CÂMPUS EXPERIMENTAL DE TUPÃ
EDITAL Nº 012/2014 ­ ARH/STAAd - ABERTURA DE INSCRIÇÃO

Acham-se abertas, nos termos do Despacho nº 1247/2013-RUNESP, de 08/01/2014,
publicado no DOE de 09/01/2014, com base no Estatuto e no Regimento Geral da
Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" ­ UNESP, bem como na
legislação em vigor, as inscrições ao Concurso Público para contratação em caráter
emergencial, para atender excepcional interesse público, de 01 (um) Professor Substituto,
em jornada de 12 (doze) horas semanais de trabalho, com titulação mínima de Graduação
- Referência MS-1, para o período relativo ao 1º semestre letivo de 2014, sob o regime
jurídico da CLT e Legislação Complementar, no conjunto de disciplinas: "Biologia Geral";
"Ecologia Geral e Aplicada" e "Fisiologia Vegetal", para o Curso de Engenharia de
Biossistemas junto ao Câmpus Experimental de Tupã.
1. INSCRIÇÕES
1.1. As inscrições serão recebidas, em dias úteis, no período de 14/01/2014 a 24/01/2014,
de 2ª às 6ª feiras, no horário das 08:30 às 11:30 horas e das 14:30 às 17:30 horas, na
Seção Técnica de Apoio Administrativo ­ Área de Recursos Humanos, do Câmpus
Experimental de Tupã, sito à Avenida Domingos da Costa Lopes nº 780 ­ Jardim Itaipu ­
Tupã/SP, telefone: (14) 3404-4200 ­ ramais: 4223 ou 4204.
1.2. O candidato que tiver interesse na Redução da Taxa de Inscrição deverá se inscrever
nos 02 (dois) primeiros dias do período de inscrição, atendidas as exigências do item 5
deste Edital.
1.3. Taxa de Inscrição: R$ 72,00 (Setenta e dois reais).
2. REMUNERAÇÃO
2.1. O salário correspondente ao emprego público de Professor Substituto na referência
MS-1, em 12 horas semanais de trabalho, será de R$ 769,48 (Setecentos e sessenta e
nove reais e quarenta e oito centavos) mensais.
OBSERVAÇÕES:
1- Caso o candidato já possua o título acadêmico de Mestre ­ referência MS-2, o
salário será de R$ 1.138,28 (Um mil, cento e trinta e oito reais e vinte e oito
centavos) mensais;
2- Caso o candidato já possua o título acadêmico de Doutor ­ referência MS-3.1, o
salário será de R$ 1.592,11 (Um mil, quinhentos e noventa e dois reais e onze
centavos) mensais;

Av. Domingos da Costa Lopes, 780 ­ Jardim Itaipu ­ CEP 17602-496 ­ Tupã ­ SP ­ Fone: (14) 3404-4204 ­ Fax: 3404-4201
CNPJ. 48.031.918/0031-40

1/8

Por tratar-se de contratação em caráter emergencial e temporária, ainda que o candidato
venha a obter titulação acadêmica superior após a assinatura do contrato, esta não será
considerada para fins de aumento salarial.
3. CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO
3.1. Poderão inscrever-se graduados no ensino superior. A qualificação necessária à
inscrição para o concurso será demonstrada por estudos, em nível de graduação ou de
pós-graduação, na área do conhecimento à qual se integra a disciplina objeto do concurso.
3.2. O candidato estrangeiro poderá inscrever-se no concurso público com passaporte,
entretanto, por ocasião da contratação deverá apresentar a cédula de identidade com visto
permanente ou no prazo de 30 (trinta) dias entregar cópia simples do protocolo do pedido
de transformação do visto temporário em permanente, sob pena de rescisão contratual.
3.3. CPF regularizado.
3.4. Não serão recebidas inscrições por via postal ou internet.
4. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INSCRIÇÃO
4.1. Requerimento a ser preenchido no local de inscrições, dirigido ao Coordenador
Executivo do Câmpus Experimental indicando nome completo, número da cédula de
identidade, data de nascimento, filiação, naturalidade, estado civil, residência, telefone,
profissão e endereço eletrônico.
4.2. Declaração a ser preenchida no local de inscrições, de que o candidato tem
conhecimento da íntegra do Edital, bem como aceitar as condições estabelecidas no
mesmo, que não possui antecedentes criminais e que possui os documentos exigidos no
Edital.
4.3. Originais e cópias simples dos seguintes documentos:
4.3.1. Cédula de identidade ou cédula de identidade de estrangeiro com visto permanente
ou temporário e na falta desta, o passaporte.
4.3.2. Quando do sexo masculino, possuir documento que comprove estar em dia com as
obrigações militares;
4.3.3. Título de eleitor e documento que comprove estar em dia com as obrigações
eleitorais;
4.3.4. Comprovação de ser graduado em curso superior;
4.3.5. Comprovação, caso tenha, de ser portador do título de Mestre e se for o caso,
comprovante do título de Doutor.
4.4. Comprovante de recolhimento da taxa de inscrição, a ser efetuada junto à Seção
Técnica de Apoio Administrativo.

