__________________________________________________________________________________

PROGRAMA DE PÓS - GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA TRANSLACIONAL
BIOTRANS
EDITAL N° 2 de 16/01/2015
MESTRADO

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Biomedicina Translacional
(PPG BIOTRANS), que envolve a participação conjunta, em forma associativa, da
Universidade do Grande Rio Prof. José de Souza Herdy ­ UNIGRANRIO, do Instituto
Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia - INMETRO e do Centro Universitário
da Zona Oeste do Rio de Janeiro - UEZO, aprovado na Reunião 156º do Conselho
Técnico Científico da Educação Superior ­ CTC-ES da Coordenação de Pessoal de
Nível Superior realizada entre 08 e 12 de dezembro de 2014, torna público o processo
de seleção para a primeira turma de Mestrado ­ primeiro semestre de 2015.

1. APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA PPG BIOTRANS
1.1 Objetivos
(i) Introduzir aos pós-graduandos os preceitos da Biomedicina Translacional para
que adquiram conhecimentos e experiências sobre as interações de mão dupla
translação de saberes e práticas entre as áreas celular e molecular e a clínica,
tornando-as mais ágeis e efetivas; (ii) Focar na aquisição sistematizada de
conhecimentos em Biociências orientada para a fisiologia de órgãos e sistemas da era
ômica: genomas, transcriptomas, hibridomas, proteomas, metabolomas, kinomas,
esportomas e interatomas; (iii) Apresentar aos pós-graduandos versão atualizada sobre
o conceito de doenças multifatoriais de alta prevalência e doenças negligenciadas e a
relação das mesmas com a Biomedicina Translacional; objetiva-se direcionar tais
informações para a fisiologia e fisiopatologia de órgãos e sistemas envolvidos na
gênese dessas doenças e apontar para as novas abordagens terapêuticas (fármacos,
biofármacos) e novas tecnologias (bioengenharia tecidual); (iii) Adquirir, por intermédio
da leitura de textos em inglês, capítulos de livros, artigos de periódicos, resumos
expandidos e videoconferências, postura crítica na interpretação de informações
correntes e novas e questionamentos consistentes, sob permanente orientação de um

__________________________________________________________________________________

docente. Metodologias ativas como relato de casos, clube de revistas e outras serão
utilizadas; (iv) Capacitar o pós-graduando para a redação de trabalhos científicos
dissertações, artigos e resumos para eventos em inglês, confecção de material de
comunicação áudio visual (slides, vídeos); (v) Conscientizar os pós-graduandos do
Programa sobre a importância de atuarem como vetores de divulgação de vivências e
informações científicas junto ao grande público da região, contribuindo para sua
popularização.

1.2.

Área de concentração

Dos Sistemas Biológicos à Biomedicina Translacional
A Biomedicina Translacional emerge na formação de pós-graduandos em
Ciências da Vida como uma proposta de transferência (translação) de conhecimentos
da Fisiologia, da Bioquímica, da Biologia Molecular e da Biologia Celular (estudos in
vitro, in vivo e in silico) para o Cenário Clínico ("beira do leito", ambulatórios, onde
atuam o clinico e o investigador clinico) com vistas: (i) à elaboração de novos métodos
de diagnostico precoce, incluindo os biomarcadores e a bioimagem; (ii) à formulação de
propostas de soluções terapêuticas inovadoras, incluindo novos fármacos, terapia
celular e produtos da bioengenharia; (iii) ao melhor conhecimento dos desvios do
estado de saúde, em fase que antecede à emergência de sintomas acima do horizonte
clinico ­ análise crítica de resultados de estudos com modelos experimentais e estudos
clínicos e epidemiológicos sobre a participação de fatores de risco e eventuais
interações com a predisposição genética individual.
A Área de Concentração "Dos Sistemas Biológicos à Biomedicina Translacional"
pretende, assim, promover o resgate do diálogo interativo entre pesquisadores da área
celular e molecular e o investigador clínico e o movimento reverso "da clinica para a
bancada". Os egressos do Programa terão perfil de formação interdisciplinar com
ênfase: (i) em biologia celular e molecular, fisiologia, fisiopatologia, genética molecular;
(ii) na investigação de elementos de diagnóstico precoce; (iii) na proposição de
soluções terapêuticas inovadoras como as advindas da bioengenharia tecidual. Estudos
pré-clínicos (em modelos experimentais) e ensaios clínicos, Fase 1 (em seres
humanos) que emergirão desses protocolos, deverão apresentar desfechos claramente

__________________________________________________________________________________

definidos. Com este perfil de formação, os egressos terão condições de compreender,
em nível celular e molecular, os mecanismos fisiopatológicos das doenças multifatoriais
e negligenciadas.

