DISCIPLINA 05 ­ HISTÓRIA ­ 2010
UNIDADES DIDÁTICAS

HORAS

PÁGINA

I.

O SURGIMENTO DO ESTADO-NAÇÃO E A EXPANSÃO MARÍTIMO-COMERCIAL IBÉRICA

5

03

II.

COLONIZAÇÃO: A PARTILHA DAS AMÉRICAS

4

05

III.

BRASIL COLÔNIA (1530-1820)

12

07

IV.

O SÉCULO DAS LUZES E O SURGIMENTO DO MUNDO CONTEMPORÂNEO

7

09

V.

O SÉCULO XIX NAS AMÉRICAS

8

11

VI.

BRASIL IMPÉRIO: FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO (1822-1889)

13

13

VII.

IMPERIALISMO E NEO-COLONIALISMO NO SÉCULO XIX

8

15

VIII.

ÁFRICA: DAS FEITORIAS AO IMPERIALISMO

3

17

IX.

A I GRANDE GUERRA E A CRISE DE 1929 (1914-1930)

8

18

X.

A PRIMEIRA REPÚBLICA NO BRASIL (1889-1930)

13

20

XI.

SEGUNDA GUERRA MUNDIAL: DO CONFLITO TRADICIONAL À ERA NUCLEAR (1930-1945)

9

22

XII.

BRASIL: DA REVOLUÇÃO DE 1930 AO FIM DO ESTADO NOVO (1930-1946)

13

24

XIII.

ORIENTE MÉDIO: OS CONFLITOS RELIGIOSOS E O EQUILÍBRIO DO PODER MUNDIAL

10

26

XIV.

GUERRA FRIA: DA BIPOLARIDADE À HEGEMONIA DOS EUA

9

28

XV.

AS AMÉRICAS NO SÉCULO XX

18

30

XVI.

BRASIL: A SEGUNDA REPÚBLICA (1945-1964)

15

32

XVII.

ÁFRICA: DA DESCOLONIZAÇÃO AOS ANOS 1990

9

34

XVIII. BRASIL: OS GOVERNOS MILITARES (1964-1985)

15

36

XIX.

O CONTINENTE ASIÁTICO

8

38

XX.

A NOVA REPÚBLICA NO BRASIL: DE 1985 AOS DIAS ATUAIS

20

40

XXI.

A NOVA ORDEM MUNDIAL E O SÉCULO XXI

17

42

16

44

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
TOTAL

240

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 2 de 44
ESCOLA DE COMANDO E ESTADO-MAIOR DO
EXÉRCITO

CURSO DE PREPARAÇÃO À ESCOLA DE
COMANDO E ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO

05 ­ HISTÓRIA

ELABORADO EM 2009
CARGA HORÁRIA: 240 HORAS

PLANO DE DISCIPLINA

APROVADO Adt 002 ao BI / DFA Nº 065, de 10 set 2009

1. OBJETIVOS PARTICULARES DA DISCIPLINA / HISTÓRIA
a. Analisar as condicionantes das bases econômicas, políticas e sociais na formação e evolução do mundo contemporâneo.
b. Analisar as condições específicas de crescimento e expansão do Ocidente, a partir das Grandes Navegações até os dias atuais, observando os impactos
sobre outras civilizações.
c. Analisar as características da constituição do Brasil considerando as expressões política, econômica, social e militar.
d. Analisar os aspectos políticos, sociais e econômicos nos processos de formação dos países das Américas.
e. Analisar a construção dos impérios coloniais na África e na Ásia e o processo de descolonização, com ênfase nos países africanos de língua oficial
portuguesa (PALOP).
f. Caracterizar as duas guerras mundiais, destacando seus antecedentes, suas consequências para as nações envolvidas e seus reflexos para o mundo
contemporâneo.
g. Analisar a Guerra Fria, o processo de bipolarização do mundo, a sua crise e a emergência da Nova Ordem Mundial.
h. Estudar a influência externa, em especial eventos e fenômenos políticos, econômicos e sociais do mundo, na Idade Contemporânea, sobre a evolução da
América do Sul e do Brasil e suas projeções até a atualidade.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 3 de 44
2. UNIDADES DIDÁTICAS
UNIDADE DIDÁTICA I ­ O SURGIMENTO DO ESTADO-NAÇÃO E A EXPANSÃO MARÍTIMO-COMERCIAL IBÉRICA
ASSUNTOS
1. O MERCANTILISMO: IDEIAS E
PRÁTICAS
ECONÔMICAS
DOMINANTES NA EUROPA
- Principais características do mercantilismo
e suas consequências para a consolidação
dos Estados (séculos XIV-XVIII).
2. O ABSOLUTISMO E A FORMAÇÃO
DO ESTADO-NAÇÃO NA EUROPA
- Caracterização dos sistemas políticos na
Europa Ocidental (séculos XVI-XVII).
3. A EXPANSÃO MARÍTIMA E O
PIONEIRISMO PORTUGUÊS
- As Grandes Navegações e o domínio dos
mares pelos países da Península Ibérica.
4. PORTUGAL E ESPANHA: A DIVISÃO
DO MUNDO ­ O TRATADO DE
TORDESILHAS (1494)
- As Bulas Papais e os antecedentes do
Tratado de Partição do Mar Oceano;
- Portugal e o domínio estratégico do
Oceano Atlântico.

CARGA HORÁRIA: 05 HORAS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nr DE SESSÕES

I-1. Apresentar as condições que permitiram o surgimento do Estado-Nação no
Ocidente, em especial a constituição de uma burocracia racional, de Forças
Armadas profissionais, do direito reconhecido e codificado e de uma economia de
mercado.

01

01

I-2. Caracterizar o processo de expansão marítima ibérica, com ênfase no caso
português.
03
I-3. Analisar as relações políticas entre Portugal e Espanha e o processo de
negociação da partilha do mundo.

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
Unidade introdutória, de caráter geral, com o objetivo de nivelar o conhecimento dos oficiais alunos. Esta Unidade possui, ainda, como objetivo apresentar as
principais características da Europa e os antecedentes do processo de colonização.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602p.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 4 de 44
Bibliografia Essencial
ABREU, Victor. Introducción a los orígenes y transformaciones del Estado-Nación. In: Revista Venezolana de Economia y Ciencias Sociales. V. 8, jan-abr.
2002. pp. 237-246. Disponível em: . Acesso em: 04 de nov. 2008.
BOBBIT, Philip. Dos Príncipes aos Estados Principescos: 1494-1648. In:___________. A Guerra e a Paz na História Moderna: O Impacto dos Grandes
Conflitos e da Política na Formação das Nações. Rio de Janeiro: Campus, 2003. p. 69-87.
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 11. ed. São Paulo: EDUSP, 2003. 660 p.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
CAMPOS, Flávio D. Tratado de Tordesilhas. In: MAGNOLI, Demétrio. História da Paz. São Paulo: Contexto, 2008. p. 45-67.
CAMPOS, Pedro Moacyr. As Instituições Coloniais: Antecedentes Portugueses. In: HOLANDA, Sérgio Buarque de. História Geral da Civilização
Brasileira: Do descobrimento à expansão territorial. 16.ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008. p. 21-32.
CAMPOS, Pedro Moacyr. As Etapas dos Descobrimentos Portugueses. In: HOLANDA, Sérgio Buarque de. História Geral da Civilização Brasileira: Do
descobrimento à expansão territorial. 16.ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008. p. 33-42.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 5 de 44
UNIDADE DIDÁTICA II ­ COLONIZAÇÃO: A PARTILHA DAS AMÉRICAS
ASSUNTOS

CARGA HORÁRIA: 04 HORAS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nr DE SESSÕES

1. ESTRUTURAS DO COLONIALISMO
- A Relação Metrópole-Colônia.
2. A AMÉRICA PORTUGUESA
- As Feitorias, as Capitanias Hereditárias e
a instalação do Governo-geral (15001548).
3. A AMÉRICA ESPANHOLA
- A Administração espanhola e a divisão
dos Vice-Reinos.
4. A COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA DO
NORTE
- A América Inglesa e o modelo de autoadministração.

01

II-1. Caracterizar a estrutura da colonização europeia nas Américas nos séculos XV
e XVI: o pacto colonial e o exclusivo comercial; as colônias de exploração e de
povoamento.
II-2. Comparar os diferentes processos coloniais e suas relações com as respectivas

03

metrópoles.

5. A FRANÇA NAS AMÉRICAS
- A França Antártica, a França Equinocial e
o Canadá.
INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
Esta Unidade Didática visa iniciar o estudo da História das Américas, dando ênfase aos diferentes processos de colonização empreendidos pelas nações
europeias.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 11. ed. São Paulo: EDUSP, 2003. 660 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. Américas: uma introdução histórica. 2. ed. São Paulo: Atual, 1992. 312p.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 6 de 44
Bibliografia Complementar
CROUZET, Maurice. A América Portuguesa. In:____________. História Geral das Civilizações: o século XVIII ­ O último século do Antigo Regime. Rio de
Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 11. Livro V. p. 453-481.
CROUZET, Maurice. A América Espanhola. In:____________. História Geral das Civilizações: o século XVIII ­ O último século do Antigo Regime. Rio de
Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 11. Livro V. p. 463-476.
CROUZET, Maurice. As Ilhas. In:____________. História Geral das Civilizações: o século XVIII ­ O último século do Antigo Regime. Rio de Janeiro:
Bertrand Brasil, 1995. V. 11. Livro V. p. 477-479.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 7 de 44
UNIDADE DIDÁTICA III ­ BRASIL COLÔNIA (1500-1820)
CARGA HORÁRIA: 12 HORAS
ASSUNTOS
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Nr DE SESSÕES
III-1.
Caracterizar
a
natureza
da
colonização
portuguesa:
a
opção
pela
grande
1. A OCUPAÇÃO EFETIVA DA COLÔNIA
E O EMPREENDIMENTO CANAVIEIRO
propriedade, o trabalho escravo e a monocultura.
01
- O engenho como unidade produtora: a
III-2. Analisar a posse e o uso da terra com relação às questões de trabalho escravo
especialização da produção do açúcar;
- A formação da sociedade colonial.
e trabalho livre na Colônia.
2. O TRABALHO COMPULSÓRIO: A
ESCRAVIDÃO INDÍGENA E O TRÁFICO
NEGREIRO
- A mão-de-obra escrava;
- O nomadismo nativo.
3. O BRASIL NA UNIÃO IBÉRICA (15801640)
- Rivalidades internacionais e as consequências para o Brasil;
- As invasões holandesas;
- As ações dos corsários ingleses;
- O embrião da nacionalidade e da identidade do povo brasileiro.
4. A EXPANSÃO DA OCUPAÇÃO
PORTUGUESA
PARA
ALÉM
DO
TRATADO DE TORDESILHAS
- As Entradas e as Bandeiras, as missões
religiosas, a pecuária e a utilização das
vias aquáticas.
5. A DESCOBERTA DO OURO: UM NOVO
CICLO ECONÔMICO
- A atividade mineradora e as mudanças
na administração colonial.
6. REBELIÕES NATIVISTAS
- A Revolta de Beckman (1684);
- A Guerra dos Emboabas (1708-1709);
- A Guerra dos Mascates (1710-1711).
7. AS REVOLTAS COLONIAIS
- Os casos da Revolta de Vila Rica (1720)
e da Inconfidência Mineira (1789).

