CRUZEIRO DO SUL EDUCACIONAL
PROCESSO SELETIVO MEDICINA UNICID/UNIFRAN
Edital de 31 de agosto de 2015 - Processo Seletivo Medicina
1º Semestre de 2016
A Universidade Cidade de São Paulo ­ UNICID e a Universidade de Franca UNIFRAN, mediante convênio entre as partes, com base em seus
respectivos Regimentos Gerais, na Portaria Ministerial nº 391, de
07/02/2002, na Portaria Normativa nº 40, republicada em 29/12/2010 e
legislação pertinente, convocam para a inscrição no Processo Seletivo
classificatório os estudantes que desejam testar seus conhecimentos
(treineiros) e os interessados no preenchimento das vagas do 1º semestre
do ano de 2016, dos seus Cursos de Medicina, o que se fará por meio da
matrícula dos candidatos classificados, por curso da respectiva instituição,
não treineiros, condicionada à confirmação de conclusão nos respectivos
cursos de Ensino Médio, e desde que obedecidos os critérios presentes
neste Edital.
Título I - Das Disposições Gerais
Art. 1º O presente Edital estabelece as normas para realização do processo
seletivo destinado ao ingresso nas seguintes instituições, cursos, vagas e
locais:
I ­ Universidade Cidade de São Paulo ­ UNICID, curso de Medicina
reconhecido pela Portaria SERES/MEC nº 267, de 19/07/2011 com o
conceito "5" na avaliação para fins de reconhecimento, com local de
funcionamento na Rua Cesário Galeno, 475/432 Tatuapé, São Paulo ­ SP
oferece 65 (sessenta e cinco) vagas para o período integral do Curso de
Graduação em Medicina, com duração de 12 semestres (vide informação
complementar no Art. 41); e;
II ­ Universidade de Franca ­ UNIFRAN, curso de Medicina autorizado pela
Portaria SERES/MEC n° 451, de 18/11/2011 com o conceito "5" na
avaliação para fins de autorização, com local de funcionamento na Avenida
Doutor Armando Sales Oliveira, 201, Pq. Universitário, Franca- SP oferece
100 (cem) vagas para o período integral do Curso de Graduação em
Medicina, com duração de 12 semestres.
Art. 2º O Processo Seletivo do 1º Semestre de 2016 para ingresso nos
Cursos de Graduação em Medicina da Universidade Cidade de São Paulo ­
UNICID e da Universidade de Franca ­ UNIFRAN e destina-se a candidatos
que:

I ­ Possuam o Certificado de Conclusão do Ensino Médio;
II ­ Estejam cursando a 3ª série do Ensino Médio e que a concluam até a
data da matrícula.
Art. 3º A admissão ao Curso de Medicina será feita mediante a classificação
dos candidatos habilitados, obedecidos aos critérios de distribuição de vagas
previstos neste edital.

Título II - Das Inscrições
Art. 4º As inscrições para o Processo Seletivo, para ingresso no Curso,
serão realizadas das 10 horas do dia 01/09/2015 até às 21 horas do dia
23/10/2015.
Art. 5º As inscrições para o processo seletivo serão feitas, exclusivamente,
pela Internet, pelo site www.vunesp.com.br ou pelos links de
endereçamento à Vunesp no site www.unicid.edu.br e www.unifran.edu.br
mediante o preenchimento da ficha de inscrição e o pagamento da taxa, por
meio de boleto bancário, em qualquer agência bancária. A efetivação da
inscrição se dará somente com o pagamento do boleto bancário.
§ 1º Os valores de taxas de inscrição são diferenciados: as inscrições
realizadas no período de 01/09/2015 a 30/09/2015 terão o valor de R$
418,00 (quatrocentos e dezoito) reais, de 01/10/2015 a 23/10/2015 ou
incluída eventual prorrogação terão o valor de R$ 440,00 (quatrocentos e
quarenta) reais.
§ 2º A taxa de inscrição não será devolvida em nenhuma hipótese.
§ 3º A inscrição só será válida após a compensação bancária.
Art. 6º Ao iniciar o procedimento de inscrição o candidato deverá escolher a
instituição que deseja INGRESSAR, em primeira opção, dentre as duas
instituições abaixo, sendo que a segunda opção será automaticamente
escolhida pelo sistema.
I - UNICID - SÃO PAULO ­ SP;
II - UNIFRAN ­ FRANCA ­ SP.
Art. 7º Posteriormente o candidato deverá escolher o local onde deseja
REALIZAR as PROVAS, dentre as opções abaixo:
I ­ SÃO PAULO ­ SP - campus Anália Franco da Universidade Cruzeiro do
Sul na Rua Regente Feijó, 1.295 ­ Bairro Anália Franco ­ São Paulo ­ SP;