1.3.

Linhas de pesquisa

1.3.1. Biomarcadores
Os biomarcadores (BM) incluem duas categorias: os biológicos e por imagem.
Os BM biológicos são a expressão de mecanismos celulares e genético-moleculares,
incluindo mutações e polimorfismos, e da disfunção de tecidos, órgãos e sistemas. Os
BM por imagem caracterizam alterações morfológicas, funcionais e metabólicas. A
Linha agrega projetos que investigam moléculas, estruturas supramoleculares e
ferramentas de bioimagem envolvidas no reconhecimento precoce de desvios do
estado de saúde e antecipação de resposta terapêutica, numa perspectiva
translacional. A Linha inclui, ainda, projetos destinados: (i) a ampliar o conhecimento
crítico sobre afunção de biomarcadores tais como proteínas imunometabólicas,
citocinas, microRNAs, variantes genéticas que afetam a resposta terapêutica, fatores
somáticos para as doenças multifatoriais, antígenos tumorais e classificação molecular
de tumores; e (ii) a investigar por imagiologia modificações morfofuncionais como as
que resultam da interação de parasitas com o microambiente de tecidos e órgãos, e
aquelas resultantes de respostas a medicamentos e a produtos da bioengenharia
(células tronco em arcabouços naturais e sintéticos).

1.3.2. Bioimagem
A Linha de Bioimagem (BI) agrega projetos de investigação destinados a obter
informações sobre o metabolismo de órgãos, o comportamento biológico de
biomateriais quando em função, e seus papeis ­ numa perspectiva translacional ­ em
estudos pré-clínicos e ensaios clínicos de avaliação de efeitos adversos e de desfechos
de eficácia medicamentosa. A linha de pesquisa inclui projetos de investigação e
inovação com diferentes e combinadas abordagens de BI. Nestes projetos se incluem:
estudos celulares e moleculares de ressonância nuclear magnética, (micro)tomografia
computadorizada, ultrassonografia, espectroscopia e imagem de difusor de tensão,

__________________________________________________________________________________

microscopia óptica, eletrônica de varredura, transmissão e confocal, e tomografia por
emissão de pósitrons.

1.3.3. Bioengenharia Tecidual
A Linha de Pesquisa em Bioengenharia Tecidual agrega projetos destinados a
investigar mecanismos de reparo de tecidos e órgãos danificados, por meio de modelos
que envolvem células, fatores de proliferação e diferenciação celular e arcabouços. O
objetivo é propor, por meio de modelos translacionais, novas possibilidades
terapêuticas. Visa também obter conhecimento para aprimorar processos de
isolamento, expansão e diferenciação de células tronco de diferentes origens e tipos
(embrionárias, de pluripotência induzida ­ iPS ­, mesenquimais) e de células primárias
isoladas de diferentes tecidos, bem como compreender os mecanismos de interação
destas com arcabouços biomiméticos e com o microambiente tecidual. A Linha inclui
projetos

de

investigação

fenotípica

destas

células

por

biologia

molecular,

imunomarcação, citometria e microscopia. Investiga ainda as características biológicas,
físicas, químicas e mecânicas de novos materiais e de suas diversas combinações,
englobando as correlações entre microestrutura/propriedade/resposta biológica.

2. VAGAS
2.1. Serão oferecidas 10 (dez) vagas para o Curso de Mestrado do PPG
BIOTRANS 2015/1, respeitadas as linhas de pesquisa e a disponibilidade de orientação
dos professores do Programa. As vagas são destinadas a portadores de diploma de
nível superior, de duração plena, outorgado por instituição oficial ou reconhecida pelo
MEC, nas áreas de Biomedicina, Ciências Biológicas, Educação Física, Enfermagem,
Farmácia,

Fisioterapia,

Medicina,

Medicina

Veterinária,

Nutrição,

Odontologia,

Psicologia;
2.2. Poderá ser aceita a inscrição do aluno de graduação, que estiver cursando o
último período e que tenha coeficiente de rendimento acima de 8,5 (oito e meio) e com
comprovada experiência em iniciação científica de no mínimo 1 (um) ano. Se aprovado,
sua matrícula ficará condicionada à comprovação da conclusão da graduação
(apresentação do diploma ou comprovante de finalização do curso). Não sendo