III-3. Estudar as atividades econômicas no período colonial.
III-4. Analisar os conflitos europeus, destacando seus desdobramentos para a

01

América Portuguesa.
III-5. Estudar as ferramentas de ação do poder colonial na expansão das fronteiras
destacando: a ação das Entradas e das Bandeiras, a colonização comercial e os
tratados de limites.
III-6. Caracterizar a importância dos tratados de limites para a configuração do

03

território brasileiro atual.
III-7. Estudar os movimentos nativistas, os levantes no período colonial (Vila Rica e
Inconfidência Mineira) e sua importância para o processo de independência do
Brasil.
02

03

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 8 de 44
8. OS TRATADOS DE LIMITES: A NOVA
FIXAÇÃO DAS FRONTEIRAS.
- Os Tratados de Utrecht (1700-1714),
Madri (1750), El Pardo (1761), Santo
Ildefonso (1777) e Badajós (1801);
- A configuração do território brasileiro.

02

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Esta Unidade Didática inicia os estudos de História do Brasil e para sua melhor compreensão, ou para obter uma visão ampla, o oficial aluno deve atentar
para linearidade da história brasileira que será abordada nas seguintes Unidades Didáticas: UD VI, UD X, UD XII, UD XVI, UD XVIII e UD XX.
b. Ao estudar o Assunto 02, ver também a Unidade Didática HIST/UD VIII, Assunto 01.
c. Ao estudar esta UD ver também em Geografia a unidade GEO/UD X, Assunto 01.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602 p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 11. ed. São Paulo: EDUSP, 2003. 660 p.
FROTA, Guilherme Andrea. 500 anos de história do Brasil. Rio de Janeiro: BIBLIEX, 2000. 736 p.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
LACOMBE, Américo Jacobina. A conjuração do Rio de Janeiro. In: HOLANDA, Sergio Buarque de. (org.). História Geral da Civilização Brasileira:
Administração, Economia e Sociedade. 10. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003. p. 451-455.
LUZ, Nícia Vilela. Inquietação Revolucionária no Sul: Conjuração Mineira. In: HOLANDA, Sergio Buarque de. (org.). História Geral da Civilização Brasileira:
Administração, Economia e Sociedade. 10. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003. p. 438-450.
MATTOS, Odilon Nogueira de. A Guerra dos Emboabas. In: HOLANDA, Sergio Buarque de. (org.). História Geral da Civilização Brasileira: Do
descobrimento à expansão territorial. 16. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008. p. 324-334 e Franceses, Holandeses e Ingleses no Brasil Quinhentista p.
165-196.
REIS, Arthur Cezar Ferreira. A Inconfidência Baiana. In: HOLANDA, Sergio Buarque de. (org.). História Geral da Civilização Brasileira: Administração,
Economia e Sociedade. 10. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003. p. 456-462.
WRIGHT, Antônia Fernanda P. de Almeida; MELLO, Astrogildo Rodrigues de. O Brasil no Período dos Felipes (1580-1640). In: HOLANDA, Sergio Buarque
de. (org.). História Geral da Civilização Brasileira: Do descobrimento à expansão territorial. 16. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008. p. 197-212.
COSTA E SILVA, Alberto da (org.). História do Brasil Nação: 1808-2010. Vol 1 ­ Crise Colonial e Independência: 1808-1830. Rio de Janeiro: Objetiva, 2011.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 9 de 44
UNIDADE DIDÁTICA IV ­ O SÉCULO DAS LUZES E O SURGIMENTO DO MUNDO CONTEMPORÂNEO
CARGA HORÁRIA: 07 HORAS
ASSUNTOS
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Nr DE SESSÕES
1. A EUROPA NO SÉCULO XVIII: A
CRISE DO ANTIGO REGIME E A
CONSOLIDAÇÃO DA BURGUESIA
2.
ILUMINISMO:
CRÍTICA
AO
01
ABSOLUTISMO
- Os ideais iluministas e seus expoentes;
- A divisão dos três poderes e o Estado
laico;
- Os déspotas esclarecidos.
3. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL: AS
GRANDES
TRANSFORMAÇÕES
SOCIOECONÔMICAS (SÉCULOS XVIIIXIX)
- As razões do pioneirismo inglês;
01
- O Liberalismo econômico e a consoli- IV-1. Analisar as transformações ocorridas Europa do século XVIII.
dação do capitalismo;
IV-2. Estudar o Iluminismo e sua relação com as mudanças políticas, econômicas e
- A burguesia como centro de poder e
surgimento do operariado.
sociais ocorridas no período.
4. A INDEPENDÊNCIA DOS EUA
IV-3. Caracterizar a independência dos Estados Unidos como evento mundial,
- Dois países em um: as diferenças entre
concluindo sobre os impactos no continente americano.
as colônias do Norte e as do Sul;
02
- As modificações da administração inglesa
IV-4. Estudar as consequências das Guerras Napoleônicas e do Congresso de
e a reação dos colonos: A Guerra de
Viena, apontando para o rearranjo político das potências coloniais.
Independência (1776-1783);
- A Constituição Norte-Americana.
5. A REVOLUÇÃO FRANCESA
- A defesa dos ideais do povo francês:
liberdade, igualdade e fraternidade;
- As fases da revolução e suas consequências para a sociedade europeia;
- As consequências para as colônias luso03
espanholas na América.
6. A ERA NAPOLEÔNICA
- Do Consulado ao Império;
- O Império Francês e as Guerras Napoleônicas;
- O Congresso de Viena e a Santa Aliança;
- A nova Europa.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 10 de 44
INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Esta Unidade serve de base para o estudo de História Geral Contemporânea, tendo em vista que os assuntos aqui tratados estabelecem os fundamentos
para as posteriores Unidades Didáticas.
b. Ao estudar Assunto 03 desta UD ver também GEO/UD II, Assunto 01.
c. Ao estudar Assunto 04 desta UD ver também GEO/UD V, Assunto 01.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602 p.
Bibliografia Essencial
BURNS, Edward McNall. História da Civilização Ocidental. V. 1 e 2. Porto Alegre: Globo, 1996.
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
CROUZET, Maurice. As Concepções de Conjunto. In:___________. História Geral das Civilizações: O século XVIII: o último século do Antigo Regime. Rio
de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 11. Livro I, p. 129-154.
CROUZET, Maurice. A Revolução Financeira e Industrial. In:___________. História Geral das Civilizações: O século XVIII: o último século do Antigo
Regime. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 11. Livro II, p. 191-226.
CROUZET, Maurice. A Independência das Colônias Inglesas da América (1763-1783). In:___________. História Geral das Civilizações: O século XVIII: o
último século do Antigo Regime. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 11. Livro V, p. 497-506.
CROUZET, Maurice. A Evolução do Canadá (1763-1791) e a Formação dos Estados Unidos da América (1783-1789). In:___________. História Geral das
Civilizações: O século XVIII: o último século do Antigo Regime. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 11. Livro V, p. 507-517.
CROUZET, Maurice. A Era das Instituições: A Revolução Constituinte (1789-1791). In:__________. História Geral das Civilizações: O século XVIII ­
Perante a Revolução. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 12. Livro I, p. 59-112.
CROUZET, Maurice. A Era das Antecipações: A Revolução Convencional (1792-1795). In:__________. História Geral das Civilizações: O século XVIII ­
Perante a Revolução. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 12. Livro I, p. 113-148.
CROUZET, Maurice. A Era das Consolidações: A Tentativa Falhada do Diretório e a Revolução Napoleônica (1796-1815). In:__________. História Geral
das Civilizações: O século XVIII ­ Perante a Revolução. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 12. Livro I, p. 149-170.
CROUZET, Maurice. A Revolução Francesa e o Mundo (1789-1802). In:__________. História Geral das Civilizações: O século XVIII ­ Perante a
Revolução. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 12. Livro II, p. 183-214.
CROUZET, Maurice. Napoleão e o Mundo (1802-1805). In:__________. História Geral das Civilizações: O século XVIII ­ Perante a Revolução. Rio de
Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 12. Livro II, p. 215-240.
MAGNOLI, Demétrio. Congresso de Viena (1814-1815). In: MAGNOLI, Demétrio (org.). História da Paz. São Paulo: Contexto, 2008. p. 93-122.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 11 de 44
UNIDADE DIDÁTICA V ­ O SÉCULO XIX NAS AMÉRICAS
ASSUNTOS
1. O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA NAS
AMÉRICAS
- O caso do Haiti;
- A Doutrina Monroe dos EUA e o apoio britânico;
- Os novos Estados.
2. AS TEORIAS DE PAN-AMERICANISMO E A
COOPERAÇÃO HEMISFÉRICA
- O projeto Pan-Americano: Bolívar e a construção
de uma nação hispano-americana;
- O fracasso do projeto Pan-Americano.
3. A CONSTRUÇÃO DOS ESTADOS UNIDOS
- A Marcha para o Oeste e o papel da fronteira;
- O "Destino Manifesto" e a ocupação da Costa
Oeste do território dos EUA.
4. A FORMAÇÃO DO ESTADO NORTEAMERICANO E SUA CRISE: A GUERRA CIVIL
- O Liberalismo, o federalismo e o constitucionalismo;
- O surgimento da potência militar.

CARGA HORÁRIA: 08 HORAS
OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nr DE SESSÕES

V-1. Estudar como o "haitianismo" acelerou os processos de independência
na América Espanhola.
V.2. Apresentar os motivos que levaram a Grã-Bretanha e os Estados
Unidos a apoiarem os processos de emancipação nas Américas.

02

V-3. Apresentar os ideais pan-americanos e sua reapropriação na América
do Sul atual.
V-4. Analisar o processo que levou à fragmentação da América Espanhola
em diversos Estados Nacionais.

02

V-5. Analisar, a partir da Marcha para o Oeste, a rápida expansão
econômica, demográfica e territorial dos Estados Unidos.
V-6. Caracterizar as diferenças entre o Sul e o Norte dos EUA e expor as
condições que levaram à Guerra de Secessão.
V-7. Estudar as razões para que se considere a Guerra Civil Americana
como a primeira guerra moderna de massas.

04

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
Ao estudar esta UD ver também GEO/UD V, Assuntos 01 e 02.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
HOBSBAWM, Eric. A era do capital (1848-1875). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977. p. 153-164.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. Américas: uma introdução histórica. 2. ed. São Paulo: Atual, 1992. p. 84-165.
RODRIGUEZ, Ricardo Vélez. Integração Sul-Americana: projetos e perspectivas estratégicas. In: Ibérica ­ Revista interdisciplinar de estudos ibéricos e
ibero-americanos. Ano I, n. 2. Juiz de Fora: dez/2006-fev/2007. p. 50-64. Disponível em:
. Acesso em: 04 de abr.2009.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 12 de 44
Bibliografia Complementar
ALVES, Francisco das Neves. O Ministério das Relações Exteriores do Brasil e o centenário da Doutrina Monroe. In:________Biblos, Rio Grande, 16,2004.
p.87-96. Disponível em: . Acesso em: 24 de nov. 2008.
CROUZET, Maurice. A afirmação da América em face do velho colonialismo. Recuo e reinício da expansão europeia. In:________. História Geral das
Civilizações: O século XIX ­ O apogeu da civilização europeia. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. V. 13.Primeira Parte. p. 139-151.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 13 de 44
UNIDADE DIDÁTICA VI ­ BRASIL IMPÉRIO: FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO (1822-1889)
ASSUNTOS
1. A CRISE DO COLONIALISMO PORTUGUÊS E
O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA
- O translado da Família Real Portuguesa para o
Brasil em 1808;
- Os tratados comerciais e a abertura dos portos;
- A elevação da colônia a Reino Unido de Portugal,
Brasil e Algarves;
- A Revolução Liberal do Porto;
- O processo de independência e o confronto com
os portugueses.
2. A CONSTRUÇÃO DA NOVA ORDEM NO
IMPÉRIO
- A Constituição de 1824 e os Partidos Políticos.
3. A REAFIRMAÇÃO DA ORDEM AGRÁRIOESCRAVISTA
- O surto cafeeiro e a integração aos circuitos comerciais mundiais;
- A mão-de-obra escrava.
4. A POLÍTICA ADMINISTRATIVA DO IMPÉRIO
- O sistema eleitoral;
- O Exército, a Guarda Nacional e a política imperial;
- A administração pública.
5. CRISE E CONSOLIDAÇÃO DO IMPÉRIO
- Período Regencial (1831-1840);
- Os conflitos internos: Cabanagem (1833-1836),
Levante dos Malês (1835), Farroupilha (18351845), Sabinada (1837-1838), Balaiada (18371840).
6. A POLÍTICA EXTERNA DO IMPÉRIO DO
BRASIL
- A polarização na Região Platina e a influência
britânica;
- A Questão Christie (1862-1865);
- Guerra da Tríplice Aliança (1864-70).