II ­ FRANCA ­ SP ­ campus da Universidade de Franca, Avenida Doutor
Armando Sales Oliveira, 201, Pq. Universitário, Franca- SP;
III ­ BRASILIA ­ DF ­ campus do UDF-Centro Universitário, SGAS 903,
Bloco D, Lote 79, Brasilia - DF
Art. 8º Após escolher a instituição, local de realização da prova, o candidato
deverá escolher a situação, dentre as abaixo:
I ­ Treineiro;
II ­ Habilitado.
Art. 9º Candidatos com deficiência e/ou mobilidade reduzida, que exijam
condições especiais para a realização das provas, deverão encaminhar, à
VUNESP, por SEDEX, até o dia 23 de outubro de 2015, os seguintes
documentos:
I - Laudo(s) emitido(s) por especialista(s) que descreva(m) com precisão a
natureza, o tipo e o grau de deficiência, bem como as condições necessárias
para a realização das provas;
II - Cópia da ficha de compensação com a autenticação mecânica do banco
comprovando o pagamento da taxa;
III - Endereço da VUNESP: Rua Dona Germaine Burchard, 515, Água
Branca, São Paulo, SP, CEP 05002-062. Endereçamento do envelope:
Processo Seletivo Medicina ­ 1º Semestre 2016 ­ UNICID / UNIFRAN
(Provas Especiais).
Art. 10. Será excluído do Processo Seletivo, a qualquer tempo, o candidato
que prestar informações falsas na ficha de inscrição e/ou não integralizar os
procedimentos de inscrição.
Título III - Das Inscrições dos Candidatos Treineiros
Art. 11. Considera-se "treineiro" o candidato que não concluiu o Ensino
Médio e que não concluirá até o período de dezembro/2015, mas deseja
participar do Processo Seletivo a título de experiência.
Art. 12. No ato da inscrição do Processo Seletivo, o candidato "treineiro"
deve estar ciente que não estará concorrendo à vaga para curso de
Medicina das Instituições UNICID e UNIFRAN, não tendo qualquer eficácia
as notas ou a classificação obtida neste Processo Seletivo. Seu desempenho
no Processo Seletivo não gerará direito à matrícula, por não atender aos
requisitos específicos da Portaria Ministerial nº. 391, de 07/02/2002, e da
Lei de Diretrizes e Bases da Educação n.º 9.394, de 20 de dezembro de
1996.
Art. 13. Os candidatos na condição de "treineiro" deverão, necessariamente,
selecionar a opção Treineiro, no ato da realização da inscrição ao processo
seletivo.

Art. 14. O candidato "treineiro" deve obedecer a todas as normas
constantes deste Edital, como os demais candidatos.

Título IV ­ Das Provas
Art. 15. A prova para o Curso de Graduação em Medicina, processo seletivo
realizado mediante convênio com a Vunesp, ocorrerá no dia 20/11/2015
(Sexta-feira) em uma única fase, com a aplicação de duas provas (I e II),
conforme regulamentação disposta neste edital.
Art. 16. As provas constantes do Processo Seletivo de 2016 ­ 1º semestre
abrangerão conhecimentos da Base Nacional Comum do Ensino Médio.
Art. 17. A prova I com total geral de 90 (noventa) pontos, será realizada no
período da manhã, das 8 horas às 12 horas, com duração de 4 horas,
contendo 20 (vinte) questões discursivas abrangendo conteúdos de Química
e Biologia, totalizando 50 (cinquenta) pontos e acrescida de uma Redação
totalizando de 40 (quarenta) pontos para redação.
Art. 18. A prova II com total de 60 (sessenta) pontos, será realizada no
período da tarde, das 14 horas às 17 horas, com duração de 3 horas,
contendo 60 (sessenta) questões objetivas, abrangendo conteúdos de
Língua Portuguesa, Matemática, Geografia, História, Língua Inglesa e Física
sendo 10 (dez) questões objetivas de cada conteúdo.
Art. 19. O valor total das provas será de 150 (cento e cinquenta) pontos.
Art. 20. As demais regras, especificações e esclarecimentos constam do
Manual
do
Candidato,
disponível
somente
pela
Internet
no
site www.vunesp.com.br.
Art. 21. Os candidatos deverão comparecer ao local da prova munido de
documento oficial de identidade original e com foto, comprovante de
pagamento da taxa de inscrição, lápis preto e caneta esferográfica
transparente com tinta nas cores azul ou preta.
Art. 22. Os candidatos deverão observar as seguintes instruções, quando da
realização da prova:
I ­ Comparecer ao local indicado para a prova, com no mínimo, 1 (uma)
hora de antecedência do horário marcado;
II ­ Entrar no local apenas com objetos de uso pessoal;
III ­ Não portar material de consulta, nem calculadoras ou similares,
aparelhos de comunicação como telefone celular, pager, equipamentos de
som e outros;

