Currículo Comum
HISTÓRIA

Prof Ms Amarildo Gomes Pereira
Coordenador das Áreas História e Geografia

Apresentação
Nome, formação (área), tempo na docência e na coordenação.
Desenvolvimento: divisão das discussões em duas partes:
1ª PARTE: Currículo de História,
1ª PARTE: Currículo de Geografia.
Destaque para o ensino de história e geografia do 1° ao 5° ano.

Reflexão:
"Se dois homens vêm andando por uma estrada, cada um com um pão,
e, ao se encontrarem, trocarem os pães, cada um vai embora com um.
Se dois homens vêm andando por uma estrada, cada um com uma ideia,
e, ao se encontrarem, trocarem as ideias, cada um vai embora com
duas.." (Provérbio Chinês)

INTRODUÇÃO

A

História

é

uma

ciência

cujo

o

objetivo principal não se encerra na
aprendizagem dos conteúdos, mas na

compreensão

e

transformação

realidade em que vivemos.

da

Currículo Comum
HISTÓRIA

A Estrutura do Currículo comum para o ensino Fundamental
Municipal (pág. 37)

Considerações ­ fundamentação Histórico Cultural (Vygotsky)

"O desenvolvimento da espécie humana está baseado no aprendizado que,
para Vygotsky (2002), sempre envolve interferência, direta ou indireta, de outros
indivíduos e a reconstrução pessoal da experiência e dos significados."

ENSINO

APRENDIZAGEM

DESENVOLVIMENTO

PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM
CONCEITO

PONTO DE
PARTIDA

Zona de
Desenvolvimento
Proximal

Desenvolvimento Real
(capacidade que a criança tem
de realizar tarefas de forma
independente.)

PONTO DE
CHEGADA

Desenvolvimento
Potencial

DES.
REAL

(capacidade de desempenhar
tarefas com ajuda de adultos
ou de amigos)

Interferindo nessa zona, um educador estará contribuindo para movimentar os processos de
desenvolvimento das funções mentais complexas da criança. É nessa zona que a interferência é mais
transformadora.

PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA ESCOLA
1° ANO ­ DISCIPLINA HISTÓRIA

Des. Real

DESENVOLVIMENTO REAL
DA CRIANÇA
(Conhecimentos fragmentados
sobre sua História e de sua
família)

CONTEÚDO:
História de
vida/identidade pessoal.

Des. Potencial

Onde poderá chegar com
ajuda

OBJETIVOS:
·A história presente no
cotidiano,
·Sujeito da história,
·Noções de tempo
histórico, etc.

A Disciplina de História: OBJETIVOS (pág. 125)
·A História escolar visa a construção pelo aluno de conceitos que extrapolem sua

percepção da realidade, ou seja, fazer uma leitura histórica da realidade.
·Partindo do local (experiência familiar, o cotidiano, o específico) para o geral (outras
gerações, o não cotidiano, o plural).
Desenvolver com os alunos os conceitos de tempo histórico (anterioridade e

posterioridade, simultaneidade e contemporaneidade, passado, presente e futuro,
permanência e mudança, semelhança e diferença) e espaço:
Destaque para os procedimentos de transformação histórica por meio da ação humana:

o ser humano como sujeito deste processo.

A apreensão deste princípio pressupõe tomar a História como produto da
ação de todos os homens e não somente dos "Grandes Homens". (Pedro
Álvares Cabral, D. Pedro, Princesa Isabel, Presidentes, etc.).

A realidade pode ser transformada por meio de nossas ações.

O Currículo de História (pág. 126)
CONSIDERAÇÕES SOBRE O CURRÍCULO:
construção

social - diversos profissionais da educação escolar:
universidade e escolas;

comporta visões conflitantes do que deve ser ensinado;
aproximação com a realidade concreta da escola e o conhecimento

escolar.
AS DATAS COMEMORATIVAS:
[...] em cada bimestre do currículo de História dos anos iniciais do Ensino
Fundamental de Bauru, consta o item "datas comemorativas", mas isto é
instrumento opcional de recurso didático de conteúdos de História. [...] não
é item obrigatório, mas opcional.
Importante: Refletir se o estudo da data comemorativa não estará
valorizando a "História dos Grandes Homens", o consumismo, etc.

