UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
ESCOLA DE ENGENHARIA
GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

FÁBIO LUÍS PEREIRA GOUVÊA

ANÁLISE E PROPOSTA DE MELHORIA NA GESTÃO DE CONDOMÍNIOS
EDILÍCIOS A PARTIR DOS CONHECIMENTOS DE GESTÃO DE FACILITIES E
ELABORAÇÃO DE UMA FERRAMENTA PARA ANÁLISE ESTATÍSTICA DE
DESPESAS INCORRIDAS: ESTUDO DE CASO EM UM CONDOMÍNIO NA ZONA
SUL DO RIO DE JANEIRO

NITERÓI
2017

FÁBIO LUÍS PEREIRA GOUVÊA

ANÁLISE E PROPOSTA DE MELHORIA NA GESTÃO DE CONDOMÍNIOS
EDILÍCIOS A PARTIR DOS CONHECIMENTOS DE GESTÃO DE FACILITIES E
ELABORAÇÃO DE UMA FERRAMENTA PARA ANÁLISE ESTATÍSTICA DE
DESPESAS INCORRIDAS: ESTUDO DE CASO EM UM CONDOMÍNIO NA ZONA
SUL DO RIO DE JANEIRO

Projeto Final apresentado à Escola de
Engenharia

da

Fluminense,

como

Universidade
parte

dos

Federal
requisitos

necessários à obtenção do grau de bacharel
em Engenharia de Produção.

Orientador
Prof. Dr. Fernando Toledo Ferraz

NITERÓI
2017

FÁBIO LUÍS PEREIRA GOUVÊA

ANÁLISE E PROPOSTA DE MELHORIA NA GESTÃO DE CONDOMÍNIOS
EDILÍCIOS A PARTIR DOS CONHECIMENTOS DE GESTÃO DE FACILITIES E
ELABORAÇÃO DE UMA FERRAMENTA PARA ANÁLISE ESTATÍSTICA DE
DESPESAS INCORRIDAS: ESTUDO DE CASO EM UM CONDOMÍNIO NA ZONA
SUL DO RIO DE JANEIRO

Projeto Final apresentado à Escola de
Engenharia

da

Fluminense,

como

Universidade
parte

dos

Federal
requisitos

necessários à obtenção do grau de bacharel
em Engenharia de Produção.

Aprovada em de Janeiro de 2017.

BANCA EXAMINADORA
_____________________________________________
Prof. Dr. Fernando Toledo Ferraz - UFF
_____________________________________________
Prof. Dr. Fernando Oliveira de Araujo - UFF
_____________________________________________
Prof. Dr. Sérgio José Mecena da Silva Filho - UFF

NITERÓI
2017

AGRADECIMENTOS

Caberia agradecer a muitos, devido à quantidade de tempo empreendido e
desafios enfrentados para concluir este projeto. Ainda que o meu esforço esteja em
pauta, sem a contribuição de muitos, esse projeto não aconteceria.
Inicialmente, agradeço imensamente aos meus pais devido ao esforço na luta
que enfrentaram ao se dedicar a me acompanhar e contribuir para a minha formação,
tanto como pessoa, como profissional. O ensinamento dos seus valores, apoio
emocional e financeiro, sempre presentes, me permitiram concluir mais uma fase
importante na vida com êxito. Especificamente com relação ao projeto, sou grato por
todos os momentos de paciência ao participarem de reflexões intrínsecas do trabalho.
Agradeço à Entidade Condominial e principalmente ao síndico, que permitiram
a observação desse estudo na prática. Todas as informações oferecidas e as
entrevistas com o síndico mostram o quanto essa Entidade foi importante par
Agradeço ao meu orientador Dr. Fernando Toledo Ferraz por ter se
disponibilizado a acompanhar um tema ainda não muito presente na Engenharia de
Produção e que não era de sua especialidade.
O mesmo tenho a agradecer ao Dr. Sérgio Mecena que, ao observar o sistema
condominial como uma organização que pode se beneficiar de conhecimentos da
Engenharia de Produção, fez parte da avaliação desse projeto, contribuindo com as
suas considerações.
Ainda com respeito à banca, deixo um agradecimento especial ao Dr. Fernando
Araujo. Suas observações e sugestões colaboraram imensamente para a consistência
desse projeto. Através de um olhar clínico ao pontuar considerações dignas de um
professor nato, tornou-se de extrema importância para a conclusão deste projeto.
E, por último, mas não menos importante, agradeço a uma pessoa que, diante
de experiências anteriores e muita paciência, sempre se fez presente para criticar ou
dar seu parecer em qualquer detalhe do texto ou reflexões envolvidas nesse trabalho.
Para Paula Corrêa, que ofereceu essa ajuda desde o momento que comecei a pensar
sobre o projeto.

O homem de valor é capaz de ser generoso sem ser pródigo, de fazer o povo
trabalhar sem nele suscitar ressentimento, de ter aspirações sem ser ávido, de ser
grandioso sem ser arrogante, de ter autoridade sem ser duro.

.

Confúcio

RESUMO

A administração de muitos condomínios ocorre regularmente de forma empírica e com
profissionais que não possuem um conhecimento específico para este cargo. Este
estudo buscou assuntos relacionados à Gestão de Facilities, com o objetivo de melhor
compreender as atividades e os conhecimentos necessários para se realizar as
atividades dessa gestão com êxito e eficiência. O interesse pela vida em condomínio
aumentou nas últimas décadas, sobretudo nas grandes cidades, tanto pela busca por
maior segurança nas residências, como pela redução no custo da moradia e isso
ajudou na alavancagem do mercado condominial e da Gestão de Facilities,
aumentando a demanda e as oportunidades de clientes interessados. Este
crescimento também propiciou a construção de condomínios maiores, com mais
instalações e serviços, tornando a gestão mais complexa, com respeito ao âmbito de
se buscar atender às necessidades dos condôminos e demais envolvidos. O presente
estudo visa a apresentar a importância dos conhecimentos dessa gestão, diante de
pesquisas e constatações de outros autores, também utilizando o conhecimento
adquirido para analisar um condomínio edilício através de um estudo de caso. A
análise desse caso se faz através do conhecimento de Gestão de Facilities, de
análises estatísticas das despesas deste condomínio e de uma pesquisa com o
síndico, com o objetivo de compreender melhor as dificuldades do sistema
administrativo condominial e propor soluções.

Palavras-chave: Gestão de Facilities. Análise Estatística. Condomínios Edilícios.
Despesas.

ABSTRACT

The management of many condominiums usually is made by an empirical way with
professionals without a specific knowledge for this function. This study searched
subjects related to Facilities Management with focusing on better comprehending the
activities and necessary knowledges to execute with success and efficiency the
activities of this management. The interest in living inside condominiums has grown in
the last decades for reasons such as pursuit for more secure residencies, and for the
lower costs. It also helped on the leverage on the condominium market and on the
Facilities Management knowledge, increasing the demand and the opportunities of its
interested customers. This growth also propitiates the construction of bigger condos
with more installations and services, increasing this management complexity, related
to the idea of meeting the residents and stakeholder needs. The present study aims to
show the significance of the knowledge of this management through researches and
conclusions of other authors and also utilize this acquired knowledge to analyze a
residential building through a case study. The analysis of this case uses the Facilities
Management knowledge and a statistical analysis of this condo's expenditures, and
also an interview with the syndic, aiming the comprehension of the difficulties in this
system and to propose solutions.

Keywords: Facilities Management. Statistical Analysis. Residential Buildings.
Expenditures.

LISTA DE ILUSTRAÇÕES

Figura 1 ­ Metodologia da Pesquisa ......................................................................... 20
Figura 2 ­ Escopo da Gestão de Facilities ................................................................ 27
Figura 3 ­ Gerenciamento de Facilidades ................................................................. 28
Figura 4 ­ As Três Facetas da Gestão de Facilities .................................................. 29
Figura 5 ­ As Necessidades Básicas dos Usuários das Facilities............................. 30
Figura 6 ­ Gestão de Facilidades no Novo Século ................................................... 31
Figura 7 ­ Relação Entre os Atores do Mercado Condominial .................................. 35
Figura 8 ­ Procedimento da Pesquisa Empírica ....................................................... 44
Figura 9 ­ Estrutura Funcional do Condomínio ......................................................... 51
Figura 10 ­ Processo de Análise das Despesas ....................................................... 57

LISTA DE QUADROS

Quadro 1 ­ As Onze Competências do Gestor de Facilities ..................................... 24
Quadro 2 ­ Filosofia da Gestão de Facilities ............................................................. 24
Quadro 3 ­ As Oito Estratégias da Gestão de Facilities ........................................... 25
Quadro 4 ­ Os Maiores Temas da Gestão de Facilidades ........................................ 26
Quadro 5 ­ Atividades dos Funcionários (continuação) ............................................ 53
Quadro 5 ­ Atividades dos Funcionários (continuação) ............................................ 54
Quadro 5 ­ Atividades dos Funcionários (conclusão) ............................................... 55
Quadro 6 ­ Manutenção/Conservação/Contratos ..................................................... 59
Quadro 7 ­ Material ................................................................................................... 60
Quadro 8 ­ Concessionárias Públicas ...................................................................... 61
Quadro 9 ­ Pessoal................................................................................................... 61
Quadro 10 ­ Administrativas ..................................................................................... 62
Quadro 11 ­ Diversos (continuação) ......................................................................... 62
Quadro 11 ­ Diversos (conclusão) ............................................................................ 63
Quadro 12 ­ Obras e Benfeitorias ............................................................................. 63
Quadro 13 ­ Tabela de Ocorrências e Motivos (continuação) .................................. 68
Quadro 13 ­ Tabela de Ocorrências e Motivos (continuação) .................................. 69
Quadro 13 ­ Tabela de Ocorrências e Motivos (conclusão) ..................................... 70

LISTA DE TABELAS

Tabela 1 ­ Intervalos ................................................................................................. 64
Tabela 2 ­ Linha de Despesas Exemplo ................................................................... 66
Tabela 3 ­ Classificação das Ocorrências ................................................................ 71

12

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO ...................................................................................................... 14
1.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS ............................................................................ 14
1.2 SITUAÇÃO PROBLEMA ................................................................................... 17
1.3 OBJETIVO......................................................................................................... 18
1.3.1 Objetivo Central ............................................................................................ 18
1.3.2 Objetivos Específicos ................................................................................... 18
1.4 RELEVÂNCIA DO ESTUDO ............................................................................. 19
1.5 LIMITAÇÕES DA PESQUISA ........................................................................... 19
1.6 ESTRUTURA METODOLÓGICA ...................................................................... 20
1.7 ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO .......................................................................... 21
2. REVISÃO DE LITERATURA ................................................................................ 22
2.1 GESTÃO DE FACILITIES ................................................................................. 22
2.1.1 Definição do Termo ...................................................................................... 22
2.1.2 Os componentes da Gestão de Facilities ..................................................... 23
2.2 CONDOMÍNIOS ................................................................................................ 31
2.2.1 Gestão de Facilities em Condomínios .......................................................... 32
2.2.2 Administração Condominial .......................................................................... 34
2.2.3 Síndico ......................................................................................................... 35
2.2.4 Conselho Fiscal e subsíndico ....................................................................... 37
2.2.5 Administradora de Condomínios .................................................................. 37
2.2.6 Assembleias Gerais...................................................................................... 38
2.2.7 Convenção, Normas e Regulamentos .......................................................... 39
2.3 ANÁLISE ESTATÍSTICA DAS DESPESAS ....................................................... 39
3. METODOLOGIA ................................................................................................... 42
3.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS ............................................................................ 42

13

3.2 PESQUISA TEÓRICA ....................................................................................... 43
3.3 PESQUISA EMPÍRICA ...................................................................................... 43
3.3.1 Investigação Preliminar ................................................................................ 44
3.3.2 Definição do Entrevistado............................................................................. 45
3.3.3 Realização da Entrevista .............................................................................. 45
3.4 LIMITAÇÕES DO MÉTODO.............................................................................. 46
4. ESTUDO DE CASO .............................................................................................. 47
4.1 DISPOSIÇÕES GERAIS DO CONDOMÍNIO .................................................... 47
4.2 ESTRUTURA GESTORA .................................................................................. 49
4.3 ATIVIDADES DOS SERVIÇOS PRESTADOS NO CONDOMÍNIO ................... 52
4.4 PESQUISA E ANÁLISE DAS DESPESAS DO CONDOMÍNIO ......................... 56
4.4.1 Descrição das despesas analisadas ............................................................ 57
4.4.1.1 Manutenção/Conservação/Contratos ...................................................... 58
4.4.1.2 Material.................................................................................................... 60
4.4.1.3 Concessionárias Públicas ....................................................................... 60
4.4.1.4 Pessoal.................................................................................................... 61
4.4.1.5. Administrativas ....................................................................................... 62
4.4.1.6. Diversos ................................................................................................. 62
4.4.1.7 Obras e Benfeitorias ................................................................................ 63
4.4.2 Aplicação da ferramenta elaborada nas despesas do condomínio .............. 63
4.4.2.1 Cálculo dos limites naturais ..................................................................... 65
4.4.3 Motivos para os valores estarem fora do limite natural ................................ 67
4.4.4 Conclusão da análise dos lançamentos das despesas ................................ 71
5. CONCLUSÃO E SUGESTÕES DE ESTUDOS FUTUROS .................................. 73
REFERÊNCIAS ......................................................................................................... 76
APÊNDICE A ............................................................................................................ 80
APÊNDICE B .......................................................................................................... 114

14

1. INTRODUÇÃO

1.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Desde as décadas de 80 e 90 surgiram cada vez mais edifícios com grande
variedade de instalações e serviços. Elevadores, instalações elétricas, linhas
telefônicas, redes de computadores, controle de acesso, proteção ambiental, altas
tecnologias e serviços avançados de tecnologia predial, entre outros aspectos podem
ser observados em alguns estabelecimentos desse tipo. No Brasil já é possível se
encontrar muitos edifícios construídos com a variedade das instalações citadas desde
a década de 80. (NEVES, 2002, p18 - 22)
Segundo o SEBRAE (2016), a urbanização no Brasil impulsionou a vida em
condomínios, já que, dessa forma, pode-se otimizar os espaços disponíveis das
cidades. Com isso os condomínios passaram a se tornar cada vez mais complexos,
devido à expansão e à necessidade de mais serviços, buscando minimizar problemas
de ordem legal, contábil e fiscal, demandando um nível de profissionalismo maior para
monitorar esse sistema. Ainda lembrando que paralelamente a essas preocupações,
há o interesse na valorização do patrimônio que, ainda que dependa do meio externo
onde está situado (como bairro, economia da cidade, entre outros aspectos que não
serão abordados neste estudo), também sofre bastante influência da qualidade de
vida nesses estabelecimentos.
Com respeito aos serviços associados a essas instalações, devido à
complexidade dos edifícios, segundo Degani (2010), muitos desses serviços, como
limpeza, segurança, portaria, manutenção, entre outros, passaram a ser terceirizados.
Embora a terceirização contribua para a realização de atividades mais específicas
com profissionais especializados, o monitoramento dos serviços, funcionários e
empresas também deve ser realizado por um profissional com conhecimento
adequado para esse controle.
A maior variedade dos componentes de um edifício elevou o nível de desafio
com respeito à administração e gestão predial. O sistema se tornou mais complexo e
o corpo administrativo passou a ter uma perspectiva voltada a outras atividades, além

15

da manutenção, que até então era o foco da gestão de facilities, envolvendo muitos
serviços. (FERREIRA, 2005)
Nos países desenvolvidos há um entendimento maior da importância desse
conhecimento e da prática de gestão nessa área. A redução de custos em todo o
sistema de Gestão de Facilities e melhoria da qualidade dos ambientes internos e
externos da entidade refletem uma maior satisfação tanto dos ocupantes, como dos
prestadores do serviço de gestão e operacional. (FERREIRA, 2005)
A Gestão de Facilities evidencia a necessidade de um corpo gestor profissional
com atribuições orientadas a organizar e planejar atividades de compras, de
contratações, dos colaboradores, entre outros pontos que estruturam o sistema de
entidades desse tipo (ROPER; PAYANT, 2014).
Em maiores detalhes, tem-se que o gerente de facilities é responsável pela
integração dos indivíduos, do estabelecimento, processos e tecnologia envolvidos no
sistema. Essa atividade se passa com o objetivo de redução de custos e de melhoria
da qualidade do serviço (ANTONIOLI, 2003). Este também monitora serviços de
limpeza, de manutenção, de segurança, normas, entre outros fatores inerentes a essa
integração. (FOGO FILHO, 2015)
Fogo Filho (2015) discute o conceito de integração de três "Ps": pessoas,
propriedades e processos. Tal conceito representa as atribuições ao gestor de
facilities. Ou seja, pode-se entender que esse profissional deve se qualificar em tais
competências para ter maior preparo e conseguir obter o melhor da sua organização
para os seus integrantes e seus clientes. E ainda, sobre processos, o autor informa
que há uma série de pontos que auxiliam na implantação dos processos de operação
dessa gestão, como documentação, comunicação, serviços de segurança e limpeza,
utilidades (luz, água, esgoto etc.), planos de contingências, manutenção, entre outras.
Segundo Macedo (2005), apenas no ano de 2004, em São Paulo o mercado
dessa atividade começou a surgir num viés acadêmico através da Associação
Brasileira de Profissionais de Facilities. Embora não se fale em graduação, a
associação passou a reunir os profissionais dessa área, permitindo maior
compartilhamento de conhecimentos desta área de atuação.
Mesmo que destacada a importância da qualificação do gestor por Fogo Filho
(2015), o mesmo informa que ainda não há, no Brasil, formação específica em Gestão
de Facilities.

