA VARGAS ENTENDENDO OS PRINCIPAIS FATOS DO PRIMEIRO GOVERNO VARGUISTA

16) B
DESENVOLVIMENTO: A justiça eleitoral foi criada
com o claro objetivo de combater os resquícios
da república oligárquica, quais sejam, o coronelismo, as fraudes eleitorais e o voto de cabresto.

10) E
DESENVOLVIMENTO:A Colunas Prestes foi o ponto culminante do Tenentismo, movimento social/
militar que, buscava derrubar as oligarquias que
até então exerciam o poder na primeira república. Apesar da inspiração socialista/soviética, apenas depois da chegada de Vargas ao poder Prestes abraça objetivamente a causa comunista.

17) O aluno deverá retirar do texto: a crítica ao
estado liberal-democrático; o intervencionismo
econômico e social; e/ou princípios corporativistas. Relacionando-os com a proposta política do
Estado Novo.

11) E
DESENVOLVIMENTO: Apenas a alternativa E está
incorreta. A proposta dos modernistas era exatamente o contrário, absorver as influências de
fora para criar uma arte nacional.

18) a) O aluno deverá explicar que durante a Era
Vargas a política econômica se concentrou no estimulo a diferentes atividades produtivas, com os
objetivos de minimizar os efeitos da dependência
da produção cafeeira e promover a industrialização para a substituição das importações.
b) O aluno deverá explicar que durante a Era Vargas foram concedidos os primeiros trabalhistas,
inclusive com a posterior criação da CLT e da
Previdência Social. Nesse período os sindicatos
foram legalizados, mas também cooptados no
que se denominou "peleguismo". Verifica-se nesse período o início da aceleração do processo de
urbanização.

12) D
DESENVOLVIMENTO: Os tenentes buscavam um
estado completamente centralizado, com vistas a
cercear o poder das oligarquias, já as oligarquias
se organizavam para recuperar o exercício do poder perdido com a Revolução de 30, movimento
que daria origem a Revolução Constitucionalista
em São Paulo.
13) B
DESENVOLVIMENTO: Durante a Era Vargas, as
relações trabalhistas se caracterizavam por uma
ordenação de "cima para baixo". A Justiça do Trabalho procurava ao mesmo tempo garantir os
direitos do trabalhador e evitar os conflitos trabalhistas.

19) C
DESENVOLVIMENTO: A primeira letra fala sobre
vadiagem, já a segunda em contrapartida fala
sobre a valorização do trabalho, evidenciando
a diferença das letras antes e durante o Estado
Novo. A máquina da propaganda de Vargas se
assegurou de incentivar produções artísticas que
valorizavam o trabalhismo.

14) E
DESENVOLVIMENTO: Durante a Era Vargas foi
promulgada a Constituição de 1934 que assegurava o direito ao voto para as mulheres, bem
como o direito a participação política.

20) E
DESENVOLVIMENTO:O direito das mulheres ao
voto foi assegurado pela Constituição de 1934,
fato lembrado pela charge apresentada.

EM2HIS03

15) a) O aluno deverá apontar o declínio do poder
da oligarquia paulista após ascensão de Getúlio,
a nomeação de interventores para os estados; o
intervencionismo e o centralismo político promovido por Vargas que enfraquecia as elites paulistas; o autoritarismo do governo central.
b) O aluno deverá explicar que a elaboração de
uma nova Constituição buscava mitigar o poder
autoritário exercido por Vargas e possibilitar o
retorno das oligarquias tradicionais ao exercício
do poder.

21) O aluno poderá citar como características do
governo Vargas: exaltação a pátria; obrigação de
amor ao país. Como características do governo
peronista: exaltação da política bem exercida
como um bem para o país e para o futuro das
crianças argentinas. Com relação ao DIP o aluno
deverá indicar: a fiscalização das produções artísticas e jornalísticas; a censura.
22) D

2

ORIENTADOR METODOLÓGICO: ERA VARGAS ENTENDENDO OS PRINCIPAIS FATOS DO PRIMEIRO GOVERNO VARGUISTA

DESENVOLVIMENTO: Questão de interpretação
de texto, chega-se a resposta pela análise proposta no texto de que os revolucionários de 30
exaltavam a república, mas criticavam a ausência
de participação popular.

