E D I Ç ÃO

E S P E C I A L

de história

Assistência à Saúde / Reabilitação / Ensino / Pesquisa
THE ALTINO VENTURA FOUNDATION: 30 YEARS OF HISTORY
HEALTH ASSISTENCCE / REHABILITATION / EDUCATION / RESEARCH

Sabia que podemos juntos
beneficiar milhares de
pessoas com deficiências
visuais ou múltiplas? Saúde
e educação são essenciais
para o desenvovimento de
uma sociedade. Conheça a
indescritível sensação de doar
a alguém a felicidade de ter
acesso ao serviço especializado,
com infraestrutura adequada,
recursos humanos qualificados
e atendimento humanizado.
Com sua ajuda podemos dar
esperança e dignidade as
pessoas menos favorecidas.
Junte-se a nossa causa,
compartilhe a alegria da
solidariedade. Sua contribuição
é fundamental para a ampliação
de nossos serviços. Já
realizamos 11,5 milhões de
procedimentos e com seu apoio
poderemos fazer muito mais!
Faça sua doação.
"Ser feliz, é também ajudar as
pessoas". (Luciana Rodrigues)

COMPLEXO HOSPITALAR
DOEFAV.COM

EDIÇÃO ESPECIAL COMEMORATIVA DOS 30 ANOS DA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA
PRESIDENTE DO CONSELHO CURADOR DRA. LIANA O. VENTURA
PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETOR DR. RONALD CAVALCANTI
COORDENADOR ACADÊMICO DR. MARCELO VENTURA
DIRETOR EXECUTIVO LUCIANO REGINATO
DIRETOR MÉDICO DR. ANTÔNIO SPOSITO DE LIMA FILHO
DIRETORA TÉCNICA - CER IV FAV DRA. KÁTIA GUIMARÃES

COORDENADORES ACADÊMICOS
ADRIANA LIMA
BERNARDO CAVALCANTI
BRUNA VENTURA
EDILANA SÁ
VASCO BRAVO FILHO

JORNALISTA RESPONSÁVEL MYLLENA OLIVEIRA (DRT/PE 3950)
ASSESSORIA DE IMPRENSA MAGDA WACEMBERG (DRT/PE 991)
PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO SANDEMBERG PONTES
FOTOGRAFIA JOÃO LACERDA, ANDRÉ OLIVEIRA E CLÁUDIA ARAÚJO
REVISÃO PORTUGUÊS RAQUEL ANDRADE
TRADUÇÃO INGLÊS CHARLES HODGES
IMPRESSÃO COMPANHIA EDITORA DE PERNAMBUCO - CEPE
TIRAGEM 2 MIL EXEMPLARES

NOSSAS UNIDADES
Fundação Altino Ventura - Recife (MATRIZ)
Rua da Soledade, 170, Boa Vista, Recife, Pernambuco, Brasil, CEP 50070-040
Fone: (81) 3302.4300
Centro Especializado em Reabilitação Menina dos Olhos (CER IV) - Recife
Av. Maurício de Nassau, 2075, Iputinga, Recife, Pernambuco, Brasil, CEP 50731-490
Fone: (81) 3302.4300 (Ramal 5687)
E-mail: [email protected]

Fundação Altino Ventura - Jaboatão dos Guararapes
Av. Bernardo Vieira de Melo, 1650, Piedade, Jaboatão dos Guararapres, Pernambuco, Brasil - Fone: (81) 3094.1068
Fundação Altino Ventura - Salgueiro
Praça Benjamin Soares, 487, Centro, Salgueiro, Pernambuco, Brasil - Fone: (87) 3871.1335
Fundação Altino Ventura - Arcoverde
Rua Sávio Napoleão, 172, São Miguel, Arcoverde, Pernambuco, Brasil - Fone: (87) 3822.3002
UPAE Ministro Fernando Lyra - Caruaru
Av. José Marques Fontes, s/n, Indianópolis, Caruaru, Pernambuco, Brasil - Fone: (81) 3725.7549/7550

ÍNDICE
S E Ç Õ E S
18 INÍCIO DE UM SONHO
BEGINNING OF A DREAM

EDITORIAL
EDITORIAL

6

ASSISTÊNCIA À SAÚDE

10

CENTRO DE REABILITAÇÃO

12

HEALTH CARE

REHABILITATION CENTER

ENSINO

PESQUISA

16

PALAVRA DO PRESIDENTE

20

RESEARCH

PRESIDENT'S WORD

28 INTERIORIZAÇÃO
INTERNALIZATION

14

TEACHING

Mudança da história da oftalmologia de
Pernambuco e o destino de milhares de pacientes e
médicos. Fruto da dedicação, compromisso social,
voluntariado e muita perseverança Change the
history of the Ophthalmology of Pernambuco and
the future of thousands of patients and doctors.
The result of dedication, social commitment,
volunteerism and a lot of perseverance

Os benefícios sociais gerados pelo Programa
de Interiorização das Ações de Saúde Ocular da
FAV são fonte de inspiração para colaboradores,
parceiros e voluntários. Um verdadeiro exército que
há 30 anos rompe barreiras, paradigmas, restaura a
visão e a dignidade de quem luta contra a cegueira
The social benefits generated by the Interiorization
Program of Eye Care of the FAV represents
sources of inspiration for employees, partners and
volunteers. A true army that in the last 30 years
breaks barriers, paradigms, restores vision and
dignity of those who fight against blindness

32 LEGADO
LEGACY

Recursos Humanos qualificados e comprometidos
com saúde pública Qualified human resources and
committed to public health

38 PROGRAMAS
PROGRAMS

Tratamento multiprofissional para pacientes com
deficiências visuais, auditivas, físicas e intelectuais.
Referência em Utilidade Pública para toda região
Multiprofessional approach, caring for patients
with visual, hearing, physical and intellectual
deficiencies. A Public Utility Reference for the whole
region

44 PROJETOS
PROJECTS

Iniciativas pioneiras para detecção e tratamento
precoce das doenças oculares, favorecem o
acesso ao serviço especializado e a inclusão
social Pioneering initiatives for early detection and
treatment of ocular diseases, promote access to
specialized service aned social inclusion

50 SOLIDARIEDADE
SOLIDARITY

Especialistas da Fundação Altino
Ventura realizaram as primeiras
descobertas mundiais das lesões
da retina em recém-nascidos com
síndrome de Zika congênita The
Altino Ventura Foundation's experts
performed the world's first discovery
of the retinal lesions in newborn
infants with congenital Zika syndrome

60 INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA
SCIENTIFIC INVESTIGATION

Pesquisadores fazem descobertas
e publicações científicas de
contribuição mundial, premiados
no Brasil e internacionalmente
Researchers make scientific
discoveries and publications
worldwide contribution, awarded in
Brazil and internationally

64 VOLUNTARIADO
VOLUNTEERING

Ações de cidadania desprendidas
e espontâneas, minimizam as
desigualdades sociais. Contribuem
para a construção de um mundo mais
justo e solidário Citizenship activities,
laid-back and spontaneous, overcome
social inequality. Build a more just,
compassionate world

68 GERENCIAMENTO
MANAGEMENT

Gerência da Unidade Pernambucana
de Atenção Especializada -UPAE
de Caruaru, com modelo de
administração humanizado,
qualificado e resolutivo Management
of the Pernambuco Unit for
Specialized Attention-UPAE in
Caruaru, model focused on
humanization, qualification, and
solution-focused

72 PARCERIAS

PARTNERSHIPS

Destaque em excelência na qualidade
dos serviços à população menos
favorecida. Fruto da união de esforços
que transpõe os limites do país
Featured excellence in the quality
of services provided to less favored
population. Fruit of the union of
efforts that transposes the limits of
Brazil

78 PERSPECTIVAS
PROSPECTS

Investimento em educação e saúde,
transferirá às gerações do amanhã,
oportunidades para serem melhores e
mais fortes Investment in education
and health, will transfer to tomorrow's
generations the opportunities to be
better and stronger

RESPONSABILIDADE SOCIAL

EDITORIAL

Há três décadas, a Fundação Altino Ventura
-FAV assumiu com a
sociedade pernambucana o compromisso
de oferecer ações de
prevenção, diagnóstico
e tratamento das doenças oculares a pacientes
de baixa renda. Desde então, através de
serviços de emergência
oftalmológica clínica e cirúrgica 24h e dos projetos que
desenvolve na prevenção à cegueira e reabilitação visual,
a FAV já realizou mais de 11,5 milhões de procedimentos,
em crianças e adultos.
Mais do que números, porém, o compromisso com a
qualidade no atendimento e atenção humanizada a cada
paciente revelou, ao longo do tempo, necessidades que
impulsionaram a ampliação dos serviços. Uma avaliação
mais apurada dos casos atendidos constatou que, além da
deficiência visual, mais da metade dos pacientes apresentava também outras deficiências. Foi fundado, então, o
Centro Especializado em Reabilitação Menina dos Olhos,
cuja sede foi viabilizada através de uma doação dos nossos
parceiros alemães: Christian Blind Mission (CBM), Governo Alemão (Ministério do Desenvolvimento), Lions
da Alemanha (MD 111) e a rede de televisão RTL. Reconhecido pelo Ministério da Saúde como Centro de Reabilitação tipo IV - que abrange especialidades de serviços de
reabilitação auditiva, física, intelectual e visual - o Centro
Menina dos Olhos conta com equipes multiprofissionais
especializadas, sendo pioneiro em todo o Norte e Nordeste
na reabilitação de crianças e adultos.
No esforço de interiorização da oftalmologia especializada, em 1995, as unidades clínicas móveis expandiram o
raio de atuação da FAV. Reforço importante aconteceu em
2003, através da unidade móvel cirúrgica Inácio Cavalcanti,
doação feita pela Fundação Rotária Internacional. Nascia,
então, o Projeto Caravana da Visão. A Unidade Cirúrgica
contabiliza 27,5 mil cirurgias de catarata com implante de

lente intraocular. As Unidades Avançadas em Oftalmologia,
hoje presente nos municípios de Jaboatão dos Guararapes,
Arcoverde e Salgueiro, cada uma, atende, em média, 2 mil
pacientes/mês.
Além do trabalho de assistência, desde 1987, a Fundação
se firma em outros dois importantes pilares: o ensino e a
pesquisa científica em oftalmologia. Através dos cursos de
pós-graduação latu sensu -Residência Médica, Especialização e Extensão (Fellow), a instituição já formou 457
médicos, provenientes de todas as partes do Brasil, América Latina e Angola. Na produção científica, o Departamento de Investigação Fundação Altino Ventura desenvolve e
publica, regularmente, trabalhos científicos, muitos deles
premiados nacionalmente e também no exterior.
Assim, superando fronteiras físicas, vencendo desafios e
somando conquistas é que a Fundação Altino Ventura vem
construindo história. São 30 anos solidificados no zelo e na
dedicação de nossas equipes que, pautadas no profissionalismo, na ética, disciplina e humanização, não medem esforços em prol do bem comum. Reconhecimento especial
ainda aos nossos parceiros: CBM, Governo Alemão, Lions
da Alemanha, Fundação Lions Internacional, Distrito LA-3
do Lions do Brasil, Fundação Rotária Internacional, Rotary
Club do Recife, Ministério da Saúde, Governo do Estado
de Pernambuco, Prefeitura do Recife, Bancada Federal
e Estadual de Pernambuco, Unicef, Receita Federal e,
sobretudo, a sociedade, que conosco responde pelas metas
alcançadas.
Gratidão a todos e acima de tudo, a Deus, a quem rogamos
a bênção para continuarmos contribuído para um Brasil
mais justo e solidário.

Liana Ventura

Liana Maria Vieira de Oliveira Ventura
Presidente do Conselho Curador da Fundação Altino
Ventura

7
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

SOCIAL RESPONSIBILITY
Three decades ago, the Altino Ventura Foundation-FAV
made a commitment to society to offer opportunities
for the prevention, diagnosis, and treatment of eye
disease to low-income patients in Pernambuco and
neighboring areas. Since then, through its 24-hour clinical
and surgical ophthalmological emergency services and
through projects it develops in the fields of blindness and
visual rehabilitation, FAV has performed 11,5 million of
procedures, both children and adults.
Beyond the numbers, however, our commitment to quality
care and humane treatment for each patient has revealed,
over time, needs that pushed us to broaden our services.
More sophisticated analysis of our patients revealed that,
besides visual deficiencies, more than half our patients also
presented multiple deficiencies. Thus, FAV founded the
Menina dos Olhos Specialized Rehabilitation Center, wich
headquarter was made possible by the donations from
our German partners: Christian Blind Mission (CBM),
the German Government's Ministry of Development,
Lions of Germany (MD 111) and the television station
RTL. Recognized by Brazil's Ministry of Health as a type
IV Rehabilitation Center--covering specialized hearing,
physical, intellectual, and visual rehabilitation services--
the "Menina dos Olhos" Center offers specialized
multiprofessional teams, a pioneer in Brazil's north and
northeast in the rehabilitation of children and adults.
Innovation, one of our guiding lights, has led us to
develop new projects. In our efforts to bring specialized
ophthalmology services to Pernambuco's countryside,
mobile clinical units expanded FAV's operation range
beginning in 1995. Another important enhancement took
place in 2003--the Inácio Cavalcanti mobile surgical unit,
a donation from the International Rotary Foundation.
Thus the Vision Caravan Project at the Surgical Unit
has performed 27,5 thousand of cataract surgery with
intraocular lens implant. The Ophthalmological Advanced
Units now present in the counties of Jaboatão dos
Guararapes, Arcoverde, and Salgueiro, serves, on average,
two thousand patients per month.
Apart from its work in medical care, the Foundation
is based on two other important pillars: teaching and

scientific research in ophthalmology. Through its
latu sensu Graduate Courses--Medical Residency,
Specialization, and Extension (Fellow)--the institution
has qualified 457 doctors from all over Brazil, Latin
America, and Angola. FAV's Department of Scientific
Investigation regularly produces and publishes scientific
articles, many of them award-winners in Brazil and abroad.
Overcoming physical boundaries, meeting challenges,
and collecting victories, the Altino Ventura Foundation
has been making history. It has been 30 years founded
on the diligence and dedication of our teams who, with
professionalism, ethics, discipline, and humanization,
spare no effort for the common good. Special recognition
must be awarded to our international partners: CBM, the
German government, Lions of Germany, the International
Lions Foundation, Lions Club District LA-3, International
Rotary Foundation, Rotary Club of Recife, Brazil's Health
Ministry, the Government of the State of Pernambuco,
Recife City Hall, Federal and State Bench, Unicef, Brazil's
Federal Revenue Service, and, overall, society as a whole,
which is responsible, with us, for all these achievements.
With gratitude to all and, especially, to God, whose
blessing we beseech to continue contributing to a fairer,
more compassionate Brazil.

OOmais
O
mais
mais
novo
novo
novo
avanço
avanço
avanço
nono
implante
dede
AcrySof
IQ.
IQ.IQ.
no
implante
implante
de
AcrySof
AcrySof
®®

®

Controle
Controle
Controle
excepcional
excepcional
excepcional
em
em
em
um
um
um
sistema
sistema
sistema
injetor
injetor
injetor
de
dede
uso
uso
uso
único
único
único
que
que
que
proporciona:
proporciona:
proporciona:
1-31-3 1-3

Injeção
Injeção
Injeção
suave
suave
suave
­ ­o oêmbolo
­êmbolo
o êmbolo
TensionGlideTM
TensionGlideTM
TensionGlideTM
fornece
fornece
fornece
um
umnível
um
nível
nível
dederesistência
de
resistência
resistência
1,2 1,2 1,2
consistente
consistente
consistente
para
para
para
injetar
injetar
injetar
suavemente
suavemente
suavemente
com
com
com
uma
uma
uma
única
única
única
mão.*
mão.*
mão.*

Liana Maria Vieira de Oliveira Ventura
President of the Council of Trustees of the Altino Ventura
Foundation

Incisões
Incisões
Incisões
preservadas
preservadas
preservadas
­ ­oobocal
­ bocal
o bocal
depth
depth
depth
guard
guard
guard
preserva
preserva
preserva
a aarquitetura
arquitetura
a arquitetura
1,3 1,3 1,3
das
dasdas
incisões
incisões
incisões
de
deaté
de
atéaté
2,2
2,2mm.
2,2
mm.
mm.
Implante
Implante
Implante
consistente
consistente
consistente
­ ­a aponta
­ponta
a ponta
do
doêmbolo
do
êmbolo
êmbolo
do
dosistema
do
sistema
sistema
injetor
injetor
injetor
® ®
®
UltraSert
UltraSert
UltraSert
é éprojetada
projetada
é projetada
para
para
para
um
umum
posicionamento
posicionamento
posicionamento
preciso
preciso
preciso
e eseguro
seguro
e seguro
da
dada
1,3 1,3 1,3
lente
lente
lente
no
nosaco
no
saco
saco
capsular.
capsular.
capsular.