Av. Domingos da Costa Lopes, 780 ­ Jardim Itaipu ­ CEP 17602-496 ­ Tupã ­ SP ­ Fone: (14) 3404-4204 ­ Fax: 3404-4201
CNPJ. 48.031.918/0031-40

2/8

4.5. Curriculum Lattes em 2 (duas) vias encadernados, sendo 01 (uma) via devidamente
comprovada, no qual se indiquem trabalhos publicados e todas as demais informações que
permitam cabal avaliação do mérito do candidato.
4.6. O candidato estrangeiro fica dispensado das exigências contidas nos subitens 4.3.2. e
4.3.3..
4.7. No caso de inscrição por procuração com firma reconhecida, devem ser apresentados
os documentos de mandato, de identidade do procurador e aqueles relacionados nos
subitens 4.1 ao 4.5.
5. REDUÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO - LEI 12.782/2007
5.1. A redução do valor da taxa de inscrição, correspondente a 50% (cinqüenta por cento)
será concedida aos candidatos interessados que atendam, CUMULATIVAMENTE, os
seguintes requisitos:
I - sejam estudantes, assim considerados os que se encontrem regularmente matriculados
em curso superior, em nível de graduação ou pós-graduação;
II - percebam remuneração mensal inferior a 02 (dois) salários mínimos, ou estejam
desempregados.
5.2. A concessão da redução ficará condicionada à apresentação, pelo candidato, no ato
da inscrição:
I - quanto à comprovação da condição de estudante de um dos seguintes documentos:
a) certidão ou declaração, expedida por instituição de ensino pública ou privada;
b) carteira de identidade estudantil ou documento similar, expedido por instituição de
ensino pública ou privada, ou por entidade de representação discente.
II - quanto às circunstâncias previstas no inciso II do item 5.1 deste edital:
a) comprovante de renda, ou de declaração, por escrito, da condição de desempregado.
OBS: O candidato deverá apresentar os documentos originais bem como as respectivas
cópias para conferência e entrega das mesmas, para posterior análise. As cópias
apresentadas não serão devolvidas.
5.3. O candidato que tiver interesse na redução da taxa de inscrição, deverá se inscrever
nos dois primeiros dias do período de inscrição.
5.4. O recebimento dos documentos comprobatórios será procedido pela Seção Técnica
de Apoio Administrativo do Câmpus Experimental, após verificação da autenticidade da
documentação apresentada, serão encaminhados à Área de Recursos Humanos para
análise.
5.5. O deferimento ou indeferimento das solicitações de redução de taxa de inscrição será
disponibilizado no local das inscrições no dia 16/01/2014, a partir das 09:00 horas.
5.6. Em caso de indeferimento, o prazo para interposição de recurso devidamente
protocolado será de 02 (dois) dias a contar da data de divulgação do resultado, das 09:00

Av. Domingos da Costa Lopes, 780 ­ Jardim Itaipu ­ CEP 17602-496 ­ Tupã ­ SP ­ Fone: (14) 3404-4204 ­ Fax: 3404-4201
CNPJ. 48.031.918/0031-40