28) A
DESENVOLVIMENTO: A ideia dos modernistas era
promover a antropofagia com relação aos movimentos artísticos internacionais, qual seja, absorver o máximo possível de fora para criar uma
nova arte genuinamente brasileira.

23) C
DESENVOLVIMENTO:As alternativas I e IV estão
erradas. O Estado Novo não contou com o apoio
político da esquerda brasileira. A política externa Varguista foi marcada pela neutralidade, com
aproximação com os Aliados após 42.

29) E
DESENVOLVIMENTO: Apenas a alternativa E está
correta. Os projetos de aperfeiçoamento nas áreas de saúde e educação foram pensados como
forma de sanar o atraso do país em áreas fundamentais. Apesar de não terem sido levados a
cabo. Todas as demais alternativas contêm erros.

24) O aluno deverá indicar dentre os motivos para
a entrada do brasil na guerra o lado dos aliados:
navios brasileiros torpedeados; financiamento
dos EUA para a indústria de base; o caráter estratégico do nordeste brasileiro para a guerra; o
fornecimento de matérias primas estratégicas;
dentre outros. Quanto as mudanças o aluno poderá citar: a crise do Estado Novo; o afastamento
de Vargas em 1945; mobilização pela democratização; constituição de 1946 de caráter liberal;
dentre outros.

30) E
DESENVOLVIMENTO: O movimento de 30, que
deu fim à Primeira República, marcou o início
de um processo de modernização conservadora
com vistas a um desenvolvimento urbano e industrial através de uma política autoritária e centralizadora, personificada na figura de Vargas e
sem a participação popular.
31) A
DESENVOLVIMENTO: A realidade política exposta
no texto é a predominância do modelo agrário
e latifundiário no Brasil, o que por sua fez está
na origem do poder das oligarquias advindas da
agricultura. A Aliança Liberal, formada em contrapartida a quebra do acordo oligárquico por Washington Luís, e a Revolução de 30 que pôs fim a
Primeira República são evidencias desse processo.

Aprofundando:
25) O aluno deverá identificar o desenvolvimento
urbano e industrial e a modernidade tecnológica, explicando que o desenvolvimento dos centros urbanos e das industrias eram símbolos de
modernidade para os artistas da Semana de Arte
Moderna. Essas características se opunham ao
modelo agrário-exportador e ao domínio das oligarquias tradicionais que dominavam o cenário
político do país.

32) D
DESENVOLVIMENTO: O discurso apresentado no
texto não tem um caráter autoritário, porém tem
um discurso intervencionista e nacionalista. Não
se trata de uma agressão ou ingerência do Estado, mas uma forma vista como positiva pela população de exaltação da memória nacional.

26) B
DESENVOLVIMENTO: O texto deixa claro a crítica
de Vargas a Política dos Governadores e ao Coronelismo, que pela manipulação eleitoral favorecia as elites oligárquicas.
27) A
DESENVOLVIMENTO: O acordo das oligarquias
rompido por Washington Luiz e os movimentos
contra as oligarquias foram o estopim para o movimento revolucionário de 30, apoiado pelas classes médias urbanas.

3

EM2HIS03

33) a) O aluno deverá citar o direito ao voto e a
regulamentação do trabalho feminino
b) O aluno deverá explicar, com base no texto,
que o papel desejado da mulher é o de dona de
casa e mãe de família, apesar dos consideráveis
avanços na legislação quanto aos direitos femininos.

ORIENTADOR METODOLÓGICO: ERA VARGAS ENTENDENDO OS PRINCIPAIS FATOS DO PRIMEIRO GOVERNO VARGUISTA

34) C
DESENVOLVIMENTO: O texto deixa claro que
o Estado é mais centralizado e sua intervenção
ampliada. São marcas desse período a cooptação
das classes trabalhadoras e o desenvolvimento
das indústrias de base pelo Estado.

40) C
DESENVOLVIMENTO: O Integralismo foi um movimento com inspiração no fascismo, mas não imitou o fascismo italiano em tudo. O nacionalismo,
o corporativismo e a supremacia do Estado são
marcas desse movimento, que chegou a apoiar
Vargas durante a Segunda Guerra mundial.