FAÇA
FAÇA
FAÇA
PARTE
PARTE
PARTE
DESSA
DESSA
DESSA
EVOLUÇÃO
EVOLUÇÃO
EVOLUÇÃO
UltraSert
UltraSert
UltraSert

8

®

®

Advancing
Advancing
Advancing

CATARACT
CATARACT
CATARACT
SURGERY
SURGERY
SURGERY
9

®

PRE-LOADED
PRE-LOADED
PRE-LOADED
DELIVERY
DELIVERY
SYSTEM
DELIVERY
SYSTEM SYSTEM

ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016
AcrySof
AcrySof
IQ eAcrySof
IQ
Sistema
e Sistema
IQInjetor
e Sistema
Injetor
UltraSert
UltraSert
InjetorMS:
UltraSert
MS:
80153480174
80153480174
MS: 80153480174
© 2016
© 2016
NOVARTIS
©NOVARTIS
2016 NOVARTIS
AP3:BR1608509425-SR-AGO/2016
AP3:BR1608509425-SR-AGO/2016
AP3:BR1608509425-SR-AGO/2016
®

®

®

®

®

®

*De um
*Detotal
um de
total
*De42um
decirurgiões
42
total
cirurgiões
de de
42 catarata
cirurgiões
de catarata
que
detestaram
que
catarata
testaram
que
protótipos
testaram
protótipos
do protótipos
sistema
do sistema
UltraSertTM
do UltraSertTM
sistemaemUltraSertTM
uma
em uma
situação
em
situação
uma
artificial,
situação
artificial,
a maioria
artificial,
a maioria
utilizou
a utilizou
maioria
"suave"
"suave"
utilizou
para para
descrever
"suave"
descrever
para
o avanço
descrever
o avanço
do êmbolo.
odoavanço
êmbolo.
do êmbolo.
IQ 1.Aspheric
IQ Aspheric
IOLIQwith
Aspheric
IOL the
withAcrySert
IOL
the with
AcrySert
pre-loaded
the AcrySert
pre-loaded
delivery
pre-loaded
delivery
system
system
delivery
directions
directions
system
for directions
use.
for use.
2. AcrySert
for
2. AcrySert
use.delivery
2. AcrySert
delivery
system
system
delivery
prototype
prototype
system
human
prototype
human
factorfactor
human
testing,
testing,
factor
February
February
testing, February
Referências
Referências
bibliográficas:
Referências
bibliográficas:
bibliográficas:
1. AcrySof
1. AcrySof
AcrySof
2015.2015.
3. Comparative
3.2015.
Comparative
3. assessment
Comparative
assessment
ofassessment
iolofdelivery
iol delivery
of
systems.
iol systems.
delivery
Alconsystems.
Alcon
internal
internal
Alcon
technical
technical
internal
report:
technical
report:
TDOC-0018957.
TDOC-0018957.
report: TDOC-0018957.
Efective
Efective
date 19
date
Efective
May
19 2015.
May
date2015.
19 May 2015.
®

®

®

®

®

®

®

®

®

ASSISTÊNCIA À SAÚDE HEALTH CARE

PREVENÇÃO
À CEGUEIRA E
REALITAÇÃO
VISUAL

BLINDNESS PREVENT AND
VISUAL REHABILITATION

Atendimentos especializados em oftalmologia nas áreas de
córnea e doenças externas oculares, catarata, oftalmologia
pediátrica, estrabismo, baixa visão, retina e vítreo, órbita,
uveíte, glaucoma, neuro-oftalmologia, lente de contato e plástica
ocular. Mais de 11,5 milhões de procedimentos, dentre 5,2
milhões de consultas; 5,9 milhões de exames complementares;
345 mil cirurgias; 7,1 mil transplantes de córnea e 15 mil
atendimentos de emergência oftalmológica 24h.
Specialized treatment in the fields of corneal and external
ocular disease, cataracts, pediatric ophthalmology, strabismus,
low vision, retina and vitreous, orbit, uveitis, glaucoma, neuroophthalmology, contact lenses, and plastic eye surgery. More
than 11.5 million procedures, including 5.2 million consultations,
5.9 million complementary exams, 345 thousand surgeries,
7.1 thousand corneal transplants, and 15 thousand 24-hour
emergency ophthalmological consultations.

10
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

11
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

CENTRO DE REABILITAÇÃO REHABILITATION CENTER

TERAPIA
MULTIPROFISSIONAL
E APOIO
PSICOSSOCIAL

MULTI-PROFESSIONAL APPROACH
AND PSYCHOSOCIAL SUPPORT

Centro Especializado em Reabilitação "Menina dos Olhos",
serviço habilitado pelo Ministério da Saúde como - CER IV.
Atende pacientes com deficiências visuais, auditivas, físicas
e intelectuais. Referência em Utilidade Pública para toda
região. Anualmente, são atendidos 13 mil pacientes com
múltiplas deficiências e suas famílias/cuidadores.
"Menina dos Olhos" Specialized Rehabilitation Center
acredited by Brazil's Ministry of Health, as a ­ CER IV to
care patients with visual, hearing, physical and intellectual
deficiencies. It is now considered a Public Utility Reference
for the whole region. Annually it carries out 13 thousand
consultations for patients with multiple disabilities and their
families/caregivers.

12
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

13
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

ENSINO TEACHING

PROJETANDO
PERNAMBUCO
NO CENÁRIO DA
EDUCAÇÃO

Centro formador de especialistas. Curso de Especialização em Oftalmologia da FAV, credenciado pelo
Conselho Brasileiro de Oftalmologia -CBO, Curso de Extensão (Fellow) em Oftalmologia, e Curso de
Residência Médica em Oftalmologia. Referências na América Latina, esses Cursos já formaram 457
oftalmologistas, do Brasil, Angola e América Latina (México, Costa Rica, Equador, Cuba, Colômbia,
Venezuela, Peru, Chile, Argentina, Uruguai e Paraguai).
Qualifying center for specialists. FAV's Specialization in Ophthalmology Course, accredited by the Brazilian
Ophthalmological Council-CBO, Extension (Fellow) Course in Ophthalmology, and the Medical Residency
in Ophthalmology Course. References in Latin America, these courses have qualified 456 ophthalmologists
from Brazil, Latin America--Mexico, Costa Rica, Ecuador, Cuba, Colombia, Venezuela, Peru, Chile,
Argentina, Uruguay, and Paraguay--and Angola.

PUTTING PERNAMBUCO ON THE
EDUCATION SCENARIO

14
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

15
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PESQUISA RESEARCH

PRODUÇÃO
CIENTÍFICA E
RECONHECIMENTO
INTERNACIONAL

SCIENTIFIC PRODUCTION AND
INTERNATIONAL RECOGNITION

O fomento à pesquisa científica tem sido um dos pilares da FAV.
Seu Departamento de Investigação Científica desenvolve e publica,
regularmente, trabalhos científicos em revistas indexadas, muitos deles
premiados nacionalmente e também no exterior.
Promoting scientific research has been one of the pillars of the FAV. It's
Department of Scientific Investigation regularly produces and publishes
scientific articles, many of them on indexed journals and award-winners in
Brazil and abroad.

16
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

17
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

INÍCIO DE UM SONHO BEGINNING OF A DREAM

DOUTOR Altino
Ventura, sóciofundador da Fundação
Altino Ventura

DOUTOR Inácio
Cavalcanti, sóciofundador da Fundação
Altino Ventura

30 A N O S
DE HISTÓRIA

FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA

18
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

MUDANÇA DA HISTÓRIA DA OFTALMOLOGIA DE PERNAMBUCO E O FUTURO DE MILHARES DE
PACIENTES E MÉDICOS. FRUTO DA DEDICAÇÃO, COMPROMISSO SOCIAL, VOLUNTARIADO E MUITA
PERSEVERANÇA / CHANGE THE HISTORY OF THE OPHTHALMOLOGY OF PERNAMBUCO AND THE

FUTURE OF THOUSANDS OF PATIENTS AND DOCTORS. THE RESULT OF DEDICATION, SOCIAL
COMMITMENT, VOLUNTEERISM AND A LOT OF PERSEVERANCE
19
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

INÍCIO DE UM SONHO

PALAVRA DO PRESIDENTE / PRESIDENT'S WORD
TRINTA ANOS DE LUZ
A Vida nos ensina continuamente.
Assim, quando jovens, nosso desejo é o conhecer. Estudamos muito
e, além da área técnica, buscamos
entender o mundo.
Época de ampliar horizontes e amealhar ensinamentos; tornar-se competente. A vida parece infinita.
Depois, surge a profissão e tantas
outras responsabilidades, como por
exemplo, a família. Vêm os filhos,
depois os sobrinhos, os amigos e
os colaboradores. Um mundo em
constante ebulição. As 24 horas do
dia parecem insuficientes. Queremos
fazer as "coisas" e ter as "coisas".
Acumulamos riquezas tanto pelo
simples prazer de possuí-las e mais
ainda, por começarmos a entender
que a nossa capacidade e a vida são
finitas. Proporcionar segurança aos
nossos e a nós mesmos se faz mister!
Tudo feito, a visão do passado é
prazerosa. É quase um "vim, vi e
venci". Mas, nesse meio tempo, eis
que, de repente, tudo pode perder
o sentido. Chegamos à conclusão de
que é necessário empreendermos
um novo sentido à nossa existência.
Isso vem naturalmente. Nos tornamos mais compreensivos a medida
que enxergamos nos netos, a beleza,
a alegria da vida, e mais: a perpetuidade. Entendemos ainda, que o
longo caminhar nos fez acumular

THIRTY YEARS OF LIGHT

20

RONALD CAVALCANTI
PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETOR DA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA
PRESIDENT OF THE DIRECTING COUNCIL OF THE ALTINO VENTURA FOUNDATION

ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

alguns quilos e cabelos brancos. Em
contra partida, ficamos mais amigos
e serenos. Sorrimos mais, ouvimos
mais música e aprendemos a admirar
o mundo como se não o conhecêssemos.
E nessa auto-análise percebemos
que ainda nos resta energia e que
é preciso canalizá-la para dar mais
sentido à nossa vida e à nossa missão.
Imbuídos dessa tarefa, temos o
conhecimento da juventude, os recursos dos extensos anos de trabalho
e, agora, a visão além dos nossos
olhos. Tal qual um cometa a engrandecer nossa passagem, a caminho do
sempre.
Assim também fez a Fundação
Altino Ventura nesses 30 anos. Rica
em conhecimento, extremamente
produtiva no cuidar dos olhos dos
semelhantes, agora, se supera ao resgatar e dar sentido à vida dos frágeis
e pequeninos seres acometidos pelo
Zika.
E não é só a eles que a Fundação
toca. Seguida por seus colaboradores,
ela ilumina a todos que necessitam
enxergar esse rastro norteador. Em
realidade é um cometa formado por
pequenas lâmpadas que somos nós; a
brilhar cada vez mais intensamente à
proporção em que fazemos o bem.
Parabéns a todos por estes Trinta
Anos de Luz.

Life never stops teaching us.
When we're young, our desire is to
know. We study hard and, beyond
just learning technique, we want to
understand the world.
It's a time for expanding horizons
and gaining knowledge, of becoming
competent. Life seems like it will go
on forever.
Later, comes the profession, along with
other responsibilities, especially family.
Our children arrive, our nieces and
nephews, friends, collaborators. A world
in constant movement. The 24 hours in
the day never seem enough. We want
to do "things" and have "things".
We accumulate riches not only for the
pleasure of having them, but because
we begin to see that our capabilities,
and our life, are finite. Giving
ourselves and our loved ones security
becomes a top priority!
When this is done, our vision of
the past is a pleasurable "veni,
vidi, vici." But, upon measuring
our accomplishments, we may
find that, all of the sudden, they
are meaningless. We come to the
conclusion that we must give new
meaning to our existence.
This comes naturally; we become
more understanding when we see
in our grandchildren the joy and
beauty of life and, more than that,
its perpetuity. We understand that

the long walk has made us gain a few
pounds, grow some white hairs. On
the other hand, we become more
friendly and serene. We smile more,
listen to more music, and we learn to
wonder at the world again, as if we
didn't already know it.
And in this self-analysis, we realize
we still have energy and we need to
channel it to give greater meaning to
our lives and to our mission.
Set on this task, we have the
knowledge of youth, the resources
of many years' work and, now, vision
beyond that of our eyes. Like a
comet, we aim to exalt our passage
through life, on our way to eternity.
Thus has the Altino Ventura
Foundation done these past 30
years. Rich in knowledge, extremely
productive in caring for the eyes of
its fellow man, it now goes further,
rescuing and giving meaning to the
lives of the small fragile creatures
affected by Zika.
They're not the only ones the
Foundation touches. With its
collaborators, it illuminates all who
need to see its guiding light. It is
actually a comet made up of the little
lights that are in each of us, which
shine brightest when we are doing
good.
Congratulations to all of us for these
Thirty Years of Light.

21
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

INÍCIO DE UM SONHO

EM 1986, A REALIZAÇÃO DE UM SONHO; OS
MÉDICOS ALTINO E LOURDES VENTURA (IN
MEMORIAM), INÁCIO E AURISTELA CAVALCANTI
(IN MEMORIAM), MARCELO E LIANA VENTURA,
RONALD E ELANÍ CAVALCANTI
começaram a mudar a história da oftalmologia de Pernambuco e o destino
de milhares de pacientes. Fruto da
dedicação, compromisso social, voluntariado e muita perseverança, surgia a
Fundação Altino Ventura -FAV.
Os primeiros seis anos da Fundação
foram marcados por grandes desafios
e dificuldades. Os próprios sócios-fundadores arcavam com todas as
despesas. Entretanto, nada impediu
que fossem implementadas políticas
públicas de saúde, com inovação, ética
e valores - sempre buscando agregar
benefícios e melhorias para a qualidade de vida da população. A inauguração, em 1987, do Banco de Olhos da
FAV, constituiu importante marco para
Pernambuco. A iniciativa facilitou o
acesso dos pacientes com deficiências
e perdas visuais às modernas técnicas
do transplante de córnea para restauração visual.
A partir de 1992, a instituição foi credenciada pelo Sistema Único de Saúde -SUS, ampliando sua capacidade de
atuação. Passou a desenvolver inúmeros projetos de prevenção à cegueira
e reabilitação visual na Região Metropolitana do Recife e em vários municípios do interior de Pernambuco.
Passo a passo, a credibilidade dos serviços prestados à população de baixa
renda, despertou a busca ativa de uma
demanda que havia sido reprimida na
região. Em 1993, a FAV equipou uma
Unidade Móvel Clínica com três consultórios oftalmológicos, viabilizando
o 22
acesso da população das regiões
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

mais longínquas aos serviços essenciais de saúde ocular. Havia, no entanto, a necessidade de complementar as
ações nas comunidades e municípios
para os casos de problemas oftalmológicos cirúrgicos. Foi graças à doação
da Unidade Móvel Cirúrgica Inácio
Cavalcanti, pela Fundação Rotária do
Rotary Internacional (Distrito 7500,
Nova Jersey ­ EUA), que, em 2003, a
instituição passou a realizar cirurgias
oftalmológicas de alta complexidade
nos diversos municípios do estado.
A unidade móvel cirúrgica, equipada
com instrumentos de última geração, foi um projeto pioneiro em todo
o Brasil que, ao longo de 13 anos, já
realizou mais de 27,5 mil cirurgias
oftalmológicas em Pernambuco.
Os diversos projetos de prevenção à
cegueira e reabilitação visual realizados pela equipe especializada da Fundação Altino Ventura nas unidades
móveis, clínica e cirúrgica, favorecem
a descentralização das ações, levando
o serviço de saúde ocular até onde o
paciente reside. A política de interiorização da oftalmologia desenvolvida
pela FAV foi expandida entre os anos
de 2004 e 2009, através da inauguração das seguintes Unidades Avançadas: Salgueiro (514 km do Recife),
Jaboatão dos Guararapes (Região
Metropolitana do Recife) e Arcoverde
(240 km da Capital).
Em 2005, atendendo a um convite da
Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco, a FAV implantou o serviço
especializado de referência em emer-

gência oftalmológica 24 horas em todo
o território estadual. Mensalmente são
realizadas cerca de 15 mil consultas e
exames complementares, além de 170
cirurgias.
A FAV detectou que a maioria dos
pacientes com deficiências visuais
apresenta outras deficiências associadas. Com o intuído de prestar atenção
especializada e global a pacientes com
deficiências visuais e/ou múltiplas,
em um mesmo local, por uma equipe
multiprofissional, foi que em 2005,
implantou um Centro Especializado em Reabilitação, o "Menina dos
Olhos". A estrutura atende cerca de
2 mil pacientes com múltiplas deficiências por mês, incluindo deficiências
visual, intelectual, auditiva e física.
O projeto que é pioneiro no Norte e
Nordeste do país, atua como centro de
referência em baixa visão e múltipla
deficiência e capacitação, promovendo
treinamento e estágios para médicos e
terapeutas de diversas universidades
do país.
Todas as ações executadas pela FAV
têm contribuído de forma significativa
para o desenvolvimento regional e
têm marcado sua trajetória ao longo
desses 30 anos. A elevada satisfação
dos pacientes com os serviços prestados reflete os números da instituição
que em 2000 ultrapassou a marca de
1 milhão de procedimentos realizados; em 2003, superou a marca de
2 milhões e, até setembro de 2016,
chegou a 11,5 milhões.
A busca pelo aperfeiçoamento como

SÓCIO-FUNDADORES DA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA Lourdes e Dr. Altino Ventura
(In memoriam), Auristela e Dr. Inácio Cavalcanti (In memoriam), Drs. Liana e Marcelo
Ventura, Drs. Elaní e Ronald Cavalcanti. Legado para gerações com inovação, ética e
práticas de assistência, ensino e pesquisa, em oftalmologia

INAUGURAÇÃO
DA EMERGÊNCIA
OFTALMOLÓGICA, em
outubro de 2005. Um
marco para Pernambuco,
oferecendo atenção
especializada 24h a
população, em consultas,
exames e cirurgias

INAUGURAÇÃO DA UNIDADE MÓVEL
CIRÚRGICA em 1993, celebrada por Dom
Helder Câmara. E em 2003, nova Unidade
Móvel Cirúrgica doada pela Fundação Rotária
Internacional e Rotary Club do Recife
23
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

INÍCIO DE UM SONHO

DIRETORIA
MÉDICOS E
COLABORADORES
em aniversário de 12
anos da Fundação
Altino Ventura

centro formador de especialistas e de
publicações científicas de impacto
mundial, têm sido uma constante na
trajetória da Fundação, projetando
Pernambuco no cenário nacional
e internacional. Credenciado pelo
Conselho Brasileiro de Oftalmologia
-CBO, o Curso de Especialização
em Oftalmologia da FAV formou sua
primeira turma de oftalmologistas em
1988, e a primeira turma de especialistas do Curso de Extensão (Fellow)
em Oftalmologia, em 1989. Posteriormente, em 2002, a FAV implantou
o Curso de Residência Médica em
Oftalmologia. Referências na América
Latina, esses Cursos já formaram 457
oftalmologistas, do Brasil, América
Latina -México, Costa Rica, Equador,
Cuba, Colômbia, Venezuela, Peru,
Chile, Argentina, Uruguai e Paraguai- e Angola. Atualmente, estão em
treinamento 72 médicos/alunos nos
Cursos de Especialização e Residência Médica em Oftalmologia, além de
20 Fellows.
A Fundação Altino Ventura é um patrimônio do povo pernambucano, um
legado recebido no passado, fruto do
trabalho abnegado, eficiente e comprometido com cunho científico, ético
e social de seus sócios-fundadores e
gerações de oftalmologistas, colaboradores, voluntários e parceiros. É uma
Instituição que atua no presente com
24 no futuro.
olhos
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

