OdontoCare

CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO
Contrato de prestação de serviços Odontológicos
Implantes Orais e áreas anexas.

Contratante:
Paciente_________________________________________________________________________________________________
(ou responsável)

Endereço_______________________________________________________________Bairro___________________________
Cidade/Estado_________________________________CIC____________________________RG________________________
Contratado
CIRURGIÃO DENTISTA:
________________________________________________________________________________________________________
CRO-DF___________________________CIC________________________________ RG.: _____________________________
Setor Comercial Norte, Quadra 05, Ed. Brasília Shopping, Torre Sul, Sala 1108 - Brasília/Df ­ Fone: (61) 3327 8339
FAVOR LER COM ATENÇÃO AS INFORMAÇÕES ABAIXO:
1.

O IMPLANTE DENTAL

O Implante Dental é um meio articial para substituir uma ou mais raízes perdidas ou ausentes (falta congênita), que funciona
como uma base estável para a futura prótese. (um dente isolado, uma ponte xa, uma dentadura, etc.) Existem diversos tipos de
Implantes Dentais que poderão ser utilizados para reconstruir a função mastigatória perdida e recuperar ou melhorar a estética. Cada
caso deve ser estudado em particular para possibilitar a escolha do implante adequado. O implante ca rmemente aderido ao osso por
meio da osseointegração, que é um processo natural onde o osso e o implante se integram, proporcionando a mesma estabilidade que os
dentes naturais. É possível proporcionar dentes que pareçam e funcionem como se fossem naturais.
2.

QUANDO OS IMPLANTES SÃO UTILIZADOS?
Existem situações especícas em que são aplicados os Implantes Orais, tais como:







Situação em que um único dente deve ser recolocado;
Espaços protéticos amplos, ou seja a falta de dois ou mais dentes;
Quando não existe suporte ósseo adequado nos remanescente dentários;
Extremos livres (falta de dentes no fundo da boca);
Ausência total dos dentes.

3.

QUANTO TEMPO PODE DURAR UM IMPLANTE?

O material do qual é confeccionado o Implante é extremamente resistente. Estudos de Bioengenharia desenvolvidos na
elaboração do mesmo, deixam uma margem de erro considerável, de cargas oclusais excessivas (mordidas fortes), entretanto o fato
inoportuno de ocorrer uma fratura não é de todo impossível. Todos os problemas que envolvem a perda de um elemento dentário
natural, também podem ocorrer com o Implante:
A) Causas locais,
B) Causas sistêmicas (doenças no organismo),
C) Sobrecarga e Trauma Oclusal (mordida errada ou muito forte).
4.

CUIDADOS A SEREM OBSERVADOS PELO PACIENTE

O paciente deve observar atentamente as instruções pós-operatórias, a m de garantir o sucesso dos implantes recebidos.
Seguir todas as instruções contidas nos impressos "ORIENTAÇÃO PRÉ-OPERATÓRIA" e "CUIDADOS NO
PERÍODO PÓS-OPERATÓRIO".
Sem autorização, o paciente não poderá usar nenhum tipo de prótese sobre a área operada, pois se isso ocorrer poderá
perder os implantes.
Durante os primeiros dois dias após a cirurgia a dieta alimentar será somente líquida, não devendo fumar e nem ingerir
bebida alcoólica.
Deverá tomar a medicação prescrita, cumprindo o horário, a dosagem e o tempo em dias determinado, a m de que a
mesma possa fazer o efeito desejado.
5.

RISCOS POSSÍVEIS PARA O IMPLANTADO
O paciente deve estar ciente, compreender e concordar que todo ato cirúrgico tem seus riscos inerentes, e no que diz respeito
aos implantes dentários são:










Desconforto pós-operatório e edema, o que pode requisitar alguns dias de repouso em casa;
Hemorragia que pode persistir (sangramento prolongado);
Danos a dentes, restaurações ou elementos protéticos próximos;
Infecção pós-operatória, com necessidade de tratamento (custos) adicional(is);
Trauma provocado pelos afastadores nos lábios, causando feridas e rachaduras nos lábios e nos cantos da boca (comissuras);
Abertura da boca reduzida por alguns dias;
Fratura maxilo-mandibular (quebra ou rompimento do osso da mandíbula ou da maxila)
Em casos raros pode ocorrer parestesia ou paresia da face (paralisia da musculatura da face) em função de algum nervo
atingido na cirurgia, de maneira temporária ou permanente;
Abertura do seio maxilar (cavidade anatômica situada acima dos dentes superiores;





Reações alérgicas à medicamentos;
Problemas de Articulação Têmporo Mandibular
Problemas no mecanismo da osseointegração

Uma vez iniciado o tratamento, é importante que o mesmo seja nalizado, incluindo a reconstrução protética (colocação
dos dentes) sobre os implantes, que deverá ocorrer após 5 à 8 meses da data da implantação. A quebra da seqüência do tratamento
pode ser prejudicial ao implante, que corresponde à raiz articial do dente perdido, podendo acarretar a perda do mesmo.
A continuidade do tratamento por outra entidade ou prossional, que não os aqui citados isenta-nos de toda e qualquer
responsabilidade futura, face ao risco de comprometimento de todo o trabalho até a sua interrupção.
6.