35) C
DESENVOLVIMENTO: A expansão dos meios de
comunicação foi fundamental para a criação e
modelos de comportamento nas cidades, destacando-se São Paulo e Rio de Janeiro como modelos para o resto do país.

41) A
GABARITO: A criação da PETROBRÁS data de 1948
durante o governo de Eurico Gaspar Dutra
42) B
DESENVOLVIMENTO: As alternativas II e III estão
incorretas. O PCB participou da articulação pela
volta do regime democrático tendo inclusive participado das eleições de 1945. O DIP não acabou
após a Segunda Guerra, somente com o fim do
Estado Novo acabou sua atuação.

36) D
DESENVOLVIMENTO: O bandeirantismo, a figura
mitológica do bandeirante, bem como boa parte
dos mitos fundadores de São Paulo são imagens
usadas, senão criadas, pelos constitucionalistas
de 32, com o objetivo de criar uma ideia de identidade paulista.

43) E
DESENVOLVIMENTO: Ambas as afirmativas II e III
estão corretas. O populismo tem como característica afastar as massas do exercício político pela
exaltação dos feitos do líder populista nas concessões as massas. Isto fica perfeitamente exemplificado na figura de Vargas, o pai dos pobres.

37) C
DESENVOLVIMENTO: Não houve adesão imediata ao liberalismo. A adesão a esse modelo econômico só aconteceu durante o governo de Eurico
Gaspar Dutra, imediatamente posterior ao fim do
Estado Novo.

Desafiando:
44) a) O aluno deve indicar de acordo com o texto a importância dos personagens de Walt Disney
parar a consolidação da política da "Boa Vizinhança", a aproximação cultural do estilo de vida americano pela defesa do livre mercado e dos valores
estadunidenses, contra os valores do fascismo e
do socialismo.
b) O aluno deve explicar que Vargas procurou
manter uma política de neutralidade, beneficiando-se economicamente dos interesses diversos
tanto do Eixo quando dos Aliados, entretanto
essa política só durou até 1942 quando Vargas
insere o Brasil na segunda guerra ao lado dos
Aliados e contra o Eixo. Inclusive com o envio de
tropas da FEB à Europa e com a permissão de
instalações militares estadunidenses no nordeste brasileiro.

38) D
DESENVOLVIMENTO: A Hora do Brasil foi criada como
um instrumento de propaganda para Getúlio Vargas,
expressão do populismo. Uma forma de manipulação das massas pela propaganda política em meio
de comunicação de massa, a difusão das realizações do governo tinha por objetivo consolidar uma
imagem positiva deste e de seu líder máximo.

EM2HIS03

39) a) O aluno deverá citar a intervenção do Estado na industrialização e a preferência pelas chamadas indústrias de base
b) O aluno deverá explicar que o Estado buscava uma alternativa a dependência do café para a
exportação e da importação dos produtos para
a base da indústria nacional. No pós-30 o Estado
passa a atuar como financiador e empreendedor
do processo de industrialização. Ou deverá explicar que a preferência pelas indústrias de base
tinha o objetivo de possibilitar a substituição das
importações.

4

ORIENTADOR METODOLÓGICO: ERA DOS EXTREMOS: O PERÍODO ENTREGUERRAS E A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

ORIENTADOR METODOLÓGICO

mento do desemprego acompanhado da queda
da produção nos anos após 1929
b) O aluno deverá apresentar a crise de superprodução relacionada a queda no consumo; a especulação financeira na bolsa de valores relacionada ao aumento do rentismo; as crises cíclicas
no capitalismo liberal relacionadas a economia
internacional.

Era dos Extremos: o período Entreguerras e a Segunda Guerra Mundial
Objetivos:
· Explicar as origens da grande crise capitalista
de 1929 e seus desdobramentos nos anos 30;
· Identificar as soluções apresentadas para superação da Depressão Econômica dos anos 30;
· Identificar os fatores que levaram à eclosão da
Segunda Guerra Mundial;
· Compreender o papel dos Estados Unidos e
da União Soviética no conflito;
· Identificar as principais consequências do conflito.