Organização curricular: EIXO CENTRAL (pág. 128)

· 1º Ano. A questão da identidade.
· 2°Ano. A localidade e o cotidiano.

· 3° Ano. O ser humano na sociedade.
· 4º Ano. A constituição da sociedade brasileira.
· 5º Ano. A História do Brasil: colônia, império e república.

· 6° Ano. O trabalho é a origem da humanidade.
· 7° Ano. O Feudalismo, O Renascimento, As Grandes

Navegações e Colonização.
· 8° Ano. As bases para a formação da sociedade moderna.
· 9° Ano. As guerras e ditaduras.

1º ANO: CONTEÚDO e CONCEITOS(noções).

CONTEÚDO: A QUESTÃO DA IDENTIDADE.


Identidade ("eu") Identidade pessoal.



Família: Organização familiar.



Escola: Minha escola e sua história.



Bairro : A escola e seu entorno .

CONCEITOS (noções):
Tempo histórico (cronologia, sucessão e ordenação temporal, duração,

simultaneidade, multilinearidade temporais).
Organização familiar.

Vida social (escola).
Comunidade.

2º ANO: CONTEÚDO e CONCEITOS(noções).

CONTEÚDO: A LOCALIDADE E O COTIDIANO.





História presente e passado: Retratos de família.
O tempo histórico: Registro de acontecimentos no tempo .
História local : Noções sobre bairro na cidade, cidade no estado .
Sociedade : Formação do povo brasileiro: Índio, branco e negro .

CONCEITOS (noções):
Tempo histórico (registro/representação ­ linha do tempo) transformações/permanências).
Memória.
Bairro/cidade/Município.
Pluralidade cultural.
Povo brasileiro (miscigenação).
Etnias.
Cidadania.
Fontes históricas (fotografias,etc).

TEXTO NA PLATAFORMA:
O tempo histórico como "representação Intelectual"

Representação do tempo

3º ANO: CONTEÚDO e CONCEITOS(noções).

CONTEÚDO: O SER HUMANO NA SOCIEDADE.
Eu na sociedade: O cotidiano da criança.
Eu e o bairro:
História do município:
História e cultura de outros povos:

CONCEITOS (noções):
Cultura.
Pluralidade Cultural.
Tempo histórico (organização/registro)

TEXTOS NA PLATAFORMA:


Livro Didático - Bauru Nossa História Na Escola.



À beira da linha: formações urbanas da Noroeste Paulista

4º ANO: CONTEÚDO e CONCEITOS(noções).

CONTEÚDO: A CONSTITUIÇÃO DA SOCIEDADE BRASILEIRA.
Os primeiros habitantes do Brasil: Os indígenas.
Colonização: Os portugueses no Brasil: As grandes navegações.
Os Africanos no Brasil:
A imigração para o Brasil:


CONCEITOS(noções):
Grandes Navegações.
Povos (indígenas, europeus, africanos)
Colonização.
Exploração Colonial.
Escravidão.
Cultura Afro-Brasileira.
Imigração.
TEXTO NA PLATAFORMA: Diretrizes Curriculares Nacionais

para a Educação das Relações
Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana.

4° ANO: 3° BIMESTRE
Os Africanos no Brasil : A África e sua diversidade. A mão de obra africana. Pluralidade cultural AfroBrasileira. Influências africanas atualmente.