THE ALTINO VENTURA
FOUNDATION 30 YEARS OF
HISTORY
In 1986, a dream came true: doctors
Altino and Lourdes Ventura (in
memoriam), Inácio and Auristela
Cavalcanti (in memoriam), Marcelo
and Liana Ventura, and Ronald and
Elaní Cavalcanti began changing
the history of ophthalmology in
Pernambuco, as well as the lives of
thousands of patients. As a result
of dedication, social commitment,
volunteering, and a great deal of
perseverance, the Altino Ventura
Foundation-FAV was born.
The Foundation's first six years
were filled with great challenges and
difficulties. The founding partners
covered all expenses out of their own
pockets. However, nothing stopped
them from implementing public
health policies, with innovation,
ethics, and values, always seeking
to bring benefits and improvements
to the populace's quality of life. In
1987, the inauguration of FAV's Eye
Bank was an important milestone
for Pernambuco. This initiative
provided easier access for patients
with visual deficiencies and losses to
modern cornea transplant and visual
restoration techniques.
In 1992, the institution was accredited
by Brazil's public health system, SUS,
amplifying its capacity for action. It

began to develop numerous blindness
prevention and visual rehabilitation
projects in the greater Recife area and
in various counties in Pernambuco's
countryside.
Step by step, the credibility of the
services provided to the low income
populace awoke an active search
to meet a demand which had been
repressed in that region. In 1993, FAV
equipped a Mobile Clinical Unit with
three ophthalmological offices, giving
people from the farthest corners
of Pernambuco access to essential
services in eye health. There was,
however, the need to complement
these actions in the communities and
counties for those cases of surgical
ophthalmological problems. Thanks
to the donation, in 2003, of the Inácio
Cavalcanti Mobile Surgical Unit,
from the Rotary Foundation from
Rotary International (District 7500,
in New Jersey, USA), the institution
was able to perform high complexity
ophthalmological surgeries in various
counties in the state. The mobile
surgical unit, equipped with cutting
edge equipment, was a pioneering
project for Brazil, and during its 13
years of activity has carried out more
than 27,5 thousand ophthalmological
surgeries in Pernambuco.
The various blindness prevention
and rehabilitation projects carried out
by the Altino Ventura Foundation's

COM SUA AJUDA JÁ REALIZAMOS

11,5 milhões
COORDENAÇÃO DE ENSINO doutores Bernardo
Cavalcanti, Edilana Sá, Marcelo Ventura, Bruna
Ventura, Vasco Bravo Filho e Adriana Lima

de procedimentos

5,9 milhões
de exames

5,2 milhões
de consultas

REFERÊNCIA NA
AMÉRICA LATINA EM
ENSINO E PESQUISA.
JÁ FORMOU 457
OFTALMOLOGISTAS,
DO BRASIL, AMÉRICA
LATINA E ANGOLA

345 mil
cirurgias

27,5 mil

procedimentos na Unidade
Móvel Cirúrgica

7 mil

transplantes de córneas

457

25

médicos formados no Brasil,
ESPECIALLatina
FAV 30 ANOS
DE HISTÓRIA | 2016
América
e Angola
ATÉ SETEMBRO DE 2016

INÍCIO DE UM SONHO

PATRIMÔNIO DO POVO PERNAMBUCANO, um legado recebido no passado, fruto do trabalho
abnegado, eficiente e comprometido

ATUALMENTE,
ESTÃO EM
TREINAMENTO
85 MÉDICOS/
ALUNOS NOS
CURSOS DE
ESPECIALIZAÇÃO
E RESIDÊNCIA
MÉDICA EM
OFTALMOLOGIA,
ALÉM DE 20
FELLOWS
26
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

specialized team in the mobile units,
both clinical and surgical, favor the
decentralization of actions, taking
eye health services to where the
patients live. FAV's policy of offering
ophthalmology to Pernambuco's
countryside expanded from 2004 to
2009 with the inauguration of these
Advanced Units: Salgueiro (514 km
from Recife), Jaboatão dos Guararapes
(greater Recife area), and Arcoverde
(240 km from the state capital).
In 2005, in response to an invitation
from the State of Pernambuco's
Health Department, FAV
implemented its 24-hour specialized
service in ophthalmological
emergencies all over the state. Every
month, more than 15 thousand
consultations and complementary
exams are performed, along with 170
surgeries.
FAV detected that most patients
with visual deficiencies present
other associated deficiencies. With
the intent of providing specialized
and global attention to patients with
visual and/or multiple deficiencies in
one place with a multi-professional
team, FAV implemented, in 2005,
the "Menina dos Olhos" Specialized
Rehabilitation Center. Every month,

this organization serves around 2
thousand patients with multiple
deficiencies, including visual,
intellectual, hearing, and physical
deficiencies. This pioneering
project in all of Brazil's north and
northeast acts as a reference center
in qualification in the fields of low
vision and multiple deficiencies,
promoting training and internships for
doctors and therapists from various
universities around Brazil.
All these actions carried out by
FAV have contributed significantly
to regional development and
have been important milestones
throughout these 30 years. Our
patient's immense satisfaction with
the services provided are reflected
in the institution's numbers, which
reached, in 2000, the milestone of
1 million procedures performed; in
2003, 2 million, and as of September
2016, that number is now 11.5
million.
Our search for improvement as a
qualifying center for specialists
and of scientific publications of
global impact has been a constant
throughout the Foundation's history,
putting Pernambuco on the national
and world stage. Accredited by

the Brazilian Ophthalmological
Council-CBO, FAV's Specialization
in Ophthalmology Course graduated
its first class of eye doctors in 1988,
and the first group of specialists in
its Extension (Fellow) Course in
Ophthalmology in 1989. Later, in
2002, FAV implemented the Medical
Residency in Ophthalmology
Course. References in Latin
America, these courses have
qualified 456 ophthalmologists
from Brazil, Latin America--
Mexico, Costa Rica, Ecuador, Cuba,
Colombia, Venezuela, Peru, Chile,
Argentina, Uruguay, and Paraguay--
and Angola. There are currently
72 student-doctors in training in
the Specialization and Medical
Residency in Ophthalmology
Courses, not to mention 20 Fellows.
The Altino Ventura Foundation
is part of Pernambuco's people's
heritage, a legacy received from the
past, the result of selfless, effective
work, committed to the scientific,
ethical, and social values of its
founding associates and generations
of ophthalmologists, collaborators,
volunteers, and partners. It is an
Institution that acts in the present
with its eyes on the future.

INTERIORIZAÇÃO INTERNALIZATION

OS BENEFÍCIOS SOCIAIS GERADOS PELO PROGRAMA DE INTERIORIZAÇÃO DAS AÇÕES DE SAÚDE OCULAR DA FAV SÃO
FONTE DE INSPIRAÇÃO PARA COLABORADORES, PARCEIROS E VOLUNTÁRIOS. UM VERDADEIRO EXÉRCITO QUE NOS ÚLTIMOS
30 ANOS ROMPE BARREIRAS, PARADIGMAS, RESTAURA A VISÃO E A DIGNIDADE DE QUEM LUTA CONTRA A CEGUEIRA /

THE SOCIAL BENEFITS GENERATED BY THE INTERIORIZATION PROGRAM OF EYE CARE OF THE FAV REPRESENTS SOURCES
OF INSPIRATION FOR EMPLOYEES, PARTNERS AND VOLUNTEERS. A TRUE ARMY THAT IN THE LAST 30 YEARS BREAKS
BARRIERS, PARADIGMS, RESTORES VISION AND DIGNITY OF THOSE WHO FIGHT AGAINST BLINDNESS

O ESPÍRITO DE PIONEIRISMO DA FUNDAÇÃO ALTINO
VENTURA - FAV foi marcado por mais uma importante iniciativa: a interiorização do Plano de Ação de Saúde Ocular.
Em 1993, uma unidade clínica móvel totalmente equipada
com três consultórios oftalmológicos passou a percorrer
municípios distantes da capital Recife, levando assistência
especializada a pacientes de baixa renda.
Dada a carência desse tipo de serviço nessas regiões, logo
a necessidade fez estruturar-se na cidade de Afogados da
Ingazeira, Sertão do Estado, o primeiro mutirão de cirurgias de catarata. Contando com o apoio do governo de
Pernambuco, os procedimentos puderam ser realizados no
Hospital Estadual Regional.
A iniciativa foi um sucesso. Novos mutirões passaram a
acontecer em outras localidades, a exemplo de Petrolina,
Salgueiro, Arcoverde e Ouricuri. O trabalho lançou e consolidou sementes, abrindo caminho para a implantação das
Unidades Avançadas da Fundação Altino Ventura, que hoje
estão presentes nos municípios de Salgueiro, Arcoverde e
Jaboatão dos Guararapes.
A qualidade dos serviços fortaleceu a parceria com o Estado e a sociedade civil, possibilitando à FAV expandir a
assistência prestada à sociedade. Já numa etapa seguinte,
houve a disponibilidade de oferecer exames especializados
nas áreas de residência dos pacientes, evitando que se deslocassem para longas distâncias em busca de tratamento.
No ano de 2001, com o apoio da bancada parlamentar de
Pernambuco, governos estadual e municipal, foi implantada, na cidade de Salgueiro, a primeira Unidade Avançada
especializada em oftalmologia do Sertão. Num efeito em
malha, 11 municípios vizinhos foram beneficiados, entre
eles, Floresta, Serrita, São José do Belmonte, Verdejante,
Terra Nova, Cedro, Mirandiba, Carnaubeira da Penha e
Belém de São Francisco.
Reforçando o padrão de atendimento humanizado FAV, a
Unidade Avançada de Salgueiro realiza, por mês, mais de
28
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

duas mil consultas oftalmológicas. Um marco no atendimento SUS da região, que findou por contribuir, susbtancialmente, para a instalação de um polo médico em Salgueiro e regiões circunvizinhas.
CREDIBILIDADE QUE FAZ CRESCER
A credibilidade da instituição junto às populações das
localidades atendidas, haja vista os resultados satisfatórios
obtidos pelos pacientes, abriu caminho para a criação de
um novo departamento na Fundação Altino Ventura: o de
Projetos Sociais e Unidades Avançadas.
Com diretrizes muito bem traçadas, já em 2003, foi possível inaugurar a Unidade Oftalmológica Avançada de Arcoverde. Paralelamente, graças à parceria com a Fundação
Rotária Internacional, montou-se a Unidade Móvel Cirúrgica Inácio Cavalcanti. Estava dado, assim, o start para o
Projeto Caravana da Visão. Pacientes com catarata passaram a ser operados por equipes especializadas, com todo o
acompanhamento necessário, em seu próprio município.
Mas a necessidade continuava desafiadora e exigia mais.
A partir de 2005, novas unidades clínicas móveis passaram
a circular em bairros carentes de diversos municípios do
interior do Estado. Os veículos foram projetados, montados e equipados para os serviços de apoio à diagnose das
doenças oculares. A assistência evoluiu para a criação de
Polos de Atendimento Macrorregionais em 15 municípios
de pequeno porte, todos com baixo Índice de Desenvolvimento Humano ­IDH. Um benefício social 100% SUS que
se traduz em números: por ano, são 70 mil procedimentos,
entre consultas e cirurgias oftalmológicas.
Se os dados estatísticos impulsionam os projetos, os benefícios sociais gerados pelo Programa de Interiorização das
Ações de Saúde Ocular da FAV são fonte de inspiração para
colaboradores, parceiros e voluntários. Um verdadeiro exército que há 30 anos rompe barreiras, paradigmas, restaura a
visão e a dignidade de quem luta contra a cegueira.

FAV solidariza-se com
o sofrido povo nordestino,
permite o acesso ao
serviço especializado

Oftalmologia
CHEGANDO
MAIS
LONGE

29
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

INTERIORIZAÇÃO

MUTIRÕES DE CIRURGIA DE CATARATA realizados aonde o paciente reside, lançaram sementes e consolidam o acesso ao serviço especializado distante dos grandes centros

EYE CARE - OUTREACHES PROJECTS
The Altino Ventura Foundation's -FAV pioneering spirit
brought about another important initiative: taking the Eye
Health Actions Program to Pernambuco's countryside. In
1993, a Mobile Clinic Unit, completely equipped with
three ophthalmological offices, began reaching counties far
from the capital Recife, taking specialized health care to
low-income patients.
Given the lack of these kinds of services in these regions,
we soon felt the need to bring to the city of Afogados
da Ingazeira, in Pernambuco's countryside, its first
cataract surgery campaign. With the support of the state
government, these surgeries were performed in the
Regional State Hospital.
The initiative was a hit! New cataract surgery campaigns
took place in cities such as Petrolina, Salgueiro, Arcoverde,
and Ouricuri. This work sowed seeds which took root,
making way for the implementation of Altino Ventura
Foundation Advanced Units, now present in Salgueiro,
Arcoverde, and Jaboatão dos Guararapes.
The quality of the services provided strengthened our
partnership with the State and civil society, allowing
FAV to expand the services it provides the populace.
During the next phase, we were able to offer specialized
examinations where the patients live, thus avoiding
30
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

long commutes in search of treatment. In 2001, with the
support of Pernambuco's representatives in Congress, as
well as the State and local governments, the first Advanced
Unit specialized in ophthalmology in Pernambuco's
countryside was established in Salgueiro. In a domino
effect, 11 neighboring counties were benefitted, including
Floresta, Serrita, São José do Belmonte, Verdejante, Terra
Nova, Cedro, Mirandiba, Carnaubeira da Penha, and
Belém de São Francisco.
Reinforcing FAV's standards of humane medical care,
the Salgueiro Advanced Unit performs more than 2,000
ophthalmological consultations every month. It is a
landmark in the region's public health system which
contributed significantly to the establishment of a medical
center in Salgueiro and its surrounding area.
CREDIBILITY THAT MAKES US GROW
Our institution's credibility with that region's populace,
given the satisfactory results these patients have had,
made way for the creation of a new department at the
Altino Ventura Foundation: the Social Projects and
Advanced Units Department.
With well-defined guidelines, in 2003, we were able
to inaugurate an Advanced Ophthalmological Unit in
Arcoverde. At the same time, thanks to a partnership

with the International Rotary Foundation, we set up the
Inácio Cavalcanti Mobile Surgical Unit, kicking off the
Vision Caravan Project; patients with cataracts could now
be operated on by a surgical team, with full specialized
accompaniment, in their own counties.
But the need was still great and demanded even
more. In 2005, new mobile clinical units began
circulating in needy neighborhoods in various counties
in Pernambuco's countryside. These vehicles were
projected, built, and equipped for support services for
visual disease diagnoses. This care evolved into the
implementation of Macro-regional Service Poles in 15
smaller counties, all with low Human Development
Indices. A social benefit completely covered by Brazil's
public health system, the results show up in the numbers:
every year, more than 70 thousand ophthalmological
procedures are carried out, including ophthalmological
consultations and surgeries.
If the statistical data drives the projects, the social benefits
provided by FAV bringing its Eye Health Programs to
Pernambuco's countryside are a source of inspiration for
collaborators, partners, and volunteers. A true army which,
for 30 years now, has been breaking down barriers, shifting
paradigms, restoring vision and dignity to those fighting
against blindness.

ASSISTÊNCIA À SAÚDE
OCULAR NOS POLOS
MACRORREGIONAIS, 100%
SUS. ANUALMENTE, 70
MIL PROCEDIMENTOS SÃO
REALIZADOS, INCLUINDO
CONSULTAS, EXAMES E
CIRURGIAS EYE HEALTH
CARE IN MACRO-REGIONAL
CENTERS, 100% SUS.
EACH YEAR, MORE THAN
70,000 PROCEDURES ARE
PERFORMED INCLUDING
APPOINTMENTS, ANCILLARY
EXAMS, AND SURGERIES

31
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

LEGADO LEGACY

UM LEGADO
PARA A
POPULAÇÃO
RECURSOS HUMANOS QUALIFICADOS E
COMPROMETIDOS COM SAÚDE PÚBLICA /

QUALIFIED HUMAN RESOURCES AND
COMMITTED TO PUBLIC HEALTH

32
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

INSTITUIÇÃO
FILANTRÓPICA
QUE VEM
CONQUISTANDO
DESTAQUE

e reconhecimento em todo o Norte
e Nordeste do país. História que
teve início no trabalho desprendido
dos oftalmologistas Altino Ventura
e Inácio Cavalcanti - que em 1953
passaram a dedicar duas tardes por
semana ao atendimento gratuito de
pacientes de baixa renda.
Àquela época, as pessoas eram acolhidas e esperavam as consultas, sob uma
frondosa mangueira, cuja semente, até
hoje, de forma simbólica, solidifica a
fé daqueles que precisam e renova-lhes a esperança de melhor visão. Um
trabalho de amor ao próximo continuado por médicos igualmente afeitos
ao voluntariado que, em 13 de outubro de 1986, criaram, legalmente, a
Fundação Altino Ventura, atualmente
constituída por 101 médicos,
37 terapeutas, 467 colaboradores, 58
profissionais de equipes terceirizadas,
e 124 voluntários. Oferecendo também, 1.554 empregos indiretos.
Em 30 anos de atividade filantrópica,

33
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

LEGADO

100% SUS, a FAV desenvolve um
leque de atendimentos especializados
que compreende as esferas municipal,
estadual e federal. Atua nas áreas de
córnea e doenças externas oculares,
catarata, oftalmologia pediátrica, estrabismo, baixa visão, retina e vítreo,
órbita, uveíte, glaucoma, neuro-oftalmologia, lente de contato e plástica
ocular. O legado deixado à população
representa mais de 11 milhões e meio
de procedimentos, incluindo 5,2
milhões de consultas; 5,9 milhões de
exames complementares; 345 mil cirurgias; 7,1 mil transplantes de córnea
e 15 mil atendimentos de emergência
oftalmológica 24h.

A LEGACY FOR PERNAMBUCO'S
PEOPLE
Philanthropic institution that has
been gaining recognition and
prominence all over Brazil's north and
northeast. Its history began with the
selfless work of two ophthalmologists,

Francisca Gomes
de Souza, 76 anos,
agricultora
"HÁ 20 ANOS TENHO GLAUCOMA. FIZ CINCO
CIRURGIAS E TODO O MEU TRATAMENTO
FOI NA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA. PARA
ISSO, SEMPRE VIAJO MAIS DE 300 KM, DESDE
O MUNICÍPIO DE CUSTÓDIA, ONDE MORO,
PARA O RECIFE. GRAÇAS À ASSISTÊNCIA QUE
RECEBO AQUI É QUE HOJE ENXERGO MELHOR
DO QUE QUANDO FUI DIAGNOSTICADO E LEVO
UMA VIDA NORMAL."
"I BEGAN MY TREATMENT AT THE ALTINO VENTURA FOUNDATION IN
2014 AND HAVE BEEN ACCOMPANIED IN A VERY CARING MANNER. THE
DOCTORS ARE VERY COMPETENT AND ANSWER ALL MY QUESTIONS. THE
WHOLE STAFF IS VERY CARING AND ATTENTIVE. I CAN SEE WELL WITH
THE EYE I HAD SURGERY ON, AND I CALMLY LOOK FORWARD TO MY NEXT
SURGERY." FRANCISCA GOMES DE SOUZA, AGE 76, FARMER.