CARGA HORÁRIA: 13 HORAS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

VI-1. Estudar as diferentes fases do Império: 1º. Reinado, Regências e 2º.
Reinado.
VI-2. Analisar os laços entre a crise militar e política na Europa (Época
Napoleônica), destacando: a estagnação do desenvolvimento português
(considerando-se os tratados de comércio anglo-lusos) e a Independência
do Brasil.
VI-3. Comparar as características econômico-sociais da colônia com as
estruturas do Estado Imperial brasileiro concluindo sobre as continuidades
ou rupturas dessas estruturas.

Nr DE SESSÕES

02

03
VI-4. Analisar as estruturas políticas do Império: a grande propriedade
cafeeira, o trabalho escravo e o domínio britânico sobre o financiamento e
comércio do café, destacando-se o caráter colonial de tal economia.
VI-5. Caracterizar, após a criação da Guarda Nacional, a situação das
Forças Armadas no cenário nacional.
VI-6. Estudar os conflitos internos e a reação do governo central, com
ênfase na ação de Caxias.

03

VI-7. Apresentar os reflexos dos conflitos em que o Brasil se envolveu na
região platina, correlacionados com os antagonismos e interesses das
nações locais.

02

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 14 de 44
7. ECONOMIA E TRABALHO EM TRANSIÇÃO
- A Lei de Terras e a Lei Eusébio de Queirós VI-8. Analisar a questão da escravidão e fim do tráfico negreiro, concluindo
(1850);
sobre os seus impactos sobre a economia e as políticas interna e externa do
- Do escravismo à mão-de-obra livre;
país.
- A imigração.
8. O FIM DO IMPÉRIO
VI-9. Analisar o isolamento da Monarquia e sua posterior queda,
- A questão sucessória;
relacionando-a com as "Questões Militares", as "Questões Religiosas" e a
- A crise com o poder militar.
Abolição da Escravatura.
INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Ao estudar o Assunto 01, ver também a Unidade Didática HIST/UD IV, Assunto 06.

02

01

b. Ao estudar o Assunto 03, ver também a Unidade Didática HIST/UD VIII, Assunto 01
c. Ao estudar esta UD ver também GEO/UD X, Assuntos 01; GEO/UD XI, Assunto 01; e GEO/UD XII, Assuntos 02, 03 e 04.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602 p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 11. ed. São Paulo: EDUSP, 2003. 660 p.
FROTA, Guilherme Andrea. 500 anos de história do Brasil. Rio de Janeiro: BIBLIEX, 2000. 736 p.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
CAMPOS, Pedro Moacyr; PANTALEÃO, Olga. O reconhecimento do Império. In: HOLANDA, Sérgio Buarque de. História Geral da Civilização Brasileira: O
processo de emancipação. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003. p. 377-430.
COSTA, Emília Viotti da. O escravo na grande lavoura. In: HOLANDA, Sérgio Buarque de. História Geral da Civilização Brasileira: Reações e Transações.
Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004. p. 165-214.
CUNHA, Pedro Octávio Carneiro da. A Fundação de um Império Liberal. In: HOLANDA, Sérgio Buarque de. História Geral da Civilização Brasileira: O
processo de emancipação. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003. p. 270-297.
DORATIOTO, Francisco F. M. Maldita Guerra: uma nova história da Guerra do Paraguai. São Paulo: Companhia das Letras, 2002. 617 p.
CARVALHO, José Murilo de (org.). História do Brasil Nação: 1808-2010. Vol 2 ­ A Construção Nacional: 1830-1889. Rio de Janeiro: Objetiva, 2012.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 15 de 44
UNIDADE DIDÁTICA VII ­ IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO NO SÉCULO XIX
ASSUNTOS
1. O NACIONALISMO NA EUROPA E AS
UNIFICAÇÕES TARDIAS: ALEMANHA E ITÁLIA
2. O IMPERIALISMO EUROPEU
- A Conferência de Berlim (1884-1885): a partilha
da África;
- A divisão da Ásia.
3. A RESISTÊNCIA À DOMINAÇÃO
- A Guerra do Ópio (1840-1842), a Revolta dos
Cipaios (Índia, 1857), a Rebelião dos Boxers
(China, 1900) e a Guerra dos Bôers (1898-1902).
4. O IMPERIALISMO DOS EUA
5. O IMPÉRIO JAPONÊS
- A Restauração Meiji (1898);
- Guerra sino-japonesa (1894-1895);
- Guerra russo-japonesa (1904-1905).
INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS

CARGA HORÁRIA: 08 HORAS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nr DE SESSÕES

VII-1. Apresentar os fatores que levaram às unificações da Itália e da
Alemanha e as consequências deste processo para a nova configuração
política da Europa.
VII-2. Comparar as principais características dos colonialismos dos séculos
XVI e XIX.
VII-3. Comparar a atuação das diversas potências imperialistas no século
XIX.
VII-4. Estudar os movimentos de resistência à ação imperialista na África e
na Ásia.
VII-5. Justificar os interesses políticos e econômicos dos Estados Unidos
sobre a América Latina que nortearam a Doutrina Monroe e o "Big Stick".
VII-6. Caracterizar os Estados Unidos como potência imperialista com
ênfase no controle exercido sobre Cuba e Filipinas ao final da Guerra
hispano-americana.
VII-7. Analisar o processo de evolução institucional do Japão que
proporcionou sua ascensão política e econômica na Ásia.

01

02

02
02
01

a. Ao estudar esta UD ver também em Geografia a unidade GEO/UD VII, Assunto 01.
b. Ao estudar o Assunto 04, ver também a Unidade Didática HIST/UD V, Assuntos 01 e 04.
c. O texto intitulado: O processo de "roedura" do continente e a Conferência de Berlim, também será utilizado na HIST/UD VIII.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602 p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
HERNANDÉZ, Leila Leite. O processo de "roedura" do continente e a Conferência de Berlim. In:_________. A África na sala de aula: Visita à história
contemporânea. São Paulo: Sol Negro, 2005. p. 45-69.
HOBSBAWM, Eric. Conflitos e Guerras. In:__________. A Era do Capital (1848-1875). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977. p. 87-99.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 16 de 44
HOBSBAWM, Eric. A Construção das Nações. In:__________. A Era do Capital (1848-1875). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977. p. 101-116.
HOBSBAWM, Eric. A Era dos Impérios. In:__________. A Era dos Impérios (1875-1914). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988. p. 87-110.
JOHNSON, Paul. Uma Teocracia Infernal, Um Caos Celestial. In:__________. Tempos Modernos. Rio de Janeiro: BIBLIEX; Instituto Liberal, 1994. p. 145166.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
BARBOSA, Elaine Senise. Conferência de Berlim (1884-1885). In: MAGNOLI, Demétrio. História da Paz. São Paulo: Ed. Contexto, 2008. p. 153-180.
CROUZET, Maurice. As Construções Coloniais dos Europeus e o Nascimento dos Grandes Imperialismos. In:_________. História Geral das Civilizações:
O século XIX ­ O apogeu da civilização europeia. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 13. Segunda Parte. p. 275-307.
CROUZET, Maurice. A Índia e a Ásia Oriental diante da Expansão Colonial. In:_________. História Geral das Civilizações: O século XIX ­ As civilizações
não-europeias Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. V. 14. Quarta Parte. p. 169-237.
SILVA, Francisco Carlos Teixeira da (org.). Enciclopédia das Guerras e Revoluções do Século XX. Rio de Janeiro: Elsevier; Campus, 2004. 963p.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 17 de 44
UNIDADE DIDÁTICA VIII ­ ÁFRICA: DAS FEITORIAS AO IMPERIALISMO
ASSUNTOS

CARGA HORÁRIA: 03 HORAS
OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nr DE SESSÕES

1. AS RELAÇÕES BRASIL-ÁFRICA NOS
VIII-1. Caracterizar as relações sociais, políticas e econômicas entre a África
SÉCULOS XVI A XIX
- Feitorias e entrepostos na costa ocidental afri- e a América portuguesa e a importância desse processo histórico para o
Brasil atual.
cana: laços com a América portuguesa;
- Tráfico negreiro.
2. A ÁFRICA COLONIZADA (SÉCULO XIX): OS
DIFERENTES
PROJETOS
IMPERIALISTAS
VIII-2. Analisar os principais impérios coloniais na África e os seus
EUROPEUS
diferentes projetos neo-colonialistas.
- Portugal e as províncias do ultramar;
VIII-3. Comparar os sistemas coloniais portugueses no Brasil e na África.
- A França e suas extensões ultramarinas;
- A Inglaterra: do Cabo ao Cairo.
INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Esta Unidade fornece antecedentes para o estudo da Unidade Didática HIST/UD XVII.
b. Ao estudar o Assunto 02, ver também a Unidade Didática HIST/UD VII, Assunto 02.
c. Ao estudar esta UD ver também em Geografia a unidade GEO/UD VIII, Assuntos 01 e 02.

01

02

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
HERNANDÉZ, Leila Leite. "Civilizados" e "primitivos" na constituição do sistema colonial africano. In: A África na sala de aula. Visita à história
contemporânea. São Paulo: Selo Negro, 2005. p. 95-108.
RODRIGUES, Jaime. O tráfico de escravos e a experiência diplomática afro-luso-brasileira: transformações ante a presença da corte portuguesa no Rio de
Janeiro. In: Anos 90. V. 15, n. 27. p. 107-123. Porto Alegre: jul. 2008. Disponível em: .
Acesso em: 03 de dez. 2008.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
CROUZET, Maurice. A Transformação da África Negra. As Diversas Políticas Coloniais. In:_________. História Geral das Civilizações. A Época
Contemporânea ­ O Desmoronamento dos Impérios Coloniais; O Surto das Técnicas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. V. 17. Terceira Parte, Livro IV. p.
197-220.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 18 de 44
UNIDADE DIDÁTICA IX ­ A I GRANDE GUERRA E A CRISE DE 1929 (1914-1930)
ASSUNTOS
1. A I GRANDE GUERRA (1914-1918)
- O choque entre Estados e o conflito bélico;
- A questão dos tratados ao fim da guerra.
2. A REVOLUÇÃO RUSSA (1917)
- A utopia socialista e a expansão soviética.
3. O PÓS-GUERRA E A CRISE DE 1929
- O surgimento de um novo Império.