3/8

às 11:30 horas e das 14:00 às 17:30 horas, na Seção Técnica de Apoio Administrativo do
Câmpus Experimental de Tupã.
6. DEFERIMENTO E INDEFERIMENTO DE INSCRIÇÕES
6.1. Será publicada no Diário Oficial do Estado ­ DOE ­ Poder Executivo ­ Seção I, a
relação dos candidatos que tiveram suas inscrições indeferidas por não se enquadrarem
nas exigências estabelecidas no presente edital.
6.2. O candidato poderá requerer, ao Coordenador Executivo do Câmpus Experimental, no
prazo de 02 (dois) dias úteis, contados a partir da data da publicação a que se refere o
item anterior, reconsideração quanto ao indeferimento de sua inscrição. O Coordenador
Executivo terá o prazo de 03 (três) dias úteis para responder ao pedido de reconsideração,
contados a partir da data do protocolo do pedido, junto a Seção Técnica de Apoio
Administrativo.
7. PROVAS, TÍTULOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
7.1. Os títulos obtidos fora da UNESP serão admitidos para fins de inscrição no concurso,
quando expedidos em cursos de pós-graduação credenciados regularmente.
7.2. Os títulos acima mencionados, obtidos no Brasil, que não tenham validade nacional,
não serão aceitos na UNESP.
7.3. Os títulos obtidos no exterior serão considerados para fins de inscrição no concurso,
devendo, contudo, ser reconhecida sua equivalência aos títulos conferidos pela UNESP.
7.4. O concurso para o emprego público de Professor Substituto em caráter emergencial
constará das seguintes provas:
7.4.1. Prova de Títulos - julgamento do curriculum lattes, quando serão analisadas as
atividades de formação didática e científica, dos últimos 05 (cinco) anos, com maior
relevância para as atividades relacionadas com a disciplina/conjunto de disciplinas em
concurso;
7.4.2. Prova Didática ­ constará de aula teórica em nível de graduação, com duração
mínima de 40 (quarenta) minutos e no máximo de 60 (sessenta) minutos, sobre tema a ser
sorteado, na presença do candidato, com 24 (vinte e quatro) horas de antecedência, dentre
os pontos que compõem o programa de concurso, conforme Anexo I deste Edital.
7.5. O programa e a bibliografia constam dos Anexos I e II deste edital.
7.6. As provas terão os seguintes pesos:
- Prova de Títulos ­ peso 2;
- Prova Didática ­ peso 1.
7.7. Serão adotados os seguintes critérios de avaliação:
7.7.1. Prova de Títulos:
a) Formação/Títulos ­ pontuação máxima 3,0;
b) Atividades Científicas ­ pontuação máxima 2,0;
Av. Domingos da Costa Lopes, 780 ­ Jardim Itaipu ­ CEP 17602-496 ­ Tupã ­ SP ­ Fone: (14) 3404-4204 ­ Fax: 3404-4201
CNPJ. 48.031.918/0031-40

4/8

c) Atividades Didáticas ­ pontuação máxima 4,0;
d) Outras Atividades profissionais relevantes ­ pontuação máxima 1,0.
7.7.2. Prova Didática:
a) Apresentação da aula (delimitação do tema, objetivos e estratégias) ­ pontuação
máxima 1,0;
b) Comunicabilidade ­ pontuação máxima 1,0;
c) Exemplificação ­ pontuação máxima 1,0;
d) Domínio de conteúdo ­ pontuação máxima 3,0;
e) Utilização de recursos pedagógicos ­ pontuação máxima 1,0;
f) Coerência entre as partes da aula ­ pontuação máxima 1,0;
g) Adequação da aula ao nível de graduação ­ pontuação máxima 1,5;
h) Controle do tempo para exposição ­ pontuação máxima 0,5;
7.8. Os candidatos serão convocados para as provas, por meio de edital a ser publicado no
Diário Oficial do Estado ­ DOE ­ Poder Executivo ­ Seção I, com antecedência mínima de
02 (dois) dias úteis.
8. HABILITAÇÃO, CLASSIFICAÇÃO E DESEMPATE
8.1. Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem média final igual ou
superior a 07 (sete) atribuídas por, pelo menos, 02 (dois) membros da Comissão
Examinadora.
8.2. A ordem de classificação dos candidatos será estabelecida em razão da nota atribuída
pela Comissão Examinadora.
8.3. Em caso de igualdade de pontuação, serão aplicados, sucessivamente, os seguintes
critérios de desempate ao candidato:
a) de maior idade, conforme critérios de desempate do parágrafo único do artigo 27 da
Lei 10.741/2003, quando for o caso;
b) que tiver obtido a maior nota na prova de títulos;
c) que tiver obtido a maior nota na prova didática.
9. CONTRATAÇÃO
9.1. A contratação do Professor Substituto será para o período relativo ao 1º semestre
letivo de 2014, em jornada de 12 horas semanais de trabalho.
9.1.1. O contrato de trabalho poderá ser prorrogado, uma única vez, por igual período.
10. DISPOSIÇÕES GERAIS
10.1. Quando os prazos previstos para inscrição e/ou recursos terminarem em sábado,
domingo, feriado ou dia em que não houver expediente ou que o expediente for encerrado