__________________________________________________________________________________

satisfeita esta exigência até o final do prazo de inclusão/exclusão de disciplinas no
semestre para o qual prestou o exame, o aluno aprovado será desclassificado e, para a
vaga daí decorrente, será convocado o aluno que tiver obtido classificação
imediatamente inferior;
2.3. Por tratar-se de um Programa estruturado em forma interassociativa, com
parceria público-privada, as instituições associadas se comprometem com a
exoneração integral de ônus referente à inscrição, matrícula ou mensalidade, para
todos os alunos, durante a permanência no Programa, até a obtenção do título de
Mestre.
2.4. Todos os candidatos serão submetidos a processo seletivo único; as vagas
serão preenchidas de acordo com a classificação final dos candidatos;
2.5. A Comissão de implantação do PPG BIOTRANS reserva-se o direito de não
preencher o total de vagas oferecidas.

3. INSCRIÇÕES
As inscrições serão realizadas em duas etapas (a primeira on line e a segunda
com a entrega de documentos), no período de 02 de março a 02 de abril de 2015.
3.1. Primeira etapa:
3.1.1. Inscrição on line no site www.unigranrio.com.br
3.2. Segunda etapa:
3.2.1. Entrega dos documentos abaixo relacionados na Secretaria do PPG
BIOTRANS:
a) Ficha cadastral preenchida de acordo com o modelo disponível no site:
www.unigranrio.com.br
b) Cópia autenticada do documento de identificação com foto;
c) Cópia autenticada do CPF;
d) Cópia autenticada do diploma de Graduação (frente e verso);
e) Cópia autenticada do histórico escolar da Graduação;
f)

Duas fotografias 3×4;

g) Currículo Lattes atualizado nos últimos 30 dias;

__________________________________________________________________________________

h) Cópia da documentação comprobatória da produção intelectual
constante do Lattes;
i)

Memorial descritivo de atividades e produção científica;

j)

Carta de anuência do orientador com referência à disponibilidade
efetiva de infraestrutura, de apoio técnico e possíveis financiamentos
para o desenvolvimento do projeto.

A Comissão de Seleção poderá designar um segundo orientador, de acordo
com a linha de pesquisa.
k) Candidatos estrangeiros deverão apresentar adicionalmente: cópia do
diploma e histórico escolar completo da graduação com vistos
consulares brasileiros e tradução feita por tradutor público juramentado
no Brasil; cópia do passaporte válido com visto de entrada no Brasil, se
cabível;
A inscrição só será efetivada após conferência de entrega da totalidade dos
documentos solicitados e homologação pela Comissão de Implantação do PPG
BIOTRANS.

5. PROCESSO SELETIVO
O processo seletivo incluirá três fases conforme descrito abaixo e a divulgação
dos resultados de cada etapa será feita pela internet no site www.unigranrio.com.br.
5.1. Primeira Fase:
Avaliação pela Comissão de implantação do PPG BIOTRANS, do Currículo
Lattes e do Memorial Descritivo com atribuição de nota de 0 (zero) a 10 (dez).
5.1.1. Defesa do Memorial Descritivo e do Currículo Lattes, o candidato
deverá fazer uma apresentação oral de 10 (dez) minutos, utilizando o
PowerPoint, abordando a experiência acadêmica e suas pretensões acadêmicas
no Programa BIOTRANS Prosseguirá para as etapas seguintes o candidato que
obtiver nota igual ou superior a 7 (sete) ou superior.

__________________________________________________________________________________

5.2. Segunda Fase:
Exame de conhecimento de leitura, compreensão e redação de texto na língua
inglesa; É facultativo o uso de dicionário (formato impresso), mas não será permitida a
utilização de quaisquer recursos eletrônicos (tradutor, tablet, palm top etc.). A prova
constará de leitura, interpretação de pelo menos 1 (um) texto originalmente escrito em
inglês, e comentário, escrito em inglês, a respeito do texto, no tempo máximo de uma
hora.
No caso de candidatos estrangeiros o exame irá se referir à capacidade de
leitura, compreensão e redação de texto na língua portuguesa, além da língua inglesa.
Esta etapa é eliminatória. Prosseguirá para as etapas seguintes o candidato que obtiver
nota igual ou superior a 7 (sete).
A média final mínima para a aprovação no processo seletivo será igual ou
superior a 7,00 (sete). O candidato aprovado será classificado de acordo com a
disponibilidade de vaga. Os candidatos aprovados e não classificados poderão ser
convocados em eventual processo de reclassificação, de acordo com a decisão da
Comissão Implantação do PPG BIOTRANS;

6. MATRÍCULA
A aprovação no processo de seleção objeto deste edital só produzirá efeito para
fins de matrícula no primeiro semestre letivo de 2015, não podendo ser aproveitada
para qualquer outro período.