6) C
DESENVOLVIMENTO:Questão fácil, o aluno deverá lançar mão de seus conhecimentos sobre
o contexto histórico do entre guerras e seus conhecimentos sobre a história do século XX para
identificar que globalização, Guerra do Vietnã,
Revolução Cubana, Muro de Berlim Crise dos
Mísseis, Doutrina Truman e Revolução Sandinista
não fazem parte desse período.

Praticando:

7) A
DESENVOLVIMENTO:Dentre outras medidas, foi
necessário a Roosevelt desacelerar a produção
agrícola para evitar uma nova crise de superprodução, ao mesmo tempo as obras públicas permitiam o reaquecimento da economia pela diminuição do desemprego.

1) A
DESENVOLVIMENTO:O intervencionismo estatal
de Roosevelt na economia estava amparado pela
teoria econômica de Keynes, que apoiava medidas intervencionistas que contrariavam o liberalismo econômico tradicional, vigente no período.

8) a) O aluno deverá indicar a crise de superprodução no EUA e a quebra da Bolsa de Valores de
Nova York
c) O aluno poderá identificar a crise imobiliária
de 2008 nos EUA citando como semelhança o alcance global e como diferença a origem da crise.
Outras possibilidades são o Choque do Petróleo
nos anos 70, a crise dos Tigres Asiáticos nos anos
90 entre outras.

2) B
DESENVOLVIMENTO: Questão de interpretação,
o aluno deverá reconhecer a diferenciação que
faz o autor do texto sobre o fascismo histórico
em comparação ao a inserção atual do fascismo
na política contemporânea.
3) B
DESENVOLVIMENTO:Questão fácil, cabe ao aluno
associar a figura de Hitler na imagem do gibi com
os totalitarismos da segunda guerra mundial.

9) A
DESENVOLVIMENTO: A política do New Deal incluía o investimento em obras de infraestrutura
como a criação de estradas e ferrovias, além do
investimento nas áreas de atividade econômica
e da interferência na legislação trabalhista. Tudo
isso gerou uma situação de diminuição do desemprego nos EUA até o fim dos anos 30.

4) B
DESENVOLVIMENTO: A crise de 1929 foi uma
crise de superprodução, daí a relação entre o incremento na produção industrial e agrícola e a
origem da crise. O aluno deverá ser capaz de contextualizar a crise de superprodução com a situação econômica global no período para responder
à questão.
5) a) O aluno deverá explicar pela análise do gráfico que a produção industrial e o emprego são
interdependentes a partir da observação do au-

5

EM2HIS08

10) B
DESENVOLVIMENTO:Os movimentos fascistas
começaram a surgir e se espalhar pela Europa na
década de 30. A guerra civil espanhola foi um dos
movimentos contrários a esse fenômeno.

ORIENTADOR METODOLÓGICO: ERA DOS EXTREMOS: O PERÍODO ENTREGUERRAS E A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

17) C
DESENVOLVIMENTO:Questão bastante sofisticada. O aluno precisará lançar mão de seus conhecimentos históricos para reconhecer que apesar
do presente neocolonialismo os africanos entraram na segunda guerra mundial contra o determinismo biológico que defendia a hierarquização
das raças.

11) A
DESENVOLVIMENTO: É possível chegar a essa resposta por eliminação, sabendo que os alemães
perseguiam dentre outros grupos os homossexuais. Os nazistas tinham a diferença étnica como
princípio fundamental; defendiam o desenvolvimento industrial; trata-se de uma sociedade misógina onde a mulher tinha pouca participação
política; e eram sobretudo anticomunistas.

18) O aluno deverá explicitar duas das seguintes
repercussões: a ampliação dos turnos de trabalho; o emprego da mão de obra feminina na indústria; diminuição do contingente de mão de
obra masculina.

12) A
DESENVOLVIMENTO: A violência, a dogmática e
o sectarismo dos movimentos políticos da juventude são características fundamentais dos movimentos fascistas e de outros regimes totalitários.