IV ­ Não incorrer em comportamento indevido ou descortês para com
qualquer dos aplicadores, auxiliares ou autoridades;
V ­ Não se retirar da sala, na qual realiza a prova, antes de transcorridas o
tempo mínimo de permanência na sala de prova que será de 3 (três) horas
e 2 horas e 15 e minutos, contados após o início da prova I e II,
respectivamente.
Art. 23. No dia de realização das provas, visando garantir a segurança do
processo, a VUNESP poderá submeter os candidatos ao sistema de detecção
de metal, a coleta das impressões digitais e a filmagem.
Título V ­ Da Classificação e dos Resultados
Art. 24. A classificação dos candidatos será feita por ordem decrescente do
total de pontos obtidos nas provas.
Parágrafo único. Os candidatos Treineiros terão classificação, mas não têm
direito a matricular-se.
Art. 25. Os candidatos serão convocados de acordo com a opção escolhida
(UNICID ou UNIFRAN) levando-se em conta a ordem decrescente de
classificação.
Parágrafo único. Os candidatos não classificados em primeira opção poderão
concorrer ao curso escolhido como segunda opção desde que não haja
candidato classificado em primeira opção para esse curso.
Art. 26. Caso haja vagas remanescentes os candidatos poderão utilizar-se
da 2ª opção para ingresso, sempre em ordem de classificação.
Art. 27. Estarão automaticamente desclassificados do Processo Seletivo os
candidatos que:
I - Usarem de meio fraudulento ou meio ilícito de auxílio ou acesso às
questões e ao gabarito, os quais poderão ser constatados antes, durante ou
após a realização das provas;
II ­ Obtiverem nota zero na redação e/ou nas questões de múltipla escolha;
III ­ Faltarem a qualquer uma das provas (Prova I e II);
IV ­ Portarem ou utilizarem durante a prova telefones celulares, pagers ou
similares, calculadoras, livros impressos ou anotações.
Art. 28. Nos casos de empate, serão observados os seguintes critérios e
ordem de desempate:
I ­ O que obtiver maior nota na prova I;
II ­ O que obtiver maior nota na prova II;

III ­ Permanecendo o empate terá preferência o candidato de mais idade.
Art. 29. Os resultados das provas serão divulgados nos sites da Vunesp
da
Universidade
Cidade
de
São
Paulo
(www.vunesp.com.br),
(www.unicid.edu.br), da Universidade de Franca (www.unifran.edu.br) e
nos murais de aviso, nas seguintes datas e horários:
I - 1ª chamada: dia 12/12/2015, a partir das 10 horas (site VUNESP,
UNICID e UNIFRAN);
II - 2ª chamada: dia 16/12/2015, a partir das 10 horas (no site da UNICID
e da UNIFRAN).
Art. 30. Não haverá vistas ou revisão de prova, em qualquer hipótese.
Título VI - Das Matrículas
Art. 31. A matrícula dos candidatos classificados e habilitados no Processo
Seletivo, para as vagas do 1º Semestre de 2016 do Curso de Graduação em
Medicina, será realizada na Central de Atendimento ao Aluno ­ CAA, de
acordo com a opção de ingresso escolhida pelo candidato, conforme o Art.
6º deste Edital, observados o Calendário e os seguintes critérios:
I - 1ª Chamada ­ dias 14/12/2015 (segunda-feira) e 15/12/2015 (terçafeira), das 09h às 20h, para candidatos classificados e habilitados dentro do
número de vagas do Curso de Graduação em Medicina, observados os
critérios de desempate, caso necessário.
II - 2ª Chamada ­ dias 17/12/2015 (quinta-feira) e 18/12/2015 (sextafeira), das 08h às 21h, para candidatos classificados e habilitados, que se
encontram na lista oficial da universidade, desde que haja vagas
remanescentes.
Art. 32. Caso ainda existam vagas remanescentes para o Curso de
Graduação em Medicina, após a realização da 1ª e 2ª chamadas, serão
preenchidas da seguinte forma:
I - Os candidatos habilitados serão convocados para a matrícula, de acordo
com sua classificação, e terão um prazo de 48 horas para a efetivação da
matrícula.
§ 1º O candidato poderá acompanhar no site, na página específica do
Processo Seletivo (Vestibular) das instituições UNICID e UNIFRAN,
respectivamente, a(s) classificação(ões) que está(ão) sendo chamada(s)
para a matrícula.
§ 2º A convocação será realizada por meio de telegrama.