16

Por Degani (2010), o sistema condominial passou a atrair um profissional com
esse perfil. Esse modelo de organização apresentou a necessidade de um profissional
no seu corpo gestor, capaz de acompanhar rotinas operacionais de conservação,
manutenção, limpeza, entre outros serviços.
No caso de condomínios, pelo mesmo autor, pode-se ver que as rotinas
operacionais responsáveis pela conservação e manutenção do estabelecimento
foram, durante muito tempo, realizadas por funcionários como zeladores e síndicos.
Essa prática passou a sofrer mudanças diante do aumento da complexidade dos
edifícios. Através da integração com mais serviços e aumento da responsabilidade,
recorreu-se às terceirizações para serviços como limpeza, portaria, segurança,
manutenção predial, entre outros. Posteriormente, vê-se a necessidade de um
profissional com habilidades que permita o monitoramento eficiente deste novo
sistema.
Fernandes (2013) sinaliza que há outro aspecto relevante à Gestão de Facilities
e condomínios, que é a grande movimentação de recursos. Tamanha movimentação
pode, em alguns casos, ser superior à de pequenas empresas. Além disso, há uma
tendência de construção de condomínios de grande porte que envolvem muitos
serviços.
Há, portanto, uma grande preocupação com respeito à gestão e aos custos
envolvidos nos condomínios. Fogo Filho (2015) destaca que habilidades com as
tecnologias mais recentes, com o objetivo de otimizar as operações envolvidas e
reduzir os custos devem estar presentes nas capacidades do profissional dessa área.
Entretanto, segundo Fernandes (2013), pode-se ver que o mercado de Administração
Condominial não possui técnicas que apresentem os custos da melhor forma para
uma gestão mais eficiente.
Segundo Horngren (1985) custos são mensurados através de unidades
monetárias a serem pagas por bens adquiridos ou serviços utilizados. Através de
registros, as organizações mantêm o controle do que é consumido para se observar
melhor a necessidade de expansão ou eliminação de certas atividades que gerem
custos. Neste trabalho também se usa a terminologia de despesa e gasto para se
referir aos custos analisados. O mesmo autor define despesa como decréscimos
brutos do ativo, pela entrega de bens ou serviços; pode-se caracterizar como fluxo de
recursos, que neste caso se refere à saída de recursos de uma organização.

17

Outro termo presente neste trabalho que se vale destacar é a palavra "edilício".
De acordo com a LEI N° 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002, no artigo 1.331 do
Código Civil, condomínio edilício se caracteriza por edificações que podem possuir
parques que são propriedade exclusiva dos moradores e partes comuns aos
condôminos. Daqui em diante neste trabalho o termo condomínio estará se referindo
apenas a condomínios edilícios, salvo exceções que serão notificadas quando houver.
Tendo-se em vista que a qualidade dos serviços prestados nesse campo é um
fator importante para os clientes do mercado de condomínios, a busca por melhorias
pode ser uma forma eficiente de se melhorar as atividades de Gestão de Facilities. Ao
se elaborar uma ferramenta para analisar as despesas incorridas do condomínio
estudado, foram levadas em considerações conhecimentos de Controle Estatístico de
Processos e de estatística descritiva.
Segundo Alencar et al (2004), Controle Estatístico de Processos (CEP) se trata
de um composto de ferramentas para se monitorar a qualidade de um processo.
Utilizando dados, busca fornecer uma descrição detalhada de como se comporta o
processo estudado, melhorando o controle sobre este. Este trabalho se inspirou no
CEP para elaborar uma ferramenta com o objetivo de auferir informações diante dos
dados pesquisados, entretanto, observou apenas os lançamentos das despesas e não
os processos envolvidos.
Em paralelo a essa inspiração, a estatística descritiva que, segundo Bragança
(2005), possibilita a geração de relatórios para se analisar números, também se fez
presente ao se buscar melhorias possíveis no sistema estudado.
Stevenson (1981) evidencia a importância da estatística descritiva no que tange
ao objetivo de se expor e compreender acontecimentos de forma mais descomplicada.
Em ocasiões com uma miríade de dados, esse ramo da estatística permite uma
simplificação da informação a ser passada em um estudo.

1.2 SITUAÇÃO PROBLEMA

A Gestão de Facilities é, muitas vezes, realizada de forma empírica nos
condomínios, o que supostamente, diante do apresentado até agora, não é a forma
mais eficiente. O presente estudo visa compreender se é possível que a análise

18

sistêmica de um condomínio e de seus custos, a partir de uma estatística descritiva,
possam trazer melhores práticas para essa gestão.
De acordo com Fernandes (2013) observa-se que o corpo gestor, em muitos
casos, pode não se ater somente ao síndico, subsíndico e conselho fiscal, e sim ter
suas atividades realizadas por empresas especializadas, como por administradoras
de condomínio. A administração de um condomínio pode se tornar uma tarefa
exigente em termos de conhecimento do assunto, devido à complexidade das
atividades envolvidas. É sobre essa complexidade que este trabalho tem o objetivo de
compreender e propor melhorias.
Concomitantemente à análise dos custos, será feita uma entrevista com o
síndico, com o objetivo de compreender o funcionamento do condomínio e refletir
sobre os resultados da análise estatística dos dados. Com isso busca-se responder
ao problema levantado para essa pesquisa.

1.3 OBJETIVO

1.3.1 Objetivo Central

Analisar as despesas de um condomínio edilício na Zona Sul do Rio de Janeiro
através do conhecimento de Gestão de Facilities e da análise estatística das
despesas, utilizando dados primários e secundários através de uma pesquisa
realizada no condomínio em questão.

1.3.2 Objetivos Específicos

Compreender as funções da Gestão de Facilities e sua importância no cenário
econômico, social e técnico das organizações.
Identificar as possíveis contribuições do conhecimento da Gestão de Facilities
na gestão de condomínios edilícios.

19

Realizar uma análise estatística das despesas no período pesquisado ­ desde
maio de 2006 até dezembro de 2010 e janeiro de 2013 até novembro de 2016 ­
através da elaboração de uma ferramenta para tal.
Observar a aplicação da ferramenta elaborada e apontar as suas possíveis
contribuições para a gestão do condomínio estudado.

1.4 RELEVÂNCIA DO ESTUDO

Este estudo representa uma contribuição para a expansão do conhecimento de
Gestão de Facilities que, segundo autores como Souza (2002) e Fogo Filho (2015),
ainda não se encontra muito difundido academicamente. Intenciona-se, através da
literatura pesquisada e do uso de um caso real, servir como exemplo para casos
semelhantes, tanto para realizações de estudos futuros, como para a adoção de
melhores práticas em outros condomínios.
Ainda mais especificamente, o estudo traz reflexões sobre duas atividades
essenciais do Engenheiro de Produção, no que tange à gestão e à análise estatística
dos dados abordados. Tais atividades podem ser observadas em muitos mercados,
tanto na indústria, como em distribuições, vendas, serviços entre outras áreas.

1.5 LIMITAÇÕES DA PESQUISA

Embora o conhecimento de Gestão de Facilities aborde Condomínios Gerais e
conhecimentos técnicos como Engenharia Civil, Serviços e Manutenção, o presente
estudo não abordará conhecimentos como estes de forma aprofundada, pois o
objetivo principal com respeito a Condomínios é de Condomínios Edilícios e, a uma
visão mais holística dessa gestão.
Com respeito ao conhecimento utilizado de Controle Estatístico de Processos
e de estatística descritiva, a pesquisa se limitou a utilizar apenas as médias, desviospadrão e limites naturais para se estimar a variabilidade dos lançamentos de despesa

20

estudados. Ou seja, demais técnicas de estimativa e ferramentas não foram
abordadas neste estudo.

1.6 ESTRUTURA METODOLÓGICA

O projeto segue uma metodologia segregada em distintas etapas que, durante
a sua sequência, agrupam duas vertentes: teórica e empírica. Ambas, ao interagirem,
levam à análise das informações, de modo a se concluir a solução do problema
proposto. O diagrama da Figura 1 ilustra através de um diagrama as etapas da
metodologia.

Vertente Empírica

Vertente Teórica

Vertente Empírica

2. Dados de
Depesas do
Condomínio
Estudado

1. Revisão da
Literatura

2. Entrevista
com o síndico

3.1. Elaboração
da Ferramenta
para a Análise dos
Dados

3.2. Gestão de
Facilities e
Despesas

4.1. Análise
dos Dados e
Aplicação da
Ferramenta

4.2. Estudo do
Condomínio e
Sua Estrutura

5. Conclusões
do Projeto

Figura 1 ­ Metodologia da Pesquisa

21

1.7 ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO

No Capítulo 1 foi desenvolvida a introdução. Com o objetivo contextualizar os
assuntos abordados neste trabalho, foram apresentados importantes conceitos
estudados e as questões que motivaram o levantamento desta pesquisa.
A Revisão de Literatura, no Capítulo 2, foi construída a partir da pesquisa de
outros trabalhos relacionados ao tema. Principalmente três áreas do conhecimento
contribuíram para esse estudo: Gestão de Facilities, Condomínios e Estatística. A
união destes conhecimentos fomentou as discussões e considerações levantadas
neste projeto.
A metodologia utilizada está detalhada no capítulo 3. A realização da pesquisa
teórica (Capítulo 2) e empírica (Capítulo 4) ­ referente ao estudo de caso ­ estão
descritas neste capítulo.
No capítulo 4 tem-se o desenvolvimento do Estudo de Caso. São apresentadas
as informações gerais do condomínio estudado, com respeito às suas disposições
gerais (instalações, prédios, salas etc.), todas as atividades dos funcionários e do
corpo gestor, elaboração, aplicação e conclusão do uso da ferramenta elaborada para
a análise estatística das despesas auferidas.
Como desfecho do trabalho, o Capítulo 5 possui as observações e discussões
finais, além da sugestão de estudos futuros, que pode se dar em outros condomínios,
através da elaboração de distintas ferramentas, análises semelhantes, contribuição
de outras áreas do conhecimento, entre outras possibilidades de se compreender
melhor a gestão de condomínios e buscar possíveis melhorias para essa área.
Ao final, no Apêndice A é apresentada, através de tabelas, a ferramenta e suas
sinalizações e no Apêndice B a tabela com o resultado dos cálculos realizados.

22

2. REVISÃO DE LITERATURA

2.1 GESTÃO DE FACILITIES

2.1.1 Definição do Termo

Segundo Fogo Filho (2015), foi em 1960, nos Estratos Unidos da América que
o termo "Facilities Managent" se originou. Surgiu a necessidade de se denominar uma
prática na área dos bancos, envolvendo a terceirização de serviços responsáveis pelo
procedimento envolvendo cartões de crédito e outras transações.
O termo também teve muita influência dos setores que passaram a identificar
grande necessidade de otimizar seus sistemas prediais, buscando redução de custos
e gastos relacionados às instalações em centros comerciais e hotéis. Essa gestão
passou a ser designada além do objetivo comercial, chegando a virar assunto de
pesquisa (TAVARES, 2009).
O British Institute of Facilities Management (BIFM, Instituto Britânico de
Gerenciamento de Facilities, tradução livre), que é uma organização profissional de
Gerenciamento de Facilities, adotou a definição do termo oferecida pela CEN
European Commitee for Standardization (CEN Comitê Europeu para Normas,
tradução livre), uma das associações reconhecidas pela União Européia e
responsável pelo desenvolvimento e definição de normas na Europa:
"Facility Management is the integration of processes within an organization to
maintain and develop the agreed services which support and improve the
effectiveness of its primary activities...encompasses multi-disciplinary
activities within the built environment and the management of their impact
upon people and the workplace...effective facilities management, combining
resources and activities, is vital to the success of any organization" (BIFM,
2016)

Além da BIFM, a International Facility Management Association (IFMA, 2016,
Associação Internacional de Gerenciamento de Facilities, tradução livre), associação
de referência para este tema, também contribui para uma maior compreensão da
função deste profissional. Para o IFMA (2016), esta profissão engloba diversas
matérias para assegurar o devido funcionamento de um ambiente, integrando
pessoas, lugares, processos e tecnologias.

23

Esses quatro integrantes, o monitoramento de suas respectivas atividades e
sua correta interação é essencial para o funcionamento eficaz de uma facility, como
veremos mais adiante neste estudo.
Ferreira (2005) também contribui com uma definição em seu trabalho,
enfatizando a importância da aplicação da gestão estratégica envolvendo pessoas,
espaços, processos e investimentos, realçando as práticas de operação e
manutenção de todos os componentes do sistema do estabelecimento. Yasin (2013)
reforça o envolvimento dessa área com serviços, uma vez que a mesma pode ser
identificada como uma área baseada em serviços.
Por Tavares (2009) também ocorre a integração de pessoas, lugares,
processos e tecnologia, que através de planejamento e organização, os serviços
administrativos prediais ­ envolvendo imóveis, manutenção, segurança, meio
ambiente, construções etc. ­ conquistam a qualidade dos serviços e redução de
custos.

2.1.2 Os componentes da Gestão de Facilities

Autores como Fogo Filho (2015) e BIFM (2016) consideram essa profissão
diversificada devido à quantidade de temas que, embora possa variar em alguns
casos, abrangem muitas áreas distintas do conhecimento.
Alexander (1996) em sua obra já considerava que, na visão da organização, o
gerenciamento de facilities representa:
·

A criação de um ambiente que retratem os valores corporativos;

·

A autoridade para melhorar a qualidade dos serviços envolvidos com o sistema;

·

O desenvolvimento das facilities indo de encontro ao objetivo dos negócios;

·

O reconhecimento do valor que a facilities adiciona ao negócio.
De uma forma mais ampla e abrangente, o IFMA (2016), através do Global Job

Task Analysis (GJTA, 2009, Análise Global de Tarefas de Trabalho, tradução livre),
listou as onze principais competências que compõem essa profissão (Quadro 1):

24

As Onze Competências do Gestor de Facilities
1. Comunicação
2. Prevenção de Emergências e Continuidade Empresarial
3. Gerenciamento Ambiental e Sustentabilidde
4. Negócios e Finanças
5. Fatores Humanos
6. Estratégia e Liderança
7. Manutenção e Operações
8. Gerenciamento de Projetos
9. Qualidade
10. Gerenciamento de Propriedades e Imóveis
11. Tecnologia
Quadro 1 ­ As Onze Competências do Gestor de Facilities

Diante das onze competências, pode-se melhor compreender a abrangência
de conhecimentos que esse assunto pode tomar dentro de uma empresa. No site
desta associação há a descrição detalhada de cada componente, acompanhada de
exemplos de atividades desempenhadas por estes profissionais. Este nível de
detalhes não será exposto aqui, pois, além da maioria dos itens acima citados serem
autoexplicativo ou bem conhecidos no meio corporativo, não é objetivo do trabalho
descrevê-los minuciosamente.
Diante da natureza da Gestão de Facilities, Roper e Payant (2014)
desenvolveram uma filosofia recomendada, na qual os responsáveis por essa
atividade, ou seja, o próprio gestor de facilities e/ou demais membros da área, devem
ter em mente. Foram listadas as recomendações que melhor se adequam ao tema
deste trabalho, embora haja mais itens na fonte citada (Quadro 2).
Filosofia da Gestão de Facilities
Ações de um gerente de facilities impactam financeira e organizacionalmente o
negócio;
Segurança sempre em primeiro lugar, seguido de legalidade, custo e serviço ao
consumidor;
Devem dar muita atenção aos gastos e acompanhá-los todos em suas análises;
É necessário que os ativos físicos estejam sob a responsabilidade dos membros da
área de gestão de facilities e que sejam gerenciados diante dos seus ciclos de vida;
A área de facilities deve participar do plano de negócios da empresa para se reduzir
gastos.
Quadro 2 ­ Filosofia da Gestão de Facilities

Assim, pode-se observar um grande destaque de quatro fatores: segurança,
despesas, acompanhamento da vida útil dos ativos e serviço. Estes são muito

25

importantes para este trabalho e para entender a relevância ao se buscar melhorias
na qualidade das práticas da Gestão de Facilities. O autor ainda cita a importância da
legalidade que é claro que deve ser levada em conta em qualquer situação, seguindose as normas e leis para a organização funcionar corretamente, entretanto, este
estudo não tem o objetivo de entrar nesse assunto.
Quinello e Nicoletti (2006) lembram que essa é uma área geradora de despesas
e isso cria um paradoxo, já que aumento de despesas é exatamente o que as
empresas não estão interessadas. Entretanto, os autores apresentam estudos ao
longo da obra, evidenciando que essa área também agrega valor. Pela ótica de uma
empresa com um setor voltado apenas a essa atividade, há investimentos que geram
um retorno vantajoso para a organização. Como exemplo, temos:
·

Investimento de projetos ­ buscando redução de custos como gerenciamento da
manutenção, reduzindo o número de reparos;

·

Investimento em produtividade ­ aumento da confiabilidade, ampliando o tempo
médio entre falhas;

·

Visão econômica ­ eliminando ou reduzindo medidas não-estratégicas que não
gerem retornos para a empresa.
Trickett (1996) considerou em seu trabalho oito estratégias a serem adotadas

nesta gestão (vide Quadro 3), com o objetivo de melhorar o ambiente de trabalho,
através de mudanças planejadas. Segundo o mesmo autor, a influência que o local
tem sob a execução do trabalho é um fator relevante a se levar em consideração ao
buscar melhorias para a organização.
As Oito Estratégias da Gestão de Facilities
1. Medir as necessidades diante das expectativas das pessoas;
2. Reflexo do estilo de gestão analisando a forma que as pessoas trabalham juntas;
3. Reconhecer as necessidades sociais eliminando barreiras na comunicação;
4. Encorajar a interação entre as pessoas ajudando-as a trabalhar em grupo;
5. Aumentar a eficiência e conforto através da reengenharia das ferramentas utilizadas
nas estações de trabalho;
6. Influenciar a atitude das pessoas pela definição do ambiente de trabalho que as
cercam;
7. Aumentar a diversidade expressando a diferença entre as pessoas, como credos e
opiniões;
8. Contribuir para a autoestima e o bem-estar das pessoas;
Quadro 3 ­ As Oito Estratégias da Gestão de Facilities