19) A
DESENVOLVIMENTO: Questão de interpretação
de texto, o aluno poderá reconhecer a resposta
correta sem lançar mão de seus conhecimentos
sobre a política do apaziguamento, que pretendia evitar um conflito armado de grandes proporções na Europa. Quando a

13) O aluno deverá reconhecer no texto dois dos
seguintes problemas: a desordem social; a crise
econômica; o vácuo de poder. Deverá também
explicar as ações do partido nazista quanto a esses problemas. Respectivamente: a instauração
de um Estado corporativo e centralizador para
enfrentar a crise das propostas liberais; o intervencionismo estatal para controlar os conflitos
entre capital e trabalho, o fim do sistema político
representativo com o estabelecimento do regime
de partido único com Hitler como liderança nacional.

20) a) O aluno deverá explicar que os judeus
usavam uma Estrela de Davi amarela costurada
a roupa como forma de identificação obrigatória.
Parte de um sistema de identificação de minorias
adotado na Polônia a partir de 1939.
b) O aluno deverá explicar que o gueto funcionava como uma área de confinamento de cerca de
400 mil judeus, que as condições de vida nesse
gueto eram precárias e miseráveis e que essa instituição representa um símbolo do autoritarismo
e do antissemitismo nazista.

14) D
DESENVOLVIMENTO:Questão de interpretação,
caberá ao aluno identificar na primeira imagem
símbolos que denotam o sofrimento humano
causado pelo bombardeio e na segunda imagem
a cidade destruída.

21) B
DESENVOLVIMENTO: O New Deal não foi facilmente aceito apesar do apoio parlamentar, o
plano sofreu pressões por setores tradicionais
da economia e ainda foi considerado inconstitucional pelo governo.

15) D
DESENVOLVIMENTO:A questão romana, conflito
entre a Igreja e o Estado Italiano desde a unificação, só foi solucionado com a interferência de
Mussolini em 29, apesar da laicidade do Estado
fascista.

Aprofundando:
22) O aluno deverá apresentar dois dos seguintes
fatores: especulação financeira; superprodução
agrícola; superprodução industrial; desaceleração do consumo; quebra da Bolsa de Nova York;
reaquecimento das economias europeias. Além
disso, deverá citar como principal desdobramento a repatriação de recursos americanos em função do crash e consequentemente a internacionalização da crise americana.

EM2HIS08

16) D
DESENVOLVIMENTO: Apesar da crítica ser mais
diretamente ligada ao socialismo real observado
por Orwell, devemos considerar que as críticas
apresentadas no livro, essencialmente na figura
do Big Brother, se direcionam aos regimes totalitários do século XX

6

ORIENTADOR METODOLÓGICO: ERA DOS EXTREMOS: O PERÍODO ENTREGUERRAS E A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

sidente. Além disso o aluno deverá apresentar o
colapso do sistema liberal associado a ascensão
dos regimes totalitários com a crise de 29 e a
grande depressão.

23) C
DESENVOLVIMENTO:O New Deal ficou caracterizado por uma série de medidas intervencionistas
que contrariavam o programa econômico liberal,
que até então era a norma.

29) B
DESENVOLVIMENTO: Para responder corretamente o aluno deverá ser capaz de relacionar
o contexto espanhol aos conflitos nacionalistas
como o caso do País Basco e da Catalunha.

24) a) O aluno deverá explicar os efeitos da grande depressão sobre a Alemanha relacionando
essa crise econômica com a política internacional
nos anos do liberalismo econômico. Além disso o
aluno poderá explicar a questão do repatriamento dos capitais com a crise que frearam a recuperação alemã iniciada com o fim da primeira guerra. O aluno deverá também relacionar os efeitos
mitigados da crise na URSS por seu isolamento
do mercado econômico internacional após o sucesso da revolução de outubro.
b) O aluno deverá indicar uma das seguintes medidas: investimentos estatais em obras públicas;
interferência no sistema bancário; atuação na legislação trabalhista e previdenciária; concessão
de empréstimos.