CARGA HORÁRIA: 08 HORAS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nr DE SESSÕES

IX-1. Justificar os principais interesses em choque na Grande Guerra; os
blocos antagônicos; as etapas dos conflitos e seus resultados, em especial
os tratados de paz e a Liga das Nações.
IX-2. Caracterizar as origens do comunismo na Rússia e as fases do
processo revolucionário.
IX-3. Estudar as causas da crise econômica ocorrida nos Estados Unidos
em 1929, destacando suas consequências para o restante do mundo.
IX-4. Caracterizar a política de recuperação da economia norte-americana
denominada "New Deal".

04
01
03

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. O Assunto 02 fornece os antecedentes para o estudo da Unidade Didática HIST/UD XIV, Assunto 03.
b .O texto intitulado: A era da guerra total, também será utilizado na HIST/UD XI.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602p.
Bibliografia Essencial
BOBBIT, Philip. A luta começa: fascismo, comunismo, parlamentarismo, 1914-1919. In:_________. A Guerra e a Paz na História Moderna. O Impacto dos
Grandes Conflitos e da Política na Formação das Nações. Rio de Janeiro: Campus 2003. p. 22-31.
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
HOBSBAWM, Eric. A era da guerra total. In:_________. Era dos Extremos. O breve século XX ­ 1914-1991. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.
p. 29-60.
HOBSBAWM, Eric. Rumo ao abismo econômico. In:_________. Era dos Extremos. O breve século XX ­ 1914-1991. 2. ed. São Paulo: Companhia das
Letras, 1995. p. 90-112.
HOBSBAWM, Eric. Da paz à guerra. In:_________. A Era dos Impérios (1875-1914). 6. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2001. p. 417-451.
REIS FILHO, Daniel Aarão. As revoluções russas. In: REIS FILHO, Daniel Aarão; et all. (org.) O Século XX: O tempo das crises. Revoluções, fascismos e
guerras. 4. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. p. 35-59.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 19 de 44
Bibliografia Complementar
ARARIPE, Luiz de Alencar. Tratado de Versalhes (1919). In: MAGNOLI, Demétrio. História da Paz. São Paulo: Contexto, 2008. p. 211-239.
ARRUDA, José Jobson de Andrade. A Crise do Capitalismo Liberal. In: REIS FILHO, Daniel Aarão; et all. (org.) O Século XX: O tempo das crises.
Revoluções, fascismos e guerras. 4. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. p. 11-34.
CROUZET, Maurice. A Primeira Guerra Mundial mina o edifício. In:_________. História Geral das Civilizações. A Época Contemporânea: O Declínio da
Europa; O Mundo Soviético. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. V. 15. Livro I. p. 45-61.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 20 de 44
UNIDADE DIDÁTICA X ­ A PRIMEIRA REPÚBLICA NO BRASIL (1889-1930)

CARGA HORÁRIA: 13 HORAS

ASSUNTOS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

1. A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA E OS
PROJETOS REPUBLICANOS

X-1. Estudar o papel das ideias liberais e do ideário positivista na
Modernização do Brasil. Os militares e as instituições de ensino militar; a
imprensa.
X-2. Analisar os projetos oligárquicos na República: descentralização;
esfacelamento da centralização e o Estado Nacional brasileiro.
X-3. Justificar a distribuição dos atributos do Estado Nacional aos estados
federados, destacando o exemplo do Exército Nacional perante as forças
públicas estaduais.
X-4. Caracterizar a Constituição de 1891 e o sistema eleitoral brasileiro.
X-5. Comparar as revoltas internas contra a ordem liberal-oligárquica:
Canudos, Contestado e os levantes populares no Rio de Janeiro.
X-6. Apresentar a influência da imigração para a economia e a
industrialização no Brasil e suas consequências para vida política nacional.

2. A CONSOLIDAÇÃO DA ORDEM LIBERALOLIGARQUICA: A CENTRALIZAÇÃO E O
REGIONALISMO
- O Pacto dos Governadores.
3.
AS
REVOLTAS
INTERNAS
ANTIOLIGÁRQUICAS
4. A INDUSTRIALIZAÇÃO, O TRABALHO E A
IMIGRAÇÃO
5. OS MILITARES NA REPUBLICA VELHA
- Do Florianismo ao Tenentismo;
- Rondon e a integração nacional.
6. A POLITICA EXTERNA DA REPÚBLICA
VELHA
- A questão das fronteiras;
- A obra de Rio Branco;
- O Brasil na Grande Guerra, 1914-1918.
7. OS ANOS 20 E A CRISE DA PRIMEIRA
REPÚBLICA

GEO/UDXIII, Assunto 03.

02
01

X-8. Analisar a política externa brasileira, destacando:
- a correção das fronteiras;
- a opção pela arbitragem internacional;
- a adesão aos acordos de paz e de segurança coletiva;
- a obra de Rio Branco.

03

X-9. Estudar a instabilidade na década de 20 no Brasil, através das rebeliões
e movimentos ocorridos no período.

02

c. Ao estudar o Assunto 04 desta UD ver também Geografia:

·

02

02

b. Ao estudar o Assunto 06, ver também a Unidade Didática HIST/UD IX, Assunto 01.
GEO/UDXI, Assunto 01.

01

X-7. Caracterizar o papel político dos militares na República Velha,
destacando seus movimentos, dentre eles o Tenentismo. A obra de Rondon.

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Ao estudar o Assunto 01, ver também a Unidade Didática HIST/UD VI, Assunto 08.

·

Nr DE SESSÕES

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 21 de 44

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602 p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 11. ed. São Paulo: EDUSP, 2003. 660 p.
FROTA, Guilherme Andrea. 500 anos de história do Brasil. Rio de Janeiro: BIBLIEX Editora, 2000. 736 p.
OLIVEIRA, Henrique Altemani de. De Rio Branco a Segunda Guerra Mundial. In:__________. Política Externa Brasileira. São Paulo: Saraiva, 2005. p. 2954.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
BURNS, E. Bradford. As Relações Internacionais do Brasil durante a Primeira República. In: FAUSTO, Boris. (org.) História Geral da Civilização Brasileira.
Sociedade e instituições (1889-1930). 8. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2006. p. 405-431.
CARVALHO, José Murilo de. As Forças Armadas na Primeira República: O Poder Desestabilizador. In: FAUSTO, Boris. (org.) História Geral da Civilização
Brasileira. Sociedade e instituições (1889-1930). 8. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2006. p. 197-257.
MONTEIRO, Douglas Teixeira. Um confronto entre Juazeiro, Canudos e Contestado. In: FAUSTO, Boris. (org.) História Geral da Civilização Brasileira.
Sociedade e instituições (1889-1930). 8. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2006. p. 46-103.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 22 de 44
UNIDADE DIDÁTICA XI ­ SEGUNDA GUERRA MUNDIAL: DO CONFLITO TRADICIONAL À ERA NUCLEAR (1939-1945) CARGA HORÁRIA: 09 HORAS
ASSUNTOS

1. A ITÁLIA SOB O FASCISMO

2. O NAZISMO NA ALEMANHA

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
XI-1. Analisar os principais fatores que formaram a base do surgimento do
fascismo na Itália, destacando:
- a atuação dos grupos fascistas;
- a ascensão do fascismo ao poder;
- a doutrina fascista;
- a Carta de Trabalho.
XI-2. Estudar o nazismo alemão, enfatizando:
- a ideologia nazista e a questão racial;
- a chegada de Hitler ao poder;
- o desenvolvimento da economia alemã sob o governo de Hitler;
- o rearmamento da Alemanha e as questões de fronteira (Teoria do
Espaço Vital).

Nr DE SESSÕES

02

3. O AVANÇO DOS REGIMES TOTALITÁRIOS
- O fascismo na Península Ibérica;
- A Guerra Civil Espanhola.

XI-3. Apresentar a composição dos regimes autoritários na Espanha e em
Portugal.

01

4. O MILITARISMO JAPONÊS

XI-4. Apresentar as principais características da política expansionista do
Japão sobre a Ásia e suas consequências.

01

5. A PRIMEIRA FASE DA GUERRA: O AVANÇO
DO EIXO (1939-1942)
6. A SEGUNDA FASE DA GUERRA: A VITÓRIA
DOS ALIADOS (1942-1945)
7. A ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS
(ONU) E A DIVISÃO DA ALEMANHA
- Bretton Woods.
8. A INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA

XI-5. Caracterizar os principais interesses em choque na II Guerra Mundial;
os blocos antagônicos; as etapas do conflito e seus resultados, em especial
os tratados de paz (Casablanca, Teerã, Yalta, Potsdam) e a criação da
ONU.

03

01
XI-6. Caracterizar o fim dos impérios coloniais, enfraquecidos pela Guerra,
exemplificando através da independência da Índia.