26

Roper e Payant (2014) apresentam os maiores temas da Gestão de Facilities.
Assuntos que estão comumente presentes no cotidiano deste profissional. Pode-se
ver alguns deles no Quadro 4:
Os Maiores Temas da Gestão de Facilities
Custo da posse - estimativa financeira projetada para avaliar os custos diretos e
indiretos relacionados à compra de investimentos importantes;
Custo do cliclo de vida - análises econômicas e comparações com respeito aos
ativos da empresa, levando-se em conta os seus respectivos períodos de ciclo de
vida;
Integração de serviços - a gestão deve permitir uma integração eficiente;
Design de operações, manutenção e sustentabilidade - todos os envolvidos devem se
atentar ao design destas;
Delegação de responsabilidade;
Melhoria de eficiência - uso de feedback s , averiguação constante dos ambientes e
serviços, realização de benchmark ing ;
Relação custo-benefício - indicador fundamental para comparar gastos realizados
pelos concorrentes;
Qualidade de vida - o gestor deve garantir a segurança e a produtividade individual e
do grupo de trabalhadores;
Integração de elementos - associação dos ambientes e instalações, aos processos,
pessoas e tecnologias;
Facilities como ativo - visto como colaborador para a missão da empresa;
Serviço - suporte e monitoramento dos serviços;
Contratante - responsável pela contratação eficiente de serviços e diferentes
funcionários, garantindo a eficiência da facility .
Quadro 4 ­ Os Maiores Temas da Gestão de Facilidades

O diagrama da Figura 2 ilustra exemplos das práticas com as quais essa gestão
possui relação direta. Assim como citado por outros autores, a tecnologia, suporte de
serviços, segurança e instalações aparecem aqui com exemplos de associações,
como gerenciamento de sistema e manutenção de hardware/software para as
preocupações com respeito à tecnologia, suporte aos funcionários e ao negócio, como
serviços de suporte e propriedades, operações e projetos integrados às instalações.
(WILLIAMS, 1996)

27

Facilities

Tecnologia
da
Informação

Gerenciamento
do sistema
Manutenção
e suporte de
hardwares

Manutenção
e suporte de
softwares

Serviços
de suporte

Instalações

Suporte de
funcionários

Propriedades

Suporte aos
negócios

Operações

Segurança

Projetos
Figura 2 ­ Escopo da Gestão de Facilities
Fonte: Extraído e adaptado de Williams (1996, p. 27)

Diante do que foi discutido até o momento, foi visto que alguns autores
poderiam levar em conta mais componentes além dos expostos no diagrama acima.
Entretanto, esta é uma boa representação para ilustrar como estes setores
(instalações, serviços de suporte e tecnologia) se ligariam a essa gestão. Quinello
(2010) salienta a associação que o termo sempre teve às instalações, através da
busca por equipamentos, máquinas e arranjos físicos que melhorassem a produção e
os produtos gerados. Degani (2010) evidencia que o surgimento e evolução dos
serviços (aumentando em números e complexidade) nessa área de atuação foram
algo relevante. Ferreira (2005) afirma que há muitos serviços acompanhados e até
realizados por essa profissão, acontecendo em paralelo ao gerenciamento predial
(instalações, por exemplo).
Além disso, tem-se nesse trabalho autores como Tavares (2009) e IFMA (2016)
apresentando a importância da tecnologia para o sistema da gestão e como
componente dessa gestão. Williams (1996) lembra que o significado de Gestão de
Facilities pode mudar dependendo de alguns critérios, como onde os processos
ocorrem, ou pode variar se a gerência for realizada pela própria empresa ou por uma
externa, por exemplo.

28

Sob outra perspectiva, tem-se na Figura 3, onde Antoniloli (2003) representou
a busca pela satisfação da organização, diante da associação do gerenciamento dos
sistemas envolvidos e pessoas, espaço e tecnologia.

Processos

Tecnologia

Figura 3 ­ Gerenciamento de Facilidades
Fonte: Extraído e Adaptado de Antonioli (2003)

Antonioli (2003) ainda faz uma ressalva que, além das operações do edifício e
seus sistemas prediais, leva-se em conta todas as instalações e componentes que
fazem parte dos ambientes internos e possíveis obras e novas construções no
ambiente. Desta forma, com o provimento adequado de serviços e insumos, as
necessidades dos usuários do sistema podem ser satisfeitas, com um ambiente mais
propício a se atingir os objetivos da organização. O próprio autor também leva em
conta a influência de variáveis como tamanho e localização do edifício, cultura
organizacional e serviços gerenciados ao observar esse sistema.
Para Williams (1996), a Gestão de Facilities é composta por três facetas (Figura
4): garantias, inteligência e gerenciamento de serviços. Algumas organizações não
apresentam as três facetas, seja pela ausência ou enfraquecimento de alguma delas
em especial devido a certas priorizações ou modelos de gerência. Entretanto, para o
autor, o ideal é haver uma alocação adequada de recursos em cada uma dessas
facetas. A dimensão de Garantias diz respeito às demandas por criação,
administração, monitoramento, mudanças e direção, na de Inteligência há a
preocupação com os consumidores, buscando entender os seus objetivos e
necessidades, uso da tecnologia e entrega dos serviços e, por último, o
Gerenciamento dos Serviços, que é o mais operacional, realiza um monitoramento
periódico das tarefas previamente estabelecidas para os serviços.

29

Figura 4 ­ As Três Facetas da Gestão de Facilities
Fonte: Extraído e Adaptado de Williams (1996, p. 28)

Ferreira (2005) lembra que a gestão no âmbito estratégico deverá ocorrer
relacionada a pessoas, propriedades e processos. O êxito dessa atividade será
representado pelo cumprimento dos objetivos da organização, caso todas as
necessidades dos seus usuários sejam cumpridas.
O mesmo profissional realiza atividades que abrangem aspectos técnicos,
funcionais, econômicos, ambientais e humanos. E, com a realização dessas
atividades de forma eficiente, pode-se obter redução de custos operacionais, maior
confiabilidade no sistema, maior qualidade do ambiente de trabalho e da
produtividade. (DEGANI, 2010)
Finch (1996) apresentou o diagrama da Figura 5 associando duas obras:
Maslow e a de Herzberg, que não serão abordadas neste estudo. Finch (1996)
relacionou as condições do ambiente organizacional sob a ótica motivacional dos
funcionários. A evolução da expectativa dos usuários, com relação ao ambiente de
trabalho (instalações, prédios, áreas comuns etc.) se inicia frente às condições
ambientais satisfeitas, como luz e refrigeração adequados, por exemplo. Passandose para a preocupação com a segurança no estabelecimento, com os objetos
presentes no ambiente, com o espaço e móveis presentes e, por último, diante do
conforto com a decoração do local. Alcançando-se todos os fatores motivacionais, o
trabalhador pode apresentar maior motivação para o seu trabalho.

30

Autorealização

Conforto visual
e decoração

Ego-status

Provisão de espaço,
moveis padronizados e
visual

Propriedades sociais

Segurança

Fatores
Motivacionais

Provisão de objetos
comuns do espaço
Controle de acessos, confiabilidade
operacional, saúde

Necessidades básicas

Condições
ambientais

Manutenção
­ Fatores
Higiênicos

Figura 5 ­ As Necessidades Básicas dos Usuários das Facilities
Fonte: Extraído e Adaptado de Finch (1996)

Através da compreensão global dos fenômenos envolvidos no sistema
estudado, é possível se dar sequência à melhora desse gerenciamento, aumentando
a produtividade, desempenho e qualidade. Como exemplo, tais metas podem ser
atingidas com uma visão estratégica de longo prazo, ao se considerar o controle do
consumo energético, retorno econômico e a utilização de recursos associados ao ciclo
de vida de toda essa organização. (ANTONIOLI, 2003)
O mesmo autor identifica alguns objetivos que a Gestão de Facilities deve
manter em pauta. Através dos objetivos de sustentabilidade, acessibilidade,
segurança, custo efetivo operacional, produtividade e funcionalidade, a melhoria da
performance poderia ser atingida.
Quinello e Nicoletti (2006) elaboraram o diagrama da Figura 6 para representar
os paradigmas da Gestão de Facilities para o século 21. Temos os seguintes agentes
externos: clientes, comunidade, acionistas, empregados, novas tecnologias,
supridores, meio-ambiente e restrições financeiras. Segundo os autores, a Gestão de
Facilities realiza todas as suas atividades atuais, como desenho de novas estações
de trabalho, limpeza, compras de suprimentos, planejamento de espaço, segurança
patrimonial, manutenção, saúde e segurança, higiene industrial, iluminação,
gerenciamento

da

qualidade

das

utilidades,

gerenciamento

de

contratos,

acessibilidade, entre outros. Kennedy (1996) já evidenciava que a Gestão de Facilities
lidava diretamente com o gerenciamento de energia, planejamento do ambiente e das

31

estações de trabalho, iluminação e tecnologia da informação e possuía desafios com
isto.
Já as restrições da Figura 6, com respeito aos agentes externos, ajudam a
moldar esta profissão, tomando os paradigmas como limitantes.

Clientes
Restrições
financeiras

Meio-ambiente

Comunidade

Gestão de
Facilities

Supridores

Acionistas

Empregados
Novas
tecnologias
Figura 6 ­ Gestão de Facilidades no Novo Século
Extraído e adaptado de Quinello e Nicoletti (2006)

2.2 CONDOMÍNIOS

O assunto principal desse estudo gira em torno de condomínios. É possível
definir este termo como sendo o compartilhamento de algum bem ou espaço por mais
de uma pessoa (VENOSA 2002 apud FERNANDES 2013).
Por Pereira (1997), pode-se entender condomínio como um bem compartilhado
entre duas ou mais pessoas, cabendo-lhes igual direito e dever sobre o bem em sua
integralidade. Esse entendimento oferece uma abrangência à qual este estudo não irá
se ater, já que isso permite a associação a bens distintos de prédios e áreas comuns,
não relacionados necessariamente a Condomínios Edilícios.
O foco da pesquisa utilizada para o presente estudo foi mais dedicado à gestão
e conhecimentos envolvendo condomínios edilícios. A expressão "edilício", que é um

32

termo útil para se referir a um condomínio onde haja proprietários que possuam parte
exclusiva e comum, dentro do mesmo estabelecimento, surgiu, no Código Civil,
perante à necessidade de se separar este tipo de condomínio do condomínio geral,
que abrange outras modalidades de condomínio (FOGO FILHO 2015).
A carência de espaços em centros urbanos, diante do aumento do preço dos
espaços disponíveis, da população e da expectativa de vida, são fatores que
contribuíram para a escolha da vida em condomínios. A possibilidade de se
compartilhar áreas comuns tornou-se uma opção de habitação apresentando uma
opção de moradia menos custosa e mais compensatória (FERREIRA 2007).
Além do crescimento populacional e da escassez do espaço nas cidades, a
proximidade do trabalho, estudo e lazer, levando à necessidade de menor
deslocamento, também são fatores que contribuíram para a verticalização de
estabelecimentos residenciais. Apesar disso, esse crescimento trouxe muitas
consequências, entre elas a diminuição da segurança, o que também levou ao maior
interesse pela escolha de moradia em condomínios. O maior interesse, aliado à busca
pelo conforto e qualidade de vida, favoreceu o surgimento de serviços cada vez
melhores para manter um bom funcionamento de conjuntos comerciais e residenciais.
Sendo que a procura pelo menor custo possível não deixou de ser um dos objetivos
principais desses serviços. (BEZERRA e TUBINO 2000)

2.2.1 Gestão de Facilities em Condomínios

No caso de condomínios, por Degani (2010) pode-se ver que as rotinas
operacionais responsáveis pela conservação e manutenção do estabelecimento
foram, durante muito tempo, realizadas por funcionários como zeladores e síndicos.
Essa prática passou a sofrer mudanças diante do aumento da complexidade dos
edifícios. Através da integração com mais serviços e aumento da responsabilidade,
recorreu-se às terceirizações para serviços como limpeza, portaria, segurança,
manutenção predial, entre outros. Posteriormente, vê-se a necessidade de um
profissional com habilidades que permita o monitoramento eficiente deste novo
sistema.

33

Segundo o mesmo autor, esse aumento da complexidade do sistema atraiu um
profissional no perfil e com os conhecimentos que está sendo estudado neste
trabalho. Para o caso de condomínio, pode ser chamado de síndico profissional,
facility manager, gestor de facilidades, gerente de condomínio, por exemplo.
Vale salientar que, embora seja intuitivo, o tamanho do condomínio pode não
implicar diretamente nos custos intrínsecos às atividades. Ou seja, condomínios com
maior número de apartamentos não necessariamente têm gastos maiores do que
condomínios menores, mesmo que tenham praticamente a mesma gama de serviços.
Aspectos como serviços envolvidos, número de apartamentos, instalações, entre
outros podem variar muito de um local para outro, dificultando uma associação direta
para se mensurar o nível de dificuldade de se gerenciar um condomínio.
(FERNANDES, 2014)
Como enfatizado por Fogo Filho (2015), devido à multidisciplinaridade e ao
desafio que se tem que enfrentar para atingir os objetivos, a formação acadêmica é
recomendável,

podendo

servir

como

um

embasamento

para

alguns

dos

conhecimentos necessários para essa gestão. Entretanto, como ainda não há uma
formação de graduação específica para esse tema, O conhecimento de Gestão de
Facilities é essencial para o devido funcionamento de um condomínio, já que como foi
mostrado através de outros autores, a administração de serviços e de sistemas
prediais (sistemas hidráulicos, elétrico, instalações em geral etc.) fazem parte dos
principais componentes desse profissional.
Farber e Segretti (2004) se referem ao uso dos conhecimentos de contabilidade
nos condomínios como uma forma de se obter mais eficiência desse sistema. Embora
não seja uma empresa, ou seja, não visando lucro, esse tipo de organização tem o
objetivo de evitar perdas. Uma administração contábil pode auxiliar na tomada de
decisões e, ao manter as contas em ordem pode-se conservar a confiança na gestão.
É relativamente recente a visão do condomínio como um mercado profissional.
Segundo Tavares (2009), há 20 a 30 anos não se observava essa ótica sobre os
condomínios. A Gestão de Facilities veio contribuir com uma visão comercial e mais
profissional desse setor.

34

2.2.2 Administração Condominial

Conforme Kanashiro (2011), a estrutura organizacional é composta por três
instâncias: síndico, conselho fiscal e assembleia geral. Como será visto mais a frente,
cada um desses componentes pode ser entendido como engrenagens principais dos
condomínios. Entretanto, em condomínios de grande porte, pode-se observar essa
mesma estrutura com a inclusão de outros integrantes, como a administradora
condominial e até um administrador interno.
Essa administração pode acontecer de três formas distintas. A primeira é
autogestão, onde o síndico eleito pelos moradores assume toda a responsabilidade e
administração do condomínio. Na segunda, cogestão, ainda com o síndico como
responsável legal, há uma assessoria administrativa, onde há uma divisão de tarefas
com empresas especializadas nessa gestão. E a última se trata de uma terceirização
total dessa gestão, onde a administradora toma total responsabilidade sobre a gestão
do condomínio, se permitido na convenção deste e pelos seus moradores (FARBER
E SEGRETI, sem data)
Em seu trabalho referente à gestão de edifícios, Tavares (2009) descreve em
maiores detalhes as responsabilidades envolvidas na profissão de gestão do
estabelecimento que está sendo tratado neste estudo. Operações técnicas que com
respeito aos prédios, administração dos serviços e uma série de procedimentos a
serem seguidos para se manter um condomínio em ordem após a sua construção,
compõem as atividades desse profissional. E ainda enfatiza que estas têm o cunho
de obter o menor custo possível para a organização.
Fernandes (2013) sistemicamente mostra quais são os principais participantes
do Mercado Condominial, conforme Figura 7. Vale esclarecer que esse mercado se
refere a tudo que tange as atividades administrativas do condomínio, segundo o autor.

35

Condômino

Prestadores
de Serviço

Administradora
Condominial

Fornecedor

Condomínio

Síndico

Figura 7 ­ Relação Entre os Atores do Mercado Condominial
Extraído e Adaptado de Fernandes (2013)

A Figura 6 ilustra a correlação entre os envolvidos no sistema. Fernandes
(2013) explica que o condômino e o condomínio, através do síndico, causam a
necessidade pela busca de fornecedores para se prestar os serviços essenciais do
condomínio. E, gerenciando e intervindo nesse processo, pode-se ver a atuação da
Administradora Condominial.