30) D
DESENVOLVIMENTO: A retirada das estatuas de
Franco demonstram uma clara tentativa de alteração da memória social espanhola, apagando
as recordações da ditadura franquista. O mesmo
movimento pode ser observado em outros países que passaram por regimes totalitários durante o século XX.
31) C
DESENVOLVIMENTO: A questão faz alusão ao uso
de técnicas e tecnologias industriais e práticas
"científicas" para o desenvolvimento das políticas
nazistas, incluindo-se nessas a prática do antissemitismo e o extermínio dos judeus e outros grupos "indesejados"

25) C
DESENVOLVIMENTO: O New Deal de Roosevelt
incluía uma série de interferências na legislação
trabalhista e previdenciária, incluindo-se nessas
a regulamentação dos sindicatos de trabalhadores. O resultado foi o fortalecimento da classe
trabalhadora.

32) A
DESENVOLVIMENTO: A Doutrina Monroe tinha
um espectro de defesa contra o imperialismo das
potências da Santa Aliança na América. Já a Esfera de Coprosperidade da Grande Ásia Oriental
caracterizava-se por uma política imperialista intervencionista.

26) D
DESENVOLVIMENTO: Pode-se chegar ao gabarito
por eliminação, a alternativa D é a única alternativa viável que não apresenta erros grosseiros. O
entre guerras ficou marcado pela crise do liberalismo e pelo surgimento de novas potencias industriais, tais como os EUA, a Alemanha e a própria URSS.

33) B
DESENVOLVIMENTO: Questão de interpretação,
a imagem demonstra a pequena porção de terra
alemã frente ao domínio do império britânico. A
frase "Alemanha, nação agressora? " visa justificar o expansionismo alemão.

27) C
DESENVOLVIMENTO: A produção cinematográfica em questão se insere no contexto de divulgação do antissemitismo, praticado contra judeus
na Alemanha nazista.
28) O aluno deverá identificar a divisão dos poderes tal qual proposta por Montesquieu como fundamento da liberdade política, contradito pelo
jornal que critica a dominação do parlamento, a
debilidade do governo e a insignificância do pre-

7

EM2HIS08

34) a) O aluno deverá explicar o expansionismo
japonês a partir da lógica do imperialismo. O Japão, que sofreu com a depressão econômica do
período, buscava expandir mercados consumidores e ter acesso a matérias primas como carvão mineral e ferro.
b) O aluno deverá identificar o Vietnã, entre Vietnã, Laos e Camboja. Além disso deverá explicar

ORIENTADOR METODOLÓGICO: ERA DOS EXTREMOS: O PERÍODO ENTREGUERRAS E A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

que o Vietnã vem tendo um crescimento econômico elevado no século XXI a partir da adução de
uma abertura econômica nos moldes chineses a
partir dos anos 90 do século XX, o país hoje tem
um elevado crescimento a partir da exportação
de produtos industrializados de baixo custo.
35) D
GABARITO: O aluno deverá lançar mão tanto de
conhecimento histórico quanto de interpretação
de texto para responder à questão. Reconhecendo a influência de doenças como a tifo em regiões agravadas pelas guerras mundiais. Durante
a segunda guerra a tifo foi causadora de grande
mortalidade devido as condições em que a população foi submetida durante as grandes guerras.
36) E
DESENVOLVIMENTO: Questão de interpretação,
o autor leva a crer que a propaganda fascista por
si só não seria capaz de gerar o autoritarismo,
que na verdade a propaganda deu voz as condições de mentalidade das massas à época.
37) O aluno deverá citar dentre outros: estado totalitário; corporativismo; unipartidarismo; intervencionismo; culto a personalidade.

Desafiando:

EM2HIS08

38) a) O aluno deverá indicar como semelhanças
o uso das artes gráficas na máquina da propaganda político-ideológica para a mobilização social com objetivo militar, como diferença deverá
indicar o contraste entre o realismo soviético e
o surrealismo alemão como fontes de inspiração
de nacionalismo e medo respectivamente.
b) Os cartazes foram produzidos após a entrada
dos EUA e da URSS na segunda guerra mundial,
momento de virada. Do ponto de vista soviético
o aluno deverá explicar a entrada da URSS na
guerra a partir da invasão alemã, e seu sucesso
a partir da contraofensiva após a vitória em Stalingrado, iniciando a retomada de regiões ocupadas pelos nazistas no leste europeu. Do ponto de
vista alemão o aluno deverá explicar a fragilidade
da máquina de guerra alemã frente a batalha em
dois fronts, sendo pressionada pelas tropas aliadas e em vias de derrota.

8