Manoel Antônio Alves,
86 anos, aposentado
"COMECEI A ME TRATAR NA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA EM 2014 E
VENHO SENDO ACOMPANHADO COM MUITO CARINHO. OS MÉDICOS SÃO
MUITO COMPETENTES E ESCLARECEM AS DÚVIDAS. OS FUNCIONÁRIOS
SÃO CUIDADOSOS E ATENCIOSOS. ESTOU ENXERGANDO BEM PELO OLHO
OPERADO
E AGUARDO, COM TRANQUILIDADE, A PRÓXIMA CIRURGIA."
34
"I'VE HAD GLAUCOMA FOR 20 YEARS. I HAD FIVE SURGERIES AND DID MY WHOLE TREATMENT AT THE ALTINO
VENTURA
FOUNDATION
(FAV). DE
EVERY
TIME, I TRAVEL
ESPECIAL
FAV 30 ANOS
HISTÓRIA
| 2016MORE THAN 300 KM, FROM CUSTÓDIA, WHERE I LIVE, TO RECIFE.
THANKS TO THE MEDICAL CARE I RECEIVE HERE, I SEE BETTER TODAY THAN WHEN I WAS DIAGNOSED, AND LEAD A
NORMAL LIFE." MANOEL ANTÔNIO ALVES, AGE 86, RETIRED.

35
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

LEGADO

RECURSOS
HUMANOS

Altino Ventura and Inácio Cavalcanti,
who, in 1953, started dedicating two
afternoons every week to offering free
medical care to low-income patients.
Back then, people were greeted and
waited for their consultations under a
leafy mango tree, which, to this day,
symbolically strengthens the faith of
those who need it and renews their
hope for better vision. A labor of love
for their fellow man that has been
carried on by doctors equally eager to
volunteer who, on October 13, 1986,
formally created the Altino Ventura
Foundation, currently consisting
of 101 doctors, 37 therapists,
467 employees, 58 professional
outsourced teams and 124 volunteers.
Also offering, 1,554 indirect jobs.
In 30 years of philanthropic activity,
completely covered by Brazil's public
health system, FAV has developed a
range of specialized treatment actions
at the municipal, state, and federal
level. It is active in the fields of
corneal and external ocular disease,
cataracts, pediatric ophthalmology,
strabismus, low vision, retina and
vitreous, orbit, uveitis, glaucoma,
neuro-ophthalmology, contact
lenses, and plastic eye surgery. The
legacy bequeathed to Pernambuco's
people comprises more than 11.5
million procedures, including 5.2
million consultations, 5.9 million
complementary exams, 345 thousand
surgeries, 7.1 thousand corneal
transplants, and 15 thousand 24hour emergency ophthalmological
consultations.
36
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

"Comecei a trabalhar na FAV, no
setor de lavanderia, em 1986.
Depois, consegui entrar no
departamento administrativo, onde
sempre quis. Eu agradeço muito à
Fundação pela oportunidade que
ela me deu de poder crescer no
meu trabalho; foi uma evolução
ano após ano e eu dou muito
valor ao que eu faço. O maior
aprendizado que levo da Fundação
para a vida é a maneira de lidar
melhor com as pessoas; aqui nos
tornamos mais compreensivos".

Maria da Conceição de Andrade,
Faturista Sênior

Neide Chacon,
Faturista Master

"Comecei trabalhando, em 1986, na
Clínica de Olhos Altino Ventura; em
1995, optei para ser colaboradora da
Fundação Altino Ventura. Na Fundação
já trabalhei em vários setores,
atendimento, arquivo, secretaria,
atualmente trabalho no faturamento,
setor de grande responsabilidade.
Em toda essa trajetória, cresci
profissionalmente, fiz amigos, colegas
de trabalho. Cada desafio me ajudaram
a crescer profissionalmente, a aprender
um pouco sobre cada setor, a adquirir
experiência nas relações interpessoais
e no ambiente de trabalho".

Dra. Daena Leal
"DURANTE ALGUNS ANOS, A RESIDÊNCIA MÉDICA
EM OFTALMOLOGIA NÃO EXISTIA EM PERNAMBUCO.
QUANDO AS FAMÍLIAS VENTURA E CAVALCANTI
CRIARAM A FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA,
PARTICIPEI DE UMA PROVA DE SELEÇÃO, INICIANDO
A RESIDÊNCIA NA INSTITUIÇÃO. FOI MUITO BOM
CRESCER PROFISSIONALMENTE JUNTO AO
DESENVOLVIMENTO RÁPIDO DA OFTALMOLOGIA.
PARTICIPEI DE MOMENTOS COMO A EVOLUÇÃO
DAS TÉCNICAS CIRÚRGICAS, DA CHEGADA DOS
EXAMES COMPLEMENTARES E DO PRIMEIRO
TRANSPLANTE DE CÓRNEA REALIZADO NA
INSTITUIÇÃO. A FUNDAÇÃO SEMPRE FOI PIONEIRA.
OS ANOS ME LEVARAM À ÁREA DE DEFICIÊNCIA
VISUAL E FUNDAMOS O PRIMEIRO NÚCLEO DE VISÃO
SUBNORMAL DO NORTE E NORDESTE. A FAV FOI
TUDO NA MINHA FORMAÇÃO PROFISSIONAL."

"DURING SOME YEARS, THERE WAS NO OPHTHALMOLOGY RESIDENCY COURSE IN
PERNAMBUCO WHEN THE VENTURA AND CAVALCANTI FAMILIES FOUNDED THE ALTINO
VENTURA FOUNDATION, I UNDERWENT THE SELECTION PROCESS AND STARTED
RESIDENCY IN THIS INSTITUTION. IT WAS WONDERFUL TO GROW PROFESSIONALLY
IN A TIMING IN WHICH OPHTHALMOLOGY EVOLVED SO FAST. I PARTICIPATED IN
THE EVOLUTION OF SURGICAL TECHNIQUES, OF THE IMPLEMENTATION OF THE
FIRST ANCILLARY EXAMS AND OF THE FIRST CORNEAL TRANSPLANT OF THE
INSTITUTION. THE FOUNDATION WAS ALWAYS PIONEER. THE YEARS LEAD ME INTO
FOCUSING ON VISUAL DEFICIENCY AND WE FOUNDED THE FIRST DEPARTMENT OF
LOW VISION OF THE NORTH AND NORTHEASTERN PART OF BRAZIL. THE ALTINO
VENTURA FOUNDATION WAS ESSENTIAL FOR MY CAREER." DRA. DAENA LEAL. FIRST
OPHTHALMOLOGIST THAT GRADUATED FROM THE ALTINO VENTURA FOUNDATION
SPECIALIZATION COURSE. CURRENTLY SHE IS HEAD OF THE LOW VISION DEPARTMENT
OF THE CENTER OF REHABILITATION OF THE ALTINO VENTURA FOUNDATION.

Josefa Ferreira da Silva (Zefinha),
Copeira
"Trabalho na Fundação Altino
Ventura há 49 anos. Comecei como
copeira, mas passei por diversos
setores, chegando, inclusive, a
auxiliar de Dr. Altino Ventura, um
médico super competente e um ser
humano muito generoso. A FAV é a
minha segunda casa, onde adquiri
tudo que sei. Foi um emprego
abençoado, pois me mantenho
nele até hoje; venho trabalhar com
a mesma alegria do início. O que
a FAV fez por mim, a partir de Dr.
Altino, de Dr. Inácio Cavaltanti e
dos seus filhos, é algo impagável".

PROGRAMAS PROGRAMS

CENTRO DE
REABILITAÇÃO
EM MÚLTIPLAS
DEFICIÊNCIAS
"MENINA DOS
OLHOS"

TRATAMENTO MULTIPROFISSIONAL PARA PACIENTES COM
DEFICIÊNCIAS VISUAIS, AUDITIVAS, FÍSICAS E INTELECTUAIS.
REFERÊNCIA EM UTILIDADE PÚBLICA PARA TODA REGIÃO /

MULTIPROFESSIONAL APPROACH, CARING FOR PATIENTS WITH VISUAL,
HEARING, PHYSICAL AND INTELLECTUAL DEFICIENCIES. A PUBLIC
UTILITY REFERENCE FOR THE WHOLE REGION
38
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

39
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PROGRAMAS

REFERÊNCIA NA
REGIÃO Há 11 anos
o Centro promove
atenção especializada
a crianças e adultos
com deficiências
visuais, auditivas,
intelectuais e físicas

INAUGURADO EM OUTUBRO DE
2005, o Centro Especializado em
Reabilitação "Menina dos Olhos", da
Fundação Altino Ventura - FAV, funcionava em imóvel alugado. A sede
própria do serviço foi inaugurada em
28 de março de 2014.
O Centro de Reabilitação foi habilitado pelo Ministério da Saúde - em
2013, para atuar como Centro Especializado em Reabilitação ­ CER II,
atendendo pacientes com deficiências
visuais e intelectuais. Em 2015, foi
habilitado como CER IV, atendendo
pacientes com deficiências visuais,
auditivas, físicas e intelectuais. Sendo
considerado Referência em Utilidade
Pública para toda região.
Através de abordagens planejadas
para atender às necessidades e complexidades de cada paciente, equipes
multiprofissionais atuam tanto no
atendimento à saúde, quanto educação e assistência social. São mais
de 300 colaboradores, entre médicos (oftalmologistas, neurologistas,
otorrinolaringologistas, ortopedistas,
pediatra e cardiologista), terapeutas,
fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, pedagogos especializados em
múltiplas deficiências, assistentes
sociais, fonoaudiólogas, psicólogas,
musicoterapeuta, além de professora
de Braille e Tecnologia Assistiva.
De forma sistemática, o CER IV da
FAV contribui para a autonomia, independência e desenvolvimento dos
pacientes. Promove ações de apoio
psicosociais e de empoderamento
aos seus familiares. Por ano, são cerca
de 13 mil procedimentos a pacientes
40
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

"HÁ 7 ANOS, MINHA FILHA LUTA CONTRA
UM COMPROMETIMENTO DO NERVO
ÓPTICO QUE A PERMITE ENXERGAR
APENAS 20% ATRAVÉS DE UM DOS
OLHOS. ESSE TEMPO TODO ELA É
PACIENTE DO CENTRO ESPECIALIZADO
EM REABILITAÇÃO DA FUNDAÇÃO ALTINO
VENTURA. AQUI, ENCONTRAMOS AMPARO
NO ATENDIMENTO MÉDICO E APOIO
EMOCIONAL. AGRADEÇO MUITO A ESSA
CASA, ONDE TODOS TRABALHAM COM
SINCERIDADE, CARINHO E RESPEITO"
ALINE MARIA DE FREITAS, 32 ANOS

41
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PROGRAMAS

AS PRIMEIRAS DESCOBERTAS
MUNDIAIS e publicações dos
achados oculares provocados
pelo vírus Zika em crianças com
infecção congenita, foram feitos por
pesquisadores desta instuição

"MEU PEQUENO JUAN TEM 5 ANOS
E SOFRE DA SÍNDROME DE MARFAN,
DOENÇA QUE AFETA O TECIDO
CONJUNTIVO. AQUI NO CENTRO
DE REABILITAÇÃO, ALÉM DE UM
OFTALMOLOGISTA, ELE É ATENDIDO HÁ
4 ANOS POR UMA NEUROPEDIATRA, UMA
PSICÓLOGA E ATÉ MUSICOTERAPEUTA.
O CUIDADO E O APOIO QUE RECEBEMOS
DESSA EQUIPE É IMPAGÁVEL. ATRAVÉS
DELA PASSEI A TER ESPERANÇA DE UM
FUTURO MELHOR PARA MEU FILHO"
FLÁVIA SIMONY BEZERRA, 33 ANOS

42
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

com deficiências visuais, auditivas,
físicas e intelectuais. Uma terapêutica
extensa e abrangente, cuja relevância
e valor social expressam o destaque
que o trabalho da FAV alcança e tem
resposta, através de reconhecimentos
como a conquista do selo especial de
Certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social na Área de
Saúde - CEBAS.
PARCERIAS E CAPACITAÇÕES
Seguindo a raiz de sua fundação no associativismo filantrópico, o Centro Especializado em Reabilitação "Menina
dos Olhos" tem conquistado apoios
importantes. Desde 2001, este serviço
conta com a parceria internacional da
ONG Cristã Alemã CBM, para os projetos de retinopatia da prematuridade,
catarata congênita e atenção especializada a pacientes com baixa visão e
ou múltiplas deficiências. A partir de
2014, uma parceria estabelecida com a
Fundação Internacional do Lions possibilitou que o padrão de atendimento
FAV fosse estendido a pacientes com
deficiência visual dos estados de Alagoas e Sergipe, através da promoção
de cursos de capacitação profissional a
oftalmologistas e terapeutas daqueles
estados. Na sequência, através de incentivos do Ministério do Desenvolvimento do governo alemão e da CBM,
o processo de expansão das ações de
capacitação profissional seguiu para
Roraima, Ceará, Bahia e Amapá.
Rompendo desafios e, de forma
inovadora, desde dezembro de 2015, o
Centro Especializado em Reabilitação
"Menina dos Olhos" passou a desenvolver o Programa de Intervenção
Precoce para crianças afetadas pela
síndrome congênita do Zika vírus.
Hoje um centro respeitado por toda
comunidade científica mundial. Um
total de 336 pacientes e seus cuidadores foram integrados em atividades psicossociais e socioeducativas,

ministradas pelos Grupos de Apoio e
Empoderamento da instituição.

REABILITATION CENTER OF
MULTIPLE DISABILITIES
"MENINA DOS OLHOS"
FAV's Specialized Rehabilitation
Center was inaugurated in October
2005. It worked in a rented office. Its
own headquarters were inaugurated
on March 28, 2014. In 2013 the
Rehabilitation Center was authorized
by Brazil's Ministry of Health to act as
a Specialized Rehabilitation Center ­
CER II, treating patients with visual
and intelectual disabilities. In 2015,
was accredited as ­ CER IV ­ caring
for patients with visual, hearing,
physical and intellectual deficiencies.
It is now considered a Public Utility
Reference for the whole region.
Through approaches planned to
meet the needs and complexities of
each patient, the multi-professional
teams act in the areas of health,
education, and social assistance. They
involve more than 300 collaborators,
including doctors (ophthalmologists,
neurologists, ENT specialists,
orthopedists, pediatricians, and
cardiologists), therapists, physical
therapists, occupational therapists,
learning specialists who are experts in
multiple deficiencies, social assistants,
speech therapists, psychologists,
Braille teachers, Assistive Technology
teachers, and music therapists.
Through a systematic approach,
FAV's CER IV contributes to
patients' autonomy, independence,
and development. It promotes
psychosocial support and
empowerment actions for patients'
families. Every year, it carries out
13 thousand procedures for patients
with visual, hearing, physical, and
intellectual deficiencies. It offers
extensive, wide-ranging therapy
whose relevance and social value

account for the recognition of FAV's
work and has received such awards
as the special seal of Certification of
Beneficent Entity in Social Assistance
in the Area of Health - CEBAS.
PARTNERSHIPS AND
QUALIFICATION
Following the root of its foundation
in philanthropic associativism, the
"Menina dos Olhos" Specialized
Rehabilitation Center has won over
important support. Since 2001, this
service is part of an international
partnership with the German
Christian NGO CBM for its projects
regarding premature retinopathy,
congenital cataracts, and specialized
care for patients with low vision or
multiple deficiencies. As of 2014, a
partnership with the International
Lions Foundation has made it
possible for FAV to extended its high
level of medical care to patients with
visual deficiencies in the states of
Alagoas and Sergipe by promoting
professional qualification courses to
ophthalmologists and therapists in
those states. Later, through incentives
from the German government's
Ministry of Development and
CBM, the expansion of professional
qualification actions moved on to the
states of Roraima, Ceará, Bahia, and
Amapá.
Overcoming obstacles with
innovation, in December 2015 the
"Menina dos Olhos" Specialized
Rehabilitation Center developed
the Early Intervention Program for
children affected by the congenital
Zika virus syndrome. A referral and
respected center for the international
scientific community. A total of
336 patients and their caretakers
were integrated into psychosocial
and socio-educational activities,
administered by the institution's
Support and Empowerment Groups.
43
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PROJETOS PROJECTS

A Ç Õ E S
P I O N E I R A S
INICIATIVAS INOVADORAS PARA DETECÇÃO E TRATAMENTO PRECOCE DAS DOENCAS

OCULARES FAVORECEM O ACESSO AO SERVIÇO ESPECIALIZADO E A INCLUSÃO SOCIAL /

PIONEERING INITIATIVES FOR EARLY DETECTION AND TREATMENT OF OCULAR
DISEASES, PROMOTE ACCESS TO SPECIALIZED SERVICE ANED SOCIAL INCLUSION

CENTRO DE
EXCELÊNCIA
no tratamento
especializado
da crianças com
retinopatia da
prematuridade
uma das
principais causas
de baixa visão
e cegueira na
infância. A
FAV, em 2015,
examinou 922
crianças em
projeto de
detecção precoce
desta doença

PROGRAMA DA RETINOPATIA DA PREMATURIDADE (ROP)
Estima-se que cerca de 60% das causas de cegueira e de
grave comprometimento visual infantil são preveníveis ou
tratáveis. O Programa da Retinopatia da Prematuridade ­
ROP, desenvolvido pela Fundação Altino Ventura, tem o
objetivo de detectar e tratar precocemente crianças recém-nascidas que apresentem risco de desenvolver essa doença.
Este programa vem sendo desenvolvido pela FAV desde
2001, recebendo o apoio da ONG alemã CBM e do Ministério da Saúde. Uma equipe itinerante de oftalmologistas
da FAV atua semanalmente nas principais maternidades
públicas do Recife realizando exame oftalmológico nos
bebês prematuros que apresentem os fatores de risco.
Os pacientes selecionados são tratados a laser na sede da
FAV, por oftalmologistas especializados em retina. Após
essa etapa, os bebês são encaminhados ao Centro Especializado em Reabilitação "Menina dos Olhos", da FAV,
para intervenção precoce e acompanhamento da equipe
multidisciplinar. Este programa beneficia pacientes do
Hospital Barão de Lucena, Hospital Agamenon Magalhães,
Maternidade da Encruzilhada, além de casos referenciados de outros serviços de Pernambuco e vários estados do
Nordeste. Somente em 2015, foram atendidas 922 crianças
e realizadas 37 terapias a laser.
PROGRAMA DE CATARATA CONGÊNITA
Direcionado à crianças detectadas com catarata congênita,
o programa diagnostica e trata, clínica e cirurgicamente, na
sede da FAV, as crianças afetadas. Posteriormente, são atendidas pela equipe multidisciplinar do Centro Especializado
em Reabilitação Menina dos Olhos. Esse programa tem
o apoio da CBM, do Ministério da Saúde e de doações do
oftalmologista norte-americano Dr. Scott Lambert. Uma das
referências da América Latina para esta cirurgia, o programa
é gerenciado por equipes de cirurgiões especializados em
catarata congênita, oftalmologia pediátrica e baixa visão,
além de terapeutas multiprofissionais. No ano de 2015,
foram atendidas 585 crianças e 34 cirurgias, foram realizadas.
PROJETO ALÉM DO OLHAR
Este programa é voltado para atender escolares com
deficiências visuais (baixa visão e cegueira) e conta com a
parceria da prefeitura do Recife. Os portadores de deficiência visual são detectados pela equipe itinerante do
Centro Especializado em Reabilitação Menina dos Olhos,
que também realiza atividades de reabilitação, na própria
comunidade. A atenção se estende também à adaptação
dos auxílios ópticos e não ópticos e favorece a inclusão
social, visando a autonomia e o desenvolvimento do in-

44
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

45
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PROJETOS

divíduo e sua família. Em 2015, o programa atendeu 182
escolares deficiêntes visuais; desse total, 73 apresentavam
baixa visão ou cegueira.