2.2.3 Síndico

Trata-se do representante legal do condomínio. Respondendo em juízo ou fora,
o síndico também está envolvido no monitoramento das ocorrências e problemas
diários do condomínio (CHAIGAR, 2008).
Segundo Câmara (2007), diante do artigo 1.347 do Código Civil, o síndico pode
ser pessoa física ou jurídica, pertencente ou não ao condomínio como morador.
Entretanto, a convenção, como será visto mais a frente, pode limitar a eleição deste,
criando certas alterações nessas particularidades.
No estudo de caso deste trabalho serão apresentadas as atribuições do síndico
diante da convenção do condomínio estudado, entretanto, para maior conhecimento,
Câmara (2007) descreve todas as competências de quem se disponibiliza a realizar
essa função diante do artigo 1.348 do Código Civil:

36

·

Convocar as assembleias;

·

Representar, ativa e passivamente o condomínio;

·

Anunciar na assembleia a existência de procedimento judicial ou administrativo,
de interesse do condomínio;

·

Cuidar da conservação, guarda das partes comuns e acompanhar os serviços
envolvidos;

·

Elaborar o orçamento da receita e da despesa relativa a cada ano;

·

Cobrar as cotas condominiais e aplicar multas quando necessário;

·

Prestar contas à assembleia todo ano e caso solicitado;

·

Realizar o seguro da edificação.

Além dos deveres, o síndico tem o direito de:
·

Receber remuneração em forma de isenção da cota condominial ou até mesmo
uma renda extra, podendo variar conforme a convenção do prédio;

·

Delegar funções administrativas a pessoas físicas ou jurídicas, como no caso de
serviços necessários para o condomínio, por exemplo;

·

Representa ativa e passivamente o condomínio em Juízo ou fora dele.
O mesmo autor lembra que devido à liberdade da convenção em expandir o

Código Civil diante de peculiaridades de cada condomínio, essa lista ainda pode ser
estendida.
Após sua eleição através dos votos dos condôminos a preocupação com
respeito à responsabilidade legal, quando não transferido a uma administradora, não
se trata de uma preocupação somente com as atribuições do cargo, mas
principalmente pelos riscos legais além do cenário do condomínio, dado que o síndico
responde civil e criminalmente pelos atos e o alcance da lei não se limita somente às
leis do condomínio, mas a leis que tratam de crimes de ordem tributária e econômica.
(FARBER E SEGRETI, sem data)
Chaigar (2008) lembra que neste cargo há certas coisas que o responsável não
poderá realizar sozinho, como assuntos a ver com alienação, locação, concessão ou
alteração de bens e áreas comuns, entre outros. Temas como esses devem ser
levados para uma assembleia geral, onde ocorrerá deliberação junto aos condôminos
para estes participarem das decisões e reflexões, diante das medidas mais
adequadas e viáveis a serem tomadas.

37

2.2.4 Conselho Fiscal e subsíndico

Com o objetivo de servir como mais um suporte para o síndico, não somente
auxiliando-o, como também o fiscalizando. Passa a atuar como um órgão consultor e
fiscalizador, em geral composto por três membros necessariamente proprietários. Há
edifícios onde são criadas comissões de reformas e outras atividades que, uma vez
aprovadas nas assembleias, servem para contribuir com a gestão do condomínio,
expandindo-se a participação dos condôminos. (HENRIQUE, 2008)
Embora a existência de comissões seja algo muito comum, não será descrito
em maiores detalhes, por fugir um pouco do escopo geral das atividades do corpo
gestor comum dos condomínios (síndico, conselho, e, quando houver, administradora
e administrador)
Carmo et al (2007) lembram que o conselho pode fazer parte da administração
do condomínio se isso estiver descrito na convenção. Através de Azambuja (2015),
pode-se compreender as funções mais comuns deste órgão também contribuindo
para a administração:
·

Verificação periódica dos pagamentos e recebimentos acompanhados de seus
respectivos comprovantes, além dos extratos das contas do condomínio;

·

Apresentar o parecer sobre as contas apresentadas pelo síndico;

·

Assessorar na elaboração dos balancetes;

·

Permitir gastos necessários que não tenham sido previstos no orçamento;

·

Assessorar com problemas intrínsecos ao condomínio;

·

Anunciar aos condôminos quaisquer irregularidades na gestão do síndico.

2.2.5 Administradora de Condomínios

Conforme o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas
Empresas, 2016), a administradora de condomínios oferece uma assessoria
necessária num sistema complexo como em grande parte dos condomínios
atualmente. Esta pode abranger sistemas residenciais, comerciais ou industriais. E
isso, podendo variar de acordo com o escopo de atividades de cada empresa de

38

administração de condomínios, ocorre através de serviços como: contabilidade;
assessoria jurídica; auditoria; consultoria administrativa e financeira; consultoria
tributária, fiscal, trabalhista e contábil; trabalhista; e gestão de conflitos.
Para Henrique (2008), muitos condomínios de grande porte podem recorrer a
escritórios de contabilidade ou administradora de condomínios e advogados, o que
hoje em dia é bem comum seja por precaução devido ao não conhecimento técnico e
também ao tamanho dos condomínios. Entretanto, vale lembrar que segundo Cunha
(2016), devido ao crescimento do setor imobiliário, muitas vezes desordenado, é
questionável se as administradoras de condomínio conseguem conservar a qualidade
de seus serviços.
Há mais de dez anos, Souza (2002) mostrava que a área acadêmica não
apresentava muitos trabalhos desenvolvidos nessa área da administração e, conforme
Fogo Filho (2015), ainda não há uma formação específica para essa profissão.

2.2.6 Assembleias Gerais

Segundo Câmara (2007) serve para representar a vontade da maioria sobre a
minoria através de confrontos e discussões das opiniões presentes e deliberar sobre
as medidas a serem tomadas para a comunidade envolvida. As assembleias gerais
podem ser ordinárias (AGO) ou extra-ordinárias (AGE). As AGOs ocorrem uma vez
ao ano principalmente para a aprovação de contas da gestão anterior, exame da
previsão orçamentária e, se o mandato do síndico tiver sido concluído, realizar uma
nova reeleição. Já as AGEs podem ser convocadas sempre que houver a necessidade
de se resolver algum problema ou buscar aprovações que necessitem de quórum de
assembleia.
Henrique (2008) lembra que é essencial que essas reuniões ocorram na forma
que é estipulada na convenção. Isso deve ocorrer desde a convocação até o registro
da ata (documentação do que se passou na assembleia) e envio para os condôminos.

39

2.2.7 Convenção, Normas e Regulamentos

Kollet (2005) define convenção como uma legislação intrínseca ao universo
condominial. Com o âmbito de preservação do patrimônio, da moral, tranquilidade e
segurança, a convenção passa a ser uma peça chave. Deve ser seguida por todos os
moradores,

proprietários

ou

inquilinos,

compradores

e

outros

envolvidos,

estabelecendo os seus respectivos direitos e deveres.
Esta regulação surge com a construção do estabelecimento. Assim que o
prédio é aberto para os moradores, estes, acompanhados de um representante da
construtora liberam o regimento interno e a convenção na primeira assembleia do
condomínio. Constituída de normas, descrições das proporções das contribuições
(fração ideal de contribuição de cada unidade, ou seja, o quanto cada unidade paga
de taxa condominial), regras de eleição de síndico, conselho e subsíndico, formas de
convocação das assembleias, prazos, entre outros (CARMO et al, 2007).
Conforme já citado, o Código Civil Brasileiro define a legislação a ser seguida
no condomínio e a convenção está hierarquicamente em seguida. Assim, vê-se que o
conhecimento por parte dos envolvidos, (moradores, sendo locadores ou locatários) é
de suma importância. Sem contar que a convenção não pode sofrer alterações
facilmente. Qualquer modificação necessita de quórum específico (aprovação de 2/3
do total de unidades ­ um voto por apartamento) numa assembleia devidamente
convocada.
Além disso, outro item a ser respeitado e muito utilizado é o regulamento
interno. Formado por normas regulando a conduta dos condôminos, com o objetivo
de conservar a harmonia na convivência entre as pessoas. (SCHWARTZ, 2009)

2.3 ANÁLISE ESTATÍSTICA DAS DESPESAS

Com respeito à administração de condomínios, existem vários custos
relevantes, como água, energia, manutenção, entre outros. No tocante à energia,
Braga et al (2013) realizaram um estudo importante no que diz respeito à importância
do monitoramento desta despesa em muitos estabelecimentos, especialmente em

40

prédios. Tal monitoramento é essencial para se identificar oportunidades de redução
de custos. O autor conclui que, através das técnicas de Controle Estatístico de
Processos (CEP), é possível se acompanhar e analisar se o consumo de energia está
dentro do controle estabelecido. Deste modo, permite-se obter um entendimento
maior do processo.
Segundo Montgomery (2009), o CEP tem grande utilidade por meio do seu
conjunto de ferramentas para a coleta, avaliação e interpretação de dados. Através
do foco no progresso da qualidade, eliminando as causas especiais de variação,
possibilita a aplicação da ferramenta no estudo da maioria dos processos.
Pode-se entender Controle Estatístico de Processos como um conjunto de
ferramentas de monitoramento da qualidade. Essas ferramentas, através da coleta de
dados, podem fornecer um detalhamento maior do comportamento de um processo
estudado, destacando a sua variabilidade e tornando possível maior controle do
processo com o passar do tempo (ALENCAR, et al, 2004). Também tem o intuito de
trazer melhorias contínuas aos processos estudados (CORTIVO, 2005).
No presente estudo os cálculos utilizados para se elaborar a ferramenta se
embasaram numa ferramenta que Costa etal (2005) chamam de estimadores
resultantes. Com o objetivo de estimar a variabilidade das despesas, fez-se uso das
suas respectivas médias, desvios padrões e limites naturais que, segundo os autores
se trata de valores situados a +- três desvios-padrão da média. Isto pode ser utilizado
para se elaborar gráficos de controle de processos e outras análises. Entretanto neste
estudo, não se estudou os processos de pagamentos, e sim os lançamentos das
despesas. Deste modo, não se entrará em maiores detalhes sobre outras ferramentas
do CEP e demais aplicações.
A análise estatística realizada apresenta uma ótica o ramo da estatística
descritiva. Segundo Bragança (2005), se trata de "um conjunto de técnicas analíticas
utilizado para resumir o conjunto dos dados recolhidos numa dada investigação, que
são organizados, geralmente, através de números, tabelas e gráficos". Desta forma
possibilita-se a criação de relatórios para se exibir informações sobre os dados
pesquisados. O autor lembra que para tal, se deve evidenciar as respectivas médias,
variâncias, desvios padrão, entre outras informações dos dados. Neste trabalho,
conforme citado, apenas se utilizou médias, desvios padrão e limites naturais de cada
linha de despesa.

41

Segundo Stevenson (1981), o ramo da estatística descritiva "utiliza números
para descrever fatos". Propiciando uma organização e resumo dos dados, levando a
uma simplificação de informações que podem ser bastante complexas. Assim permite
que o assunto abordado se torne mais compreensível.

42

3. METODOLOGIA

3.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Conforme já abordado, duas vertentes foram utilizadas no presente estudo, a
teórica e a empírica. A vertente teórica, ou pesquisa teórica, consiste na Revisão de
Literatura elaborada no item anterior. A mesma ocorre em grande parte com a
interação de casos reais, realizada em complementaridade à empírica. Entretanto,
muitos trabalhos atêm-se exclusivamente à teoria. Já a vertente empírica se dá
através da coleta de dados e pesquisas realizadas em campo através da elaboração
de um estudo de caso com um condomínio edilício da Zona Sul do Rio de Janeiro.
Foram utilizados dados das despesas deste condomínio. Esses dados se
referem a despesas ordinárias e extraordinárias, como manutenções prediais e de
materiais, custos de funcionários prestadores de serviço, obras, energia, água,
administrativas, impostos, assessorias, compras gerais, entre outros.
Para tornar possível gerar informações a partir de fenômenos presentes no
histórico de despesas estudado, uma ferramenta foi elaborada no programa MS Excel.
No Estudo de Caso explica-se como esta foi realizada e os cálculos utilizados para se
obter as informações necessárias e suas vertentes estatísticas. Além disso o
Apêndice A monstra o resultado da aplicação da ferramenta e o Apêndice B o
resultado de todos os parâmetros calculados.
Esta análise, aliada ao conhecimento de Gestão de Facilities e à análise
estatística são a base desse estudo para se compreender melhor a evolução dos
mesmos ao longo da história do condomínio e se propor possíveis melhorias neste
mercado. Essa abordagem apresenta uma ótima quantitativa, com respeito à
representação estatística da amostra à qual se teve acesso (período de despesas
estudado) e qualitativa no que tange a compreensão dos motivos para as sinalizações,
conforme entrevista realizada com o síndico.

43

3.2 PESQUISA TEÓRICA

Esta etapa concebida anteriormente foi realizada através da coleta de
diferentes estudos, para se fomentar os objetivos desse estudo. Artigos, dissertações
de mestrado, monografias de pós-graduação e livros estruturaram as argumentações
e discussões levantadas, que serviram de base de conhecimento para se refletir sobre
os temas abordados neste trabalho e construir argumentos necessários à sua
realização.
Numa visão resumida, este estudo apresenta conhecimentos da área de
Gestão de Facilities, Condominial e de Controle Estatístico de Processos. À vista
disso, o leitor se deparará com citações de obras de muitas disciplinas, como Direito,
Engenharia Civil, Serviços, entre outras.

3.3 PESQUISA EMPÍRICA

Esta se baseou na coleta de dados de despesas do condomínio estudado e na
realização da entrevista com o síndico. Não houve a elaboração de um questionário,
já que a abordagem foi realizada diretamente com o síndico, diante das necessidades
descritas no Roteiro da Entrevista. Esta foi realizada em duas etapas: no início do
estudo de caso, para estruturar os conhecimentos gerais do condomínio
(funcionamento, atividades, instalações, serviços etc.) e posteriormente à aplicação
da ferramenta para a análise dos gastos. A ilustração da Figura 8 facilita o
entendimento do procedimento seguido nesta etapa.

44

Entrevista com o Síndico
1ª Etapa

Despesas do Condomínio

Site com acesso livre a
qualquer condômino

Estruturação dos
conhecimentos gerais
do condomínio

2ª Etapa
Motivos para a
ocorrência das
sinalizações

Escolha do relatório
financeiro a ser utilizado

Escolhido:
Demonstrativo anual

Consolidação dos dados
e elaboração da
ferramenta
Figura 8 ­ Procedimento da Pesquisa Empírica

Vale esclarecer que se escolheu esse condomínio diante da disponibilidade do
síndico, do acesso às despesas e informações necessárias e principalmente pelo
autor residir no local. Os dados e informações auferidas serviram de informações para
sustentar as conclusões, diante dos problemas e questões levantadas na introdução.
A administradora deste condomínio disponibiliza para os condôminos os
valores de todos os gastos realizados numa série de informativos. Para este trabalho
se utilizou o Demonstrativo Anual, já que este, por ser atualizado mensalmente, possui
uma revisão dos meses anteriores sempre que um mês novo é acrescido. Isso
possibilita um número mais fidedigno. Além disto, o Demonstrativo Anual apresenta
todas as classificações de despesas já incorridas no condomínio, o que não ocorre
com outros informativos.

3.3.1 Investigação Preliminar

A pesquisa foi realizada utilizando fontes de dados primários e secundários. Os
primários são provenientes da pesquisa de campo com síndico. Já os secundários,
por sua vez, oriundos dos relatórios de despesas internas do condomínio em questão,
realizados pela administradora do condomínio.

45

3.3.2 Definição do Entrevistado

Conforme explicado, o único entrevistado foi o síndico, que já exerce esse
cargo desde novembro de 2011 no condomínio estudado. Este representante foi
subsíndico do condomínio onde morou anteriormente por sete anos, e, desde que
passou a morar no atual condomínio (desde 1999), participou do conselho e esteve
presente na maioria das assembleias convocadas.
Por ter conhecimento técnico de obras, relacionados à eletricidade, construção,
hidráulica, entre outros, devido à sua carreira profissional, foi eleito síndico
consecutivamente, por interesse dos condôminos. Tais conhecimentos permitiram
uma certa autonomia empírica na sua gestão, como a contribuição através do
monitoramento das empresas prestadoras de serviços de manutenção, reformas e
assuntos gerais ao que cabe à edificação. Além deste conhecimento, o síndico
ingressou na graduação de Administração em 2013.
Portanto, embora possua bastante experiência na área, não realizou estudos
de especialização específicos voltados à gestão de condomínio ou facilities.

3.3.3 Realização da Entrevista

O síndico foi entrevistado em duas etapas. Na primeira, para se ter acesso à
convenção do condomínio e descrever todas as instalações e estruturas do prédio,
compreensão da formação de todos os cargos envolvidos e das atividades de todos
os funcionários no condomínio. Isso se sucedeu com o autor tendo tido acesso prévio
ao controle utilizado pela administração e síndico, que consiste no planejamento e
monitoramento das atividades, dos funcionários. Demais esclarecimentos e
constatações foram feitas verbalmente e observando o funcionamento do condomínio
Após a aplicação da ferramenta elaborada nos dados dos relatórios de
despesas do condomínio, obteve-se como resultado muitas sinalizações, onde as
despesas se encontravam fora dos seus respectivos limites naturais, como será

46

exposto e explicado mais adiante neste estudo. Com base nisto, realizou-se a
segunda etapa da entrevista com o síndico para dar conhecimento dos motivos de
cada sinalização levantada.

3.4 LIMITAÇÕES DO MÉTODO

A pesquisa não leva em consideração o conhecimento técnico de funcionários
de manutenção, portaria, vigia, limpeza, piscinas e também das questões trabalhistas,
fiscais, jurídicas e contábeis da administradora do condomínio.
Com respeito à entrevista, apenas o síndico foi abordado. Certos empecilhos
dificultaram a expansão da pesquisa a demais membros do corpo gestor e ao
administrador. Deste modo, embora a entrevista não tenha oferecido opiniões e fatos
subjetivos, apenas uma pessoa foi entrevistada.