É na perspectiva da construção de novos sentidos que se insere a introdução
do ensino da História de Cultura e Afrobrasileira nas instituições de ensino de todo
o país, a partir da promulgação da Lei 10.639/03 ­ alterada para Lei 11.645/08.
Com ela, busca-se a leitura do africano e afrobrasileiro como sujeito histórico,
a partir do entendimento de que a história, ao positivar a luta pela sobrevivência
dos afrodescendentes, apesar das duras condições impostas, tem a potencialidade
de alterar compreensões. Compreensões essas principalmente que a população
negra tem de si e da sociedade, a fim de modificar de forma positiva a sua
trajetória, bem como as relações entre os diferentes grupos étnicos no país.
(MURINELLI, 2012)

5º ANO: CONTEÚDO e CONCEITOS(noções).

CONTEÚDO: A HISTÓRIA DO BRASIL: COLÔNIA, IMPÉRIO E REPÚBLICA.





Conquista e ocupação do território Brasileiro:
Brasil Colônia:
Brasil Império:
Brasil República :

CONCEITOS (noções):
Expansão marítima.
Trabalho escravo.
Produção açucareira.
Mineração.
Independência.
Reino/império/monarquia.
Urbanização.
República.
Migração/imigração.

1° ANO
Identidade ("eu")
Identidade pessoal
.Eu e o outro.
História do nome.
Família:
Organização familiar
Tipos de família . A
família e sua história
Costumes e hábitos
das famílias no
passado e no
presente.
Escola: Minha
escola e sua história
Nome. Localização .
Bairro : A escola e
seu entorno . Infraestrutura local .
Historia da
comunidade .

2° ANO

3° ANO

História presente e
passado: Retratos de

Eu na sociedade: O

família.
Dimensão
temporal.
(roupas,
brincadeiras).
Objetos
pessoais do passado.
Imagens que contam
histórias. Memórias e
recordações
familiares.

O tempo histórico:
Registro
de
acontecimentos no tempo
História do município. Dia,
semana, mês e ano. Linha
do tempo.

História

local:

Noções sobre bairro na
cidade, cidade no estado .
Pluralidade cultural .
Sociedade: Formação
do povo brasileiro: Índio,
branco e negro . Vivendo
em comunidade. Direito
das crianças . Formação
do
cidadão.
Serviços
Públicos (escolar).

cotidiano da criança.
Relacionamento
familiar, organização do
tempo e atividades
diárias . Conceituação
de comunidade.
Convivência em
sociedade.

4° ANO
Os primeiros
habitantes do
Brasil: Os indígenas:
sua cultura e organização
Os primeiros contatos
entre Portugueses e
Índios. Influências
indígenas atualmente

Colonização: Os
portugueses no Brasil:

Eu e o bairro:
Primeiros habitantes do
bairro. Origem do nome
do bairro. O bairro e
suas transformações .
O bairro na cidade

História do
município:
Surgimento. História de
Bauru. Município no
passado e realidade
atual .
História e cultura de
outros povos:
Pluralidade cultural
(trabalho indígena) .
Diferentes modos de
viver relacionados à
história brasileira (Os
primeiros habitantes do
Brasil).

As grandes navegações.
A chegada dos
portugueses no Brasil. A
conquista e exploração da
colônia. Os primeiros
anos da colonização. Os
primeiros povoados.

Os Africanos no
Brasil : A África e sua
diversidade. A mão de
obra africana. Pluralidade
cultural Afro-Brasileira.
Influências africanas
atualmente.

A imigração para o
Brasil :
Os motivos para a
imigração ao Brasil Os
imigrantes e suas
contribuições para a
formação da sociedade
brasileira

5° ANO
Conquista e
ocupação do
território Brasileiro:
Expansão marítima até o
descobrimento. A
colonização do Brasil.
Povos indígenas
conquistados pelos
colonizadores. (4° ano ) .

Brasil Colônia: O
trabalho escravo no
Brasil. A produção
açucareira no Brasil. A
mineração no Brasil
colônia.

Brasil Império:
Independência do Brasil.
Os reinados de Dom
Pedro I e Dom Pedro II .
O café e a urbanização no
Brasil. Libertação dos
escravos e o fim da
monarquia.

Brasil República :
As diversas fases da
república no Brasil.
Imigrantes e migrantes no
Brasil .