01

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. O Assunto 04 fornece antecedentes para o estudo da Unidade Didática HIST/UD XIX, Assunto 01 ver a Unidade Didática HIST/UD VII, Assunto 05.
b. O Assunto 08 fornece antecedentes para o estudo da Unidade Didática HIST/UD XIX, Assunto 03.
c. Ao estudar esta UD ver também em Geografia a unidade UD III, Assunto 03.
d. O texto intitulado: A luta começa: fascismo, comunismo, parlamentarismo, 1914-1919, também será utilizado na HIST/UD IX.
e. O texto intitulado: A Organização das Nações Unidas ­ ONU, também será utilizado na HIST/UD XXI.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 23 de 44
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602 p.
Bibliografia Essencial
BOBBIT, Philip. A luta começa: fascismo, comunismo, parlamentarismo, 1914-1919. In:__________. A Guerra e a Paz na História Moderna. O impacto dos
grandes conflitos e da política na formação das nações. Rio de Janeiro: Campus, 2003. p. 22-30.
BOBBIT, Philip. A luta prossegue: 1919-1990. In:__________. A Guerra e a Paz na História Moderna. O impacto dos grandes conflitos e da política na
formação das nações. Rio de Janeiro: Campus, 2003. p. 31-40.
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
CROUZET, Maurice. A Ásia Sul e Extremo Oriente. A Índia. In:__________. História Geral das Civilizações. A Época Contemporânea ­ O Desmoronamento
dos Impérios Coloniais; O Surto das Técnicas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. V. 17. Livro Quarto, p.76-91.
GONÇALVES, Williams da Silva. A Segunda Guerra Mundial. In: REIS FILHO, Daniel Aarão et all. (org.). O Século XX: O tempo das crises. 4. ed. Rio de
Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. p. 165-194.
HOBSBAWM, Eric. A Queda do Liberalismo. In:_________. Era dos Extremos. O breve século XX, 1914-1919. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras,
1995. p.113-143.
MENDES, Cristiano Garcia. A Organização das Nações Unidas ­ ONU. In: OLIVEIRA, Henrique Altemani de; LESSA, Antonio Carlos (orgs.). Política
Internacional Contemporânea: Mundo em Transformação. São Paulo: Saraiva, 2006. p. 17-30.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
CROUZET, Maurice. As Consequências Políticas da Crise. As Ditaduras Fascistas. A Generalização dos Regimes Ditatoriais do Resto do Mundo.
In:_________. História Geral das Civilizações. A Época Contemporânea ­ O Declínio da Europa; O Mundo Soviético. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996.
V. 15. Livro II. p. 284-316.
CROUZET, Maurice. As Guerras Mundiais. In:__________. História Geral das Civilizações. A Época Contemporânea ­ O Mundo Dividido. Rio de Janeiro:
Bertrand Brasil, 1996. V. 16. Livro I. p. 21-82.
SILVA, Francisco Carlos Teixeira. Enciclopédia das Guerras e Revoluções do Século XX. Rio de Janeiro: Elsevier; Campus, 2004. 963p.
SCHWARTZ, Gilson. Conferência de Bretton Woods (1944). In: MAGNOLI, Demétrio (org.) História da Paz. São Paulo: Contexto, 2008. p. 241-267.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 24 de 44
UNIDADE DIDÁTICA XII ­ BRASIL: DA REVOLUÇÃO DE 1930 AO FIM DO ESTADO NOVO (1930-1946)
CARGA HORÁRIA: 13 HORAS
ASSUNTOS
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Nr DE SESSÕES
1. A REVOLUÇÃO DE 1930
- Ruptura com as velhas estruturas;
01
- O projeto liberal.
2.
O
PROCESSO
CONSTITUINTE
(1933/1934) E AS OPÇÕES POLÍTICAS
XII-1. Analisar a Revolução de 1930, identificando:
01
- Liberalismo, corporativismo, fascismo,
- o papel dos militares;
socialismo e comunismo.
- as novas ideias: nacionalismo e modernização autoritária.
3. A CONTESTAÇÃO AO REGIME: A XII-2. Estudar a tentativa de reforma liberal e o retorno das elites tradicionais.
REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE XII-3. Apresentar os reflexos da Constituição de 1934 no sistema político brasileiro.
01
XII-4. Justificar a opção autoritária e as condições internas e externas que
1932
permitiram a criação do Estado Novo, considerando-se a promulgação da
4. O FECHAMENTO DO REGIME
- Da Lei de Segurança Nacional ao Estado Constituição de 1937.
Novo;
01
- O golpe do Estado Novo, 1937;
- A depuração das elites e o isolamento da
oposição.
5. O ESTADO NA ECONOMIA
XII-5. Analisar a opção por um novo modelo de desenvolvimento econômico,
- Industrialização e modernização;
destacando os seguintes aspectos:
- As origens do modelo de industrialização
- a industrialização;
02
por substituição do modelo de importações;
- os setores de base e infraestrutura;
- Integração e desenvolvimento no campo;
- as transformações na dinâmica da produção agrícola;
- A questão do trabalho.
- as relações de trabalho.
XII-6. Comparar o papel dos militares e dos intelectuais antes da participação da
FEB na II Guerra Mundial com o papel desempenhado por estes mesmos militares
6. OS MILITARES E O GOVERNO
02
- As interventorias, a Intentona Comunista, o no período do pós-guerra.
XII-7. Analisar as causas e as consequências da Intentona Comunista e a
golpe integralista contra o Estado Novo.
penetração ideológica dentro das Forças Armadas.
7. SOCIEDADE E CULTURA
XII-8. Caracterizar o projeto Varguista para unificação do país pela cultura, com
01
- A difusão do rádio.
ênfase no papel do rádio.
8. O BRASIL NA II GUERRA MUN-DIAL
- A atuação do Brasil nos campos italianos;
XII-9. Caracterizar a participação do Brasil na II Guerra Mundial, destacando a
03
- A política externa Varguista;
importância militar e política dessa participação.
- Os acordos com os EUA e a implantação da
Companhia Siderúrgica Nacional (CSN).
9. A CRISE DO ESTADO NOVO E A
QUEDA DE VARGAS (1945)
XII-10. Estudar as condições que levaram à crise e à queda do Estado Novo, e a
01
- O Queremismo e o processo constituinte: a reação do movimento de apoio a Vargas.
construção do trabalhismo.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 25 de 44

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Ao estudar o Assunto 08, ver também a Unidade Didática HIST/UD XI, Assuntos 05 e 06.
b. Ao estudar o Assunto 5 desta UD ver também GEO/UDXI, Assunto 01 e GEO/UDXII, Assunto 01.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602 p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 11. ed. São Paulo: EDUSP, 2003. 660 p.
FROTA, Guilherme Andrea. 500 anos de história do Brasil. Rio de Janeiro: BIBLIEX Editora, 2000. 736 p.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
DINIZ, Eli. O Estado Novo: Estrutura de Poder. Relações de Classes. In: FAUSTO, Boris. (org.) História Geral da Civilização Brasileira. Sociedade e
política (1930-1964). Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007. p. 95-146.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 26 de 44
UNIDADE DIDÁTICA XIII ­ ORIENTE MÉDIO: OS CONFLITOS RELIGIOSOS E O EQUILÍBRIO DO PODER MUNDIAL
CARGA HORÁRIA:10 HORAS
ASSUNTOS
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Nr DE SESSÕES
1. O MUNDO ÁRABE E A DESCOLONIZAÇÃO
EUROPEIA
NO
01
ORIENTE MÉDIO
2. O NACIONALISMO LAICO NO
ORIENTE MÉDIO
- Ataturk e o modelo de modernização
02
laica;
XI-1. Analisar os mecanismos de modernização dos países da região, em especial os casos
- Nasserismo e Baasismo.
da Turquia, do Egito e do Iraque.
XI-2-Analisar as condições que permitiram a criação do estado de Israel e suas
3. A CRIAÇÃO DO ESTADO DE consequências para região.
02
ISRAEL E SUAS CRISES
XI-3. Apresentar as características centrais do conflito do Oriente Médio, concluindo sobre os
4. A QUESTÃO PALESTINA E A principais obstáculos para uma solução pacífica.
EXPANSÃO DO FUNDAMENTALISMO XI-4. Justificar a posição brasileira sobre o conflito do Oriente Médio.
03
ISLÂMICO
- O acordo Sykes-Picot.
5. O OCIDENTE FRENTE AO ORIENTE
MÉDIO
02
- Os recursos naturais, tradição e
modernização.
INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
Ao estudar os Assuntos 03, 04 e 05 desta UD ver também em Geografia a Unidade GEO/UD VII, Assunto 02.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
Bibliografia Essencial
ARMSTRONG, Karen. A chegada do Ocidente. In:__________. O Islã. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001. p. 193-245.
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
GRINBERG, Keila. O mundo árabe e as guerras árabe-israelenses. In: REIS FILHO, Daniel Aarão et all (org.). O Século XX: O tempo das dúvidas. Rio de
Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. p. 97-131.
SCALERCIO, Márcio. A primeira guerra árabe-israelense: para os judeus a independência; para os palestinos o desastre. In:_________. Oriente Médio:
uma análise reveladora sobre dois povos condenados a conviver. Rio de Janeiro: Campus, 2003. p. 44-73.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 27 de 44
SCALERCIO, Márcio. Israel ganhou a guerra, mas perdeu a paz. In:_________. Oriente Médio: uma análise reveladora sobre dois povos condenados a
conviver. Rio de Janeiro: Campus, 2003. p. 74-102.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
CROUZET, Maurice. As Regiões do Islã: Oriente e África do Norte. Período de Entre as Duas Guerras. Os Resultados da Segunda Guerra Mundial.
In:_________. História Geral das Civilizações. A Época Contemporânea ­ O Desmoronamento dos Impérios Coloniais; O Surto das Técnicas. Rio de
Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. V. 17. Livro IV. p. 121-149.
FELDBERG, Samuel. Acordo Sykes-Picot (1916). In: MAGNOLI, Demétrio (org.) História da Paz. São Paulo: Contexto, 2008. p.183-209.
LEWIS, Bernard. Descobrindo a América. In:________. A crise do Islã: guerra santa e terror profano. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004. p. 72-85.
SILVA, Francisco Carlos Teixeira (org.). Enciclopédia das Guerras e Revoluções do Século XX. Rio de Janeiro: Elsevier; Campus, 2004. 963p.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 28 de 44
UNIDADE DIDÁTICA XIV ­ GUERRA FRIA: DA BIPOLARIDADE À HEGEMONIA DOS EUA
ASSUNTOS
1. A DIVISÃO DA EUROPA
- O Plano Marshall;
- COMECON;
- Alianças militares: a Otan e o Pacto de Varsóvia;
- O Muro de Berlim.

2. A GUERRA FRIA
- Bipolaridade, contenção e dissuasão. Bases,
características e diferenças dos poderios norteamericano e soviético.

3. A UNIÃO SOVIÉTICA

CARGA HORÁRIA: 09 HORAS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nr DE SESSÕES

XIV-1. Analisar a reorganização da Europa após a Segunda Guerra Mundial,
salientando os aspectos políticos, econômicos, ideológicos e estratégicos.

01

XIV-2. Estudar a origem da Guerra Fria como resultante das disputas por
poder decorrente da II Guerra Mundial.
XIV-3. Apresentar as características centrais da Guerra Fria: bipolaridade;
paz armada e corrida armamentista; negociações políticas; detentes.
XIV-4. Caracterizar os conflitos ocorridos na Coreia (1950-1953) e no Vietnã
(1961-1975) com relação à disputa travada entre os blocos liderados pela
URSS e EUA.
XIV-5. Caracterizar o processo de independência da Indochina, destacando
a influência dos diferentes blocos.
XIV-6. Estudar os diferentes momentos históricos da União Soviética, com
ênfase no período stalinista.

4. O COMUNISMO BUROCRÁTICO NO LESTE
EUROPEU
5. REVOLUÇÃO E COMUNISMO NA CHINA

XIV-7. Caracterizar os governos comunistas no leste europeu e apontar de
que forma realizaram sua consolidação.
XIV-8. Estudar a Revolução Chinesa, diferenciando-a da Revolução Russa.

6. A REVOLUÇÃO CUBANA

XIV-9. Caracterizar o processo revolucionário cubano e suas consequências, destacando as relações conflituosas com os EUA.

7. OS PAÍSES NÃO-ALINHADOS

XIV-10. Justificar as aspirações do bloco dos países não-alinhados, em contraposição à lógica bipolar do período.

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Esta Unidade fornece antecedentes para o estudo da Unidade Didática HIST/UD XXI, Assuntos 01 e 03.
b. O Assunto 05 desta Unidade fornece antecedentes para o estudo da Unidade Didática HIST/UD XIX, Assunto 02.
c. O texto intitulado: América Latina: dependência, ditaduras e guerrilhas, também será utilizado na HIST/UD XV.
d. Ao estudar esta UD ver também em Geografia a unidade GEO/UD V, Assunto 02.

03

01
01
01
01

01

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 29 de 44

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602 p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
FERREIRA, Jorge. O socialismo soviético. In: REIS FILHO, Daniel Aarão et all (org.). O Século XX: O tempo das crises. 4. ed. Rio de Janeiro: Civilização
Brasileira, 2008. p. 79-108.
SANTOS, Ana Maria dos. América Latina: dependência, ditaduras e guerrilhas. In: REIS FILHO, Daniel Aarão et all (org.). O Século XX: O tempo das
dúvidas. 4. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. p. 65-95.
VIZENTINI, Paulo G. Fagundes. A Guerra Fria. In: REIS FILHO, Daniel Aarão et all (org.). O Século XX: O tempo das crises. 4. ed. Rio de Janeiro:
Civilização Brasileira, 2008. p. 195-226.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
CROUZET, Maurice. O Mundo Dividido e Desequilibrado. In:__________. História Geral das Civilizações. A Época Contemporânea ­ O Mundo Dividido.
Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. V. 16. Livro II. p. 141-151.
CROUZET, Maurice. A China Torna-se Comunista. In:_________. História Geral das Civilizações. A Época Contemporânea ­ O Mundo Dividido. Rio de
Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. V. 16. Livro III. p. 309-331.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 30 de 44
UNIDADE DIDÁTICA XV ­ AS AMÉRICAS NO SÉCULO XX
ASSUNTOS
1. A REPÚBLICA NA HISPANO-AMÉRICA
- As oligarquias locais, o Caudilhismo, o Caciquismo, o Populismo e os Regimes Militares
(México, Região do Prata e América Andina).
2.
NACIONALISMO,
RADICALISMO
E
SOCIALISMO NAS AMÉRICAS
3. MÉXICO
- Revolução mexicana (1910-1917);
- O populismo de Cárdenas.
4. ARGENTINA
- Peronismo (1945-1955);
- Regime militar (1962-1983).
5. CHILE
- Populismo;
- O governo da Unidade Popular;
- O regime militar de Pinochet.
6. PERU
- O governo de Alvarado (1968-1975).
7. EUA: DE EISENHOWER A GEORGE W. H.
BUSH
8. RELAÇÕES INTERNACIONAIS
- Os Estados Unidos e a América do Sul;
- As relações entre o Brasil e a América do Sul.
9. OS CONFLITOS REGIONAIS NA AMÉRICA
- O caso da Península da Guajíra;
- A questão da Guiana Essequiba;
- A Guerra do Chaco;
- A Guerra do Pacífico e a questão da mediterraneidade da Bolívia;
- O conflito Peru-Equador (Alto Cenepa);
- A questão de delimitação marítima:
- O Canal de Beagle (Chile X Argentina);
- O Golfo da Venezuela (Venezuela X Colômbia);
- Chile X Peru;
- A condição estratégica do Canal do Panamá;
- As Malvinas / Falkland.