O SEU TRATAMENTO
As vantagens do tratamento com implantes incluem





maior conforto,
maior ecácia mastigatória,
não danica os dentes adjacentes

Outras alternativas existem para o seu problema dentário. Várias situações onde os implantes estão indicados podem ser
corrigidas sem eles (dentaduras, pontes-removíveis e pontes-xas por exemplos)
7.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS
O paciente considera sucientes as informações até aqui prestadas?
O paciente considera as informações prestadas compreensíveis e esclarecedoras?
O paciente necessita de informações adicionais à respeito do tratamento?

8. Eu compreendo que o meu caso pode ser tratado alternativamente através de:
_____________________________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________________________
9.

ESCLARECIMENTOS ESPECÍFICOS
01- O implante osseointegrado consiste de um cilindro ou cone de titânio, rosqueável ou liso, que, após introduzido no osso, sofre
um processo chamado de "osseointegração" o qual é responsável pela xação deste ao tecido ósseo. Este processo demora, em
média, 2 à 6 meses, portanto, após a inserção do implante este deve permanecer por este período submerso (em baixo da gengiva),
para, ao seu término, iniciar a fase protética.
02 - Os implantes osseointegrados tem na sua composição, em média, 99,7%
o qual
Sim de
( titânio,
)
Não
( ) é totalmente biocompátivel,
eliminando possibilidade de "rejeição" do organismo a este material.
Sim ( )
Não ( )
Sim (

)

Não (

)

03 - A fase de "planejamento" é de fundamental importância para o sucesso funcional e estético do tratamento com implante s),
portanto, esta será cobrada, independentemente da realização deste(s).
04- Para o correto "planejamento cirúrgico ­ protético" são necessários exames
complementares como a radiograa
panorâmica, tomograa pluridirecional ou computadorizada, os quais serão custeados pelo paciente e sem os quais torna ­ se
impossível a instalação do (s) implante (s).
05 - Em algumas ocasiões a região a ser instalado o implante deverá receber "enxerto ósseo" ou de outros biomateriais como a
hidroxiapatita, previamente a instalação destes, com a nalidade de possibilitar o mínimo de altura e espessura óssea compatíveis,
a instalação do (s) implante (s) osseointegrado (s) .
06- O "índice de sucesso" dos implantes osseointegrados é de 96,5%, em média, segundo diversos trabalhos cientícos, quando a
indicação, o planejamento, o preparo da região, a técnica cirúrgica, a prótese e os cuidados com a higiene oral são realizados
tecnicamente corretos e de forma criteriosa.
07- Pacientes com "distúrbios sistêmicos" em sua saúde, como diabéticos, hipertensos, doenças auto imunes (Lúpus eritematoso e
outras), hemofílicos, reumatosos, etc deverão estar com a sua saúde controlada, e, somente após parecer médico, iniciar o
tratamento.
08 - A "doença periodontal ativa" contra indica a instalação de implantes. Nestes casos, esta doença deverá ser tratada e controlada
previamente e o implante só poderá ser instalado quando a infecção estiver sob controle, sem atividade da doença.
09- Pacientes em "fase de crescimento" não podem receber implantes.
10 - Pacientes candidatos a "tratamento ortodôntico" ou que já se encontrem mecânica ortodôntica ativa deverão, antes de
instalar o implante, terminar o seu tratamento ou ter a autorização, por escrito, do seu ortodontista
11- Após 3 à 4 meses da instalação do implante é realizada a "2ª fase cirúrgica" que consiste em reabertura para instalação de um
componente aparafusado no implante chamado cicatrizador, o qual permanecerá na região até que se cumpra o período necessário
para a completa osseointegração.
12- Sobre os implantes poderão ser confeccionadas "próteses xas ou removíveis", de acordo com a particularidade de cada caso.
13- As "próteses xas" sobre os implantes podem ser aparafusadas ou cimentadas, cabendo ao cirurgião decidir a melhor opção
para cada situação, inclusive unindo os dentes mesmo haja um implante para cada dente para favorecimento da mecânica.
14- Em algumas ocasiões é possível a instalação do "implante e da prótese provisória ou denitiva" em um "único estágio",
dependendo basicamente do tipo de osso (se mais denso ou mais poroso) e do tipo de oclusão do paciente.
15- Pacientes com hábitos de apertamento ou rangimento de dentes "(bruxismo)" deverão realizar um tratamento especializado
para controle destes hábitos, tendo em visa que a sobrecarga oclusal nos implantes pode acarretar sérios problemas na
estabilidade do implante e dos componentes protéticos.