47

4. ESTUDO DE CASO

4.1 DISPOSIÇÕES GERAIS DO CONDOMÍNIO

O condomínio estudado se trata de um sistema composto por muitas
instalações, que levam à necessidade de serviços, podendo ser agrupados em:
manutenção, limpeza, segurança e administração. A seguir, serão apresentados
maiores detalhes da estrutura física e dos serviços presentes nesse local, que sejam
relevantes para o trabalho.
Esse estudo foi realizado num condomínio edilício situado na Zona Sul do Rio
de Janeiro. Este estabelecimento é de destinação mista, ou seja, residencial e
comercial. É composto por cento e setenta unidades residenciais, dispostas em três
edifícios (blocos) e oito lojas que, embora pertencentes ao condomínio, se encontram
voltadas para a rua, de modo que os clientes destas não possam acessar as áreas
comuns. Cada apartamento e loja tem direito a uma ou duas vagas de garagem,
variando de acordo com o tamanho do apartamento (por ex: coberturas e
apartamentos de três quartos têm direito a duas vagas, já os de dois quartos apenas
uma, salvo poucas exceções).
O primeiro bloco se distingue dos demais com respeito a muitas características,
mas as mais relevantes são: número de elevadores, colunas de corredores, número
de apartamentos e altura da edificação. Este possui setenta apartamentos distribuídos
ao longo de sete andares e em duas colunas, com cinco apartamentos cada. Qualquer
coluna do condomínio possui dois elevadores, logo, isso implica em quatro elevadores
no primeiro bloco.
Já no segundo e terceiro blocos, há cinquenta apartamentos distribuídos em
três colunas, sendo quatro apartamentos na primeira e terceira, e dois na segunda.
Isso leva a seis elevadores em cada, no segundo e terceiro blocos. Obviamente,
seguindo normas de segurança, todos os andares têm acesso a outros andares e a
áreas comuns através de escadas, além dos elevadores.
Para o acesso direto aos prédios, tem-se quatro níveis de pavimento: subsolo
lojista, subsolo, térreo e playground; todos são conectados por rampas de acesso ­
para passagem de veículos e pessoas ­ e, salvo o subsolo lojista, por elevadores e

48

escadas. O primeiro bloco tem acesso ao subsolo e térreo. Já os outros dois têm
acesso ao subsolo, térreo e playground, e do sobsolo pode-se acessar o subsolo
lojista, que fica sob o primeiro bloco. Vale ressaltar que qualquer tipo de veículo
(bicicletas, motos, carros, caminhões etc.) só pode acessar o condomínio através do
subsolo e térreo, salvo exceções, como bicicletas pequenas, patinetes, skates etc.
para o uso recreativo dos condôminos.
Já os pavimentos comuns contêm muitas instalações. Começando pelo subsolo
lojista, encontram-se vagas para veículos, casa de máquinas em geral, uma das salas
de manutenção do condomínio e no mesmo nível, embora abaixo do subsolo, a
cisterna.
No subsolo tem-se mais da metade das vagas do condomínio. Nele são
guardados, além de carros, bicicletas e motos. Tem-se acesso a todas as lixeiras do
prédio ­ lembrando que cada coluna possui uma lixeira que é conectada entre todos
os andares; e tubulações de exaustores instalados no subsolo, canalizadas ao térreo.
Como citado, em cada coluna há dois elevadores, sendo eles de serviço e outro
social. A entrada social possui uma sala com sofás e mesas de espera; na entrada
principal do condomínio há uma guarita, com espaço suficiente para dois porteiros,
banheiro, equipamentos utilizados para o serviço dos mesmos (como rádios, televisor
com gravações de câmeras estratégicas, cadeiras, aparelhos de liberação de entrada
de veículos ­ portões direto para as garagens ­ e pessoas ­ portões para pedestres)
e ar condicionado; sala com as bombas e encanamentos da piscina; salas para
guardar materiais e equipamentos utilizados rotineiramente para a manutenção do
condomínio. Dispostos ao longo de várias partes desse pavimento há jardins
compostos por árvores, plantas e flores embelezando o ambiente.
Por último, o playground possui instalações de recreação e conforto dos
condôminos. Há o acesso direto através do elevador de serviço, escadas, depósito de
lixeiras e câmeras, como em outros locais do prédio; possui piscina de adulto e de
crianças; bar de consumo de condôminos e de colaboradores; duchas; saunas (vapor
e seca, com sala de descanso), ducha e sanitários; salão de festas (com bar, copa e
sanitários); sala de ginástica; sala do porteiro (com sala, quarto, banheiro e cozinha);
área de recreação coberta e descoberta (quadra de basquete e parquinho para
recreação infantil, por exemplo); salão de jogos; fraldário; sala de administração;
assim como o térreo, possui jardins em várias partes do pavimento.

49

Além dos pavimentos, todos os prédios possuem terraço com casas de
máquinas ­ controle maquinário dos elevadores ­ e caixas d'água, escadas,
elevadores, acessos aos compartimentos de lixeira e, como cada apartamento possui
pelo menos um banheiro sem janela, a tubulação de exaustão termina no terraço dos
respectivos prédios. E em cada andar há sensores de presença para ligar a luz
automaticamente, câmeras de vigilância e lixeira.
Lembrando que, telhados, calhas, fachadas, caixas e equipamentos de
incêndio, medidores água, redes gerais de distribuição (água, luz, gás, força e
telefones), entre outras instalações e utilidades não citadas anteriormente fazem parte
da propriedade comum de cada condômino. E, tudo que não pertencer à área comum,
corresponde apenas ao proprietário (interior do apartamento/loja, por exemplo).

4.2 ESTRUTURA GESTORA

Essa estrutura é formada pelo síndico, subsíndico, conselho consultivo,
administrador e administradora. Com exceção aos dois últimos, todos os
colaboradores da gestão são escolhidos através de uma eleição anual na Assembleia
Geral Ordinária (AGO).
O síndico possui diversas responsabilidades perante o condomínio.
Resumindo-se, tem-se que as principais atividades são:
·

Representar legalmente o condomínio;

·

Contratar, demitir e aplicar penas disciplinares aos funcionários;

·

Seguir e cobrar de quem não siga os dispositivos da convenção e assembleias;

·

Supervisionar a administração geral do condomínio;

·

Organizar o quadro de pessoal;

·

Promover AGO, prestar contas ao condomínio e apresentar demonstrativos
mensais das despesas realizadas no período;

·

Promover cobrança de cotas condominiais, multas e juros de mora (sobre o atraso
do pagamento);

·

Realizar concorrência para serviços referentes às partes comuns;

·

Efetuar seguro das partes comuns;

O conselho consultivo deve se ater a:

50

·

Assessorar o síndico;

·

Autorizar despesas não especificamente previstas na AGO;

·

Fiscalizar a execução de quaisquer obras realizadas nas áreas comuns;

·

Denunciar erros, irregularidades e fraudes que ocorram no condomínio;
Na convenção não há a descrição das atividades do subsíndico. Apenas se tem

estabelecido que este deve substituir o síndico em casos extremos, como afastamento
por mais de trinta dias, renúncia ou morte. E, caso a necessidade ocorra, o subsíndico
deverá se ater às mesmas atribuições do síndico e convocar uma assembleia em até
trinta dias para uma nova eleição.
Outro participante importantíssimo para a gestão desse sistema é o
administrador do condomínio. Ele, diante das decisões tomadas nas assembleias,
pelos condôminos, síndico e conselho, tem um escopo previamente definido para
atender a certas demandas de manutenção, contratação, controles, entre outros
monitoramentos. Não há participação por parte do administrador nas tomadas de
decisão e deliberações estratégicas e táticas, embora o mesmo tenha que participar
das assembleias (AGE e AGO) e possa fazer sugestões diante das deliberações dos
condôminos, síndico e conselho.
Como citado, há muitos serviços e instalações envolvidos e estes requerem um
certo acompanhamento para funcionarem da forma adequada e manter o condomínio
dentro das normas de segurança. O síndico e o conselho mantêm um
acompanhamento adequado, diante de suas limitações técnicas e de conhecimento,
mas com o auxílio do administrador do condomínio, com outros funcionários e, com a
assessoria da administradora do condomínio.
Embora a administradora seja externa, ou seja, não possua funcionários dentro
do condomínio e não tenha participação deliberativa nas decisões tomadas pelo
condomínio, ela oferece à organização assessoria contábil, jurídica, fiscal e
trabalhista.
Além dos componentes citados acima, o condomínio possui outros funcionários
que contribuem para o funcionamento de todos os serviços. A Figura 9 apresenta um
diagrama elaborado pelo autor mediante entrevista realizada com o síndico do
condomínio. Nela há a descrição das unidades funcionais de todo o sistema da
organização e suas respectivas relações ­ de comunicação e de hierarquia ­ de
serviços do condomínio. Essa estrutura foi mantida nos últimos três anos, entretanto,

51

as estruturas anteriores não serão descritas nesse trabalho devido a constantes
alterações e as anteriores não foram completamente monitoradas e elaboradas pelo
atual síndico.
Conselheiros

Síndico

Morador

LEGENDA
Unidades Funcionais
Administrativa

Administradora
Externa

Administrador
do Condomínio

Assistente
Administrativo

Manutenção
Limpeza
Técnica
Portaria

Encarregado
Limpeza

Encarregado
Geral

Encarregado
Manutenção

Relações
Deliberativa
Executiva
Fiscal

Auxiliar de
Serviços
Gerais

Porteiro
Líder

Auxiliar de
Manutenção

Consultiva
Técnica
Coordenadora

Guardião
da Piscina
Porteiros

Vigias

Figura 9 ­ Estrutura Funcional do Condomínio

Cabe destacar que na Figura 9 há um agrupamento com respeito às
funcionalidades de cada unidade. Em especial a área administrativa possui muitos
participantes. Como já citado, o síndico, conselheiros, administrador do condomínio e
administradora são os principais colaboradores do condomínio e compõem essa área.
Estes são responsáveis pelo planejamento estratégico, tático e operacional desta
gestão.
Como visto na Revisão de Literatura, este tipo de gestão pode ser classificado
como cogestão (Farber e Segreti, sem data), já que o síndico é responsável
legalmente pelo condomínio, participa da sua gestão e possui a assessoria de uma
administradora. Apenas há uma distinção com respeito à classificação do autor, já
que, devido ao grande porte do estabelecimento, há a necessidade de um
administrador (ainda que não pertencente à administradora, neste caso) para auxiliar
o corpo gestor.

52

Contudo, nessa mesma área pode-se ver mais dois cargos participantes:
assistente administrativo e o encarregado geral. O primeiro serve para auxiliar o
administrador do condomínio com tarefas mais simples, como comunicar-se com os
fornecedores e atualização de controles internos, por exemplo. Já o encarregado geral
ajuda o administrador a estar a par de todas as ocorrências no condomínio (como
irregularidades e notificações de moradores, por exemplo) e manter o funcionamento
correto da portaria (incluindo porteiro líder, porteiros e vigias).
Já os outros serviços do condomínio, como: limpeza, portaria, manutenção e
guardião da piscina se encarregam de realizar a parte estritamente operacional de
seus respectivos serviços.
Destes prestadores de serviço, há uma divisão na qual alguns são funcionários
diretos do condomínio e outros são terceirizados, funcionários diretos de uma
empresa denominada de Terceirizada de Segurança, para o caso dos porteiros e
vigias, Terceirizada da Piscina para o guardião e Terceirizada de Limpeza para os
funcionários de serviços gerais.
Lembrando que alguns dos cargos citados não são necessariamente existentes
em outros condomínios, já que foram elaborados pelo corpo gestor com o intuito de
atender a todas as necessidades intrínsecas deste condomínio.

4.3 ATIVIDADES DOS SERVIÇOS PRESTADOS NO CONDOMÍNIO

Como medida de monitoramento e planejamento, o corpo gestor do condomínio
pré-estabelece um escopo de atividades para cada funcionário do condomínio ou
terceirizado. Este escopo pode sofrer alterações. No caso de uma constatação por
parte do funcionário, ou por parte dos gestores, da necessidade de alguma alteração,
esta passa por uma etapa deliberativa, onde deve ocorrer um consenso para se
estipular a modificação adequada, podendo ser levada até às assembleias em casos
extremos.
Em suma, tem-se na Quadro 5 a relação de todos os funcionários e as suas
respectivas atividades. Deste modo repara-se que o monitoramento dessas atividades
pode demandar bastante tempo por parte da gestão do condomínio. Muitos desses
itens podem não ser percebidos pelos condôminos, já que alguns correspondem a

53

rotinas operacionais (como manutenção, controle de entrada de veículos, controle de
pagamentos realizados na administração, entre outros) e em geral passam
desapercebidos.
Entretanto, há muitos que podem facilmente chamar atenção, como limpeza de
áreas comuns, recebimento de mercadorias e reparos urgentes, por exemplo. Ou seja,
a gestão adequada desses serviços, certificando-se de que suas respectivas tarefas
sejam realizadas corretamente é de grande importância para a eficiência desse
sistema.
Quadro Resumo das Atividades dos Funcionários
Horário/Escala
de Revezamento

Plantão Diurno Escala 12x36

Cargo

3 porteiros /
vigias

2 porteiros /
vigias
Plantão Noturno
Um porteiro
líder

Atividades
Segurança - Portaria e vigias
­ Conferir lista de placas, moradores e convidados, controlar entrada e saída
de veículos;
­ Controlar entrada e saída de pessoas e veículos, anotar placas novas e
informar adm;
­ Reportar sempre ao Encarregado, Administração ou ao Síndico qualquer
alteração/anormalidade;
­ Fazer ronda em todas as dependências do condomínio, com atenção às
regularidades;
­ Receber encomendas devidamente conferidas e protocolar. Recusar se
inconsistentes.
­ Conferir lista de placas, moradores e convidados, ao controlar a entrada e
saída de veículos;
­ Controlar entrada e saída de pessoas e veículos, anotar placas novas e
informar adm;
­ Reportar sempre ao Encarregado ou Administração qualquer
alteração/anormalidade;
­ Atuar com os demais na segurança dos acessos, desligamentos de luzes,
sauna etc.;
­ Atendimento a moradores, entrega de encomendas protocoladas e livro de
passagem;
­ Acessar a Administração em caso de emergências com moradores,
elevadores, manutenções etc.

Quadro 5 ­ Atividades dos Funcionários (continuação)

54

Dias úteis - das
7h às 13h

Administrador
do
Condomínio

7h às 16h

Assistente
Administrativo

Dois
Plantão Diurno Engarregados
Escala 12x36
Gerais

Administração
­ Fazer o controle dos pagamentos e recebimentos efetuados pela
administradora;
­ Controlar contratos de manutenções e prestações de serviços, conferindo
reajustes;
­ Controlar atividades terceirizadas (Jardins, Piscina, Porteiros, Asseio e
manutenções);
­ Controlar atividades dos funcionários e as tarefas a serem realizadas pela
manutenção.
­ Conferir protocolos da guarita e da BAP, monitorando envio de contas e
faturas;
­ Conferir livros de passagem da portaria e dos encarregados, com devidas
observações;
­ Elaborar, manter e conferir planilhas de controle administrativos internos;
­ Assistir ao advogado em audiências do Condomínio;
­ Verificar o andamento dos processos de cobrança a inadimplentes e outros;
­ Fazer pesquisas rotineiras para compra de materiais de limpeza, manutenção
etc.;
­ Atender aos moradores na administração e suas solicitações;
­ Replicar e enviar os balancetes mensais aos moradores por e-mail;
­ Participar de Assembleias Ordinárias e Extraordinárias;
­ Conferir previsão orçamentária da administradora ou elaborar para AGO.
­ Conferir presença de todos os funcionários diretos, assessorando a
administração;
­ Secretariar a administração, atender e efetuar ligações de moradores,
prestadores de serviço
­ Auxiliar o Administrador, Síndico e membros da gestão nos intercâmbios
úteis;
­ Manter arquivos e cadastros atualizados, interagindo com os encarregados.
­ Controlar terceirizados e funcionários, orientando-os e reportando ao
Administrador;
­ Anotar no livro de passagem do encarregado a presença de funcionários e
ocorrências;
­ Monitorar o livro de passagem da portaria, de ocorrências e protocolos;
­ Ligar e desligar luzes, controlar o consumo de água, abrir e fechar áreas
comuns;
­ Entregar a e receber as chaves do Salão de Festas e fazer conferência dos
elementos;
­ Averiguar normalidades em todo Condomínio e checar as chaves nos
claviculários;
­ Atender aos moradores, reportando ao Administrador ou encaminhando o
necessário;
­ Registrar ou resolver os conflitos entre moradores, na ausência do
Administrador e Síndico;
­ Atender as empresas de manutenção, na ausência do Encarregado de
manutenção;
­ Atualizar planilhas de placas, nomes de moradores, atestados, leitura
hidrômetro etc.;
­ Conferir encomendas e seus respectivos protocolos, receber e distribuir
correspondências datadas.

Quadro 5 ­ Atividades dos Funcionários (continuação)

55

Dias Úteis das
08h às 17h,
escala 5x2

Um
Encarregado
de
Manutenção
(08 às 17h -
sextas à 16h)

Escala 12x36

Um Auxiliar de
Manutenção
07 às 19h

Dias Úteis em
Horário
Comercial

Escala de
revezamento
12x36

Manutenção
­ Fazer os reparos de urgência do Condomínio;
­ Acompanhar as manutenções realizadas no Condomínio;
­ Acompanhar as obras das áreas comuns do Condomínio;
­ Realizar vistoria nos apartamentos, quando solicitado pela Administração;
­ Executar serviços de restauração nas instalações e áreas comuns do
Condomínio;
­ Manter organizadas as áreas de guarda de material e ferramentas;
­ Conferir e passar para a Administração ausência de materiais ou ferramentas.
­ Executar tarefas de manutenção coordenadas pela Administração ou
Encarregados;
­ Auxiliar o Encarregado de manutenção do Condomínio, nas tarefas
demandadas;
­ Manter organizadas as áreas de guarda de material e ferramentas.