CARGA HORÁRIA: 18 HORAS
OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nr DE SESSÕES

XV-1. Comparar as formas tradicionais dos regimes políticos na América
Latina, em especial a transição entre caudilhismo, populismo e a atuação
dos militares.
XV-2. Apresentar as formas de liberalismo nas Américas e os movimentos
de oposição.

03

XV-3. Comparar os governos populistas e, posteriormente, os regimes
militares nos países latino-americanos, destacando-se os casos do México,
da Argentina, do Chile, do Peru e do Brasil.
XV-4. Comparar os acontecimentos políticos nos países da América Latina
com o processo histórico brasileiro.

05

XV-5. Estudar os principais acontecimentos políticos e econômicos
ocorridos nos Estados Unidos ao longo do século XX.

02

03

XV-6. Estudar os principais focos de atrito e conflito nas Américas, e sua
situação atual.
XV-7. Analisar o envolvimento e a postura do Brasil perante tais conflitos
regionais.

05

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 31 de 44

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Ao estudar esta UD ver também em Geografia a unidade GEO/UD IX.
b. Ao estudar o Assunto 02, ver também a Unidade Didática HIST/UD XIV, Assunto 06.
c. O Assunto 08 fornece antecedentes para o estudo da Unidade Didática HIST/UD XX.
d. Ao estudar o Assunto 07 ver também em Geografia a unidade GEO/UD V, Assunto 03.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
Bibliografia Essencial
BANDEIRA, Luiz Alberto Moniz. O Brasil e a América do Sul. In: ALTEMANI, Henrique; LESSA, Antonio Carlos (org.). Relações Internacionais do Brasil:
Temas e Agendas. São Paulo: Saraiva, 2006. V. 1. p. 267-297.
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
KOSHIBA, Luiz. Américas: uma introdução histórica. 2. ed. São Paulo: Atual, 1992. 312p.
RIBEIRO, Darcy. As Américas e a civilização: processo de formação e causas do desenvolvimento desigual dos povos americanos. São Paulo: Companhia
das Letras, 1997. 527p.
SANTOS, Ana Maria dos. América Latina: dependência, ditaduras e guerrilhas. In: REIS FILHO, Daniel Aarão et all (org.). O Século XX: O tempo das
dúvidas. 4. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. p. 65-95.
SOUTO MAIOR, Luiz A. P. Brasil - Estados Unidos: desafios de um relacionamento assimétrico. In: Revista Brasileira de Política Internacional. 2001, V.
44, n. 1. pp. 55-68. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rbpi/v44n1/a05v44n1.pdf.> Acesso em: 17 de nov. 2008.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
CROUZET, Maurice. Os Estados Unidos. In:_________. História Geral das Civilizações. A Época Contemporânea ­ O Mundo Dividido. Rio de Janeiro:
Bertrand Brasil, 1996. V. 16. Livro II. p. 151-167.
CROUZET, Maurice. Os Países da América Latina. In:_________. História Geral das Civilizações. A Época Contemporânea ­ O Desmoronamento dos
Impérios Coloniais; O Surto das Técnicas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. V. 17. Livro Quarto. p. 21-58.
SILVA, Francisco Carlos Teixeira (org.). Enciclopédia de Guerras e Revoluções do Século XX. Rio de Janeiro: Elsevier; Campus, 2004. 963 p.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 32 de 44
UNIDADE DIDÁTICA XVI ­ BRASIL: A SEGUNDA REPÚBLICA (1945-1964)

CARGA HORÁRIA: 15 HORAS

ASSUNTOS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nr DE SESSÕES

1. A REDEMOCRATIZAÇÃO E O GOVERNO
DUTRA (1946-1951)
- O Plano SALTE.
2. OS PARTIDOS POLÍTICOS
- PSD, UDN, PTB e o arranjo de poder na
República Nova.
3. O SEGUNDO GOVERNO VARGAS
- Nacionalismo e democracia;
- A arrancada para a industrialização;
- Projetos de desenvolvimento do Brasil: CEPAL,
ISEB e ESG;
- Plano Lafer;
- Brasília: capital estratégica.
4. A CRISE DE 1954 E AS INSTITUIÇÕES
REPUBLICANAS
- O papel dos militares e as crises institucionais.
5. JUSCELINO KUBITSCHEK
- Novos marcos do desenvolvimento nacional;
- A integração no sistema ocidental;
- O desenvolvimentismo e o Plano de Metas.
6. O GOVERNO JÂNIO QUADROS E A CRISE
DA COALIZÃO CONSERVADORA
- As atitudes excêntricas do presidente;
- O processo de desgaste político;
- Renúncia e crise institucional.
7. OS SINDICALISMOS URBANO E RURAL
- Entre a reforma e a revolução.

XVI-1. Analisar as ações do governo Dutra no âmbito nacional, enfatizando
a Constituição de 1946, e no âmbito internacional, o alinhamento automático
com os EUA.

01

XVI-2. Caracterizar os principais grupos políticos e suas perspectivas
perante o Estado Brasileiro.

02

XVI-3. Justificar as alternativas
desenvolvimento brasileiro.

02

8. JOÃO GOULART
- As reformas e a radicalização do trabalhismo;
- A crise econômica: a inflação e o desenvolvimento;
- O alinhamento ideológico pró-China Comunista.
9. A POLÍTICA EXTERNA INDEPENDENTE EM
FACE A GUERRA FRIA
- O Pan-Americanismo, a Aliança para o Progresso
e o Movimento dos Não-Alinhados.

políticas

e

econômicas

para

o

XVI-4. Estudar a crise de 1954, relacionando-a com as pressões norteamericanas e a oposição dos conservadores.

01

XVI-5. Caracterizar o "Plano de Metas" de Juscelino, apontando seus
reflexos para o desenvolvimento econômico nacional.

02

XVI-6. Analisar o governo de Jânio Quadros e as medidas tomadas em
relação à política externa e suas consequências para o contexto nacional.

01

XVI-7. Estudar os movimentos sindicais do período com o fenômeno do
populismo, debatendo as relações: trabalhadores e Estado.
XVI-8. Caracterizar o governo de João Goulart, priorizando os seguintes
aspectos:
- a implantação do parlamentarismo;
- a oposição das forças conservadoras e dos militares;
- a questão econômica e os interesses populares;
- a radicalização política e a crise institucional.
XVI-9. Caracterizar o advento da Guerra Fria e o seu impacto sobre o
modelo de desenvolvimento nacional.

01

03

02

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 33 de 44
INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Ao estudar o Assunto 09, ver também a Unidade Didática HIST/UD XIV, Assuntos 02 e 07.
b. Ao estudar esta UD ver também em Geografia:
· GEO/UD XI, Assuntos 01 e 02;
· GEO/UD XII, Assuntos 01, 02 e 05.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602 p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 11. ed. São Paulo: EDUSP, 2003. 660 p.
FROTA, Guilherme Andrea. 500 anos de história do Brasil. Rio de Janeiro: BIBLIEX Editora, 2000. 736 p.
OLIVEIRA, Henrique Altemani de. Do Contexto sub-regional a Constituição do Sistema interamericano. In:__________. Política Externa Brasileira. São
Paulo: Saraiva, 2005. p. 55-72.
OLIVEIRA, Henrique Altemani de. A Operação Pan-americana e a Política Externa Independente. In:__________. Política Externa Brasileira. São Paulo:
Saraiva, 2005. p. 73-105.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
MALAN, Pedro Sampaio. Relações Internacionais do Brasil (1945-1964). In: FAUSTO, Boris. (org.) História Geral da Civilização Brasileira. Economia e
cultura (1930-1964). Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007. p. 67-134.
MARANHÃO, Ricardo. O Estado e a Política "Populista" no Brasil (1954-1964). In: FAUSTO, Boris. (org.) História Geral da Civilização Brasileira.
Sociedade e política (1930-1964). Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007. p. 311-355.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 34 de 44
UNIDADE DIDÁTICA XVII ­ ÁFRICA: DA DESCOLONIZAÇÃO AOS ANOS 1990

CARGA HORÁRIA: 09 HORAS

ASSUNTOS
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
1. A CRISE DO COLONIALISMO EUROPEU NA XVII-1. Comparar a crise do colonialismo na África com os acontecimentos
ÁFRICA PÓS-1945
decorrentes da II Guerra Mundial.
2. O PROCESSO DE FORMAÇÃO DOS PAÍSES
AFRICANOS
XVII-2. Analisar o processo de formação dos atuais países da África Negra.
- A questão das fronteiras e os conflitos étnicos.
3. O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DAS
XVII-3. Analisar o processo de independência das províncias ultramarinas
PROVÍNCIAS ULTRAMARINAS PORTUGUESAS
portuguesas na África e as relações estabelecidas entre os Países Africanos
NA ÁFRICA
de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e a Comunidade de Países de
4.A FORMAÇÃO DOS PAÍSES AFRICANOS DE
Língua Portuguesa (CPLP).
LINGUA OFICIAL PORTUGUESA (PALOP)
5. A ÁFRICA DO SUL E O REGIME DO XVII-4. Estudar a evolução da história da África do Sul, destacando a
APARTHEID
originalidade: minoria branca e Apartheid.
6. AS RELAÇÕES BRASIL-ÁFRICA E A
XVII-5. Estudar as relações Brasil-África, destacando seu papel para o
COOPERAÇÃO SUL-ATLÂNTICA NO SÉCULO
projeto brasileiro de inserção internacional.
XX
INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Ao estudar o Assunto 02 ver também em Geografia GEO/UD VIII, Assuntos 01 e 02.