7. DISPOSIÇÕES GERAIS
O candidato com necessidades especiais deverá entrar em contato com a
Comissão de Implantação do PPG BIOTRANS até o último dia das inscrições,
informando o tipo de apoio/suporte de que precisará para a realização das provas;
Os candidatos que não forem selecionados terão um prazo de 30 (trinta) dias, a
contar da data de divulgação do resultado final, para retirarem na Secretaria do
Programa (o mesmo local da inscrição) a documentação apresentada. Após esse prazo
toda documentação apresentada pelos candidatos será inutilizada.

__________________________________________________________________________________

Casos omissos ou situações não previstas neste Edital serão resolvidos pela
Comissão de Implantação do PPG BIOTRANS.
A inscrição do candidato implicará conhecimento e aceitação de todas as normas
e condições estabelecidas neste Edital.

8. CALENDÁRIO DO PROCESSO SELETIVO
8.1. Inscrições: 02 de março a 02 de abril de 2015.
8.2. Homologações das inscrições: 02 a 06 de abril de 2015.
8.3. Processo Seletivo: Primeira Fase: 07 a 09 de abril de 2015.
8.4. Divulgação do resultado: 10 de abril de 2015.
8.5. Processo Seletivo: Segunda Fase: 13 a 16 de abril de 2015.
8.6. Divulgação do resultado final e classificação: 17 de abril de 2015.
8.7. Matrícula: 24 a 28 de abril de 2015.
8.8. Reclassificação e Matrícula: 29 e 30 de abril de 2015.
8.9. Inicio do curso de Doutorado: 04 de maio de 2015.
A não observância das datas e horários ali indicados pelo candidato implicará o
não atendimento do requisito respectivamente indicado, inclusive a perda dos prazos
para recurso.
9. INFORMAÇÕES
UNIGRANRIO/PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃ
Rua Prof. José de Souza Herdy, 1160, Bloco B, 1º andar
25 de Agosto - Duque de Caxias - RJ - CEP 25071-202
Telefone: 2672-7861 / 2672-7743
E-mail: [email protected]
Horário de atendimento: 8 às 17h.

Duque de Caxias, 16 de Janeiro de 2015.

Comissão de Implantação do PPG BIOTRANS

__________________________________________________________________________________

ANEXO I

Corpo Docente do BIOTRANS
Docente

Instituição

E-mail

Link Lattes

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

UEZO

[email protected]

Link

INMETRO

[email protected]

UNIGRANRIO

[email protected]

INMETRO

[email protected]

Claudia Maria Pereira

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

Cristiane da Cruz Lamas

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

Edson Jorge Lima Moreira

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

INMETRO

[email protected]

Link

Emílio Antonio Francischetti

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

Emmanuel João Nogueira Leal
da Silva

UNIGRANRIO

[email protected]

Fabio da Silva Azevedo Fortes

UEZO

[email protected]

UNIGRANRIO

[email protected]

José Mauro Granjeiro

INMETRO

[email protected]

Link

Leandra Santos Baptista

INMETRO

[email protected]

Link

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

INMETRO

[email protected]

Link

Pedro Hernan Cabello Acero

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

Plinio Mendes Senna

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

INMETRO

[email protected]

Link

Rossana Colla Soletti

UEZO

[email protected]

Link

Sergio Henrique Seabra

UEZO

[email protected]

Link

Thais Accorsi Mendonça

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

Adalberto Ramon Vieyra
Alexander Machado Cardoso
Ana Rosa
Ribeiro

Lopes

Carina
Maciel
Boghossian

Pereira

da

Silva

Celso Barbosa de Sant'Anna
Filho

Eidy de Oliveira Santos

Gustavo André de Deus
Carneiro Vianna

Marlene Benchimol
Paulo Emílio Corrêa Leite

Rodrigo Soares de Moura Neto

Link

Link

Link

Link

Link
Link

__________________________________________________________________________________
Victor Talarico Leal Vieira

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

Virginia Genelhu de Abreu

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

Vivaldo Moura Neto

UNIGRANRIO

[email protected]

Link

Wanderley de Souza

INMETRO

[email protected]

Link