PreVest - UNESP proporcionando um futuro melhor aos nossos jovens
e adolecentes.
Lucinda Aparecida de Siqueira Dias, Joyce Ferreira Arcanjo, Leonardo Custódio de Lima e Estevão
Tomomitsu Kimpara. Instituto de Ciências e Tecnologia - UNESP, São José dos Campos,
Odontologia, [email protected] ­ Bolsa da PROEX.
Eixo: "Diálogos da Extensão: do saber acadêmico à prática social".
Resumo:

Abstract:

O PreVest UNESP é um projeto de extensão
criado pela iniciativa da Vice-Diretoria e dos
Alunos do Instituto de Ciência e Tecnologia de São
José dos Campos da UNESP com apoio da Próreitoria de Extensão (PROEX). Esse projeto de
extensão na verdade é um curso preparatório para
o vestibular que visa atender prioritariamente
pessoas oriundas de escolas públicas de São José
dos Campos e região, com perfil socioeconômico
semelhantes ao exigido para torna-los aptos a
conseguir isenção nos vestibulares da VUNESP,
esse curso preparatório é totalmente gratuito e
todo material didático necessário é fornecido aos
alunos.

The PreVest UNESP is an extension project
created by the initiative of the Deputy Directors
and the Students of the Institute of Science and
Technology of Sao Jose dos Campos UNESP
with support from the Dean of Extension
(PROEX). This extension project is actually a
preparatory course for the entrance exam that
aims to serve primarily people from public
schools in São José dos Campos and region,
similar to the socioeconomic profile required to
make them able to gain exemption in the
entrance of VUNESP, this preparatory course is
completely free and all teaching materials
needed is provided to students.

Palavras C h a v e : Socioeconômico, vestibular e
preparatório.

Keywords:
and

Introdução
Na atual realidade que vivemos a chance e o real
poder de ter a oportunidade de realizar um curso
superior é um grande sonho de jovens e
adolescentes, não somente pela realização
pessoal, mas também, para conseguir uma boa
capacitação e assim se inserir no mercado de
trabalho, que a cada dia se torna mais estreito e
selecionado. Diante dessa realidade, que se torna
cada vez mais competitiva, pelo fato de crescer
cada vez mais o interesse em se prestar um curso
de nível superior, profissionalizante, os jovens e
adolescente que possuem o sonho de fazer um
curso superior, em uma universidade conceituada,
precisam estar bem preparados e aptos para
enfrentar essa disputa por uma vaga, os
processos seletivos existentes estão cada vez
mais concorridos. Por isso a preparação tem que
ser bem sólida, precisa, de forma a oferecer para o
candidato concorrente a vaga, no período de um

Socioeconomic, entrance exam
preparatory.

ano, todo o conhecimento que se necessita para
que ele seja aprovado no vestibular e consiga a
vaga que tanto almeja. O fato é que em nosso
país, principalmente nos grandes centros urbanos,
a desigualdade social é uma marca característica,
e por isso, nem todos podem pagar por um
cursinho pré-vestibular de qualidade, sendo
necessário então, recorrer a outros recursos, como
as bolsas que são oferecidas nos preparatórios
particulares ou tentar uma vaga nos cursinhos
comunitários, que utilizam de vários métodos para
selecionarem seus futuros alunos. E esses tipos
de cursinhos comunitários partem da iniciativa de
alunos da graduação de universidades públicas,
na maioria das vezes, junto com a vice-diretoria da
universidade ou com patrocinadores que abraçam
a causa, as aulas normalmente acontecem dentro
das próprias universidades, as aulas são
ministradas por graduandos que
passaram
recentemente pelo vestibular, dessa forma podem
partilham todo o conhecimento e experiência para

8º Congresso de Extensão Universitária da UNESP, 2015 ­ ISSN 2176-9761

os alunos que possuem esse sonho de entrar em
uma boa universidade, assim pode haver troca de
experiências entre os alunos e os professores
graduandos que podem guia-los mostrando
técnicas de estudos e ajudando a sanar
dificuldades com os conteúdos. Os cursinhos
comunitários contam com professores que na
maioria das vezes são alunos da graduação e
muitos não possuem um treinamento específico
para lecionar, mas que usam de sua boa vontade
para passar tudo o que sabem aos alunos, desde
conteúdo, como maneiras de estudar, horários de
estudo. Há aceitação desses cursinhos pelas
universidades estão crescendo muito, pois cada
vez mais estão levando inúmeros alunos das
redes públicas de ensino para dentro das
universidades, estão realizando sonhos que
muitos achavam impossíveis, além desse gesto
nobre de cidadania os cursinhos comunitários
também auxiliam muito na formação e
amadurecimento dos alunos de graduação que
fazem parte desse projeto, pela troca de
experiência que existe entre aluno e professor,
além de algumas experiências de vida também
que os alunos acabam passando para os
professores, os tornando cada vez mais aptos e
preparados para encarar novos desafios, como
participar de projetos de extensão que visam o
bem da comunidade, como também o interesse
em seguir a carreira acadêmica fazendo mestrado
e doutorado.

Objetivos
O objetivo do nosso projeto de extensão é inserir na
universidade jovens e adolescentes de nossa
comunidade que não possuem poder aquisitivo para
pagar um cursinho pré-vestibular de qualidade,
dessa forma o nosso projeto foi criado para passar
todo o conhecimento necessário, no período de um
ano, para que estes candidatos estejam aptos a
realizar os processos seletivos e sejam aprovados
no vestibular, conseguindo assim a vaga que tanto
sonham.