Av. Domingos da Costa Lopes, 780 ­ Jardim Itaipu ­ CEP 17602-496 ­ Tupã ­ SP ­ Fone: (14) 3404-4204 ­ Fax: 3404-4201
CNPJ. 48.031.918/0031-40

5/8

antes do horário normal, estes ficarão automaticamente prorrogados até o primeiro dia útil
subseqüente.
10.2. O resultado final do concurso será publicado no Diário Oficial do Estado ­ DOE ­
Poder Executivo ­ Seção I.
10.3. Caberá recurso ao Conselho Diretor, no prazo de 02 (dois) dias úteis, contados a
partir da data de publicação no DOE do resultado final do concurso. O Conselho Diretor
terá o prazo de 03 (três) dias úteis para responder o recurso impetrado, a contar a partir da
data do protocolo do recurso, junto a Seção Técnica de Apoio Administrativo.
10.4. O candidato deverá prestar serviços dentro do horário estabelecido pela
Administração.
10.5. O prazo de validade deste concurso será de 06 (seis) meses a contar a partir da data
da publicação da homologação no DOE, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual
período a critério da Administração, conforme os termos do Ofício Circular nº 17/97RUNESP.
10.6. Não haverá devolução de importância paga, ainda que a maior ou em duplicidade,
nem isenção total de pagamento do valor da taxa de inscrição, seja qual for o motivo
alegado.
10.7. A devolução da importância paga somente ocorrerá se o concurso público não se
realizar.
10.8. O candidato aprovado cujo CPF não esteja regularizado, não será contratado,
conforme Orientações Gerais e Instrução Normativa SRF nº 190, de 09 de agosto de 2002
e posteriores alterações da Receita Federal.
10.9. Será eliminado do concurso público o candidato que não comparecer na sala ou local
de sorteio/prova no horário estabelecido.
10.10. A permanência do candidato contratado ficará condicionada à sua equivalência,
caso tenha obtido o título no exterior, nos termos do item 7.3.
10.11. O candidato será responsável por qualquer erro, omissão e pelas informações
prestadas no ato da inscrição.
10.12. O candidato que prestar declaração falsa, inexata ou, ainda, que não satisfaça a
todas as condições estabelecidas neste Edital, terá sua inscrição cancelada, e em
consequência, anulados todos os atos dela decorrentes, mesmo que aprovado e que o fato
seja constatado posteriormente.
10.13. É de responsabilidade do candidato, acompanhar todas as publicações no DOE,
referentes ao presente concurso.
10.14. Os currículos ficarão à disposição dos candidatos durante o prazo de validade deste
concurso. Após este prazo, se não retirados, serão descartados.
10.15. A inscrição implicará no conhecimento deste Edital e no compromisso de aceitação
das condições do concurso, aqui estabelecidas.

