Bibliografia: História do Brasil
Indicado por Jorge Luiz Souto Maior
Última Atualização: 09/08/2015

FERNANDES, Florestan. A Revolução Burguesa no Brasil: ensaios de interpretação sociológica. São
Paulo: Globo, 2006, p. 37.
KOSHIBA, Luiz e PEREIRA, Denise Manzi Frayse. História do Brasil no contexto da história ocidental.
São Paulo: Atual, 2003, p. 17.
MATTOSO, Kátia de Queirós. Ser escravo no Brasil. Tradução: James Amado. São Paulo: Brasiliense,
2003, p. 110.
CHAUI, Marilena. Brasil: mito fundador e sociedade autoritária. São Paulo: Fundação Perseu Abramo,
2001, pp. 33-34.
CARVALHO, José Murilo de. Os bestializados: o Rio de Janeiro e a República que não foi. São Paulo:
Companhia das Letras, 2007, p. 141.
PRADO JÚNIOR, Caio. História econômica do Brasil. São Paulo: Brasiliense, 2004, p. 31.
GORENDER, Jacob. O Brasil em preto & branco. São Paulo: Editora Senac, 2000, p. 29.
WILLIAMS, Eric. Capitalismo e escravidão. Tradução: Denise Bottmann. São Paulo: Companhia das
Letras, 2012, p. 63.
COSTA, Emília Viotti da. O escravo na grande lavoura. In: História geral da civilização brasileira. Vol.
5: O Brasil monárquico. Direção de Sérgio Buarque de Holanda, assistido por Pedro Moacyr Campos.
Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004, p. 214.
COSTA, Emília Viotti da. Da Senzala à Colônia. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1998, p. 78.
KOWARICK, Lúcio. Trabalho e Vadiagem: a origem do trabalho livre no Brasil. Rio de Janeiro: Paz e
Terra, 1994, p. 28.
MARTINS, José de Souza. O Cativeiro da Terra. São Paulo: Hucitec, 2004.
FURTADO, Celso. Formação Econômica do Brasil. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2003, p.
132.
SAES, Décio. A formação do Estado burguês no Brasil (1888-1891). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985,
SCHWARCZ, Lília Moriz. O Espetáculo das Raças: cientistas, instituições e questão racial no Brasil ­
1870-1930. São Paulo: Companhia das Letras, 1993, p. 13.
DECCA. Maria Auxiliadora Guzzo de. Indústria, trabalho e cotidiano: Brasil, 1889 a 1930. São Paulo:
Atual, 1991, p. 3.
MATTOS, Marcelo Badaró. Trabalhadores e Sindicatos no Brasil. Rio de Janeiro: Vício de Leitura,
2002, p. 15.
VARGAS, João Tristan. O trabalho na ordem liberal: o movimento operário e a construção do Estado
na Primeira República. Campinas: UNICAMP/CMU, 2004, p. 276.
VIANNA, Luiz Werneck. Liberalismo e Sindicato no Brasil. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1999, p. 111.
NOGUEIRA, O. Pupo. A indústria em face das leis do trabalho. Escolas Profissionaes Salesianas. São
Paulo, 1935, pp.67 e 70.
MORAES FILHO, Evaristo de. Tratado elementar de direito do trabalho. Rio de Janeiro/São Paulo:
Freitas Bastos, 1960, p. 314.