EM 2016, O PROJETO ONESIGHT
BENEFICIOU 4 MIL ESCOLARES DE 7
MUNICÍPIOS DA REGIÃO DE SALGUEIRO
ONESIGHT PROJECT IN 2016 BENEFITED
4.000 STUDENTS FROM 7 MUNICIPALITIES
OF SALGUEIRO'S REGION

PROJETO ONESIGHT
Este programa atende, anualmente, escolares da rede
pública do ensino dos municípios. Tem a coordenação da
Fundação Altino Ventura, o apoio da Fundação OneSight,
do Grupo Luxottica, do governo do estado e prefeituras
dos municípios. Em 2016, foi realizado em Salgueiro, atendendo 4.000 escolares de sete municípios triados da Rede
Estadual de Ensino. Os casos selecionados que necessitavam de óculos receberam doação da Fundação OneSight e
Luxottica. Este projeto tem o apoio do Governo do Estado
de Pernambuco, através do Programa Boa Visão.
PROJETO SIGHT FIRST DE DE BAIXA VISÃO:
CAMINHANDO COM AUTONOMIA, INDEPENDÊNCIA E
DESENVOLVIMENTO
Iniciativa pioneira no País, com duração de três anos.
Desde 2015, o projeto é coordenado pela Fundação Altino
Ventura e atende mil pacientes anualmente. Graças a atuação do CER IV (Alagoas); Hospital de Olhos de Sergipe
(Aracaju); Centro Especializado em Reabilitação Menina
dos Olhos - CER IV, da FAV (Pernambuco). Este projeto
foi uma iniciativa do Lions Clube de Belo Jardim (PE), e
do Distrito Múltiplo LA-3 do Lions do Brasil. Conta com
o apoio da Fundação Lions Internacional - Projeto Sight
First.
II PROJETO INTERNACIONAL DE BAIXA VISÃO
Iniciado em agosto de 2016, este projeto terá duração
de quatro anos e tem a coordenação da Fundação Altino
Ventura. Conta com o apoio da ONG cristã alemã Christian
Blind Mission - CBM e do Ministério do Desenvolvimento
do governo alemão. Nacionalmente, recebe incentivos do
Ministério da Saúde. Conta com a parceria do Conselho
Brasileiro de Oftalmologia - CBO. O projeto irá beneficiar
pacientes atendidos em serviços de baixa visão de Pernambuco, Amapá, Roraima, Paraíba, Ceará, Bahia, Alagoas e
Sergipe. O objetivo é utilizar estratégias para a capacitação
de profissionais que cuidam de pacientes com baixa visão
isolada e/ou associada a múltiplas deficiências, oferecendo
educação continuada e melhoria da infraestrutura dos serviços. Ainda atende às necessidades do Projeto Viver sem
Limites, instituído pelo Ministério da Saúde. Durante os
quatro anos do projeto estarão participando especialistas dos
seguintes serviços: CER IV (Alagoas); Hospital de Olhos de
Sergipe (Aracaju); Centro Especializado em Reabilitação

46
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

Menina dos Olhos - CER IV, da FAV (Pernambuco); Universidade Federal do Amapá ­ UNIFAP; Hospital Geral de
Fortaleza (Ceará); Oculistas Associados (Roraima); Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência
­ Funad (Paraíba) e Fundação Regina Cunha (Bahia).
PROJETO CUIDANDO DE QUEM CUIDA
Realizada pela Fundação Altino Ventura no Centro de Reabilitação Menina dos Olhos, esta iniciativa fortalece mães
de crianças com deficiências. A FAV oferece consultas oftalmológicas e graças ao apoio de parceiros faz a doação de
óculos nos casos em que são indicados. Tudo isso para que
as beneficiadas se sintam valorizadas, apoiadas e tenham
mais empenho na hora de cuidar dos filhos deficientes.
PROJETO CLÍNICO REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE
Este projeto tem como objetivo promover atendimento
oftalmológico nas comunidades de baixa renda da Região
Metropolitana do Recife. São ofertados 40 atendimentos
diários em consultas completas de oftalmologia, onde o
paciente é avaliado integralmente e, caso haja necessidade, encaminhado para a sede da FAV para prosseguir com
o tratamento ambulatorial ou cirúrgico especializado. Em
2015 beneficiou mais de 70 comunidades, e atendeu mais
de 1,8 mil pessoas. Com o selo FAV de qualidade. Foram
realizados cerca de 19 mil procedimentos oftalmológicos,
totalmente gratuitos.
PROJETO SAÚDE VISUAL DE ESCOLARES
O projeto funciona em parceria entre a Fundação Altino
Ventura e a Prefeitura do Recife, através das Secretarias
de Educação e Saúde. A meta é atender crianças e adolescentes da Rede Municipal de Ensino, com intuito de
melhorar o desempenho destes alunos e, consequentemente, diminuir a evasão escolar devido a problemas oculares.
Em 2015, mais de 1,7 mil crianças e adolescentes foram
beneficiados com os atendimentos, exames e distribuição
gratuita de óculos. Essa assistência é realizada na própria
escola, com consultórios clínicos montados pela FAV.

PIONEER ACTIONS
RETINOPATHY OF PREMATURITY PROGRAM (ROP)
Experts estimate that around 60% of the causes of
blindness and serious visual damage in children are
preventable or treatable. The Retinopathy of Prematurity
Program (ROP) developed by the Altino Ventura
Foundation, works with detection and early treatment of
newborn children at risk of developing the disease.
This program is developed by FAV since 2001, with

the support of the German NGO CBM and Brazil's
Ministry of Health. Every week, an itinerant team of FAV
ophthalmologists works in the main public maternity
wards in Recife, performing ophthalmological exams on
premature babies who present the risk factors. Selected
patients are subject to laser treatments at FAV headquarters,
where they are cared for by ophthalmologists specialized
in the retina. After this phase, the babies are referred to
FAV's "Menina dos Olhos" Specialized Rehabilitation
Center, for early intervention and medical care by the
multidisciplinary team. This program benefits patients
of the Barão de Lucena Hospital, Agamenon Magalhães
Hospital, Encruzilhada Maternity Ward, along with cases
referred by other services in Pernambuco and other states in
Brazil's northeast. In 2015 alone, the program examined 922
children, 37 of whom received laser treatments.
CONGENTIAL CATARACT PROGRAM
Aimed at children who present congenital cataracts, this
program carries out early detection, clinical and surgery
at FAV's headquarters. Afterwards, children are cared

PROJETO SIGHT FIRST DE BAIXA VISÃO,
INICIATIVA PIONEIRA NO BRASIL, DESDE
2015 ATENDE MIL PACIENTES ANUALMENTE,
EM PERNAMBUCO, ALAGOAS E SERGIPE
SIGHT FIRST PROJECT OF LOW VISION,
A PIONEERING INITIATIVE IN BRAZIL,
SINCE 2015 BENEFIT 1.000 PATIENTS IN
PERNAMBUCO, ALAGOAS, AND SERGIPE
47
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PROJETOS

for by the multidisciplinary team at FAV's "Menina dos
Olhos" Specialized Rehabilitation Center. This program is
supported by CBM, Brazil's Health Ministry, and donations
from American ophthalmologist Dr. Scott Lambert. This
Program, represents a reference for the Latin America
and is run by a team of surgeons specialized in congenital
cataracts, pediatric ophthalmology and low vision, and
multi-professional therapists. In 2015, the service benefitted
585 children, and performed 34 cataract surgeries.

Pernambuco, Amapá, Roraima, Paraíba, Ceará, Bahia,
Alagoas, and Sergipe. The objective is to use strategies to
develop professionals who care for patients with low vision,
whether in isolation or associated with multiple deficiencies,
offering continuous education and improving the services'
infrastructure. Furthermore, it meets the needs of the
Viver sem Limites ("Living Without Limits") Project,
established by Brazil's Ministry of Health. During the four
years the project is active, specialists from the following
services will participate: CERVI (Alagoas), Eye Hospital
of Sergipe (Aracaju), FAV's Menina dos Olhos Specialized
Rehabilitation Center ­ CER IV (Pernambuco), the Federal
University of Amapá ­ Unifap, Fortaleza General Hospital
(Ceará), Associated Opticians (Roraima), the Integrated
Support Center for Special Needs Foundation ­ Funad
(Paraíba) , and the Regina Cunha Foundation (Bahia).

BEYOND VISION PROJECT
This program, a partnership with Recife's City Hall, is aimed
at schoolchildren with visual deficiencies. Students with
eye deficiencies are detected by the itinerant team from
the "Menina dos Olhos" Specialized Rehabilitation Center,
who also carry out rehabilitation activities in the community
itself. The medical care includes adaptation to optical and
non-optical aids and increases social inclusion, promoting
the autonomy and development of the individuals and their
families. In 2015, it served 182 schoolchildren, 73 of whom
presented low vision or blindness.
ONESIGHT PROJECT
This program yearly serves schoolchildren in the
public education system of various municipalities.
It is coordinated by the Altino Ventura Foundation,
receives support from the OneSight Foundation, part
of the Luxottica Group, and from state and county
governments. In 2016, this Project was implemented
in Salgueiro, benefitted 4 thousand students, from
seven municipalities, who went through triage in public
schools. For those cases requiring glasses, these were
donated by the OneSight Foundation and Luxottica.
This project receives support from the Program Boa
Visão of Pernambuco's government.
SIGHT FIRST PROJECT OF LOW VISION:
WALKING WITH AUTONOMY, INDEPENDENCE,
AND DEVELOPMENT
A pioneering initiative in Brazil. This project is
coordinated by the Altino Ventura Foundation and has a
duration of three years. Since 2015 benefit every year 1.000
patients, thanks to the active participation of specialists
from CERVI (Alagoas), Eye Hospital of Sergipe (Aracaju),
and FAV's Menina dos Olhos Specialized Rehabilitation
Center ­ CER IV (Pernambuco). This project was an
initiative from Lions Club of Belo Jardim (PE), and LA-3
Multiple District of Lions of Brazil. Receives support from
the International Lions Foundation (Sight First Project).
48
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

II PROJETO INTERNACIONAL DE BAIXA
VISÃO, INICIADO EM 2016, TERÁ DURAÇÃO DE
QUATRO ANOS. QUALIFICA ESPECIALISTAS DO
AMAPÁ, CEARÁ, RORAIMA, PARAÍBA E BAHIA
II INTERNATIONAL PROJECT OF LOW VISION,
INICIATED IN 2016, WILL HAVE A DURATION OF
FOUR YEARS. QUALIFY PROFESSIONALS WHO
CARE FOR PATIENTS WITH LOW VISION, AND
IMPROVE THE SERVICES' INFRASTRUCTURE FROM
AMAPÁ, CEARÁ, RORAIMA, PARAÍBA AND BAHIA

PROJETO ALÉM DO OLHAR, em parceria com a prefeitura do
Recife, atende escolares com baixa visão e cegueira

II INTERNATIONAL PROJECT OF LOW VISION
Criated in August 2016, this project is coordinated by the
Altino Ventura Foundation and will have a duration of
four yers. Receives support from the German Christian
NGO Christian Blind Mission (CBM) and the German
Government's Ministry of Development. It receives further
support from Brazil's Health Ministry. Has the partnership
of the Brazilian Ophthalmological Council (CBO).
During the four years it will be active, the project will
benefit patients accompanied by low vision services in

CARING FOR CARETAKERS PROJECT
This project, developed by the Altino Ventura Foundation
at their Menina dos Olhos Rehabilitation Center, seeks
to strengthen mothers of children with deficiencies. FAV
offers ophthalmological consultations and, thanks to the
support of partners, donates glasses in those cases in
which they are needed. All this so the mothers will feel
appreciated, supported, and are able to do their best when
it comes to helping their children with deficiencies.
PROJECT GREATER RECIFE CLINIC
This project seeks to promote ophthalmological services in
low-income communities in the greater Recife area. Fourty
complete ophthalmological consultations are offered every
day, in which patients are thoroughly evaluated and, if
need be, referred to FAV's headquarters to proceed with
outpatient care or specialized surgical treatment. In 2015,
this project benefited more than 70 communities, serving
more than 1,800 people. Approximately 19 thousand
ophthalmological procedures were carried out, free of
charge to the patient, with the FAV seal of quality.
SCHOOLCHILDREN EYE CARE PROJECT
This project works as a partnership between the Altino
Ventura Foundation and Recife's City Hall, through the
Education and Health Departments. Its objective is to serve
children and teenagers in the Municipal School system, in
order to improve these students' performance and, consequently, lower school evasion due to vision problems. In
2015, more than 1,700 children and teenagers benefited from
consultations, examinations, and free glasses. This service is
provided at the school itself, in clinical offices set up by FAV.
49
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

SOLIDARIEDADE SOLIDARITY

PRIMEIRO
PASSO
ESPECIALISTAS DA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA REALIZARAM AS PRIMEIRAS
DESCOBERTAS MUNDIAIS DAS LESÕES DA RETINA EM RECÉM-NASCIDOS
COM SÍNDROME DE ZIKA CONGÊNITA / THE ALTINO VENTURA FOUNDATION'S

EXPERTS PERFORMED THE WORLD'S FIRST DISCOVERY OF THE RETINAL
LESIONS IN NEWBORN INFANTS WITH CONGENITAL ZIKA SYNDROME
50
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

A EXPERIÊNCIA DA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA COM A SÍNDROME DE ZIKA CONGÊNITA teve início em outubro
de 2015. Na época, que marcou o surto do vírus da Zika no Brasil, oftalmologistas do departamento de retina da FAV
diagnosticaram anomalias do nervo óptico e lesões de retina em recém-nascidos com microcefalia. Os bebês eram todos
atendidos pelo projeto de Retinopatia da Prematuridade - ROP, realizado em maternidades públicas do Recife.
À época, porém, ainda não havia evidência científica sugerindo que os achados clínicos fossem causados pelo vírus da
Zika. Mas o fato despertou a equipe de oftalmologistas da Fundação para a necessidade de uma investigação minuciosa
51
junto às crianças. Com o propósito de encontrar diagnóstico e conduta terapêutica específica para a problemática, formouESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

SOLIDARIEDADE

-se, então, uma equipe multiprofissional: infectologistas e neurologistas do
Hospital Universitário Oswaldo Cruz;
oftalmologistas pediátricos e retinólogos da FAV e Universidade Federal
de São Paulo.
O primeiro projeto da força-tarefa
aconteceu em 14 de dezembro de
2015. Seguindo um protocolo cientificamente aprovado pelo comitê de
ética em pesquisas da FAV, 55 crianças e suas respectivas mães passaram
a ser examinadas. A quantidade de
bebês que apresentavam repercussões
patológicas retinianas, desde o início,
conferiam evidências suficientes para
embasar a necessidade de compartilhar informações com a comunidade
científica mundial.
Logo, o grupo de pesquisadores envolvidos neste projeto da FAV publicou, internacionalmente, nas revistas
cientificas The Lancet e Arquivos
Brasileiros de Oftalmologia, os dois
primeiros artigos científicos com os
achados oftalmologicos encontrados
nestes recém-nascidos com infecção
congênita presumida pelo vírus da
Zika. O diagnóstico ainda era feito de
forma presumida, realizando-se testes
sorológicos para descartar outras infecções que pudessem estar associadas
à microcefalia. Isso porque, na época,
não havia teste sorológico preciso
para atestar a correlação entre o vírus
da Zika e as lesões encontradas. A
disponibilidade da sorologia no Brasil
só aconteceu em fevereiro de 2016,
mesmo assim, o diagnóstico ainda é
52
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

difícil porque a sorologia para Zika
vírus no país ainda tem uma alta reatividade cruzada com outros flavivírus,
como por exemplo o da dengue, que é
endêmica no território brasileiro.
Posteriormente, visando a comprovações diagnósticas, tratamento
precoce e melhor prognóstico desses
pacientes, a FAV passou a desenvolver outros projetos para atendê-los.
Desde janeiro de 2016, semanalmente, passam por avaliações funcionais
e intervenções. Já as mães participam
de grupos de apoio e empoderamento,
com médicos e terapeutas do Centro
Especializado em Reabilitação "Menina dos Olhos" da FAV.
Até o momento, 336 crianças com
suspeita de síndrome de Zika congênita foram examinadas pelas equipes
multidisciplinares da FAV. O quadro
comum a todas é de atraso no neurodesenvolvimento com deficiências
múltiplas, requerendo cuidados e
intervenções precoces da equipe
multidisciplinar especializada. Devido
à complexidade médica dos casos,
trabalhar por uma melhor qualidade
de vida para estes pequeninos e suas
famílias, passou a ser um compromisso da instituição, pois necessitam de
cuidados especiais por um período
indeterminado.
A DESCOBERTA DA SÍNDROME DE
ZIKA CONGÊNITA PELAS FAMÍLIAS
E SUAS CONSEQUÊNCIAS
"Ele é micro!", ouviu Janice Betânia
de Lima, ainda atônita, após o par-

to do seu filho, Heitor Miguel, em
setembro de 2015. A profundidade
do termo, até então inédito para o
vocabulário da auxiliar de nutrição,
de 36 anos, foi sendo compreendido
aos poucos. O que a fez encontrar
também uma nova forma de exercer a maternidade. Apesar de todo o
pré-natal ter sido acompanhado por
médicos, somente com o nascimento
foi descoberto que o bebê tinha um
perímetro cefálico inferior a 31,9 cm,
parâmetro considerado como microcefalia pela Organização Mundial de
Saúde - OMS.
Em dezembro de 2015, quando o Brasil acordou para o surto da má formação congênita associada ao zika vírus,
a alegria de ser mãe pela segunda vez,
após 15 anos, tornou-se um pesadelo
para Janice. Ela foi uma das 65 mulheres que, juntamente aos seus recém-nascidos, participaram de um mutirão
colaborativo multidisciplinar com
suspeita de microcefalia, promovido
pela FAV. "Cheguei à FAV com medo,
perdida e chorando. Relutava para sair
do carro e entrar no hospital", lembra.
No entanto, em meio a um turbilhão
de sentimentos negativos, veio a
esperança. É que Heitor, entre os 336
inscritos, está no grupo dos 146 bebês
incluídos no Programa de Intervenção
Precoce do Centro de Reabilitação
Menina dos Olhos. Janice foi acolhida
pelo Grupo de Apoio Psicossocial e
passou a receber amparo e cuidados
de uma psicóloga e de uma assistente
social. "Aqui eu aprendi a lidar com as