16- Após a instalação da prótese o paciente deverá, no primeiro ano, comparecer ao consultório trimestralmente para "consultas de
revisão" previamente marcadas e, nos anos subsequentes, pelo menos semestralmente. Isto é de fundamental importância para a
manutenção da saúde dos implantes e dos tecidos periimplantares e para a detecção e correção preventiva de possíveis problemas,
como má higienização e outros, que podem levar, até, à perda do implante. Fica a responsabilidade e critério de horários do
PACIENTE agendar as suas consultas de rotina.
17- A correta "higienização" da área ao redor do (s) implante (s) é primordial para a manutenção da saúde periodontal e dos próprios
implantes. A não observação e cumprimento deste critério é a principal causa da perda dos implantes. A infecção perimplantar é
chamada de "Periimplantite".
18- O "fumo" é um dos principais fatores que levam ao insucesso no processo de osseointegração .
19- No caso da "fase protética" ser realizada por "outro prossional", este deverá estar ciente dos problemas que as próteses mal
adaptadas e ajustadas podem causar no processo de osseointegração e nos componentes protéticos, como por exemplo mobilidade e
perda do implante, afrouxamento dos parafusos de xação das conexões protéticas, fratura do implante, etc...excluíndo total
responsabilidade a clínica de origem sobre a saúde dos implantes.
20- Em alguns casos, dependendo da vontade do paciente ou da extensão do procedimento cirúrgico, as cirurgias de enxertia e ou
instalação do (s) implante (s) poderão ser realizadas em "ambiente hospitalar" sob "anestesia geral" ou com acompanhamento
médico.
21- A Carga Imediata os dentes usados não são de cerâmica e devido as diversas marcas do mercado, serão escolhidos aquele que
mais se aplica ao seu caso, a sua estética e aos valores pagos.
22- Os implantes zigomáticos são alternativas seguras de reabilitação. Mas dispõem de menos tempo em humanos do que os
implantes convencionais. O tempo considerado mínimo de sucesso é de 5 (cinco) anos. Podem ser alternativas as cirurgias de
enxerto de "seio maxilar" e devem ter acompanhamento periódico. Podem acontecer sinusites recorrentes, perda precoce dos
implantes, falta de estabilidade no osso zigomático cando a critério do paciente a opção por este tratamento ou não.
23- A Carga Imediata é um pacote fechado, sendo que o número de implantes tanto do arco superior ou inferior é denido durante o
protocolo cirúrgico pelo cirurgião dentista.
24- As taxas de sedação e acompanhamento médico serão a cargo do paciente, devendo o mesmo quitar junto a equipe médica os
valores cobrados. A sedação é única, e não há repetição da mesma sem os respectivos valores caso haja necessidade de uma nova
intervenção cirúrgica.
25- Nos primeiros meses PODEM acontecer fraturas de bordo dentário, dente, ou mesmo da barra visto ao período de acomodação
de cada paciente.
Em resumo os serviços contratados são:
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
Anexar o orçamento.
AUTORIZAÇÃO
Tendo lido (03 páginas numeradas) e achado o conteúdo dentro dos princípios éticos e legais, considerando o estar bem informado a
respeito do meu tratamento, rmo o presente TERMO DE CIÊNCIA E RESPONSABILIDADE para os efeitos que se zerem necessários,
AUTORIZANDO o Dr. _________________________________a tomar todas as providências necessárias para o início do meu tratamento,
concordando com a execução de radiograas, tomograas, moldes e fotograas, todas podendo ser utilizadas à titulo de ilustração em
publicações de cunho cientíco ou informativo/publicitário. Quaisquer divergências nesse acordo terão como fórum de resolução inicial o
Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal.
Fica estabelecido o prazo de 2 (dois) anos a partir da ALTA do paciente como prazos ditos de "garantia e validade" do tratamento,
cando após este período o paciente ciente de que demais intervenções ou alterações no plano inicial serão inclusas em outro orçamento e
plano de tratamento.
Quaisquer divergências nesse acordo terão como fórum de resolução inicial o Conselho Regional de Odontologia
do_____________________________________________________________.
Sem mais,
Brasília, ___________de ______________________________de 20_________
DE ACORDO:

Paciente ou Responsável

Testemunha

Cirurgião Dentista

Testemunha