§ 3º Os telegramas serão endereçados conforme dados fornecidos pelo
candidato na ficha de inscrição.
§ 4º Os candidatos que não efetivarem a matrícula no prazo estabelecido
serão considerados desistentes, perdendo o direito à vaga.
Art. 33. Havendo ainda vagas remanescentes, outros Processos Seletivos
poderão ser realizados por agendamento individual ou por meio de Processo
Seletivo Tradicional, bem como outras formas de seleção, de acordo com a
legislação vigente.
Art. 34. A Universidade reserva-se o direito de não oferecer o curso que
tiver matrículas em quantidade inferior ao número de vagas propostas.
Título VII - Do Procedimento das Matrículas
Art. 35. Por ocasião da matrícula, os candidatos convocados deverão
cumulativamente obedecer aos seguintes procedimentos:
I ­ preencher e entregar o requerimento de matrícula e o contrato de
prestação de serviços educacionais, devidamente assinado(s) pelo
candidato e por seu representante legal, quando for menor de 18 anos ou
quando não puder efetuar a matrícula pessoalmente (mediante procuração
com assinatura reconhecida em cartório);
II ­ efetuar o pagamento do valor correspondente ao da 1ª (primeira) das 7
(sete) parcelas do 1º semestre letivo de 2016;
III ­ entregar cópia dos seguintes documentos:
a) Documento oficial de identidade (RG); (imprescindível para a matrícula);
b) Certidão de nascimento ou casamento;
c) (Cadastro das Pessoas Físicas (CPF) do candidato e, caso seja menor de
18 anos deve-se entregar copia do CPF de seu responsável legal);
(imprescindível para a matrícula);
d) Certificado de conclusão e Histórico Escolar do Ensino Médio (cópia
autenticada); (imprescindível para a matrícula);
e) Comprovante de residência do candidato e, caso menor de 18 anos,
também de seu responsável legal, contendo CEP, datado em no máximo 60
dias; (imprescindível para a matrícula);
f) Certificado de Reservista (Certificado de Dispensa de Incorporação), se
do sexo masculino;
g) Título de Eleitor.
IV - entregar 02 (duas) fotos 3x4. (imprescindível para a matrícula).
Parágrafo único. A matrícula deve ser realizada na instituição em que o
aluno foi classificado e convocado.
Art. 36. A ausência da entrega dos documentos poderá ensejar o
cancelamento da matrícula a qualquer tempo.

Art. 37. Os candidatos, que não efetuarem sua matrícula dentro dos prazos
indicados e com os comprovantes solicitados neste Edital, serão
considerados desistentes, não lhes restando nenhum direito de reclamar.
Art. 38. Na impossibilidade do candidato efetuar a matrícula, este poderá
nomear um representante com procuração, com firma reconhecida em
cartório, que deve entregar também cópia do RG e CPF do procurador.
Título VIII ­ Da participação no Programa Universidade para Todos
­ ProUni
Art. 39. A Universidade Cidade de São Paulo - UNICID e a Universidade de
Franca - UNIFRAN fazem parte do Programa Universidade para Todos
(ProUni), que visa criar condições para facilitar o acesso de estudantes
carentes aos cursos de Graduação do Ensino Superior. A bolsa concedida
pode chegar até 100% do valor da mensalidade.
§ 1º Criado pelo Governo Federal em 2004 e institucionalizado pela Lei nº
11.096, em 13 de janeiro de 2005, o ProUni tem como finalidade a
concessão de bolsas de estudos integrais e parciais a estudantes brasileiros
de cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em
instituições privadas de educação superior.
§2º Podem se inscrever no Processo Seletivo do ProUni, referente ao 1°
semestre de 2016, os candidatos que atendam as exigências previstas na
legislação específica do ProUni.
§3º Os critérios, datas de abertura de inscrições, prazos e mais informações
sobre as o programa podem ser obtidas pela Internet, acessando o Sistema
do ProUni (http://prouniportal.mec.gov.br/) ou com a Central de
Atendimento do Ministério da Educação através do telefone 0800 616161.
Título IX - Da Desistência
Art. 40. Será permitido ao candidato convocado e matriculado solicitar
cancelamento de sua matrícula, devendo requerê-lo, formalmente, na
Central de Atendimento ­ CAA da Universidade que realizou a matrícula.
§1º A concessão do percentual de devolução de valores pagos no ato da
matrícula obedecerá aos seguintes critérios:
I ­ Quando solicitada até 2 (dois) dias corridos antes do início das aulas,
pelo candidato, a devolução será de 80% (oitenta por cento) do valor pago
no ato da matrícula, e ocorrerá no período de 15 dias corridos após a data
da solicitação;
II ­ Quando solicitada pelo candidato, cujo curso escolhido não formou
turma, a devolução será de 100% (cem por cento) do valor pago no ato da
matrícula, e ocorrerá no prazo de 8 (oito) dias úteis, após a solicitação do
candidato.