CASOS Oftalmologistas da FAV
detectaram, em outubro de 2014,
as lesões de retina em bebês com
síndrome Zika congênita, nascidos em
maternidades públicas do Recife.
A síndrome da Zika congênita envolve
um quadro médico complexo, exigindo
desafios para familiares, profissionais e
sociedade, para toda uma vida

53
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

SOLIDARIEDADE

crises de choro e convulsões do meu
filho. Entendi que preciso primeiro
me acalmar, dominar minha angústia para acalantá-lo. Reaprendi a ser
mãe e quando, na fisioterapia, Heitor
levantou a cabeça pela primeira vez,
chorei, mas de felicidade. A FAV mudou minha vida. Honestamente, até
esqueço que meu filho tem microcefalia", conclui Janice.
Cada conquista como esta é comemorada pelas terapeutas que dizem
também aprender com essa nova
realidade proporcionada pelo Centro de Reabilitação. São casos muito
delicados para os quais novas terapias
precisam ser criadas e direcionadas às
mães, o que vem possibilitando envolvimento até dos pais, que no começo
pareciam distantes e amedrontados
com a realidade de ter um bebê com
microcefalia.
OS GRUPOS DE APOIO E
EMPODERAMENTO
Os Grupos de Apoio e Empoderamento do Centro Especializado em
Reabilitação "Menina dos Olhos"
foi criado pela FAV e funciona desde
janeiro de 2016. Contam com uma
equipe de médicos e terapeutas
especializados para promover ações de
apoio psicosocial e empoderamento
aos pais e/ou cuidadores.
O Grupo de Apoio psicossocial atua
com médicos, assistente social e psicólogas, uma vez que boa parte delas
apresenta quadros de depressão ou
fragilidade social e emocional, assim
necessitando de fortalecimento para
enfrentar os desafios com os filhos.
O Grupo de Empoderamento foi
criado para transmitir conhecimentos,
tirar dúvidas e treinar pais e/ou cuidadores quanto à melhor forma de lidar
e estimular, de forma multissensorial,
uma criança especial, nas atividades
de vida diária. As terapeutas da FAV
54
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

atuam reunindo musicoterapia, fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e também com os cuidados
de uma enfermeira. Orientações que
abrangem a atenção que os pais precisam ter na continuação do tratamento
em casa também são repassadas, uma
vez que cada dia de estimulação é
crucial para o desenvolvimento dessas
crianças.
A equipe multidisciplinar, formada
por neurologista, oftalmologista, fisioterapeuta, fonoaudióloga, otorrino,
terapeuta ocupacional e psicopedagoga, atende às terças e quintas-feiras.
Individualmente, os recém-nascidos
são submetidos às terapias de reabilitação, com o intuito de potencializar
o desenvolvimento motor, auditivo,
visual, cognitivo, intelectual e emocional.
Susana Lima, 25 anos é mãe de Wilian
Gabriel, de 5 meses. Ela é uma das
assistidas pelo programa e diz que
chegou ao Centro deprimida. "Tinha
medo de que meu filho não aprendesse a falar, nem a andar. Cheguei
a pensar em entregá-lo para adoção.
Não o queria porque achava que não
teria condições financeiras nem psicológicas de cuidar dele", confessa. Mas
o amor materno de quem já tem um
filho de 2 anos sobressaiu. Para ganhar
força, relata a dona de casa, o apoio da
FAV foi essencial. "Lembro do nosso
primeiro dia no Centro. Eu chorava e
expunha ao Grupo toda minha aflição.
Lembro de ter chegado em casa mais
aliviada. Atualmente, fico ansiosa para
participar dos encontros, conversar
com as outras mães e terapeutas e
ver meu filho evoluir. A Fundação foi
a primeira instituição a nos acolher.
Nenhuma outra ofereceu suporte às
mães nos três primeiros meses de vida
do bebê". Suzana lembra que foi no
Centro de Reabilitação da FAV que
Wilian abriu o primeiro sorriso.

CHEGUEI
À FAV COM
MEDO,
PERDIDA E
CHORANDO.
RELUTAVA
PARA SAIR
DO CARRO E
ENTRAR NO
HOSPITAL
LEMBRA JANICE, MÃE DE
HEITOR MIGUEL, NASCIDO
COM MICROCEFALIA EM
PLENO SURTO DE ZIKA
VÍRUS NO BRASIL

55
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

APOIO PSICOSSOCIAL E EMPODERAMENTO das famílias ou cuidadores. As equipes especializadas da FAV já diagnosticaram 336 crianças com suspeita da síndrome de Zika congênita. Estão em reabilitação 143 crianças, e 193 (57%) aguardam em lista de espera serem chamadas para tratamento

O boom da microcefalia associada
ao Zika vírus foi algo novo para toda
a equipe do grupo, que embora já
trabalhasse com pacientes com a
malformação, precisou se adaptar às
necessidades do quadro clínico dessas
crianças acometidas de irritabilidade e
considerável espaçamento de evolução das terapias. Tudo isso em meio à
uma estrutura familiar abalada; mães
com dificuldade de aceitação, pais
abandonando os lares. No entanto,
o esforço e integração generalizados
passaram a ter respostas animadoras.
As terapias fortalecem as mães, que
aprendem a superar o preconceito da
sociedade e também dos parentes.
Muitas até conseguiram reatar a relação conjugal e com o passar do tempo,
apesar das dificuldades, elas são novas
mulheres.
MUITO ALÉM DA MICROCEFALIA
O Centro Especializado em Reabilitação "Menina dos Olhos" mobiliza
toda a sociedade em busca de parceiros. Instituições ou pessoas que
possam contribuir tanto para a manutenção dos atendimentos das crianças
com síndrome congênita Zika, quanto
para outros pacientes com as mais
diversas idades e deficiências, que
buscam o serviço especializado multi56
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

profissional da instituição.
Doações para atender as necessidades
dos pacientes são importantes e muito
bem vindas. As necessidades variam
desde óculos especializados para
bebês com deficiências visuais, como
itens de alimentação, medicações,
kits de estimulação multissensorial,
espaço terapêutico especializado em
hidroterapia, tecnologia assistive multisensorial, entre muitos outros.
No compromisso de servir àqueles
que tanto necessitam, as lacunas ainda
são muitas, por isso a FAV está sempre
em busca de mais colaboradores sensíveis à causa social.

FIRST STEP
The Altino Ventura Foundation's
(FAV) experience with Congenital
Zika Syndrome began in October
2015. At that time, during the
outbreak of the Zika virus in Brazil,
ophthalmologists from FAV's retina
department diagnosed optic nerve
anomalies and retina lesions in
newborns with microcephaly. These
babies where all served by the
Premature Retinopathy Routine
(ROP), carried out in public maternity
wards in Recife.
At that time, however, there was still
no scientific evidence to suggest that

these clinical finds were caused by
the Zika virus. But the fact called
FAV's team of ophthalmologists'
attention to the need to carefully
investigate these children. In order
to find a diagnosis and a specific
course of therapeutic conduct for
this problem, a multi-professional
team was established, including
infectologists and neurologists
from the Oswaldo Cruz University
Hospital, pediatric ophthalmologists
and retinologists from FAV and the
Federal University of São Paulo.
This task force's first project took
place on December 14, 2015.
Following a protocol, scientifically
approved the FAV's committee for
ethics in research, 55 children and
their mothers were examined. From
the very beginning, the number of
babies who presented pathological
retina repercussions provided
evidence to substantiate the need
to share this information with the
scientific community.
Soon, the group of researchers
involved in this FAV project
published the first two scientific
articles worldwide, in the scientific
journals The Lancet and Brazilian
Ophthalmological Archives, sharing
their ophthalmological finds made

on these newborns with a presumed
congenital infection of the Zika virus.
The diagnosis was still a presumption,
with serological tests carried out to
discard other infections which could
be associated to microcephaly. This
was due to the fact that, at the time,
there was no precise serological test to
attest to the correlation between Zika
and the lesions found. Only recently,
in February 2016, did this serological
test become available in Brazil, and
the diagnosis of congenital Zika
syndrome is still difficult because the
serology for the Zika virus in Brazil
still has a high cross reactivity with
other flaviviruses like the dengue
virus, which is endemic in Brazil.
Later, FAV developed other projects
to care for these children and confirm
these diagnoses, focusing on early
treatment to improve their prognosis.
Since January 2016, these patients
go through functional evaluations
and interventions every week. Their
mothers participate in support and
empowerment groups with doctors
and therapists from FAV's "Menina
dos Olhos" Specialized Rehabilitation
Center.
To date, 336 children suspected of
congenital Zika syndrome have been
examined by FAV's multidisciplinary

teams. The conditions they all
have in common are delays in
neurodevelopment with multiple
deficiencies, requiring early care and
intervention from the specialized
multidisciplinary team. Due to the
medical complexity of these cases,
the institution is deeply committed
to this cause, aiming to provide better
quality of life for these children, who
need special care for an indeterminate
period, and their families.
FAMILIES' DISCOVERY OF
THE CONGENITAL ZIKA
VIRUS SYNDROME AND ITS
CONSEQUENCES
"He's micro," Janice Betânia de
Lima heard, still in shock, after
her son, Heitor Miguel, was born
in September 2015. The deeper
meaning of the term, until then not
part of the 36-year-old nutritionist's
vocabulary, was learned little by little,
along with a new way of exercising
motherhood. Despite having all
her pre-natal care accompanied
by doctors, only at birth did they
discover that the baby had a cephalic
perimeter smaller than 31.9 cm,
the parameter used by the World
Health Organization to diagnose
microcephaly.

In December 2015, when Brazil
became aware of the epidemic of
congenital malformation associated
with the zika virus, the joy of being
a mother for the second time, after
15 years, became a nightmare for
Janice. She was one of 65 women
who, with their newborns with
suspected microcephaly, participated
in a collaborative multidisciplinary
work session promoted by FAV. "I
arrived at FAV afraid, lost, crying.
I was hesitant to leave the car and
enter the hospital," she remembers.
However, among the turmoil of
negative emotions, she found hope.
Out of the 336 babies who signed up,
Heitor is in the group of 146 who are
included in the Early Intervention
Program at FAV's "Menina dos Olhos"
Rehabilitation Center. Janice was
warmly received by the Psychosocial
Support Group, where she was cared
for and comforted by a psychologist
and a social assistant to provide care
and comfort. "Here I learned how
to deal with my son's crying fits and
convulsions. I understand that I need
to calm down first and get over my
anguish to comfort him. I relearned
how to be a mother when, during
physical therapy, Heitor first lifted
his head. I cried, but they were tears
57
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

SOLIDARIEDADE

of joy. FAV changed my life. To be
honest, I sometimes even forget my
son is microcephalic," concludes
Janice.
The therapists celebrate every
obstacle overcome, and say they
also learn a lot with this new work
provided by the Rehabilitation
Center. These are very sensitive
cases, for which new therapies,
directed at the mothers, need to
be developed and which end up
involving the fathers, who at the
beginning seemed distant and
scared of the reality of having a
microcephalic baby.
EMPOWERMENT AND
SUPPORT GROUPS
The Empowerment and Support
Groups at the "Menina dos Olhos"
Specialized Rehabilitation Center
was created and functions at FAV's
Rehabilitation Center since January
2016. They count on a team of
specialized doctors and therapists
to promote psychosocial and
empowerment support actions to
parents and/or caregivers.
58
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

The psychosocial Support Group,
made up of doctors, social assistants,
and psychologists, deals with the
mothers, since many of them may
present signs of depression or social or
emotional frailty and need a helping
hand to face the challenges with their
children.
The Empowerment Group was
created to transmit knowledge,
answer questions, and train parents
and/or caretakers in the best way to
deal with and stimulate all the senses
of a special child in daily activities.
FAV therapists bring together music
therapists, physical therapists, speech
therapists, occupational therapists
and nurses. The mothers receive
instruction regarding the care
parents need to have to continue the
treatment at home, since every day of
stimulation is crucial to these babies'
development.
The multidisciplinary team made
up of neurologists, ophthalmologists,
physical therapists, speech therapists,
ENT specialists, occupational
therapists, and learning specialists
provides care every Tuesday and

Thursday. The newborns receive
rehabilitation therapy individually,
aiming to optimize the children's
motor, hearing, visual, cognitive,
intellectual, and emotional
development.
Susana Lima, age 25, is the
mother of Wilian Gabriel, age 5
months. She receives care from
the program and says she arrived
at the Center depressed. "I was
afraid he might never walk or talk.
I even considered giving him up
for adoption. I didn't want him
because I didn't have the financial
or psychological wherewithal to
take care of him," she confesses.
But the motherly love of a mother
of another 2-year-old overcame.
Strengthening it, says Susana,
required FAV's help. "I remember
our first day at the Center. I cried
and showed all my anguish in the
Support Group. I remember arriving
home more relieved. These days, I
look forward to participating in the
groups, to speaking to the mothers
and therapists and watching my
son develop as he goes through

rehabilitation. The Foundation was
the first institution to embrace us.
No other institute gives us mothers
support during the babies' first
three months." Susana wraps up
by pointing out that it was at FAV's
Rehabilitation Center that Wilian
gave her his first smile.
The boom in microcephaly
associated to the zika virus was
something new for the whole team
who, although they already worked
with patients with malformations,
needed to adapt to the needs of the
clinical state of these children, who
displayed irritability and considerable
developmental delays in the therapy
sessions. All this takes place in a
shaken family structure: mothers
having a hard time accepting the
child, fathers abandoning the home.
However, the hard work and general
integration show more and more
promising results. The therapy
sessions strengthen the mothers, who
learn to overcome both society's and
their relatives' prejudice. Many are
able to reconnect with their spouses
and strengthen the family ties and,

Os interessados em contribuir com
o projeto para atender crianças com
síndrome congênita Zika e os demais
desenvolvidos pelo Centro Especializado
em Reabilitação "Menina dos Olhos",
podem fazer suas doações através da
conta do Caixa Economica Federal.
Agência 0050. Variação 003. Conta
corrente: 4173-1. CNPJ: 10.667.814/00138. Ou através do site: www.doefav.com
(cartão de crédito ou débito).
Those interested in contributing to
the project to care for children with
congenital Zika syndrome and other
projects developed by the "Menina dos
Olhos" Specialized Rehabilitation Center
can make donations through the Caixa
Econômica Federal bank, agency 0050,
operation 003, account no. 4173-1, CNPJ:
10.667.815/001-38. Or visit the website
www.doefav.com (credit or debit card).

with time, despite all the difficulties
they still face, they are new women.
FAR BEYOND MICROCEPHALY
The "Menina dos Olhos" Specialized
Rehabilitation Center mobilizes all of
society in search of partners. These
may be institutions or individuals who
can contribute both to continuing
care for children with congenital Zika
syndrome, as well as other patients,
of all ages, with other deficiencies
who seek the institution's multiprofessional specialized service.
Donations to meet the needs of the
patients are important and most
welcome. Their needs vary, from
specialized glasses for babies with
visual deficiencies to items such
as food, medication, multisensory
stimulation kits, a specialized
therapeutic space for hydrotherapy,
multisensory assistive technology, and
many others.
In our commitment to serve those
who need it most, there are still many
gaps, so FAV is always searching for
collaborators who wish to help their
fellow man.
59
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA SCIENTIFIC INVESTIGATION

PESQUISADORES FAZEM DESCOBERTAS E PUBLICAÇÕES
CIENTÍFICAS DE CONTRIBUIÇÃO MUNDIAL, PREMIADOS NO
BRASIL E INTERNACIONALMENTE / RESEARCHERS MAKE

SCIENTIFIC DISCOVERIES AND PUBLICATIONS WORLDWIDE
CONTRIBUTION, AWARDED IN BRAZIL AND INTERNATIONALLY

PR ODU ZINDO
PE S Q U ISA
PRODUÇÃO CIENTÍFICA
Há 18 anos, o Departamento
de Investigação Científica
da FAV desenvolve parcerias
técnico-científicas com
instituições nacionais e
internacionais. Desenvolve
e publica regularmente
trabalhos científicos em
revistas indexadas
60
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

O DEPARTAMENTO DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA da
Fundação Altino Ventura (FAV) foi criado em fevereiro de
1998. O processo incorporou parcerias técnico-científicas
com instituições nacionais e internacionais.
O objetivo é promover atividades de apoio à formação dos
médicos, alunos e docentes dos próprios cursos de pósgraduação da FAV. Nesse sentido, uma das estratégias é
a realização anual de um Congresso Científico (Encontro
Científico), para a apresentação de descobertas inéditas
realizadas pelos pesquisadores da instituição. O Departamento de Investigação Científica desenvolve e publica
regularmente trabalhos científicos, muitos deles premiados
pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) e em
congressos no exterior. Esses trabalhos científicos são desenvolvidos e publicados em revistas indexadas nacionais e
internacionais de elevado fator de impacto, tais como: The
Lancet, JAMA, Retina, Journal of Cataract and Refractive Surgery, conforme demonstrado no quadro abaixo.
Somente neste ano de 2016, oito trabalhos de investigação
científica foram publicados por pesquisadores da FAV
sobre a síndrome Zika congênita. Valendo ressaltar que as
primeiras descobertas e publicações mundiais dos achados
oculares provocados pelo vírus Zika em crianças com infecção congenita, foram feitos por estes pesquisadores, como
também a publicação do primeiro caso de uma criança sem
microcefalia que apresentava achados neurológicos, lesões
de retina e nervo óptico decorrentes da infecção congênital
pelo mesmo vírus.
Outra contribuição ativa dos pesquisadores do Departamento de Investigação Científica da FAV, diz respeito ao
desenvolvimento de técnicas cirúrgicas inovadoras, além de
achados clínicos e epidemiológicos de importância mundial.
Isso trouxe vários reconhecimentos da comunidade científica, a exemplo do prêmio conferido em 2015, ao Dr. Marcelo Ventura, ao ser convidado de honra do Congresso da
Associação Americana de Cirurgiões de Catarata e Refrativa
(ASCRS) e da Associação Latino Americana de Cirurgiões
de Catarata e Refrativa (ALLACSA-R). Também do Prê61
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA

mio Criatividade Cirúrgica, conferido à Dra. Bruna Ventura,
em abril de 2016, durante o Congresso da ASCRS, em Nova
Orleans, e o Prêmio de Melhor Trabalho Cientifico, conferido à Dra. Camila Ventura pelo Congresso da Academia
Americana de Oftalmologia (AAO), em outubro de 2016, em
Chicago, EUA.