Auxiliar de Serviços Gerais - Limpeza e Asseio
­ Coordenar os Auxiliares de Serviços Gerais e todas as tarefas de limpeza;
­ Conferir uso de materiais de limpeza e devido abastecimento das áreas
comuns;
Encarregado
­ Controlar as faltas e requisições mensais de material de limpeza para
pelo Asseio
administração;
­ Forrar os elevadores em caso de mudanças, obras e entregas;
­ Representar a terceirizada na conferência de folhas de ponto dos locados.
­ Interagir com o SS (insalubridade) em eventual falta ou urgência no manuseio
Um Auxiliar de de lixo;
Serviços
­ Asseio dos elevadores, portarias, estacionamentos, lixeirinhas PA e SS etc.;
Gerais
­ Lavagens e demais tarefas de limpeza conforme coordenação do
encarregado.
­ Recolhimento dos andares e manejo das 8 lixeiras gerais, dispondo à
2 Auxiliares de COMLURB;
Serviços
­ Asseio das 60 lixeiras de pavimentos, 44 corredores e lavagem diária das 8
Gerais
no SS;
­ Asseio geral complementar conforme instruções do encarregado de limpeza;
­ Asseio de todas as dependências do PUC, brinquedos, mobílias, ginástica
1 Auxiliar de
etc.;
Serviços
­ Manejo das lixeirinhas do PUC, limpeza pós festas e suprimentos às
Gerais
dependências.
­ Executar tarefas de manutenção coordenadas pela Administração ou
Um Auxiliar de Encarregados;
Manutenção ­ Auxiliar o Encarregado de manutenção do Condomínio, nas tarefas
07 às 19h demandadas;
­ Manter organizadas as áreas de guarda de material e ferramentas.

Escala 6x1

1à2
guardiões /
tratadores

Temos em
escala 5x2

Jardineiro

Piscina (empresa terceirizada)
­ Atuar como guardião, tratar e limpar a piscina permanentemente;
­ Ligar e desligar as saunas e conferir na lista de atestados a regularidade dos
moradores.
Jardins - Terceirizada Flor de Lotus
­ Plantar, podar, adubar e tratar plantas e árvores (baixas - em altura contrato à
parte);
­ Irrigar regularmente, promover aragem e renovações necessárias nos solos
etc.

Quadro 5 ­ Atividades dos Funcionários (conclusão)

56

4.4 PESQUISA E ANÁLISE DAS DESPESAS DO CONDOMÍNIO

Essa parte da pesquisa se trata de uma análise das despesas de todos os anos
em que a administradora prestou o serviço de assessoria contábil (APÊNDICE A).
Nesta pesquisa temos dados desde 2006 até 2016, exceto pelos anos 2011 e 2012
que, por anuência e deliberação em assembleia, decidiu-se interromper o serviço da
administradora.
Isto levou a uma tentativa de se realizar o acompanhamento contábil, jurídico,
fiscal e trabalhista por parte do administrador do condomínio, com certo auxílio de
alguns condôminos que se propuseram a este desafio. Entretanto, tal medida não
gerou os resultados esperados, tornando necessário o retorno dos serviços da
administradora.
Para essa pesquisa foi utilizado um balancete que a administradora denomina
de Demonstrativo Anual. Este oferece as receitas e as despesas realizadas no ano,
atualizadas mês a mês e classificadas nas categorias que serão apresentadas nos
itens a seguir. Como o objetivo é analisar as despesas, as receitas não serão expostas
nesse estudo.
Vale salientar que nessa lista de despesas aparecerão itens com os nomes de
Estorno e Reembolso como despesa. Esses lançamentos aparecem como negativos
na somatória final do Demonstrativo mesmo se tratando de receitas para o
condomínio. Entretanto, essa verba é recalculada na linha de receita e de
transferências bancárias, que não serão apresentadas neste estudo (por decisão do
condomínio) realizadas pela administradora, então não afeta o saldo final da verba do
condomínio. Embora o objetivo da aplicação da ferramenta seja identificar valores que
saíram do limite natural e a soma final com respeito à receita não seja de interesse
para esse estudo, esses nomes poderiam confundir o leitor se não houvesse essa
explicação.
Na Figura 10 é possível compreender como se realizou a pesquisa. Dividindose o processo todo em três etapas, primeiro se buscou o acesso às despesas através
do site da administradora. Há uma grande variedade de demonstrativos oferecidos,
entretanto, alguns apresentam menos despesas com relação ao Demonstrativo Anual
ou oferecem indicadores do desempenho financeiro do condomínio que não
contribuiriam para este estudo. Logo, como já dito, escolheu-se o Demonstrativo Anual

57

que informa, através da lista de cento e sete linhas de despesas os acontecimentos
no período citado (maio de 2006 até dezembro de 2010 e desde janeiro de 2013 até
novembro de 2016). Já na segunda parte construiu-se uma ferramenta utilizando-se
o programa MS Excel para se poder consolidar e analisar os dados através dos
cálculos realizados. Esta etapa foi mais prolongada por causa do grande número de
dados e das constantes verificações para que os cálculos estivessem corretos. Por
último, frente ao resultado da aplicação da ferramenta, o síndico foi entrevistado para
se agrupar o motivo de cada valor ter saído de seu respectivo limite natural.
Pesquisa com a Administradora

Construção da Ferramenta

Entrevista com o Síndico

Site com acesso livre a
qualquer condômino

Consolidação do
período pesquisado na
ferramenta MS Excel

Sinalização das
despesas fora dos
limites naturais

Classificação das
despesas da maior para
a menor

Pesquisa com o síndico

Escolha do relatório
financeiro a ser utilizado

Escolhido:
Demonstrativo anual

Cálculo da frequência
acumulada

Consolidação das
sinalizações e suas
justificativas

Cálculo das médias e
desvios padrões de
cada despesa
Cálculo dos limites
naturais

Figura 10 ­ Processo de Análise das Despesas

4.4.1 Descrição das despesas analisadas

Serão listados todos os gastos que ocorreram ao longo do período estudado.
O Demonstrativo da administradora segrega essas despesas em sete categorias:
Manutenção/Conservação/Contratos, Material, Concessionárias Públicas, Pessoal,
Administrativas, Diversos e Obras e Benfeitorias.
Os próximos itens apresentarão detalhadamente, dentro de cada uma das
categorias, do que se trata cada despesa. Alguns casos, por se tratar de um grande
número de ocorrências ­ já que se está explorando quase nove anos de despesas ­,

58

possivelmente terão uma descrição mais generalizada ou resumida, contudo poderão
mesmo assim tornar compreensível o motivo da despesa.
Embora o Apêndice A esteja com todas as despesas listadas seguindo da maior
linha de despesa até a menor, o Demonstrativo Anual utilizado nessa pesquisa não
teve nenhuma alteração com respeito às classificações em suas respectivas
categorias, contudo, vale ressaltar que há algumas exceções nas quais certas
despesas não estão classificadas na categoria mais adequada. O administrador do
condomínio faz um acompanhamento mensal de todas as despesas, realizando
alguns ajustes pertinentes com respeito a essas exceções.
A exceção mais relevante está na categoria de Manutenção/ Conservação/
Contratos, onde há a despesa de nome "Terceirização de Serviços". Esta é referente
ao contrato de terceirização do serviço de segurança do condomínio (envolvendo
porteiros e vigias). Ainda que se trate de um contrato, seria mais coerente classificalo na categoria de pessoal, já que os colaboradores terceirizados são geridos pelo
administrador e síndico e todas as despesas relacionadas aos funcionários estão
nessa categoria.

4.4.1.1 Manutenção/Conservação/Contratos

O nome desta categoria de despesas já descreve quais são os gastos
correspondentes. Tudo que não envolva compra de materiais e se enquadre em
manutenção e conservação de instalações e pagamentos dos contratos dos serviços
contratados está alocado nas classificações abaixo. É nesta categoria que se encontra
a maior linha de despesa do condomínio, que é a Terceirização de Serviços.
Todas as despesas enquadradas nessa categoria e suas respectivas
descrições (gastos correspondentes à mesma) estão descritas no Quadro 6 abaixo.

59

Manutenção/Conservação/Contratos
Descrição da Categoria
Bombas
Motores de exaustão, bombas de água e contratos de manutenção
Contrato de manutenção e conservação de todos os elevadores e
Elevadores
eventuais peças repostas
Desentupimento
Limpeza de caixas de gordura e espuma
Sistema de Exaustão
Trocas e reparos específicos do sistema de exaustão
Interfone
Compra de infertones
Desinsetização e desratização de todas as áreas comuns e limpeza de
Desintetização e Desratização
caixa d'água
Eventuais peças necessárias para o funcionamento da piscina e
Piscina
contrato com empresa de Manutenção e Conservação de piscinas,
desde abril de 2014
Pavagem de Reservatório
Compra de materiais para impermeabilização das caixas d'água
Jardins/Plantas
Contrato com empresa de jardins; compra de mudas e terra;
Manutenção Hidráulica
Compra de materiais ou reparos das bombas
Rádios Transmissores
Compra e reparo de walk-talks
Ar Condicionado
Compra de ar condicionado
Relógio de Ponto
Compra de relógio de ponto para controle interno de funcionários
Combustíveis e Lubrificantes
Compra de lubrificante para equipamentos de manutenção
Recolhimento de Lixo/Entulho
Contratação de caçambas para despejo de lixo e entulho
Pagamento do plano de internet até 2013 e transferido para a linha de
Provedor de Internet
despesa de TV por assinatura
Contrato empresa de manutenção da antena coletiva, interfones,
Portão/Antena/Circuito TV/Cancela
sistema de câmeras, cancela e portões de entrada
Contrato com empresa de manutenção até 2014; de 2014 até
Contrato de Manutenção
atualmente houve alocação de serviços para casos específicos
Manutenção de Computadores
Compra de equipamentos e manutenção técnica eventual
Sauna
Compra de materiais para a manutenção da sauna
Manutenção e Conservação de
Compra e reposição de equipamentos de escritório
Equipamentos
Ete ­ Serviço Desentupidora
Serviço de desentupimento
Manut. Mater. c/incendio
Compra de mangueiras e recargas de extintores
Contrato da empresa de terceirização de porteiros, auxiliares de
Tercerização de Serviços
serviços gerais (limpeza) e manutenção
Serviço de manutenção da cancela, antes do contrato com a nova
Antena Coletiva
empresa de manutenção de Portao/Antena/circ TV/Cancela
Caixa de Gordura
Limpeza de caixas de gordura
Portão de Garagem
Manutenção do portão de entrada até 2013
Molas de Blindex
Compra da mola de blindex e instalação da mesma para a sauna
Gerador
Despesa eventual
Compra de TAGs - contrato com empresa de equipamentos de
Controle de Acesso
controle de entrada e saída de veículos
Sinaleira
Equipamento de alerta no portão
Sinalizacao Visual
Equipamento de alerta no portão
Luz de Emergência
Luzes de emergência para as escadas
Despesa

Quadro 6 ­ Manutenção/Conservação/Contratos

60

4.4.1.2 Material

Aqui a designação dos gastos é com respeito aos utensílios necessários para
o correto funcionamento dos serviços e das instalações pertencentes ao sistema do
condomínio. Compras de materiais novos para novas atividades ou simples reposição
de materiais e equipamentos fora de uso ou defeituosos. Mais detalhes estão na
Quadro 7.
Material
Despesa
Pagamentos Diversos
Material Elétrico
Material Hidráulico
Material de Limpeza
Material Escritório
Material de Construção
Material de Pintura
Manutenção Elétrica
Sensores
Material de Reposição
Tintas e Vernizes
Material Esportivo

Descrição da Categoria
Compra de ferramentas, reposições de caixa pequeno (despesas
diversas de pequeno custo - medicamentos básicos, compra de café,
itens básicos para os funcionários e escritório de administração)
Fios, lâmpadas, fusíveis, fita isolante etc.
Conexões, tubos, registros etc.
Desinfetantes, vassouras, sacos de lixos, entre outros equipamentos
para limpeza
Papéis, canetas, lápis, clips etc.
Areia, cimento, tijolo etc.
Tintas, massas, rolo, pincéis etc.
Serviços específicos de manutenção elétrica
Sensores de presença dos corredores
Materiais para manutenção e reposição de equipamentos
Compra de materiais para pinturas eventuais do prédio
Compra e reposição dos itens de recreação do playground

Quadro 7 ­ Material

4.4.1.3 Concessionárias Públicas

Já nesta tem-se os gastos com as utilidades do estabelecimento: luz e força,
gás, agua e esgoto e telefones. Os gastos de Luz e força são referentes ao consumo
de energia pelas áreas comuns, ou seja, tudo que demande o gasto de energia, mas
que não ocorra dentro dos apartamentos. O mesmo se passa com as linhas de gás e
telefones que, em sua maioria, são utilizados pelos funcionários, já que o gás é em
sua maioria consumido na supervisão e no salão de festas (consumido pelos
moradores, mas nos casos de festas e eventos) e o gasto com telefones acontece
principalmente na administração e entre os funcionários.
Já o gasto de água e esgoto é distribuído por todos: condôminos e condomínio.
Não há medição de consumo de água para cada apartamento, portanto o condomínio

61

paga o consumo no total das áreas comuns, somado ao consumo de cada uma das
unidades. Ou seja, o consumo exacerbado por parte dos moradores implica na taxa
condominial. Mais detalhes estão na Quadro 8:
Despesa
Luz e Força
Gás
Água e Esgoto
Telefones

Concessionárias Públicas
Descrição da Categoria
Iluminação, elevadores, bombas e motores, câmeras, entre outros
componentes das áreas comuns
Consumo da supervisão e salão de festas
Consumo de todo o prédio - incluindo áreas comuns, unidades e lojas
Telefone fixo e rádio nextel da administração

Quadro 8 ­ Concessionárias Públicas

4.4.1.4 Pessoal

Conforme citado, o condomínio possui funcionários terceirizados e diretos.
Embora a maior parcela do salário esteja na categoria de Manutenção/ Conservação/
Contratos, linha de Terceirização de Serviços, já que a maior parte dos funcionários
são terceirizados, o pagamento dos funcionários diretos aparece na categoria de
Pessoal, já que aqui há a separação dos salários, vale transporte e alimentação,
encargos sociais, impostos, entre outras despesas. Funcionários como o
administrador, assistente administrativo, encarregados gerais, entre outros, recebem
seus benefícios através dessa linha de despesa. Mais detalhes estão na Quadro 9:
Pessoal
Despesa
Gestão de Vale Transporte
Salários
Exames Médicos
Encargos Sociais
Refeições/Lanches/Tickets
Uniformes
Imposto Sindical
Imposto de Renda
Indenização Trabalhista
Vale Transporte
Férias
Vale Alimentação
Plano de Saúde
Ficha Cadastral de Funcionários
Auxílio Funeral
Seguro de Vida dos Funcionários
Lavagem de Uniformes
Segurança

Descrição da Categoria
Cobrança de tarifa da administradora pela gestão de vale transporte iniciado em 2015
Pagamentos aos funcionários diretos
Exames adminissionais e para férias dos funcionários diretos
INSS, FGTS e demais impostos
Ticket refeição
Equipamentos de proteção indivudual e roupas para os funcionários
Constribuição ao sindicato trabalhista
Descontos de imposto de renda
Demissão onerosa
Passagens para os funcionários diretos
Remuneração das férias dos funcionários diretos
Vale alimentação
Assistência médica dos funcionários diretos
Tarifa cobrada pela administradora para a admissão de funcionários novos
Seguro para óbito dos funcionários diretos
Seguro de vida
Ajustes e lavagens exporádicas dos uniformes dos funcionários diretos
Lançamentos da terceirizada anterior do condomínio (até 2013)

Quadro 9 ­ Pessoal

62

4.4.1.5. Administrativas

Quaisquer despesas que sejam relacionadas às rotinas administrativas básicas
e a impostos relativos à administradora surgirão aqui. Mais detalhes estão na Quadro
10:
Administrativas
Despesa
Reembolso Contratual de ISS
Pró-labore
Despesas de Passagens
Despesas com Correios
Certificação Operação
Serviços de Computação
Taxa de Administração
Tarifas Operacionais
Xerox
13o Taxa Administração
I.R.R.F.