Av. Domingos da Costa Lopes, 780 ­ Jardim Itaipu ­ CEP 17602-496 ­ Tupã ­ SP ­ Fone: (14) 3404-4204 ­ Fax: 3404-4201
CNPJ. 48.031.918/0031-40

6/8

10.16. Os questionamentos relativos a casos omissos ou duvidosos serão julgados pela
Comissão Examinadora ou pela Administração, conforme o caso.
(Processo nº 10/14-CET)
ANEXO I
PROGRAMA
1. Estrutura, organização e especializações da membrana celular;
2. Núcleo: estrutura e ciclo celular;
3. Regulação do Ciclo Celular, Apoptose e Necrose
4. Síntese de proteínas
5. Relações hídricas nos vegetais.
6. Nutrição mineral
7. Fotossíntese
8. Respiração e fotorrespiração em vegetais
9. Regulação do metabolismo fotossintético de plantas tipo C3, C4 e CAM.
10. Desenvolvimento e morfogênese vegetal
11. Fatores ecológicos
12. Ciclos biogeoquímicos
13. Principais ecossistemas da Terra
14. Ecologia da população
15. O Homem e a Biosfera;
ANEXO II
BIBLIOGRAFIA
ALBERTS, B. Biologia molecular da célula. 3. ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999.
1294p.
ARRAÇABA, M.C. Metabolismo fotossintético do carbono, em bioquímica, S.l.p: Lidel,
1997.
BEGON, M.; TOWNSEND, C.R.; HARPER, E.J.L. 2007. Ecologia de Indivíduos a
Ecossistemas. 4ªed, Artmed, Porto Alegre. (2005, 4ª ed. Blackwell, Oxford ou 3a ed.,
1996).
CASAGRANDE, A. A. Tópicos de morfologia e fisiologia da cana-deaçúcar. Jaboticabal: FUNEP, 1991. 157 p.
CONTREIRAS, J. Fisiologia e bioquímica da respiração das plantas superiores.
Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1992.
COOPER, G. M.: A célula. Uma abordagem molecular. 2nd. Porto Alegre: Artmed, 2005.
DE ROBERTIS, E. D. P. Bases da biologia celular e molecular. Tradução Waldine C. V.;
Carneiro, J. Rio de Janeiro: Guanabara, 1997.
FERRI, M. G. Fisiologia vegetal 1. 2a ed. São Paulo: EPU, 2006.
FERRI, M. G. Fisiologia vegetal 2. 2a ed. São Paulo: EPU, 1986.
HOPKINS, W.G. Introduction to plant physiology. New York: John Wiley & Sons, Inc,
1999.
KERBAUY, G. B. Fisiologia Vegetal. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2012.
Av. Domingos da Costa Lopes, 780 ­ Jardim Itaipu ­ CEP 17602-496 ­ Tupã ­ SP ­ Fone: (14) 3404-4204 ­ Fax: 3404-4201
CNPJ. 48.031.918/0031-40

7/8

MAARTEN, J.; CRISPEELS, J.; SADAVA, D.E. Plants, genes and crop
biotechnology 2th Edition. Boston: Jones and Bartlett Publishers. 2003.
ODUM, H.T. Ecologia. Guanabara, Rio de Janeiro. 1983.
PINTO COELHO, R.M. Fundamentos em Ecologia. Ed. Artmed. Porto Alegre, RS 252 pp.
2000.
TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia Vegetal. Porto Alegre: Artmed. 2013.
TOWNSEND, C.R.; BEGON, M.; HARPER, E.J.L. Fundamentos em Ecologia. 2ªed.
Artmed, Porto Alegre. 2006.
ZAMPERETTI, K.L. Biologia geral. Porto Alegre: Sagra-Luzzatto, 1995. 512p.

Tupã, 13 de Janeiro de 2014.

ANA PAULA CRUZ DIAS
Supervisora Técnica de Seção
Seção Técnica de Apoio Administrativo

Publicado no DOE de: 14/01/2014, Seção I, Página(s): 188 e 189

Av. Domingos da Costa Lopes, 780 ­ Jardim Itaipu ­ CEP 17602-496 ­ Tupã ­ SP ­ Fone: (14) 3404-4204 ­ Fax: 3404-4201
CNPJ. 48.031.918/0031-40

8/8