UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
COLÉGIO TÉCNICO
SETOR DE CIÊNCIAS SOCIAIS
DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL
PROFESSORES: Anny Torres e Eliezer Costa
2° ano do ensino médio
Ementa: apresentar as principais linhas de desenvolvimento econômico, social, político e cultural
da História do Ocidente ente os séculos XV-XIX, enfatizando o papel dos diferentes grupos sociais
na dinâmica da história e contextualizar os acontecimentos nacionais no quadro histórico mundial.
Discutir conceitos e categorias fundamentais das Ciências Humanas.

Programa:
I- O mundo Moderno: Transição Feudalismo/Capitalismo
1- Renascimento, Reforma e Contra-Reforma
2- Formação dos Estados Modernos: Absolutismo
3- Expansão Comercial Européia - Mercantilismo
4- Formação dos impérios coloniais
5- A Colonização portuguesa
5.1- Do extrativismo à economia do açúcar
5.2- Interiorização da colonização (bandeirantismo/pecuária/mineração)
5.3- Poder no mundo colonial
5.4- O mundo do trabalho
II- A Era das Revoluções
1- Crise do Antigo Regime: Iluminismo e Liberalismo
2- Revoluções Liberais
3- Revolução Industrial
4- Europa no século XIX
5- Ruptura do pacto colonial e os movimentos de independência na América
[Ideal Pan-Americano e fragmentação Política]
6- A independência do Brasil
III- O século XIX
1- O Brasil Império ­ lutas para a construção da nação
2.1- Primeiro Reinado
2.2- Período Regencial
2.3- Segundo Reinado
2- Crise da monarquia no Brasil
3- Nacionalismo e Imperialismo
4- Neocolonialismo

Atividades:
Para cada unidade serão propostas atividades de avaliação, definidas a cada trimestre, entre
elas: trabalho em grupo, seminário, atividade em sala e/ou prova.

BIBLIOGRAFIA GERAL:
AMADO, Janaína e FIGUEIREDO, Luiz Carlos. O Brasil no Império Português. Rio de Janeiro:
Jorge Zahar, 2001. (Coleção Descobrindo o Brasil)
___ GARCIA, Leônidas Franco. Navegar é preciso: grandes descobrimentos marítimos
europeus.16ª ed. São Paulo: Atual, 1989. (Coleção História em Documentos)
ANDRADE, Manuel Correia de. A trajetória do Brasil (de 1500 a 2000). São Paulo: Contexto,
2000. (Coleção Repensando a História)
AVANCINI, Elisa Gonçalves. Doce inferno: açúcar ­ guerra e escravidão no Brasil Holandês
(1580-1654). 9ª ed. São Paulo: Atual, 1991. (Coleção História em Documentos)
CARVALHO, José Murilo. Pontos e bordados. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 1999.
CROUZET, Maurice (dir). História das Civilizações. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996 (17 vls).
DAVATZ, Thomas. Memórias de um colono no Brasil. Belo Horizonte: Itatiaia, 1980.
DEYON, Pierre. O mercantilisno. São Paulo: Perspectiva, 1973.
EISEMBERG, P. L. A Guerra Civil Americana. São Paulo: Brasiliense, 1982.
FALCON, Francisco J.C. Mercantilismo e transição. São Paulo: Brasiliense, 1981.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Edusp, 1999.
FAUSTO, Carlos. Os índios antes do Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000. (Coleção
Descobrindo o Brasil)
FERLINI, Vera Lúcia Amaral. A civilização do açúcar: séculos XVI a XVIII. 9ª ed. São Paulo:
Brasiliense, 1994. (Coleção História em Documentos)
FURET: François. Dicionário Crítico da Revolução Francesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira,
1989.
HOBSBAWM. Eric J. A Era das Revoluções: Europa, 1789-1848. Rio de Janeiro: Paz e Terra,
1977.
___. A Era do Capital. 2ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.
___. A Era dos Impérios. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.
HOLANDA, Sérgio Buarque. História Geral da Civilização Brasileira. Rio de Janeiro: Bertrand
Brasil, 2003.
LINHARES, Maria Yedda (org). História Geral do Brasil. Rio de Janeiro: Campus, 1990.
MATTOS, Hebe Maria. Escravidão e cidadania no Brasil Império. Rio de Janeiro: Jorge Zahar,
2000. (Coleção Descobrindo o Brasil)
MICELI, Paulo. O ponto onde estamos: viagens e viajantes na história da expansão e da
conquista. 2ª ed. Campinas: Editora da UNICAMP, 1997.
MOTA, Carlos Guilherme (org). Brasil em Perspectiva. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995.
NABUCO, Joaquim. Minha Formação. São Paulo: Martins Claret, 2004. (Coleção A Obra Prima de
cada Autor)
POMER, L. As independências da América Latina. São Paulo: Brasiliense, 1981.
PRIORE, Mary Del e VENÂNCIO, Renato Pinto. O livro de ouro da história da Brasil. Rio de
Janeiro: Ediouro, 2001.
QUEIROZ, Suely Robles Reis de. A abolição da escravidão. São Paulo: Brasiliense, 1986.
(Coleção Tudo é História)
Santigo, T (org). Do feudalismo para o capitalismo: uma discussão histórica. São Paulo: Contexto,
1992.
SHWARCZ, Lília M. As barbas do Imperador. São Paulo: Cia das Letras, 1998.
SILVA, Alberto da Costa e. Um rio chamado Atlântico: a África no Brasil e o Brasil na África. Rio
de Janeiro: Nova Fronteira; Editora da UERJ, 2003.
SOBOUL, Albert. A Revolução Francesa. São Paulo; Difel, 1974.
THOMPSON, E. P. A formação da classe operária. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987 (3vol).
TOCQUEVILLE, Alexis. A democracia na América. São Paulo: EDUSP, 1977.
WEBER, Mark. A ética protestante e o espírito do capitalismo. 8ª ed. São Paulo: Pioneira, 1994.
WESSELING, H L. Dividir para dominar: a partilha da África (1880-1914). Rio de Janeiro/Revan,
1998.