Descrição
Reembolso do imposto sobre o serviço da administradora
Isenção da taxa condominial do síndico
Passagens avulças que não estejam incluídas no Vale Transporte
Envio de atas e boletos condominiais
Certificação digital para o condomínio
Manutenção, reposição de peças de computador e limpeza
Cobrança de serviço da administradora
Empresa de manutenção de bombas
Gastos de cópias de documentos
Remuneração do 13o para a administradora
Lançamento de cobrança do imposto de renda

Quadro 10 ­ Administrativas

4.4.1.6. Diversos

Aqui é possível encontrar uma variedade de despesas tão ampla que se torna
difícil descrever com exatidão o motivo de sua existência. Seguros, honorários
advocatícios, cópias e remédios servem de exemplo para o tipo de despesa presentes
nessa categoria. Mais detalhes estão na Quadro 11.
Diversos
Despesa
Despesas Judiciais

Descrição
Custos processuais com o advogado relacionado a inadimplências e ações

Seguros
Veículos
Impermeabilização
Ressarcimentos Diversos

Aquisição de peças, materiais e contratações emergenciais para o
condomínio
Seguro geral, apólice da edificação
Indenização por estragos em veículos de condôminos
Materiais para a impermeabilização e reparos de caixas d'água e terraço
Devolução a condôminos por pagamentos a maior

Serviços Prestados

Serviços de terceiros não-funcionários - prestação de serviços exporádicos

Estorno

Devuluções de pagamentos indevidos - entre o condomínio e a
administradora

Eventuais

Quadro 11 ­ Diversos (continuação)

63

Honorários Advocatícios
TV por Assinatura
Caixa Pequeno
Reprodução-xerox
Despesas Mini-Market
Academia (Sala de Ginástica)
Assembléia
Chaves/Fechaduras/Cadeados
Reméidos
Eventos Sociais
Aluguel de Equipamentos
Transporte Coletivo
Despesas Natalinas
Lauto Técnico
Vidros
Carro Pipa
Assessoria Gerencial/Predial

Pagamento do advogado contratado e pagamentos jurídicos à
administradora
Pagamento do acesso aos canais por assinatura nas televisões de áreas
comuns
Dinheiro disponível na administração para pequenos gastos
Gastos de cópias de documentos
Despesa eventual
Manutenção da sala de ginástica
Assistência da administradora e demais gastos para as assembléias
Gastos com cópias de chaves em chaveiros
Compra de remédios para primeiros-socorros
Gastos com festas e eventos realizados no e para o condomínio
Gastos aluguel de andaimes e controle de acesso de portaria
Pagamento para caçambas de entúlho
Compra de materiais para a festa natalina e contratação de brinquedos
Emissão de laudos por engenheiros e técnicos - auto-vistoria, projetos de
arquitetos e ambientais
Reposição de vidraças
Contratação de caminhões pipa
Lançamento de um mês do auxiliar administrativo antes do lançamento ser
corrigido para a categoria de salários

Quadro 11 ­ Diversos (conclusão)

4.4.1.7 Obras e Benfeitorias

Como o próprio nome já revela, itens relativos às obras e modificações físicas
realizadas serão encontrados aqui. Mais detalhes estão na Quadro 12.
Obras e Benfeitorias
Despesa
Obras de Conservação
Móveis e Equipamentos
Benfeitorias
Gradeamento do Prédio

Descrição
Reparos eventuais na edificação
Compras eventuais de objetos e máquinas para o condomínio
Reformas e serviços de melhorias
Serviços de reparos nas grades

Quadro 12 ­ Obras e Benfeitorias

4.4.2 Aplicação da ferramenta elaborada nas despesas do condomínio

A ideia desta aplicação surgiu diante da oportunidade de se estudar o
condomínio como um caso, buscando compreender melhor as suas atividades,
concomitantemente associando-as à literatura existente e, principalmente do acesso
às despesas realizadas pelo condomínio junto à especialidade do orientador deste
trabalho.

64

Por se tratar de uma grande quantidade de dados (Vide APÊNDICE A), onde
estão sendo expostas cento e sete linhas de despesas em cento e três meses, é
possível se obter muitas informações. Dentre as possibilidades, buscou-se uma
ferramenta para identificar desvios do padrão de despesas, já que muitas das
atividades da Gestão de Facilities se preocupa com a redução de custos. Uma
ferramenta que, além disso, possa contribuir para a qualidade num sistema
condominial, aumentando o rigor no controle das contas, como visto na Revisão de
Literatura.
Nos itens a seguir, compreende-se como foram realizados os cálculos e o que
levou a algumas despesas apresentarem sinalizações em vermelho (vide APÊNDICE
A).
Como será visto no Apêndice A, as despesas também foram classificadas
conforme a sua periodicidade. Isso foi feito para poder se acompanhar melhor a linha
de despesa com o síndico para facilitar o reconhecimento da despesa ao se descrever
os motivos das sinalizações. Na Tabela 1 temos a descrição dos intervalos nos quais
a linha de despesa foi classificada. Cada numeração representa a quantidade de
ocorrências de despesas ao longo de todo o histórico anualmente. Ou seja, a despesa
mensal ocorre entre nove vezes por ano e doze, ao longo do histórico.
Embora tenha sido útil em muitos casos, há alguns em que a classificação não
condiz exatamente com o que aconteceu. Há linhas de despesas onde houve muitos
lançamentos em poucos anos e nenhum em outros, ou seja, isso levou a uma
classificação diante da quantidade de ocorrências em todo o período, classificando as
vezes uma despesa como anual, sendo que ocorreu por nove vezes em dois anos,
dentro dos 9 anos estudados. Entretanto, o modelo está apresentando uma
periodicidade estatística que pode auxiliar o leitor a identificar o tipo de despesa.
Tabela 1 ­ Intervalos

Min Sinal Máx Sinal
Mensal
9
>
12

9

5

3,5

2,5

1,5

0,75
0,42
0,29 . Acesso em: 10 de out. 2016.
BRAGA, L. C.; BRAGA, A. R.; BRAGA, C. M. P. On the characterization and monitoring
of building energy demand using statistical process control methodologies. Energy and
Buildings, v. 65, p. 205-219, 2013.
CÂMARA, H. Q. (2004). Condomínio Edilício: Manual Prático com Perguntas e
Respostas. Segunda Edição. Rio de Janeiro. Editora Lumen Juris, 2007. 581 p.
CEN.

Who

We

Are.

2016.

Disponível

em:

. Acesso em: 29 de nov.
CHAIGAR, Silvio Frederico da Silva. A vida condominial e as sociabilidades: estudo
de caso do PAR Querência, Pelotas, RS. 2008. 103f. Dissertação (Mestrado)
Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais. Universidade Federal de Pelotas,
Pelotas. 2008.
COSTA, A. F. B.; EPPRECHT, E. K.; CARPINETTI, L. C. R. Controle Estatístico de
Qualidade. 2ª Edição. São Paulo. Editora Atlas, 2005.
CUNHA, Lucas Monteiro da. Análise do grau de satisfação dos síndicos com os
serviços prestados por administradoras de condomínios em Florianópolis. 2016.

77

DA SILVA, Renata Karine Viana; BARBOSA, Ana de Fátima Braga. Gestão da
Qualidade-Principais Marcos e como Influenciaram as Empresas. Revista de
Engenharia e Pesquisa Aplicada, v. 1, n. 1, 2016.
DE AZEVÊDO NEVES, Raïssa Pereira Alves. Espaços Arquitetônicos de Alta
Tecnologia: Os Edifícios Inteligentes. 2002. Tese de Doutorado. Universidade de São
Paulo.
DEGANI, Clarice Menezes. Modelo de gerenciamento de sustentabilidade de
facilidades construídas. 2010. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.
DO CARMO, Adriano da Silva; JUNIOR, Fabiano Torres; LOPES, Márcio Pereira.
Contabilidade Condominial: um novo horizonte para o profissional de contabilidade.
2007.
FARBER, JOÃO CARLOS. JOÃO BOSCO SEGRETI. Análise da adequação das
informações econômico-financeiras para a tomada de decisão nos condomínios
residenciais da cidade de São Paulo através de uma pesquisa empírica. In: Congresso
USP de Controladoria e Contabilidade. São Paulo. Sem Data. Disponível em:
. Acesso em: 10
de dez. 2016
FARBER, João Carlos; SEGRETI, João Bosco. Contribuição da Contabilidade para a
Eficácia da Gestão e Controle de Condomínios. In: Congresso USP de Controladoria
e Contabilidade. São Paulo. 2004.
FERNANDES, Márcio Grima. A administração condominial à luz do custo para servir
clientes: um estudo na baixada santista (SP). 2013.
FERNANDES, Márcio Grima. Custo para servir clientes: uma pesquisa-ação em
administração condominial na Baixada Santista (SP). Enfoque: Reflexão Contábil, v.
33, n. 3, p. 1-19, 2013.
FERREIRA, Flavia Poetsch. Gestão de facilities: estudo exploratório da prática em
empresas instaladas na região metropolitana de Porto Alegre. 2005.
FERREIRA, Paulo Emílio Buarque. Apropriação do espaço urbano e as políticas de
intervenção urbana e habitacional no centro de São Paulo. 2007. Tese de Doutorado.
Universidade de São Paulo.
FERREIRA, Paulo Emílio Buarque. Apropriação do espaço urbano e as políticas de
intervenção urbana e habitacional no centro de São Paulo. 2007. Tese de Doutorado.
Universidade de São Paulo.

78

FINCH, Edward. A Sea-Change in Facilities management. Em: ALEXANDER, K.
Facilities Management: Theory and Practice. Reino Unido. Taylor & Francis, 1996 p.
42-55
FOGO FILHO, JOSÉ ERNESTO. Administração De Condomínios Recém Instalados:
Diretrizes Para Implantação Do Sistema De Gestão Técnica E Operacional. 2015.
Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.
HENRIQUE, Alexandre de Castro. Administração e Contabilidade Condominialadaptada para gerenciar condomínios edilícios. 2008.
IFMA.

What

is

Facility

Management.

2016.

Disponível

em:

. Acesso em: 10 de out.
2016.
KANASHIRO, Gílson Maekawa. Sistema de TI para gestão condominial. 2012.
KENNEDY, Alan. Facilities Management Support Services. In. ALEXANDER, K.
Facilities Management: Theory and Practice. Reino Unido. Taylor & Francis, 1996 p.
135-144
KOLLET, Ricardo Guimarães. Propriedade Horizontal E Condomínio Edilício: Em
Busca De Uma Identidade Jurídica.
LIMA, A. A. N.; LIMA, J.R.; SILVA, J.L.; ALENCAR, J.R.B.; SOARES-SOBRINHO, J.L.;
LIMA, L.G.; ROLIM-NETO, P.J. Aplicação do controle estatístico de processo na
indústria farmacêutica. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, v. 27,
n. 3, p. 177-187, 2009.
MACEDO, Carlindo Martins. A Estratégia da Terceirização de Processos de Negócios
no Gerenciamento de Facilidades. 2005.
MACHADO, Marcela Aparecida Guerreiro. Estudo das propriedades dos gráficos de
controle bivariados com amostragem dupla. 2006.
MAT YASIN, M. F. The contributions of knowledge mapping in facilities performance
evaluation practice in Malaysia. 2013. Tese de Doutorado. University of Salford.
MONTGOMERY, Douglas C. Introduction to statistical quality control. John Wiley &
Sons, 2009.
MORAIS, C. M. Escalas de Medida, Estatística Descritiva e Inferência Descritiva.
2005.
PEREIRA, C. M. da S. Condomínio e Incorporação. 10. Ed. Rio de Janeiro: Forense,
1997.

79

QUINELLO, R.; NICOLETTI, J. R. Gestão de Facilidades. São Paulo. Novatec Editora
Ltda, 2006. 264 p.
QUINELLO, Robson. Inovação e melhoria nas facilidades e desempenho operacional.
2010. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.
ROPER, Kathy O; PAYANT, Richard P. The facility management handbook. AMACOM
Div American Mgmt Assn, 2014.
SCHWARTZ, ROSELY BENEVIDES DE OLIVEIRA. Avaliação De Desempenho Da
Administração De Condomínios Residenciais.
SEBRAE. Como Montar um Serviço de Administração de Condomínios. 2016.
Disponível em:< http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montarumservicodeadministracaodecondominios,f8487a51b9105410VgnVCM1000003b740
10aRCRD>. Acesso em: 19 de dez. 2016
SOUZA, Antonio Marcos. Modelo para gestão de processos em empresas de serviços:
aplicação em uma administradora de condomínios. 2002.
STEVENSON, W. J. Estatística Aplicada à Administração. São Paulo. Habra, 1981.
TAVARES, Agnelo da Cruz. GESTÃO DE EDIFÍCIOS Informação Comportamental.
2009.
TRICKETT, Terry. Transforming Organizational Life By Design. In ALEXANDER, K.
Facilities Management: Theory and Practice. Reino Unido. Taylor & Francis, 1996 p.
15-25
WILLIAMS, Bernard. Cost-effective facilities management: a practical approach.
Facilities, v. 14, n. 5/6, p. 26-38, 1996.