Nr DE SESSÕES
01
02

03

01
02

b. Ao estudar o Assunto 06 ver também em Geografia GEO/UD VIII, Assunto 07.
c. O texto intitulado: As Relações Brasil ­ África: de 1990 a 2005, também será utilizado na HIST/UD XX.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
HERNANDÉZ, Leila Leite. As rotas para a independência e o fim do "ultra-colonialismo". In: A África na sala de aula ­ visita à história contemporânea.
São Paulo: Selo Negro, 2005. p. 503-612.
JOHNSON, Paul. A geração Bandung. In: Tempos Modernos. O mundo dos anos 20 aos 80. Rio de Janeiro: BIBLIEX; Instituto Liberal, 1994. p. 393-426.
LINHARES, Maria Yedda Leite. Descolonização e lutas de libertação nacional. In: REIS FILHO, Daniel Aarão et all (org.). O Século XX: O tempo das
dúvidas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. p. 35-64.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 35 de 44
Bibliografia Complementar
HERNANDÉZ, Leila Leite. Quadro geopolítico do continente africano (apêndice 1). In: A África na sala de aula ­ visita à história contemporânea. São
Paulo: Selo Negro, 2005. p. 656-664.
MOURÃO, Fernando Augusto Albuquerque et all. As Relações Brasil ­ África: de 1990 a 2005. In: ALTEMANI, Henrique; LESSA, Antonio Carlos (org.).
Relações Internacionais do Brasil: Temas e Agendas. São Paulo: Saraiva, 2006. V. 1. p. 211-242.
PENHA,
Eli
Alves.
Relações
Brasil-África:
os
avatares
da
cooperação
sul-atlântica.
Disponível
em:
. Acesso em: 17 de nov. 2008.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 36 de 44
UNIDADE DIDÁTICA XVIII ­ BRASIL: OS GOVERNOS MILITARES (1964-1985)
ASSUNTOS
1. A CRISE DO TRABALHISMO, A RADICALIZAÇÃO DA ESQUERDA E O MOVIMENTO
CÍVICO-MILITAR DE 1964
2. AS RELAÇÕES ENTRE OS GOVERNOS
MILITARES E OS PARTIDOS POLÍTICOS
3. O PAPEL DA ESG E OS PROJETOS DE
DESENVOLVIMENTO
4. ENTRE CASTELLO E COSTA E SILVA
5. O AI-2 E O BIPARTIDARISMO: ARENA E MDB
6. A JUNTA MILITAR E O GOVERNO MÉDICI
- A esquerda revolucionária, a luta armada e o
endurecimento do regime.
7. O MILAGRE ECONOMICO
8. CLASSES MÉDIAS E CONSUMO

ARGA HORÁRIA: 15 HORAS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nr DE SESSÕES

XVIII-1. Analisar o processo de construção de uma intervenção militar para
o Brasil.

01

XVIII-2. Estudar as principais forças de sustentação do novo regime.

03

XVIII-3. Caracterizar o embate entre a "linha dura" e a "linha moderada", e a
consolidação do regime.

02

XVIII-4. Apresentar as alternativas econômicas do período e possíveis
alinhamentos.
XVIII-5. Comparar as diferenças entre a política econômica adotada por
Castello Branco e a que resultou no "milagre" econômico.

9. O GOVERNO GEISEL
- Projeto de modernização: o avanço tecnológico e
XVIII-6. Analisar a engenharia da transição para a Nova República (pósa opção nuclear.
1985).
10. O GOVERNO FIGUEIREDO
- Abertura democrática, crise e estagnação.
11. A POLÍTICA EXTERNA
- Do Alinhamento Automático ao Pragmatismo XVIII-7. Caracterizar as mudanças nas relações internacionais brasileiras.
Responsável.
12. OS NOVOS ATORES SOCIAIS E POLÍTICOS
- Igreja, movimentos sociais e o novo sindicalismo; XVIII-8. Comparar os movimentos sindicais do período populista com o novo
- Do sindicalismo rural aos movimentos de luta sindicalismo paulista dos anos 70 e 80.
pela terra.
INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Ao estudar os Assunto 02 e 05, ver também a Unidade Didática HIST/UD XVI, Assunto 02.
b. Ao estudar o Assunto 12 desta UD ver também em Geografia a unidade GEO/UD XII, Assunto 06.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602 p.

03

02

02

02

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 37 de 44
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 11. ed. São Paulo: EDUSP, 2003. 660 p.
FROTA, Guilherme Andrea. 500 anos de história do Brasil. Rio de Janeiro: BIBLIEX Editora, 2000. 736 p.
OLIVEIRA, Henrique Altemani de. A Política Externa nos Governos Militares. In:_______. Política Externa Brasileira. São Paulo: Saraiva, 2005. p. 107-167.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
SKIDMORE, Thomas. Brasil: de Castelo a Tancredo. 8. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988. 608 p.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 38 de 44
UNIDADE DIDÁTICA XIX ­ O CONTINENTE ASIÁTICO

CARGA HORÁRIA: 08 HORAS

ASSUNTOS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

1. JAPÃO: A POTÊNCIA ECONÔMICA E AS
LIMITAÇÕES POLÍTICAS E MILITARES
2. A CHINA: INTERESSES ESTRATÉGICOS
- A questão de Formosa/Taiwan;
- A relação com os Estados Unidos;
- O papel hegemônico na Ásia.

XIX-1. Analisar a situação política e econômica na Ásia Oriental pós-II
Guerra Mundial, com ênfase na importância econômica do Japão e política
da China.
XIX-2. Apresentar os principais focos de tensão internacional na Ásia
Oriental, com ênfase na Coreia do Norte e na relação China/Taiwan.

3. A ÍNDIA COMO POTÊNCIA REGIONAL

XIX-3. Caracterizar o papel da Índia nas relações internacionais, desde o
Movimento dos Países Não-Alinhados até a criação do G-22.

01

XIX-4. Estudar a situação da Ásia Central pós-soviética, destacando a
emergência do terrorismo fundamentalista na região.
XIX-5. Comparar os interesses estratégicos das potências na Ásia Central.

04

4. A ÁSIA CENTRAL PÓS-SOVIÉTICA
- Recursos naturais e jogo estratégico;
- As novas repúblicas e os enclaves muçulmanos.
5. FUNDAMENTALISMO ISLÂMICO E CRISE NA
ÁSIA CENTRAL
- Os casos do Afeganistão, Paquistão e Irã;
- O novo Islã.
6. A DISPUTA PELA HEGEMONIA NA ÁSIA
CENTRAL: RÚSSIA, EUA E CHINA

Nr DE SESSÕES
01
02

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Ao estudar o Assunto 06, ver também a Unidade Didática HIST/UD XI, Assunto 04.
b. Ao estudar o Assunto 02, ver também a Unidade Didática HIST/UD XIV, Assunto 05, e em Geografia a unidade GEO/UD VII.
c. Ao estudar o Assunto 03, ver também em geografia a unidade GEO/UD VII, Assuntos 03 e 04.
d. Ao estudar os Assuntos 04, 05 e 06, ver também em Geografia a unidade GEO/UD VII, Assunto 02.
e. O texto intitulado: Desenvolvimento e Crise na Região do Pacífico Asiático: o Globalização do Estado, também será utilizado na Geografia em GEO/UD VII
(Bibliografia Essencial).
f. O texto intitulado: China e Índia: emergência e impacto cultural, também será utilizado na Geografia em GEO/UD VII (Bibliografia Complementar).
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 39 de 44
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
KENNEDY, Paul. O Dilema Japonês. In:_________. Ascensão e queda das grandes potências: transformação econômica e conflito militar de 1500 a 2000.
Rio de Janeiro: Elsevier, 1989. p. 436-446.
PANIKKAR, K. M. A Época do Império: 1858-1914. A Índia. In:__________. A dominação ocidental na Ásia: do século XV aos nossos dias. Rio de Janeiro:
Paz e Terra, 1977. p. 145-167.
PANIKKAR, K. M. A Europa em Recuo: 1918-1939. A Índia. In:__________. A dominação ocidental na Ásia: do século XV aos nossos dias. Rio de Janeiro:
Paz e Terra, 1977. p. 266-273.
PANIKKAR, K. M. A Recuperação Asiática. A Índia. In:__________. A dominação ocidental na Ásia: do século XV aos nossos dias. Rio de Janeiro: Paz e
Terra, 1977. p. 317-335.
RASHID, Armed. O Novo Grande Jogo? Os Estados Unidos, a Rússia e a China. In:_________. Jihad. A ascensão do islamismo militante na Ásia Central.
São Paulo: Cosac & Naify, 2003. p. 235-257.
RASHID, Armed. A Ásia Central e seus vizinhos. In:_________. Jihad. A ascensão do islamismo militante na Ásia Central. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.
p. 259-280.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
BULORD, Martine. A Índia em busca do poderio perdido. In: Le Monde Diplomatique. Disponível em: . Acesso em:
27 de nov. 2008.
CASTELLS, Manuel. Desenvolvimento e Crise na Região do Pacífico Asiático: a Globalização do Estado. In:__________. Fim do Milênio. A Era da
Informação, Economia, Sociedade e Cultura. 3. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2000. V. 3. p. 251-383.
DORNELLES JR., Arthur Coelho. A questão de Taiwan: suas implicações políticas e militares para as relações entre Estados Unidos ­ Taiwan ­ China
(1991-2004). Disponível em: . Acesso em: 27 de nov. 2008.
GENTÉ, Régis. A grande disputa pela Ásia Central. In: Le Monde Diplomatique. Disponível em: . Acesso em: 27 de
nov. 2008.
LA GORCE, Paul-Marie. Sudoeste Asiático na mira dos EUA. In: Le Monde Diplomatique. Disponível em: . Acesso
em: 27 de nov. 2008.
PINTO, Paulo Antonio Pereira. China e Índia: emergência e impacto cultural. In: Revista Brasileira de Política Internacional. V. 50, n. 1. Brasília: jun. 2007.
p. 86-101. Disponível em: . Acesso em: 27 de nov. 2008.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 40 de 44
UNIDADE DIDÁTICA XX ­ A NOVA REPÚBLICA NO BRASIL: DE 1985 AOS DIAS ATUAIS
ASSUNTOS
1. A MOBILIZAÇÃO PELAS ELEIÇÕES DIRETAS
E A ELEIÇÃO DE TANCREDO NEVES
2. O GOVERNO SARNEY (1985-1989)
- O Plano Cruzado;
- A Inflação e a dívida externa;
- A Constituição de 1988.
3. FERNANDO COLLOR DE MELLO (1990-1992)
- O Plano Collor;
- O Impeachment.
4. ITAMAR FRANCO (1992-1994) E A INTERINIDADE DA NOVA REPÚBLICA
- O Plano Real.
5.
GOVERNO
FERNANDO
HENRIQUE
CARDOSO (1995-2002)
- A consolidação do Plano Real;
- A política neoliberal;
- A criação do Ministério da Defesa;
- O segundo mandato: crise e recessão.
6. A ASCENSÃO DA ESQUERDA E O GOVERNO
LULA (2003-2010)
7. O PAPEL DO BRASIL PERANTE A
INTEGRAÇÃO SUL-AMERICANA
8. RELAÇÕES INTERNACIONAIS: OS NOVOS
DESAFIOS
- As missões de paz e a relação com a ONU;
- Brasil ­ EUA;
- Brasil ­ África;
- Brasil ­ Ásia;
- Brasil ­ Europa.

CARGA HORÁRIA: 20 HORAS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nr DE SESSÕES
02

XX-1. Apresentar as principais alternativas políticas e ideológicas no
processo de transição democrática.
XX-2. Analisar a nova formação partidária brasileira, destacando suas
principais características.
XX-3. Comparar as políticas econômicas de cada governo, destacando suas
semelhanças e diferenças e os reflexos para as relações internacionais
brasileiras.
XX-4. Estudar a Constituição de 1988, considerando-se o processo
constituinte.
XX-5. Caracterizar o Plano Real, investigando seus reflexos nas esferas
política, econômica e social.
XX-6. Estudar as principais medidas tomadas pelo governo Lula nos planos
político, econômico e social.

02

02
02

02

02
XX-7. Analisar o papel central do Brasil frente ao processo de integração sul
americana.
XX-8. Comparar a política externa brasileira do governo atual com a política
externa empreendida pelos governos militares, atentando para as
continuidades.
XX-9. Analisar a política externa brasileira junto aos países emergentes,
considerando a projeção do país como liderança internacional.