Materiais e Métodos
Para a realização do nosso objetivo de inserir
jovens e adolescente com baixo poder aquisitivo
em grandes universidades, os alunos do Instituto
de Ciência e Tecnologia ­ UNESP de São José
dos Campos, junto com a vice-diretoria e com o

apoio da Pró-reitoria de extensão (PROEX) da
UNESP, pelo bem de toda comunidade carente de
São José dos Campos e região, resolveram juntos
realizar um projeto que pudesse conceder um
futuro melhor aos nossos jovens e adolescentes,
foi assim que criaram o PreVest UNESP que deve
sua criação em agosto de 2007 que é um curso
preparatório para o vestibular que visa atender
prioritariamente jovens e adolescentes oriundos de
escolas públicas de São José dos Campos e
região, com perfil socioeconômico semelhante ao
exigido pela VUNESP, para que eles sejam aptos
a receber a isenção nos vestibulares. O curso é
totalmente gratuito e todo material didático
proveniente do convênio é fornecido aos alunos
em todas as disciplinas como: Português,
Matemática, Física, Química, Biologia, História,
Geografia, Redação e Inglês, esse material é
fornecido individualmente, com livros teóricos, de
atividades, revisionais e complementares. Além
desses, há o material para o professor, que é
distribuído de acordo com a frente que o mesmo
ocupa. As aulas são ministradas de segunda a
sexta feira no período da tarde das 13hrs30min às
20h dentro da própria universidade (UNESP) que
se localiza em São José dos Campos e aos
sábados as aulas são durante o dia todo,
simulados no período da manhã e plantões e/ou
reforços, filosofia e sociologia no período da tarde.
Hoje a nossa grade de professores voluntários
contam com alunos de graduação do Instituto de
Ciência e Tecnologia ­ UNESP, alunos de
odontologia e alunos da engenharia ambiental,
alunos da graduação do ITA, engenharia, alunos
de graduação da UNIFESP e alguns professores já
formados nas áreas que estão lecionando. Esse
projeto ao longo desses anos, nos mostrou ter uma
grande importância, tanto para os voluntários como
para os alunos, tanto foi a importância que vários
alunos do Instituto de Ciências e Tecnologia ­
UNESP, que entraram no projeto quando ainda
eram alunos de graduação, que hoje fazem
mestrado e doutorado ainda permanecem no
projeto como professores voluntários, além de
alguns graduandos que foram alunos do nosso
curso preparatório para o vestibular que
conseguiram passar e entraram aqui no Instituto
de Ciências e Tecnologia hoje fazem parte da
equipe de professores e colaboradores com muita
gratidão e amor para ajudar, fazer ao próximo o

8º Congresso de Extensão Universitária da UNESP, 2015 ­ ISSN 2176-9761

que um dia foi feito por eles. Nossa equipe conta
hoje com aproximadamente 30 colaboradores,
dentre eles

Figura 1. Gráfico de aprovações do ano de 2013:

professores fixos e plantonistas que ministram
aulas para uma turma de 45 alunos.

Resultados e Discussão
Ao longo desses anos podemos observar que o
PreVest- UNESP, junto com a ajuda de toda a
equipe e os voluntários, teve um resultado muito
bom, conseguimos alcançar todos os nossos
objetivos que era de inserir jovens e adolescentes
em boas universidades No ano de 2013 100% dos
nossos alunos foram aprovados em vestibulares
(Figura 1), 05 deles foram aprovados na UNESP, 33
em outras universidades públicas, 01 em FATEC e
11 em universidades privadas(Figura 02). Em 2014
dos 40 alunos do cursinho, 28 foram aprovados em
universidades (Figura 03), 05 deles foram
aprovados na UNESP, 17 nas demais universidades
públicas, 01 em FATEC, e 05 foram aprovados em
universidades privadas (Figura 04). Cada ano que
passa o nosso número de aprovações nos
surpreende, crescendo cada vez mais o número de
alunos aprovados em grandes universidades, todo
ano realizamos um levantamento de aprovações e
com o levantamento desses dois últimos anos,
podemos observar que esse projeto de extensão
está sendo cada vez mais valorizado pelos alunos e
pelos voluntários, pelo seu grande desempenho e
estrutura que a cada ano se reformula, esse projeto
está tento um grande andamento, todos os anos
conseguimos inserir vários jovens e adolescentes
em
grandes
universidades.)Como
podemos
observar nas tabelas abaixo.

Figura 2. Gráfico de aprovações na UNESP,
demais universidades públicas, FATEC e
universidades privadas no ano de 2013.

8º Congresso de Extensão Universitária da UNESP, 2015 ­ ISSN 2176-9761

Figura 3. Gráfico de aprovações do ano de 2014:

posteriormente os ajudará a ingressar no mercado
de trabalho.

Agradecimento
A
A equipe da coordenação do PreVest ­ UNESP,
gostaria de agradecer a vice-diretoria, a Pró-reitoria
de extensão (PROEX) e todos os professors
voluntários e colaboradores que juntos nós ajudam a
realizer o sonho de nossos jovens e adolenscentes
de ter um future melhor, através do ensino superior
em
uma
boa
universidade.

Figura 4. Gráfico de aprovações na UNESP,
demais universidades públicas, FATEC e
universidades privadas no ano de 2014.

Conclusões
Com os resultados obtidos conclui-se que o projeto
de extensão PreVest­ UNESP, está conseguindo
obter um grande desempenho, realizando os
objetivos propostos que era de conseguir
proporcionar um futuro melhor aos nossos jovens e
adolescentes com pouco poder aquisitivo os
ajudando a entrar nas universidades, que
8º Congresso de Extensão Universitária da UNESP, 2015 ­ ISSN 2176-9761

8ºde Extensão Universitária da UNESP, 2015 ­ ISSN 2176-9761