PRODUCING RESEARCH
The Altino Ventura Foundation's (FAV) Department of
Scientific Investigation was created in February 1998, a
process which incorporated technical-scientific partnerships
with national and international institutions.
This department's aim is to provide support for the
development of doctors, students, and professors in FAV's
own graduate courses. To this end, one strategy is the
yearly Scientific Congress (Scientific Meeting), at which
the institution's researchers present original discoveries.

DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS
CIRÚRGICAS INOVADORAS, QUE
TRAZEM GRANDE IMPACTO
NA REABILITAÇÃO VISUAL DOS
PACIENTES RECEBERAM PRÊMIOS E
RECONHECIMENTOS INTERNACIONAIS
PRÊMIOS
AWARDS
Ao longo da caminhada dos 30 anos, a
Fundação Altino Ventura tem recebido
vários prêmios e homenagens pelos
serviços prestados às comunidades de
baixa renda, as atividades de ensino e
pesquisa na região. Entre eles, estão
a Medalha do Mérito Nilo Coelho, do
Tribunal de Contas de Pernambuco,
homenagens da Assembleia Legislativa de
Pernambuco e do Movimento Pró-Criança
da Arquidiocese de Olinda e Recife.
Along the 30 years of services delivered
to the community, the Altino Ventura
Foundation has received several awards
and honors for social assistance to the
low-income communities, as well as for
the education programs and research
activities in the region. Among them
are the Medal of Merit Nilo Coelho, the
Court of Pernambuco, honors from the
Legislative Assembly of Pernambuco and
Movement Pro-Child of the Archdiocese of
Olinda and Recife.
62
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

FAV's Department of Scientific Investigation regularly
develops and publishes scientific papers, many of them
award-winners certified by the Brazilian Council of
Ophthalmology (CBO) and by international congress.
These scientific papers are developed and published
in high impact indexed journals, both national and
international, such as The Lancet, JAMA, Retina, Journal
of Cataract and Refractive Surgery, as demonstrated in the
table below. In 2016 alone, eight scientific research papers
were published by FAV researchers on congenital Zika
syndrome. We must point out that the first discoveries and
worldwide publication of the ocular findings provoked by
the Zika virus in children with congenital infections were
made by these researchers, as was the publication of the
case of the first child without microcephaly who presented
neurological findings and retina and optic nerve legions
resulting from congenital infection from this same virus.
Another active contribution of FAV's Department of
Scientific Investigation's researchers has to do with the
development of innovative surgical techniques, not to
mention clinical and epidemiological findings of regional
and global importance. These active contributions have

PESQUISA Anualmente, em torno de 26 trabalhos de investigação
científica são publicados por pesquisadores da FAV, dados epidemiológicos,
descobertas clínicas e de inovação cirúrgica são de contribuição mundial

gained recognitions from the scientific community, such as
the award given in 2015 to Dr. Marcelo Ventura of being
the Guest of Honor at the American Association of Cataract
and Refractive Surgeons (ASCRS) Meeting and the Latin
American Association of Cataract and Refractive Surgeons
(ALLACSA-R) Meeting. Also the Surgical Innovation
award given to Dr. Bruna Ventura in April 2016 during
the ASCRS Meeting in New Orleans, and the Best Paper
awarded to Dr. Camila Ventura in October 2016, at the
American Academy of Ophthalmology (AAO) Meeting, in
October 2016, in Chicago, USA.

PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS
DOS PESQUISADORES DA
FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA
NOS ÚLTIMOS TRÊS ANOS
SCIENTIFIC PUBLICATIONS BY
ALTINO VENTURA FOUNDATION
RESEARCHERS IN THE LAST
THREE YEARS

ANO

YEAR

TRABALHOS
CIENTÍFICOS
INDEXADOS

INDEXED
SCIENTIFIC
PAPERS

2014 2015 2016
27

26

19

PUBLICADO PUBLISHED IN
EM REVISTA INTERNATIONAL 17
INTERNACIONAL JOURNALS

19

12

07

07

PUBLICADO
EM REVISTA
NACIONAL

PUBLISHED
IN NATIONAL
JOURNALS

10

63
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

VOLUNTARIADO VOLUNTEERING

M Ã O S
A M I G A S
AÇÕES DE CIDADANIA DESPRENDIDAS E ESPONTÂNEAS, MINIMIZAM
AS DESIGUALDADES SOCIAIS. CONTRIBUEM PARA A CONSTRUÇÃO
DE UM MUNDO MAIS JUSTO E SOLIDÁRIO / CITIZENSHIP ACTIVITIES,

LAID-BACK AND SPONTANEOUS, OVERCOME SOCIAL INEQUALITY.
BUILD A MORE JUST, COMPASSIONATE WORLD

O VOLUNTARIADO ESTÁ NA ESSÊNCIA DA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA -FAV, cujas ações de cidadania são
fundamentais no esforço de minimizar
as desigualdades sociais. Atualmente,
a Fundação dispõe, em média, de
124 voluntários compromissados em
contribuir para a construção de um
mundo mais justo e solidário.
São cidadãos, das mais diversas faixas
etárias e classes sociais, desprendidos
e espontâneos, que dedicam tempo,
talento e, acima de tudo, levam amor
aos pacientes. Eles verdadeiramente
estabelecem relações fraternas com os
portadores de enfermidades da visão
ou múltiplas deficiências que procuram ajuda e tratamento na FAV.
O perfil do voluntariado da Fundação
é, em sua maioria, composto por pessoas aposentadas, havendo também
aqueles ainda em atividade profissional, que se solidarizam e atuam em
seus horários disponíveis, favorecendo
os mais necessitados.
Quando alguém procura a Fundação
para oferecer trabalho voluntário, a
intenção é ajudar, apoiar a missão institucional, confiando no compromisso e
na responsabilidade social da FAV. Um
trabalho que edifica e contribui para a
saúde mental de quem o pratica.
Esses benefícios são endossados pela
vivência de 10 anos de voluntariado
do casal Jacira e Antônio Teixeira, de
70 e 74 anos. "Quando descobri a
importância e o impacto da missão da
FAV, cadastrei-me como voluntária e

logo meu esposo aderiu à causa. Hoje,
vejo que meu principal papel é levar
palavras de conforto e esperança aos
pacientes que chegam, muitas vezes,
apavorados. A FAV me deu a oportunidade de dizer: confiem primeiro
em Deus, que tudo pode, e depois na
medicina. Poder fazer isso é motivo
de muita satisfação pra mim", conta
a aposentada, que atua no Polo de
Glaucoma, doença ocular que ela mesma foi diagnosticada como portadora
há uma década. Antônio comunga da
mesma alegria: "É um prazer servir o
próximo através da FAV. Somos uma
família'', declara.
Ângela Mota de Carvalho, conhecida
como Lili, é outro exemplo da valorização e inclusão social do voluntariado. Com apenas 10% da visão de um
dos olhos, devido à Retinopatia da
Prematuridade, ela lembra que antes
de se engajar na FAV, procurou emprego por quatro anos e, nas entrevistas, ouviu duras sentenças. ``Por causa
da minha deficiência visual, diziam
que as chances eram mínimas. Achei
que não tinha mais valor para a sociedade". Em 2013, porém, foi selecionada pela Fundação para ser voluntaria
no Departamento de Glaucoma. O
acolhimento, carinho, valorização e
reconhecimento do amor com que
realiza os trabalhos a transformaram
numa nova Lili, mais alegre e produtiva. O que pode ser explicado por
outro colaborador, João Arcanjo dos
Santos, de 72, atua na FAV há 14 anos

VOLUNTARIADO

SOLIDARIEDADE Os voluntários são desprendidos que dedicam
tempo, talento e acima de tudo, levam amor aos pacientes

e assegura que "ser voluntário é uma
cura renovada diariamente, porque
ajudar pessoas carentes é o melhor
remédio para nossos próprios males",
conclui sorrindo.

FRIEND SUPPORT
Volunteering is at the very heart
of the Altino Ventura Foundation
(FAV), whose citizenship activities
are fundamental in attempting to
overcome social inequality. Today, the
Foundation works with an average of
124 volunteers, who are committed to
help build a more just, compassionate
world.
These laid-back, spontaneous people,
from the most diverse age groups and
social classes, dedicate their time and
talent and, above all, bring love to our
patients. They develop truly fraternal
ties with these patients with visual
or multiple deficiencies who seek
treatment at FAV.
Volunteers at FAV are made up mostly
of retired people, but there are also
practicing professionals who are
sympathetic to the needy, helping out
in their available time.
When someone comes to the
Foundation to offer volunteer work,
their intention is solely to help, to
support the institution's mission,
trusting FAV's commitment and social
responsibility. This work edifies and
contributes to the mental health of its
practitioners.
These benefits are endorsed by the
10 years' volunteering experience
of the couple Jacira and Antônio
Teixeira, ages 70 and 74. "As soon as
I learned of the importance and the
im-pact of FAV's mission, I signed
up as a volunteer, and my husband
66
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

quickly embraced the cause. Today,
I see that my main role is to bring
words of comfort and hope to patients
who, most often, arrive at the service
frightened. FAV has given me the
opportunity to say, `Trust in God,
who can do anything, first, and then
in medicine.' Being able to do this
brings me immense satisfaction,"
says the retiree, who works in the
Glaucoma Center, which treats the
same disease she with which was
diagnosed a decade ago. Antônio
shares her joy. "It's a pleasure to serve
my fellow man through FAV. We're a
family," he says.
Ângela Mota de Carvalho, better
known as Lili, is another example of
the appreciation and social inclusion
volunteering confers. With only
10% vision in one of her eyes due
to Premature Retinopathy, she
remembers that, "Before getting
involved with FAV, I looked for a job
for four years, and in interviews, I
heard harsh statements. Because of
my visual deficiency, my chances,
they'd say, were minimal. I thought
I had nothing to offer society." In
2013, however, she was chosen by
the Foundation as a volunteer to
support the Glaucoma department.
The warm welcome, the appreciation,
and the recognition of the love she
puts into her work brought out a
new, happier, and more productive
Lili. This is explained by another
collaborator: João Arcanjo dos Santos,
age 72, has been active at FAV for the
past 14 years and assures us, "being
a volunteer is a cure that is renewed
daily, because helping the needy is
the best medicine for what ails us,"
he concludes with a smile.

UNIÃO As pessoas
oferecem trabalho
voluntário com intenção
de apoiar aos pacientes
com responsabilidade
social.Entretanto,
segundo Ângela
Carvalho, "ajudar
pessoas carentes é o
melhor remédio para
nossos próprios males".

O
D

D

O

ES

O
RI

TE
IN

TA

R

S
O


RV

SE

SS
O
N

LE

VA

N

O

S

D

O

A

O

GERENCIAMENTO MANAGEMENT

RECIFE

GERÊNCIA DA UNIDADE PERNAMBUCANA DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA,
UPAE DE CARUARU, COM MODELO DE ADMINISTRAÇÃO HUMANIZADO,
QUALIFICADO E RESOLUTIVO / MANAGEMENT OF THE PERNAMBUCO UNIT

FOR SPECIALIZED ATTENTION-UPAE IN CARUARU, MODEL FOCUSED ON
HUMANIZATION, QUALIFICATION, AND SOLUTION-FOCUSED

68
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

QUALIFICADA COMO ORGANIZAÇÃO SOCIAL PELO GOVERNO DO ESTADO
DE PERNAMBUCO, a Fundação Altino Ventura (FAV) assumiu, em dezembro de
2013, a gerência da Unidade Pernambucana de Atenção Especializada -UPAE
de Caruaru. Além de serviço ambulatorial de alta resolubilidade em diagnóstico e orientação terapêutica para diferentes especialidades médicas, a estrutura
também realiza procedimentos de média complexidade, como consultas médicas
especializadas, serviço de apoio, diagnóstico e cirurgias ambulatoriais.
A estrutura comporta: 19 consultórios ambulatoriais, setor de diagnósticos e
terapias, 3 salas cirúrgicas de média complexidade e uma de pequena complexidade, setor de internação de curta duração (24 leitos de hospital/dia) e apoio
técnico-logístico.
Referência na região do Agreste, a UPAE Caruaru atende pacientes 100% regulados pela atenção básica dos 32 municípios da IV Gerência Regional de Saúde ­
GERES; com população superior a 1,2 milhão de habitantes (DATAUS/2012). São
atendidos moradores das seguintes cidades: Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra
de Guabiraba, Belo Jardim, Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Félix, Caruaru, Cupira, Frei Miguelinho, Gravatá, Ibirajuba,
Jataúba, Jurema, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Una, São Caetano,
São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Toritama e Vertentes.
Em dois anos e meio de funcionamento foram realizadas mais de 163 mil consultas
médicas nas especialidades de: dermatologia, infectologia, cirurgia geral, urologia,
oftalmologia, gastroenterologia, otorrinolaringologia, nefrologia, reumatologia, radiologia, cardiologia, vascular, mastologia, neurologia, endocrinologia, pneumologia
e anestesiologia. Já em relação a profissionais não médicos -enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, serviço Social e psicologia- foram 80.573 consultas.

69
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

GERENCIAMENTO

ALCANCE Referência na região do Agreste, a UPAE Caruaru atende pacientes 100% regulados pela atenção básica dos 32
municípios da IV Gerência Regional de Saúde - GERES; com população superior a 1,2 milhões de habitantes (DATAUS/2012)

Citando ainda: 25 mil sessões de reabilitação; 8,4 mil cirurgias (dermatologia,
oftalmologia, urologia, gastroenterologia e cirurgia geral) e 400 mil exames/
procedimentos diagnósticos.
O funcionamento da unidade atende
aos princípios fundamentais do SUS e
serve como referência de média complexidade para a atenção Básica da
Região, preenchendo assim, um vazio
assistencial em consultas especializadas que havia no Agreste Pernambucano. Na oftalmologia, a UPAE Caruaru é destaque nas áreas de: catarata,
pterígio, calázio, tumores palpebrais e
oftalmologia geral; havendo processado, mensalmente, uma média de mil
consultas e 100 cirurgias. Representa
uma referência para o tratamento da
síndrome de Zika congênita na região.
Desde que assumiu a gestão da
UPAE, a FAV implementou um
modelo de administração focado na
humanização, qualificação profissional

Caruaru in December 2013. Besides
the highly successful outpatient
service in the areas of diagnosis and
therapeutic orientation to different
medical specialties, this service also
carries out procedures of medium
complexity, such as specialized
medical consultations, support
services, diagnoses, and outpatient
surgeries.
The structure includes 19 outpatient
offices, a diagnostics and therapeutic
sector, 3 medium complexity surgery
rooms and one low complexity one,
a short-term stay sector (24 hospital
beds/day) and technical-logistical
support.
A reference in the area known
as Agreste, in Pernambuco's
countryside, the Caruaru UPAE
serves patients completely covered
by the basic public health plan
in 32 counties in the IV Regional
Health Administration-GERES--a

EM DOIS ANOS E MEIO DE FUNCIONAMENTO
FORAM REALIZADAS MAIS DE 163 MIL
CONSULTAS MÉDICAS NAS 17 ESPECIALIDADES

CARUARU

e assistência à saúde resolutiva. Em
pesquisa de satisfação do usuário, mais
de 95% dos entrevistados avaliaram os
serviços como excelente/bom.