Título X - Das Disposições Finais
Art. 41. A Universidade Cidade de São Paulo UNICID informa que há a
previsão de mudança de local de funcionamento do Curso de Medicina,
tendo sido realizada solicitação formal ao Ministério da Educação de
mudança de endereço para o campus Pinheiros, localizado Rua Butantã, 285
­ Pinheiros ­ CEP: 05424-140.
Art. 42. A Universidade Cidade de São Paulo e a Universidade de Franca
reservam-se o direito de não aceitar matrículas de alunos ou ex-alunos que,
mesmo aprovados no processo seletivo, possuam débitos anteriores com as
Instituições mantidas pelo Grupo Cruzeiro do Sul Educacional.
Art. 43. Não serão realizadas quaisquer comunicações referentes à
classificação dos candidatos que não sejam as estipuladas no presente
edital.
Art. 44. Os candidatos ou os seus responsáveis legais, que tenham se
utilizado de cheques como forma de pagamento da inscrição e da matrícula,
os quais, por ventura, forem devolvidos por falta de fundos ou qualquer
outra irregularidade, estarão sujeitos a pagamento do respectivo valor e
eventuais taxas administrativas, financeiras, judiciais e extrajudiciais ou
cancelamento da matrícula.
Art. 45. A Universidade Cidade de São Paulo - UNICID e a Universidade de
Franca - UNIFRAN, a fim de melhorar a qualidade do ensino, reservam-se o
direito de alterar os Projetos Pedagógicos de seus Cursos, bem como as
estruturações curriculares, regime de funcionamento e de matrícula, turnos
de funcionamento, periodicidade e atividades acessórias.
Art. 46. De acordo com a Portaria MEC nº 4.059, de 10 de dezembro de
2004, as Instituições de Ensino Superior (IES) poderão introduzir, na
organização pedagógica e curricular de seus cursos superiores
reconhecidos, a oferta de disciplinas integrantes do currículo que utilizem
modalidade semipresencial.
Parágrafo único. Caracteriza-se a modalidade semipresencial como
quaisquer atividades didáticas, módulos ou unidades de ensinoaprendizagem, centrados na autoaprendizagem, e com a mediação de
recursos didáticos, organizados em diferentes suportes de informação que
utilizem tecnologias de comunicação remota.
Art. 47. O prazo de validade deste Processo Seletivo expira em 29/02/2016.
Parágrafo único. Os requisitos para o ingresso dos candidatos aos cursos
superiores da Universidade, previstos neste edital, terão sua eficácia
durante toda a vida acadêmica do aluno, e na ocorrência de não

observância a estes requisitos poderá ensejar a nulidade do processo
seletivo e o consequente cancelamento de matrícula.
Art. 48. O uso de documentos falsos, como meio comprobatório de
conclusão do curso do Ensino Médio, terá como consequência a nulidade e o
cancelamento de todos os atos acadêmicos e pedagógicos praticados pelo
interessado.
Art. 49. As matrículas que se façam por força de liminares concedidas por
meio de mandados de segurança, em virtude de sentenças concessivas
prolatadas em primeira instância, ficarão na dependência do que venha a
ser decidido pelo Poder Judiciário, e, cassada a liminar ou denegado o
mandado, serão cancelados todos os atos acadêmicos e pedagógicos
praticados pelo candidato, assumindo este e todas as consequências dos
atos praticados.
Art. 50. Ambas as instituições, nos termos da legislação vigente, poderão
antecipar a oferta de vagas anuais autorizadas pelo Ministério da Educação,
através de Termo Aditivo ao Presente Edital.
Art. 51. Os casos omissos relativos às presentes normas serão resolvidos
pela Comissão Geral de Processo Seletivo.
São Paulo, 31 de agosto de 2015.
Comissão Geral de Processo Seletivo
Cruzeiro do Sul Educacional