6° ANO
Origem da
Humanidade
Formas de medir o tempo
Fontes
históricas
Teorias sobre a origem do
homem
Pré-história

Povos da
Antiguidade
Egito e outras civilizações
africanas . O Egito
Organização social e
econômica

Grécia
Mitologia
Atenas e Esparta
Herança cultural
Educação
Democracia
Filosofia

Roma
Origem . Organização política,
econômica, cultural
Expansão imperial

7° ANO
Feudalismo
Declínio do Império Romano
Formação da Europa Feudal
Povos bárbaros
Estrutura social, economia e
política Feudal

Renascimento
Cruzadas
Rotas comerciais e
renascimento urbano
Declínio do feudalismo
Reforma e contra-reforma

8° ANO
Absolutismo e
Iluminismo
Absolutismo:
Francês
Inglês
Espanhol
Português
Iluminista: principais
pensadores

Revolução Industrial
Êxodo rural
Cercamentos
Consolidação da burguesia

Grandes navegações
Expansão marítima
América pré-colombiana
Sociedades indígenas no
território brasileiro

Colonização
Sistema colonial português
Açúcar
Mineração
Escravidão

9° ANO
Imperialismo
Primeira guerra mundial
Revolução Russa
Primeira república no Brasil

Entre guerras (crise
de 29 e regimes
totalitários)
Segunda guerra mundial

Era Vargas
Revolução de 30
Estado Novo
Período nacionalista
Guerra Fria

Revolução Francesa
França Pré- Revolucionária
As fases da revolução
Era napoleônica
Transferência da família real
para o Brasil
Independência do Brasil
Império Colonial
Primeiro e Segundo Reinados
Regência
Escravidão
Imigração

Ditadura militar
Redemocratiza-ção do Brasil
Movimentos sociais e culturais
nas décadas de 1950, 1960 e

1970

REFERÊNCIAS
ABREU, Martha. SOIHET, Rachel (Orgs.). Ensino de História: conceitos, temáticas e metodologia. Rio de Janeiro:

Casa da Palavra, 2003.
BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Ensino de História: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2008.
BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais História. Brasília: MEC, 1997 e 1998.
CABRINI, C. et al. O ensino de História: revisão urgente. São Paulo: Brasiliense, 1986.
FONSECA, Selva Guimarães. Didática e prática de ensino de História. Campinas: Papirus, 2003.
FONSECA, Thais Nivia de Lima e. História & ensino de História. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.
GOODSON, Ivor F. Currículo: teoria e história. Petrópolis: Vozes, 1995.
JESUS, Nauk de (Org.). Ensino de História: trajetórias em movimento. Cáceres (MT): UNEMAT, 2007.
KARNAL, Leandro (Org.). História na sala de aula: conceitos, práticas e propostas. São Paulo: Contexto, 2003.
MARTINS, Maria do Carmo. A História prescrita e disciplinada nos currículos escolares: quem legitima esses
saberes? Bragança Paulista: EDUSF, 2002.
MIRANDA, Sonia Regina. LUCA, Tania Regina de. O livro didático de História hoje: um panorama a partir do PNLD.
Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 24, n. 48, 2004, pp. 123-144.
MONTEIRO, Ana Maria. Professores de História: entre saberes e práticas. Rio de Janeiro: Mauad X, 2007.
NADAI, Elza. O ensino de História no Brasil: trajetórias e perspectivas. Revista Brasileira de História. São Paulo:
ANPUH, v. 13, nº 25/26, p. 143-162, 1992.
PENTEADO, Heloísa Dupas. Metodologia do ensino de História e Geografia. São Paulo: Cortez, 1991.
SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão (Org.). Livros didáticos de História e Geografia: avaliação e pesquisa. São
Paulo: Cultura Acadêmica, 2006.
THOMPSON, E. P. A miséria da teoria: ou um planetário de erros ­ uma crítica ao pensamento de Althusser. Rio de
Janeiro: Zahar, 1981