TAKING OUR SERVICES TO
THE STATE
Classified as a Social Organization
by the government of the state of
Pernambuco, the Altino Ventura
Foundation (FAV), took over the
management of the Pernambuco Unit
for Specialized Attention-UPAE in
70
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

population of over 1.2 million
inhabitants (DATAUS/2012).
Residents of the following cities are
served: Agrestina, Alagoinha, Altinho,
Barra de Guabiraba, Belo Jardim,
Bezerros, Bonito, Brejo da Madre
de Deus, Cachoeirinha, Camocim
de São Félix, Caruaru, Cupira, Frei
Miguelinho, Gravatá, Ibirajuba,
Jataúba, Jurema, Panelas, Pesqueira,
Poção, Riacho das Almas, Sairé,
Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe,
Santa Maria do Cambucá, São Bento

do Una, São Caetano, São Joaquim do
Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do
Norte, Toritama e Vertentes.
In the two and a half years it has
been active, it has offered more than
163 thousand medical consultations
in the specialties of dermatology,
infectology, general surgery, urology,
ophthalmology, gastroenterology,
ear-nose-throat, nephrology,
rheumatology, radiology, cardiology,
vascular, mastology, neurology,
endocrinology, pulmonology, and
anesthesiology. In regards to nonmedical professionals--nurses,
physical therapists, speech therapists,
nutritionists, social services, and
psychologists--80,573 consultations
were offered. Not to mention
the 25 thousand rehabilitation
sessions, 8.4 thousand surgeries
(dermatology, ophthalmology,
urology, gastroenterology, and
general surgery), and 400 thousand
examinations/ diagnostic procedures.
This unit serves the fundamental
principles of Brazil's public health
system and acts as a medium
complexity reference in basic care in
this region, filling a gap in specialized
medical consultations that existed
in Pernambuco's countryside. In
the field of ophthalmology, the
Caruaru UPAE stands out in the
areas of cataracts, pterygium,
chalazions, eyelid tumors, and general
ophthalmology, offering an average
of one thousand consultations and a
hundred surgeries every month.
It is a reference to the treatment of
congenital Zika syndrome in the
region. Since it took over the UPAE,
FAV has implemented a management
model focused on humanization,
professional qualification, and
solution-focused health care. In user
satisfaction polls, more than 95% of
those polled evaluated the services as
good or excellent.
71
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PARCERIAS PARTNERSHIPS

MAIS AJUDA - A FAV mantém
parcerias com a Fundação
Rotary Internacional, Rotary
Club do Recife -Distrito 4500,
Fundação Rotária do Rotary
Internacional, Rotary Club New
Jersey -Distrito 7500 e do Rotary
Club Edmonton -Distrito 5370

DESTAQUE EM EXCELÊNCIA NA
QUALIDADE DOS SERVIÇOS À
POPULAÇÃO MENOS FAVORECIDA.
FRUTO DA UNIÃO DE ESFORÇOS QUE
TRANSPÕEM OS LIMITES DO PAÍS /

FEATURED EXCELLENCE IN THE
QUALITY OF SERVICES PROVIDED TO
LESS FAVORED POPULATION. FRUIT
OF THE UNION OF EFFORTS THAT
TRANSPOSES THE LIMITS OF BRAZIL

72
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

UNINDO
FORÇAS
73

ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PARCERIAS

AS AÇÕES DA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA - FAV no combate à
cegueira e reabilitação da visão e das
múltiplas deficiências beneficiam
a população menos favorecida. Um
trabalho que, a exemplo dos serviços
prestados pelo Centro Especializado
em Reabilitação - CER IV, conta com
programas e parcerias fundamentais.
Em âmbito nacional, o apoio vem
do Ministério da Saúde, governo de
Pernambuco, prefeituras municipais,
além das bancadas parlamentares
federal e estadual pernambucanas.
Mas a ajuda transpõe os limites do
país. A FAV também mantém parecerias com a Fundação Rotary Internacional, Rotary Club do Recife - Distrito 4500, Fundação Rotária do Rotary
Internacional, Rotary Club New Jersey - Distrito 7500 e do Rotary Club
Edmonton - Distrito 5370. A junção
de74esforços teve como frutos a doação,
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

em 2003, de uma Unidade Móvel
Cirúrgica, viabilizadora do Projeto Caravana da Visão, que até julho de 2016,
realizou 27.189 cirurgias de catarata
em 110 municípios de baixo IDH.
Ainda no segmento internacional,
uma parceria, desde 2001, com a
ONG cristã alemã Cristian Blind
Mission - CBM, prevê a continuidade dos projetos de retinopatia da
prematuridade, catarata congênita e
do atendimento especializado para
pacientes com deficiências visuais
e/ou múltiplas. Desde 2012, com a
ONG italiana OneSight, do Grupo Luxóttica, maior produtora de
óculos do mundo, a Fundação Altino
Ventura vem desenvolvendo projetos de saúde escolar junto a alunos
da rede pública de ensino, ação que
compreende diagnóstico, tratamento
clínico e doação de óculos. Os casos
de necessidade cirúrgica são opera-

dos na sede da FAV, no Recife, em
parceria com o Programa Boa Visão,
do governo de Pernambuco, desenvolvido em 12 municípios. Só na
cidade de Salgueiro, no Sertão, onde
foi realizado em 2016, foram atendidos cerca de 4 mil estudantes.
ESTRUTURA
A FAV funcionou em imóveis
alugados por mais de 25 anos.
Em março de 2014, após adquirir
terreno próprio, conseguiu, com o
apoio de parceiros internacionais,
construir no bairro da Iputinga, no
Recife, o Centro Especializado em
Reabilitação - CER IV Menina dos
Olhos. As doações da ONG CBM, do
Lions da Alemanha, do Ministério
do Desenvolvimento Alemão - BMZ
e da Rede de TV Alemã RTL foram
fundamentais para concretizar este
sonho. Importante destacar, ainda,

que a aquisição de equipamentos e
materiais especializados, inclusive
mobília, contou com apoio e doações
parlamentares das bancadas federal e
estadual de Pernambuco, assim como
do Ministério da Saúde.
Desde 2013, a Fundação Altino
Ventura recebe o apoio da Fundação
Lions Internacional para o "Projeto
SightFirst de Baixa Visão: enxergando com autonomia, independência e
desenvolvimento", também do distrito LA-3 do Lions, que beneficia
pacientes com deficiências visuais
de Pernambuco, Alagoas e Sergipe.
Em agosto de 2014, iniciaram-se
as atividades do II Projeto Internacional de Baixa Visão, uma iniciativa do governo alemão, através do
Ministério do Desenvolvimento,
do Lions Internacional e da CBM.
Com duração de 3 anos, a iniciativa,
gerenciada pela FAV, beneficia pa-

cientes com baixa visão de 8 estados
do Norte e Nordeste: Pernambuco,
Paraíba, Ceará, Alagoas, Sergipe,
Roraima, Bahia, Amapá e Pará.
A partir de setembro de 2016, o
Centro Especializado em Reabilitação - CER IV Menina dos Olhos,
passou a ser parceiro estratégico do
Fundo das Nações Unidas para a
Infância - Unicef, referência mundial em políticas de apoio à criança
e ao adolescente. A união tem por
objetivo desenvolver ações para
ampliar o atendimento às crianças
afetadas com a síndrome congênita
Zika e suas famílias.
A FAV conta com o apoio da bancada
federal e estadual de Pernambuco.
Realiza parceria com indústrias
cirúrgica e farmacêutica, que atuam
em projetos de educação e pesquisa
em oftalmologia, entre elas o Hospital de Olhos de Pernambuco, Casa

Lux Ótica, Receita Federal, Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, Ótica Avvistare, Hospital
Santa Joana Recife, Viabilize, entre
outros.

JOINING FORCES
The actions of the Altino Ventura
Foundation (FAV) in fighting
blindness and rehabilitating vision
and multiple deficiencies directly
benefit the less fortunate.
This work, as seen in the services
rendered by the Specialized
Rehabilitation Center (CER IV),
counts on fundamental programs
and partnerships. Nationally, support
comes from Brazil's Ministry of
Health, the State Government
of Pernambuco, City Halls, and
Pernambuco's Federal and State
representatives.
75
But help comes from beyond
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PARCERIAS

"Gostaria de parabenizar
todos da Fundação Altino
Ventura por esses 30 anos de
dedicação à saúde. Através
de profissionais dedicados,
de maneira determinada e
incansável, a FAV vem ajudando
de maneira fundamental a
população de baixa renda".
Amaury Guerreiro, presidente
do Laboratório Novartis

DEDICAÇÃO

AUTONOMIA

EXCELÊNCIA

"A Fundação Altino Ventura está
completando 30 anos de relevantes
serviços prestados à comunidade
pernambucana e nordestina. A
conjuntura que apresenta no
tratamento gratuito oftalmológico
e prevenção da cegueira reversível,
ponto no qual o Lions é parceiro, a
tornam destaque em excelência na
qualidade dos serviços. Através da
FAV nos sentimos agentes ativos na
melhoria da qualidade de vida da
população carente de Pernambuco",
Roberto Vilela, governador do
Distrito do Lions LA3

"Muitos pacientes precisam da
ajuda das equipes da Fundação
Altino Ventura para se desenvolver
com autonomia na sociedade.
É justamente para apoiar essas
pessoas que estamos aqui. A FAV
tem sido uma importante parceira
nesse trabalho", Alejandra
Valverde, coordenadora regional
da América Latina da CBM,
e Marco Andolfi, Gerente de
Projetos Internacionais da CBM

EXEMPLAR

"O trabalho que vem sendo
realizado pela FAV através do
Projeto de Síndrome Congênita
do Zika Vírus é considerado
exemplar", Jane Santos,
coordenadora do escritório do
Unicef em Pernambuco

"A Fundação Altino Ventura é uma
parceira que se diferencia pela
competência técnica e pelo modo
humano que lida com as pessoas
que procuram seu serviço", Cristina
Albuquerque, chefe do Programa de
Sobrevivência, Desenvolvimento e
HIV/AIDS do UNICEF

COMPETÊNCIA

Brazil's borders. FAV also maintains
partnerships with the International
Rotary Foundation, Recife Rotary
Club -District 4500, the Rotary
Foundation of Rotary International,
Rotary Club New Jersey -District
7500, and Rotary Club Edmonton
-District 5370. These joint efforts led
to the donation, in 2003, of a Mobile
Surgical Unit, which makes the
Vision Caravan Project possible. Until
July 2016, this project had carried
out 27,189 cataract surgeries in 110
counties with low HDIs.
In the international arena, a
partnership with the German Christian
NGO Christian Blind Mission
-CBM, which began in 2001, makes
it possible to carry on projects on
premature retinopathy, congenital
cataracts, and specialized care for
patients with multiple deficiencies. In
2012, together with the Italian NGO
Onesight, part of the Luxottica Group,
the world's largest maker of glasses,
FAV developed school health projects
with students in Pernambuco's public
education system, which include
diagnosis, clinical treatment, and
donation of glasses. In those cases
in which surgery is necessary, the
operations are carried out at FAV's
Recife headquarters, in a partnership
with the Good Vision Program, from
the State Government of Pernambuco.
These actions took place in 12
Pernambuco counties, and in 2016 will
take place in Salgueiro, with plans to
serve 4,000 schoolchildren.
FAV operated out of rented real
estate for more than 25 years. In
March 2014, after acquiring its own
land, it managed, with the support
of international partners, to build
the "Menina dos Olhos" Specialized
Rehabilitation Center (CER IV),
in the Iputinga neighborhood, in
Recife, Pernambuco. Donations from
the NGO CBM, Lions of Germany,
Germany's Ministry of DevelopmentBMZ, and the German television
channel RTL were fundamental to

making this dream come true. We
must also point out the acquisition of
equipment and specialized material,
including furniture, was possible with
donations from Pernambuco's federal
and state representatives, as well as
Brazil's Ministry of Health.
Since 2013, FAV has received
support from the International Lions
Foundation for the Sightfirst Project
"Low Vision: seeing with autonomy,
independence, and development."
Not to mention the LA-3 Lions
district, which benefits visually
deficient patients in Pernambuco,
Alagoas, and Sergipe.
In August 2014, the activities of the
II International Low Vision Project
began, an initiative of the German
government, through its Ministry of
Development, Lions International,
and CBM. Lasting three years, the
initiative, run by FAV, benefits patients
with low vision in eight states in Brazil's
north and northeast: Pernambuco,
Paraíba, Ceará, Alagoas, Sergipe,
Roraima, Bahia, Amapá, and Pará.
Beginning in September 2016, FAV's
"Menina dos Olhos" Specialized
Rehabilitation Center -CER IV
became a strategic partner of the
United Nations' Children Fund
Unicef, a worldwide reference in
support policies for children and
adolescents. This partnership aims to
develop actions to broaden medical
care for children affected by the
congenital Zika syndrome and their
families.
FAV has support from the bench
senators and state representatives.
The institution has partnerships
with the surgical and pharmaceutical
industries, which act in projects
in education and research in
ophthalmology. These partners
include the Pernambuco Eye
Hospital, Casa Lux Ótica, Brazil's
Federal Reserve, Pernambuco's
State Court of Auditors, Avvistare
Optics, Recife's Santa Joana Hospital,
Viabilize, and others.

"Muito diferente do que tenho visto
pela América Latina, no Centro de
Reabilitação tudo é concentrado
em um mesmo lugar e as mães
dispõem de uma programação
de consultas e terapias bastante
organizadas. Isso garante a
integração das crianças e facilita
a vida das famílias, sem falar no
suporte psicológico que lhes é
oferecido. Esse modelo do Centro
de Reabilitação da FAV deveria
ser replicado em outros países",
Carlos Enrique Mancilla Caceres,
médico do escritório do Unicef no
Panamá, esteve em sua primeira
missão no Brasil, em setembro de
2016. Ele declarou que a primeira
coisa que lhe surpreendeu no CER
IV da FAV foi o nível de integração
dos diferentes serviços para
oferecer suporte às crianças e às
mães

INTEGRAÇÃO

PERSPECTIVAS PROSPECTS

BUSCANDO
PARCEIROS
INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO E SAÚDE TRANSFERIRÁ ÀS
GERAÇÕES DO AMANHÃ OPORTUNIDADES PARA SEREM
MELHORES E MAIS FORTES / INVESTMENT IN EDUCATION AND

HEALTH, WILL TRANSFER TO TOMORROW'S GENERATIONS THE
OPPORTUNITIES TO BE BETTER AND STRONGER

futuro

"AO COMEMORARMOS OS 30 ANOS DA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA, VEMOS
UMA HISTÓRIA LINDA. QUANTAS CONQUISTAS E QUANTOS MOTIVOS PARA COMEMORAR. SOMOS ABENÇOADOS NESTA NOBRE MISSÃO. COM MUITO TRABALHO, DEDICAÇÃO E FÉ, ESTAMOS CONSTRUINDO NO PRESENTE UM FUTURO AINDA MELHOR. DEUS É NOSSA TESTEMUNHA". DR. MARCELO VENTURA

78
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

79
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PERSPECTIVAS

O REGISTRO DAS METAS ALÇANDADAS NAS TRÊS ÚLTIMAS DÉCADAS pela
Fundação Altino Ventura (FAV) na atenção à saúde da população menos favorecida, na oferta de oportunidades de ensino e pesquisa, tem demonstrado a
importância social desta instituição. Para poder fazer mais e melhor pela população, a FAV precisa do apoio e confiança da sociedade.
A FAV está buscando parceiros para continuar a construção do Complexo Hospitalar da sua sede própria, no bairro da Iputinga, ao lado do Centro Especializado
em Reabilitação - CER IV (Modulo I). O Módulo II está planejado para ter 11
mil metros quadrados, cujo projeto arquitetônico prevê 52 consultórios, bloco
cirúrgico com 16 salas, centro de diagnóstico em oftalmologia com 20 salas,
emergência oftalmológica 24h e enfermaria com 30 leitos.
Concluída a obra, viabilizará dobrar a capacidade instalada atual, beneficiará 70
mil pacientes e realizará quatro mil cirurgias por mês. Os números são tão arrojados quanto o esforço que a FAV vem empreendendo para a concretização de
mais este projeto.
De acordo com Dr. Marcelo Ventura, socio-fundador da Fundação, a expansão
da sede, com o módulo II, representa o mesmo espírito filantrópico do início da
nossa história, que move cada novo empreendimento da FAV. Tem sido assim ao
longo desses 30 anos. Continuamente,
buscamos novas e melhores maneira
de servir à sociedade. "Estamos em
busca de parceiros que comunguem
desse ideal e possam, conosco, ampliar
e concretizar realidades de melhor
acesso à saúde por parte da populção",
completa Dr. Marcelo Ventura.
A FAV entende que o futuro da
humanidade está nas mãos daqueles
que são capazes de investir nos bens
mais preciosos que são a educação
e saúde. Socialmente falando, serão
transferidas às gerações do amanhã,
oportunidades para serem melhores e
mais fortes.

SEEKING PARTNERS
The record of goals reached in the
last three decades by the Altino
Ventura Foundation (FAV) in caring
for the health of the needy and
in offering learning and research
opportunities has demonstrated the
social importance of this institution.
In order to offer even more and better
service to the people of Brazil's north
80
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PERSPECTIVAS
FUTURAS "Estamos
em busca de parceiros
que comunguem do
ideal para construir o
Módulo II, do Complexo
Hospitalar da sede
própria, na Iputinga.
Queremos ampliar e
concretizar realidades
de melhor acesso
à saúde por parte
da populção. Esta
obra atenderá 70 mil
pacientes por mês". Dr.
Marcelo Ventura

81
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

PERSPECTIVAS

Explorando a Ciência

Gerando Inovações

REFERÊNCIA A Instituição quer fazer mais e melhor pela população. Entretanto, precisa do apoio e confiança da sociedade

and northeast, the institution needs
society's support and trust.
FAV is looking for partners to
continue building a Hospital
Complex at its own headquarters, in
the neighborhood of Iputinga, next
to the Specialized Rehabilitation
Center-CER IV (Module I). Module
II is planned to cover 11 thousand
square meters. The architectural
project includes 52 offices, a
surgical wing with 16 rooms, an
ophthalmological diagnostics
center with 20 rooms, 24-hour
ophthalmological emergency and a
82
ESPECIAL FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016

nursing ward with 30 beds.
When completed, the project will
double our current installed capacity,
benefitting 70 thousand patients and
performing four thousand surgeries
every month. The numbers are as
bold as FAV's efforts to make this next
project come true.
According to Dr. Marcelo Ventura,
founding partner of the Foundation,
the expansion of the headquarters,
with module II, "represents the
same philanthropic spirit from the
beginning of our history, which
motivates every one of FAV's new

undertakings. It's been this way for
30 years. We will always seek new
and better ways to serve society. We
are looking for partners who share
this ideal and who can, together
with us, expand and bring to fruition
better access to health care for the
populace," says Marcelo.
FAV understands that mankind's
future is in the hands of those who
can invest in its most precious
commodities: education and
health. Socially speaking, we are
transferring to tomorrow's generations
opportunities to be better and stronger.

Mais de sete bilhões de pessoas
habitam o nosso planeta, e este número
cresce a cada dia. Como prover comida
para a população sem degradar o meio
ambiente? Como melhorar a saúde da
sociedade e prevenir doenças?
Para
trazer
estas
respostas,
aproximadamente 14 mil cientistas da
Bayer trabalham diariamente em busca
de inovações. Isso significa, para nós, um
incentivo para o futuro ­ no sentido exato
da nossa missão Bayer: Science For A
Better Life (Ciência Para Uma Vida Melhor).
83

ESPECIAL
FAV 30 ANOS DE HISTÓRIA | 2016
www.bayer.com.br

www.bayerjovens.com.br

C O M
R E A L

11,5

milhões

de procedimentos

S U A
A J U
I Z A M O S :

5,9

milhões
de exames

5,2

milhões
de consultas

D

A

J

Á

345 27,5
mil

cirurgias

mil

procedimentos na
Unidade
Móvel Cirúrgica

7

mil

transplantes de
córneas

ATÉ SETEMBRO DE 2016

FAÇA SUA DOAÇÃO
FAV TELERMAKETING

(81) 3221-3008
DOEFAV.COM
DEPÓSITO BANCÁRIO

BANCO DO BRASIL

AGÊNCIA 3433-9
CONTA CORRENTE 105158-X

APOIOS E PARCEIRIAS

457

médicos formados
no Brasil, América
Latina e Angola