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Ao estudar o Assunto 07, ver também em Geografia a unidade GEO/UD IX, Assunto 04.
b. Ao estudar os Assuntos 07 e 08, ver também em Geografia a unidade GEO/UD X, Assunto 02.
c. Ao estudar o Assunto 08, ver também a Unidade Didática HIST/UD XVII, Assunto 06.

08

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 41 de 44
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil no contexto da história ocidental. 8. ed. São Paulo: Atual, 2003. 602 p.
Bibliografia Essencial
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
HIST, Mônica. Os cinco "Às" das Relações Brasil ­ Estados Unidos: aliança, alinhamento, autonomia, ajustamento e afirmação. In: ALTEMANI, Henrique;
LESSA, Antonio Carlos. (org.) Relações Internacionais do Brasil: Temas e Agendas. São Paulo: Saraiva, 2006. V. 1. p. 91-127.
KINZO, Maria D'Alva. A democratização brasileira: um balanço do processo político desde a transição. In: São Paulo em Perspectiva. V. 15, n. 4. São Paulo:
out/dez 2001. p. 3-12. Disponível em: . Acesso em: 27 de nov. 2008.
MARQUES, Rosa Maria e MENDES, Áquilas. O social no governo Lula: a construção de um novo populismo em tempos de aplicação de uma agenda
neoliberal. In: Revista de Economia Política. V. 26, n. 1 (101). jan/mar. 2006. p. 58-74. Disponível em: . Acesso
em: 27 de nov. de 2008.
MESSARI, Nizar. O Brasil e o Mundo Árabe. In: ALTEMANI, Henrique; LESSA, Antonio Carlos (org.). Relações Internacionais do Brasil: Temas e Agendas.
São Paulo: Saraiva, 2006. V. 1. p. 243-263.
MOURÃO, Fernando Augusto Albuquerque et all. As Relações Brasil ­ África: de 1990 a 2005. In: ALTEMANI, Henrique; LESSA, Antonio Carlos (org.).
Relações Internacionais do Brasil: Temas e Agendas. São Paulo: Saraiva, 2006. V. 1. p. 211-242.
OLIVEIRA, Henrique Altemani de. O Brasil e a Ásia. In: ALTEMANI, Henrique; LESSA, Antonio Carlos (org.). Relações Internacionais do Brasil: Temas e
Agendas. São Paulo: Saraiva, 2006. V. 1. p. 169-210.
ONUKI, Janina. O Brasil e a Construção do Mercosul. In: ALTEMANI, Henrique; LESSA, Antonio Carlos (org.). Relações Internacionais do Brasil: Temas e
Agendas. São Paulo: Saraiva, 2006. V. 1. p. 299-320.
SALLUM JR., Brasilio. Metamorfoses do Estado brasileiro no final do século XX. In: Revista Brasileira de Ciências Sociais. V. 18, n. 52, 2003. p. 35-55.
Disponível em: . Acesso em: 27 de nov. 2008.
SARAIVA, Miriam Gomes. As Relações Brasil ­ Europa de 1990 a 2004: entre o inter-regionalismo e o bilateralismo. In: ALTEMANI, Henrique; LESSA,
Antonio Carlos (org.). Relações Internacionais do Brasil: Temas e Agendas. São Paulo: Saraiva, 2006. V. 1. p. 129-167.
VIZENTINI, Paulo Fagundes. De FHC a Lula. Uma década de política externa (1995-2005). In: Civitas. V. 5, n. 2, Porto Alegre: jul/dez 2005. p. 381-397.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.
Bibliografia Complementar
CERVO, Amado Luiz. A Ação Internacional do Brasil em um Mundo em Transformação: Conceitos Objetivos e Resultados (1990-2005). In: ALTEMANI,
Henrique; LESSA, Antonio Carlos (org.). Relações Internacionais do Brasil: Temas e Agendas. São Paulo: Saraiva, 2006. V. 1. p. 7-34.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 42 de 44
UNIDADE DIDÁTICA XXI ­ A NOVA ORDEM MUNDIAL E O SÉCULO XXI
ASSUNTOS

CARGA HORÁRIA: 17 HORAS
OBJETIVOS ESPECÍFICOS

1. O MUNDO PÓS-GUERRA FRIA
- A queda do Muro de Berlim e a unificação da
Alemanha;
- O papel dos organismos regionais: a OTAN e a
OEA.
2. OS GRANDES BLOCOS REGIONAIS
- UE, APEC, NAFTA e MERCOSUL;
- A limitação do Estado-Nação;
- Os impactos estratégico-militares.
3. SOB A HEGEMONIA DOS ESTADOS UNIDOS
4. OS CRIMES ORGANIZADOS TRANSNACIONAIS:
-Trafico de armas;
-Trafico de drogas;
-Trafico de pessoas.
5. TERRORISMO INTERNACIONAL
- Origens, a linha político-ideológica e o
radicalismo;
- O caso do terrorismo islâmico;
- O novo tipo de guerra.
6. A AMÉRICA DO SUL
- As Farc;
- O Bolivarismo;
- O ocaso cubano.
7. OS DIREITOS HUMANOS COMO FATOR DE
POLÍTICA INTERNACIONAL

XXI-1. Analisar as características centrais do mundo pós-Guerra Fria, em
especial a emergência das chamadas novas ameaças: crimes
transnacionais, terrorismo e crises financeiras.
XXI-2. Caracterizar a nova arquitetura das relações internacionais, com
ênfase na formação de grandes blocos econômicos mundiais e no
protagonismo norte-americano.
XXI-3. Estudar a nova ordem mundial, as novas ameaças e a limitação dos
atributos do Estado-Nação.
XXI-4. Apresentar o papel do Estado-Nação e as novas doutrinas de defesa
e segurança.
XXI-5. Caracterizar a atuação do "Terceiro Setor" nas relações
internacionais.
XXI-6. Analisar a efetividade dos Direitos Humanos nas relações
internacionais desde o seu surgimento até os dias atuais.

8.
RELAÇÕES
INTERNACIONAIS:
O
SURGIMENTO DA MULTIPOLARIDADE E O
EQUILÍBRIO DE PODER PÓS-GUERRA FRIA

XXI-7. Estudar o desenvolvimento histórico das Relações Internacionais e
de suas principais temáticas.
XXI-8. Analisar as principais tendências das Relações Internacionais no
mundo contemporâneo, caracterizando o papel dos Estados Nacionais e
dos organismos internacionais neste contexto.

Nr DE SESSÕES

02

01
02
02

02

03

INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS
a. Ao estudar o Assunto 01, ver também a Unidade Didática HIST/UD XIV.
b. Ao estudar os Assuntos 01 e 02, ver também em Geografia a unidade GEO/UD III.
c. Ao estudar o Assunto 02, ver também em Geografia a unidade GEO/UD VI, Assuntos 01.
d. Ao estudar o Assunto 03, ver também em Geografia a unidade GEO/UD V, Assuntos 03 e 04.

05

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 43 de 44
e. Ao estudar o Assunto 04, ver também em Geografia a unidade GEO/UD II, Assunto 03.
f. Ao estudar o Assunto 06, ver também em Geografia a unidade GEO/UD IX, Assunto 05.
g. O texto intitulado: Al Qaeda: grife ou organização?, também será utilizado na GEO/UD II (Bibliografia Essencial).
h. O texto intitulado: ONU, ordem internacional e terrorismo, também será utilizado na GEO/UD III (Bibliografia Essencial).
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia Básica
ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007. 48p.
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a História: História Geral e História do Brasil. 13. ed. São Paulo: Ática, 2007. 728 p.
Bibliografia Essencial
ANDERSON,
Perry.
Força
e
consentimento:
aspectos
da
hegemonia
americana.
Disponível
em:
. Acesso: 24 de nov. 2008.
CARDOSO, Ciro Flamarion. No limiar do século XXI. In: REIS FILHO, Daniel Aarão et all (org.) O Século XX: O tempo das dúvidas. Rio de Janeiro:
Civilização Brasileira, 2008. p. 249-275.
CD-ROM. História. CP/ECEME, ECEME.
CERVO, Amado Luiz. O Final do Século XX e o Início do Século XXI: Dificuldades para Construção de uma Ordem Global. In: SARAIVA, José Flávio Sombra
(org.). História das Relações Internacionais Contemporâneas: da Sociedade Internacional do Século XIX à Era da Globalização. 2. ed. São Paulo:
Saraiva, 2007. p. 317-340.
HOBSBAWM, Eric. Rumo ao milênio. In:_________. Era dos Extremos. O breve século XX, 1914-1919. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. p.
537-562.
IANNI, Octávio. Globalização e nova ordem internacional. In: REIS FILHO, Daniel Aarão et all (org,). O Século XX: O tempo das dúvidas. Rio de Janeiro:
Civilização Brasileira, 2008. p. 205-224.
MENDES, Cristiano Garcia. A Organização das Nações Unidas ­ ONU. In: OLIVEIRA, Henrique Altemani de; LESSA, Antonio Carlos (org.). Política
Internacional Contemporânea: Mundo em Transformação. São Paulo: Saraiva, 2006. p. 17-30.
SANDRONI, Gabriela Araújo. A Convenção de Palermo e o crime organizado transnacional. Disponível em: . Acesso em: 24 de nov. 2008.
SARAIVA, José Flávio Sombra. À busca de uma nova sociedade internacional: teoria e prática das relações internacionais no início do século XXI. In:
ALTEMANI, Henrique; LESSA, Antônio Carlos (org.). Relações Internacionais do Brasil: temas e agendas. V. 1. São Paulo: Saraiva, 2006. p. 57-88.
VIDIGAL, Carlos Eduardo. A Nova Ordem Mundial. In: OLIVEIRA, Henrique Altemani de; LESSA, Antônio Carlos (org.). Política Internacional
Contemporânea: mundo em transformação. São Paulo: Saraiva, 2006. p.1-16.
Informativos do CP/ECEME.
Textos do EB aula.

Plano de Disciplinas do CP/ECEME 2010 ­ História (Armas, QMB, QEM e Sv Int).............................................................................Pág 44 de 44
Bibliografia Complementar
FERNANDES, Luis. As novas formas de império. In: COSTA, Darc; SILVA Francisco Carlos Teixeira da (org.). Mundo latino e mundialização. Rio de
Janeiro: Mauad/ FAPERJ, 2004. p. 93-99.
LEWIS, Bernard. A ascensão do terrorismo. In:___________. A crise do Islã: guerra santa e terra profana. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004. p. 129-149.
MAGNOLI, Demétrio. Declaração Universal de Direitos Humanos. In:________. História da Paz. São Paulo: Contexto, 2008. p. 297-329.
ROY, Olivier. Al Qaeda: grife ou organização? In: Le Monde Diplomatique, set. 2004. Disponível em: . Acesso em: 02
de dez. 2008.
RUDZIT, G. ONU, ordem internacional e terrorismo. In: Revista de Economia e Relações Internacionais, V. 4, n. 7, jul. 2005. pp. 57-68. Disponível em:
. Acesso: 02 de dez. 2008.

3. AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
INSTRUMENTO DE MEDIDA

UD
AVALIADAS

PROCESSO DE AVALIAÇÃO

TIPO DE
PROVA

TEMPO
DESTINADO

RETIFICAÇÃO DA
APRENDIZAGEM

Avaliações Formativas

Escrita

8 horas

-

I a XXI

Avaliações Somativas

Escrita

8 horas

-

I a XXI

Recuperação da Aprendizagem

Escrita

-

-

I a XXI