80

APÊNDICE A
2006
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Mensal

Salários

Frequência
Acum ulada

m ai/06

jun/06

jul/06

ago/06

set/06

out/06

nov/06

dez/06

40% 76.898,08

70.504,19

79.209,50

57.427,04

57.665,04

57.646,99

67.689,09

67.479,90

2.694.998,62

53% 15.852,09

13.149,52

14.076,46

13.150,46

35.352,76

23.070,16

16.752,14

16.964,94

2.382.098,79

64% 28.527,19

29.554,57

31.940,00

27.550,33

27.310,63

32.212,52

29.656,51

29.179,71

Mensal

1.037.887,31

69% 10.378,12

6.141,34

6.189,40

7.763,29

6.995,98

6.842,55

10.830,63

10.210,42

Elevadores

Mensal

989.837,09

74%

7.625,76

7.618,14

7.634,17

7.619,70

7.615,89

7.599,93

7.574,93

7.665,33

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

4.406,85

4.134,16

3.896,31

5.095,19

4.804,45

4.504,72

4.222,59

7.765,35

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

5.001,62

5.164,64

16.661,32

5.283,47

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

5.187,13

2.670,82

2.931,52

2.590,21

2.199,81

4.385,15

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

2.023,04

1.999,83

1.971,64

2.021,43

1.966,92

2.172,81

2.192,27

1.923,78

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.722,32

2.719,60

2.725,33

2.720,16

2.718,80

2.713,10

2.792,89

2.784,25

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

19.256,24

10.556,01

10.533,89

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

2.249,23

2.383,99

10.125,24

10.701,89

1.038,81

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

532,43

445,24

342,96

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.839,41

1.837,57

1.841,44

1.837,94

1.837,03

1.833,18

1.827,15

1.821,50

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

4.179,32

3.593,18

3.601,85

3.468,02

3.216,08

3.121,90

3.090,25

3.316,95

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

1.684,90

218,12

603,99

4.206,50

2.112,58

2.426,21

1.628,90

3.187,63

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

790,82

798,90

791,69

789,79

788,14

785,55

783,12

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

683,03

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

1.576,35

868,40

870,23

868,58

868,14

866,32

906,70

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

581,25

685,41

584,66

593,66

369,24

592,12

1.037,82

342,44

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

1.308,54

1.200,30

1.456,32

1.578,94

1.236,19

1.586,80

1.158,52

1.206,58

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

567,81

616,61

312,45

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

669,64

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

643,79

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

2.696,57

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

244,64

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

513,29

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

11.259,54

197,76
1.035,37

241,21

566,41

801,46
903,90
283,70

1.620,14
1.179,65

1.609,86
310,61

819,56

629,00

2.126,89

1.016,84

704,12

2.389,00

534,02
2.401,70

2.406,76

803,67
639,50

2.503,28

2.299,96

405,12

1.823,49

1.817,86

237,53

236,80

57,56

38,25

659,73

295,12

217,60

1.866,80

1.861,03

164,99

164,44

369,76

73,84

73,60

73,37

232,81

1.640,95
597,81

321,57
2.016,68

38,63

38,67

38,60

327,91

620,42

764,33

436,28

57,75

288,87
744,96

698,18
582,51

218,34

218,58

218,06

2.784,25

75,56

244,40

244,91

244,45
1.095,14

75,52

75,68

75,54

74,00

7.536,05

201,65
1.930,33

296,33

20,58

378,92

165,11

791,08

394,79

394,59

393,77

392,47

505,38

274,13

211,63

114,94

107,62

270,04

39,54

66,96

66,76

190,19

6.984,19
790,19

126,20

34,87

42,03

244,91
32,52

49,21

32,56

81

2006
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

m ai/06

jun/06

jul/06

335,14

478,25

ago/06

set/06

147,04

499,82

out/06

nov/06

331,97

dez/06
404,25

478,77

619,90

618,71

456,79

463,53
182,15

920,72

7,73

7,72

7,73

7,72

7,57

7,55

7,53

7,50

11,48

7,83

9,65

8,73

11,92

14,62

10,02

478,25

7,82

82

2007
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jan/07

fev/07

m ar/07

abr/07

m ai/07

jun/07

40% 70.037,61

68.491,55

68.111,05

67.779,84

71.934,60

60.483,29

2.694.998,62

53% 20.203,93

20.770,12

21.030,85

28.679,37

20.448,07

16.995,52

Mensal

2.382.098,79

64% 25.255,55

25.552,02

28.982,39

26.616,04

28.537,08

28.390,67

Salários

Mensal

1.037.887,31

69%

5.760,51

5.831,06

6.466,00

6.704,09

6.687,37

6.668,70

Elevadores

Mensal

989.837,09

74%

7.515,45

7.085,46

7.449,75

7.422,28

7.719,10

7.697,55

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

4.977,95

5.105,08

5.007,60

4.098,22

4.359,45

4.076,58

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

6.828,41

1.462,68

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

2.175,36

2.165,83

2.156,34

3.297,78

2.143,03

2.137,05

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

2.148,66

2.060,41

2.129,87

2.095,95

2.090,73

2.084,89

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.770,95

2.758,81

2.746,73

2.736,60

2.729,78

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

425,19

389,94

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.804,86

1.796,95

1.790,33

1.785,86

1.780,88

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

3.846,80

3.549,38

3.212,05

3.601,17

3.155,56

3.028,20

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

2.084,72

1.580,15

1.932,62

1.951,46

492,01

3.607,50

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

779,38

775,96

772,56

769,72

794,87

792,65

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

856,69

852,94

849,20

846,07

843,96

841,61

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

491,27

726,46

1.045,83

2.253,13

549,15

1.056,95

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

1.104,76

1.227,05

1.178,26

1.297,13

1.213,96

2.116,86

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

1.602,17

1.595,15

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

1.605,23

613,65

826,60

787,74

1.228,67

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

1.356,70

1.127,91

1.037,59

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

2.722,16
10.702,05

406,94
250,08

68,03
733,65

4.152,54

990,07
678,63
1.546,32

1.539,54

1.284,01

515,01
128,14

127,58

1.272,92

235,66

660,77

658,92

1.657,84

1.653,71

1.649,09
37,40

38,07

37,90

37,74

37,60

37,50

463,64

431,65

352,11

345,69

393,12

309,80

1.893,83

214,24

213,30

220,32

671,59

669,72

140,16

139,65

139,30

138,91

378,36

308,18

73,02

72,70

72,38

72,11

78,11

77,90

389,39

387,68

777,36

544,80

383,60

402,48

103,33

150,89

102,43

107,42

234,84

216,91

587,69

572,37
107,82
68,80

64,76

94,91

62,05

83,31

62,79

83

2007
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jan/07

fev/07

m ar/07

abr/07

376,11

m ai/07

jun/07

473,06

357,17

356,18

7,36

7,34

12,07

20,84

434,47
913,07

588,68

7,47

7,44

7,40

7,38
261,92

12,69

8,57

10,28

9,31

84

2007
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jul/07

ago/07

set/07

out/07

nov/07

dez/07

40% 13.017,72

73.184,13

73.354,89

74.263,26

62.457,93

72.649,44

2.694.998,62

53% 20.824,28

16.088,82

18.212,02

17.736,08

18.728,37

16.029,80

Mensal

2.382.098,79

64% 26.183,93

26.772,86

30.409,61

25.685,96

25.259,50

24.163,87

Salários

Mensal

1.037.887,31

69% 10.734,66

7.333,15

7.534,27

7.562,71

11.632,08

11.005,60

Elevadores

Mensal

989.837,09

74%

7.676,06

7.657,68

7.621,86

7.344,17

7.585,40

7.556,69

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

4.171,10

4.485,11

4.702,17

4.626,48

6.372,43

8.977,64

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

2.260,12

8.229,26

16.132,10

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

2.131,08

2.524,60

2.116,04

2.358,66

2.351,61

2.342,70

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

2.104,92

2.152,17

2.038,71

2.035,05

2.080,07

2.021,28

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.714,56

2.708,06

2.695,39

2.690,55

2.849,60

2.838,82

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

771,55

1.736,03

688,24

1.231,87

1.840,60

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

491,26

370,85

497,57

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.775,90

1.771,65

1.763,36

1.760,19

1.754,93

1.748,29

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

3.054,38

3.058,76

3.051,32

3.063,97

3.054,81

2.839,74

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

1.624,84

1.417,32

1.613,37

1.781,32

903,68

2.097,84

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

790,44

1.173,58

1.130,78

1.127,40

1.123,13

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

875,42

914,32

910,86

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

791,10

1.896,90

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

919,92

623,62

675,37

1.017,92

586,04

1.319,96

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

1.383,93

1.334,94

1.307,02

1.786,05

1.323,57

1.199,67

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

1.154,34

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

944,78

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

657,08

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

1.644,49

1.014,04

1.009,31

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

37,29

37,20

314,76

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

314,25

364,66

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

504,45

691,24
925,19

881,11

876,99

1.954,77
489,33

493,74

425,97

1.941,58
554,35

4.379,08

739,44

1.987,38

214,90

634,81

399,21

671,46

571,33

607,27

605,45

603,16

283,82
1.607,52
649,32

646,87

36,96

36,85

36,71

288,19

197,27

212,87

219,97

217,00

216,61

215,96

215,14

54,81

530,06
218,54

297,74

138,52

138,19

77,68

77,49

476,83

380,55

154,50

102,76

2.838,82
221,78

77,13

51,14

220,28

76,99

76,76

76,47

19,71

39,31

19,58

51,05

157,94

101,40

64,20

69,69

73,21

80,20

112,78

112,57

156,78

85

2007
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jul/07

ago/07

425,90

set/07

out/07

nov/07

391,29

dez/07
238,64

355,18

7,32

7,30

7,27

7,25

7,23

7,20

10,62

9,21

29,80

8,70

10,04

9,09

86

2008
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jan/08

fev/08

m ar/08

abr/08

m ai/08

jun/08

40% 72.853,87

71.960,27

60.671,77

71.037,71

70.573,03

72.963,33

2.694.998,62

53% 28.508,46

18.809,57

24.214,34

20.981,59

22.404,54

18.826,31

Mensal

2.382.098,79

64% 23.314,58

25.423,83

21.139,44

22.357,66

24.595,39

25.001,43

Salários

Mensal

1.037.887,31

69%

7.949,78

7.409,00

6.939,90

7.189,22

11.400,27

7.093,85

Elevadores

Mensal

989.837,09

74%

7.501,18

7.460,89

7.424,51

7.389,04

7.967,01

7.904,56

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

6.374,88

7.225,28

4.595,36

4.956,72

4.740,48

4.423,31

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

4.369,59

7.541,79

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

2.325,50

3.033,66

2.301,73

2.290,73

2.278,20

2.665,18

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

2.056,97

2.020,79

2.010,94

2.026,22

1.965,63

1.974,78

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.817,96

2.802,83

2.789,16

2.775,84

2.760,65

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

310,70

858,85

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

400,67

334,94

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.735,44

1.726,12

1.717,71

1.709,50

1.700,15

1.686,82

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

2.853,76

2.931,99

2.698,00

2.167,48

2.614,32

2.096,64

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

1.975,27

1.579,30

2.040,53

1.981,31

1.944,97

2.039,37

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

1.114,88

1.108,90

1.103,49

1.098,22

1.092,21

1.083,65

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

863,11

858,47

854,28

850,20

845,55

838,93

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

155,14

815,91

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

975,32

352,13

491,26

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

1.325,19

1.142,31

1.363,69

1.297,97

1.341,78

1.426,19

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

1.927,28

1.916,93

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

778,81

441,91

910,77

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

598,73

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

138,31

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

208,25

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

416,51

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

2.739,01
- 1.326,89

695,67

405,64

215,72

170,37
696,30

624,12

968,27

615,79
705,56

500,58

498,13

495,76

493,04

489,18

38,98

38,76

38,46

1.403,05

315,23

228,65

828,40

225,61

282,07

175,12

168,68

190,42

188,92

289,78

642,11

36,44

213,56

36,25

1.039,23

39,16

262,91

296,34

75,91

100,66

185,55

75,50

75,13

81,65

81,20

80,56

131,36

517,37

18,55

55,34

37,78

205,41

99,63

99,15

310,96

161,60

337,36

6,82

58,31

65,64

73,00

72,65

66,93

72,60

87

2008
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jan/08

fev/08

m ar/08

abr/08

m ai/08

jun/08
217,62

345,22

1.230,84

428,44

1.394,12

1.083,43

12,39

12,32

12,26

12,21

12,14

12,04

9,48

13,46

11,17

8,00

17,24

24,56

88

2008
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jul/08

ago/08

set/08

out/08

nov/08

dez/08

40% 76.544,87

77.361,39

51.468,73

76.209,16

75.603,90

76.037,02

2.694.998,62

53% 24.937,74

14.317,91

25.792,97

25.682,51

21.889,16

15.826,29

Mensal

2.382.098,79

64% 25.660,12

25.612,24

22.374,29

25.470,50

25.453,09

23.676,88

Salários

Mensal

1.037.887,31

69%

6.847,48

7.004,62

9.163,42

7.518,15

11.883,65

11.317,95

Elevadores

Mensal

989.837,09

74%

7.846,50

7.805,13

7.783,33

7.763,15

7.728,37

7.700,65

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

4.390,82

4.583,08

4.416,10

6.881,70

4.585,03

8.515,67

Estorno

Trimestral

434.610,59

80% 13.417,29

10.009,46

2.597,62

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

2.638,91

2.231,91

2.225,68

2.985,28

2.209,96

2.202,04

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

2.009,04

1.998,44

2.131,06

2.146,20

2.074,84

2.209,12

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.718,89

2.704,56

2.697,01

2.690,01

2.993,35

2.982,61

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

1.565,71

2.093,67

3.922,98

3.232,57

3.218,09

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

469,68

661,25

611,03

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.674,43

1.665,61

1.660,96

1.656,65

1.649,23

1.643,31

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

2.233,53

2.023,38

2.017,73

1.918,40

1.810,03

1.859,57

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

1.915,55

1.905,45

1.900,13

1.895,21

897,18

3.010,54

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

1.075,69

1.070,02

1.179,20

1.176,14

1.170,87

1.166,67

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

757,06

753,07

750,97

749,02

783,25

780,44

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

280,72

1.493,00

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

717,49

313,13

1.009,86

1.477,73

1.042,21

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

1.477,96

1.166,92

1.402,11

1.256,22

1.240,78

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

83,05

Vidros

Anual

10.420,36

99%

1.886,01

1.881,12

Gás

Mensal

8.858,37

99%

81,47

135,02

193,01

682,02

2.262,02
463,99

919,83

1.370,09
2.243,79

421,12

325,23

4.260,82

485,59

152,57

1.494,53

762,06

824,78

226,45

483,03

481,68

389,31

362,83

361,53

383,09

38,18

37,98

382,02
1.175,13

1.172,08

320,40

37,77

37,60

37,47

219,79

14.293,00

739,31

222,77

537,73

329,26

632,89

187,54

186,55

186,03

525,16

242,44

241,57

79,12

78,77

78,48

2.982,61

182,23

79,97

79,55

79,33

631,16

100,47

37,31

37,21

18,55

18,47

285,65

168,09

109,34

50,80

217,68

213,63
1.328,76

94,74

108,46

73,55

246,50

75,81

62,35

89

2008
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jul/08

ago/08

set/08

out/08

430,11

11,96

11,89

nov/08

dez/08

446,41

11,86

11,83

11,78

11,73

295,80

13,93

12,99

11,23

12,49

12,01

10,25

90

2009
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jan/09

fev/09

m ar/09

abr/09

m ai/09

jun/09

40% 73.251,62

77.869,49

76.894,14

73.642,52

76.130,81

75.838,80

2.694.998,62

53% 15.782,10

18.562,96

17.132,51

13.074,75

17.016,63

13.948,10

Mensal

2.382.098,79

64% 24.158,38

21.670,03

22.836,13

22.367,65

26.446,99

22.563,74

Salários

Mensal

1.037.887,31

69%

7.546,59

7.483,16

7.450,08

7.427,37

12.395,12

7.357,31

Elevadores

Mensal

989.837,09

74%

7.679,15

8.131,73

7.600,66

7.585,49

8.059,14

8.021,44

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

5.293,09

4.442,93

4.541,36

6.664,22

4.795,79

6.036,92

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

893,79

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

2.474,47

2.185,40

2.173,44

2.169,11

2.158,74

2.148,64

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

2.202,95

2.121,19

2.195,47

2.196,28

2.195,84

2.175,57

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.974,28

2.960,07

2.943,88

2.938,00

2.923,97

2.910,29

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

585,32

564,21

507,60

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.638,72

1.630,89

1.621,97

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

1.684,03

1.725,91

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

1.928,78

1.927,72

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

1.163,41

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

740,92

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

473,59

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

1.157,68

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

2.237,53

2.226,87

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

1.754,25

488,29

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

253,98

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

334,33

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

26.736,33

791,52

1.551,99
309,54

561,76

1.618,74

1.611,00

1.603,47

1.697,48

1.874,69

1.857,65

1.842,86

1.922,04

1.528,09

1.842,99

3.085,07

1.157,85

1.151,52

1.149,22

1.143,73

1.138,38

737,38

733,34

731,88

728,38

724,98

334,33

669,19

1.011,71

1.216,94

1.328,83

1.300,82

1.539,47

1.324,01

618,46

927,13

149,34

978,21

136,94
3.029,12

573,91

360,52

358,80

6.443,25

416,20

356,83

321,97

356,12

902,64

131,48

749,12

1.890,49

354,42

352,76
388,76
925,20

373,05

372,31

370,53

37,36

37,18

36,98

36,91

36,73

39,77

233,78

214,97

210,61

199,12

210,64

264,20

275,74

137,59

248,16

179,68

219,18

575,19

130,47

136,29

124,05

123,47

189,21

78,27

77,89

87,10

34,99

17,12

436,55

149,62

46,64

148,09

409,68

407,72

86,93

86,51

86,11

65,41

159,79

44,52

365,21

132,29

80,27

79,89

101,48

210,86

42,41

110,55

85,72

93,99

91

2009
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jan/09

fev/09

m ar/09

abr/09

m ai/09

380,82

251,94

323,75

1.081,56

jun/09

198,83

539,69

1.232,70

412,42

917,68

555,91

553,25

550,66

11,56

11,50

11,45

40,63

8,34

314,63

11,70

11,64

11,58

161,06

10,23

11,02

14,76

12,21

92

2009
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jul/09

ago/09

set/09

out/09

nov/09

dez/09

40% 74.824,90

74.897,37

75.105,80

74.819,37

74.610,46

74.305,81

2.694.998,62

53% 14.394,03

40.900,28

36.711,84

36.135,06

34.022,10

36.733,07

Mensal

2.382.098,79

64% 24.520,28

25.059,46

23.543,18

22.842,78

24.422,33

21.694,34

Salários

Mensal

1.037.887,31

69%

7.330,92

5.515,21

8.568,63

8.119,01

11.971,02

10.536,34

Elevadores

Mensal

989.837,09

74%

7.992,66

7.973,53

7.961,58

7.942,52

7.920,34

7.888,00

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

4.473,44

4.920,18

4.486,98

5.546,33

4.881,28

8.658,33

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

2.140,94

2.263,32

2.132,61

2.127,51

2.169,06

2.160,21

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

2.197,67

2.192,41

2.159,33

2.164,07

2.088,87

2.139,38

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.899,85

2.892,91

2.888,58

2.881,66

2.873,61

2.861,88

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.757,49

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

475,70

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

222,02

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

217,43
303,82

1.039,22

1.753,28

1.750,65

1.746,46

1.741,58

1.734,47

1.836,25

1.337,43

1.336,86

1.392,56

1.388,68

1.383,01

1.917,26

1.850,51

865,78

317,54

1.811,25

3.506,79

1.134,30

1.131,58

1.248,66

1.245,67

1.242,19

1.237,12

722,37

809,63

808,42

806,48

850,64

800,95

93%

1.095,23

1.412,09

620,69

268,32

728,30

755,28

94%

1.376,86

1.244,95

1.345,17

1.266,14

1.315,55

1.429,13

537,81

588,75

575,55

2.343,46
584,84

2.327,36

1.327,55

261,97

916,63

164,72

136,54

88,66

350,13

349,29

348,32

772,47

1.798,16

214,89

184,89
796,94

351,50

350,66

346,89

211,57
1.026,52
310,81

39,62

1.198,71

310,34

300,82
1.306,10

922,49

299,59

39,53

351,64

39,37

39,26

39,10

270,77

339,09

303,04

245,01

181,28

245,41

244,40

546,17
319,54

247,05

246,68

2.861,88
123,02

122,55

344,53

220,07

85,46

85,26

85,02

191,21

85,80

85,59

798,86

32,43

84,67

125,08

16,18

16,15

16,12

32,14

64,02
794,70

153,06

92,92

136,55

101,14

90,56

206,90
2.045,07

85,67

239,83

204,98
412,80

102,81

90,46

140,34

127,52

71,26

93

2009
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jul/09

ago/09

set/09

out/09

nov/09

548,69

11,41

dez/09

930,31

11,38

11,36

11,34

11,30

11,26
190,79

968,09

24,92

9,12

13,24

8,26

9,88

8,20

94

2010
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jan/10

fev/10

m ar/10

abr/10

m ai/10

jun/10

40% 62.643,22

81.383,76

76.781,02

75.482,31

71.653,69

74.902,30

2.694.998,62

53% 33.690,15

50.273,43

42.309,17

46.016,06

41.694,32

36.409,30

Mensal

2.382.098,79

64% 21.572,28

22.845,09

22.064,92

23.214,15

23.675,55

24.783,99

Salários

Mensal

1.037.887,31

69%

7.809,79

8.083,06

7.392,08

7.651,86

17.220,20

8.764,82

Elevadores

Mensal

989.837,09

74%

7.858,93

7.437,69

7.740,05

7.700,01

8.464,33

8.428,09

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

5.460,35

4.729,83

6.594,78

4.718,17

4.958,11

5.436,84

Estorno

Trimestral

434.610,59

80% 20.725,15

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

3.228,37

2.136,22

2.119,69

3.340,09

2.096,77

2.042,08

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

2.072,67

2.022,61

2.128,21

2.088,39

2.086,10

2.077,17

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.851,33

2.830,10

2.808,20

2.793,67

2.777,84

2.765,95

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

386,70

162,46

104,67

2.294,20

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

556,34

482,89

1.035,87

683,36

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

3.473,06

1.715,21

1.701,94

1.693,14

1.683,54

1.676,33

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

1.377,91

1.475,08

1.285,89

1.153,18

2.699,63

1.828,12

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

2.425,59

1.794,01

309,44

888,70

1.801,95

914,36

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

1.232,56

1.223,38

1.213,92

1.207,64

1.200,79

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

871,20

902,97

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

919,98

405,31

695,72

603,01

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

1.374,14

1.243,83

1.314,75

1.194,05

1.059,86

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

2.318,78

2.301,54

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

98,42

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

791,77

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

187,10

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

196,39
1.030,56

1.392,50
850,48

1.759,25

972,99

878,24

1.333,45

812,94

2.609,32

274,92

260,24

132,37

202,71
345,62

680,78

677,25

336,71

251,45

565,13

1.620,33

169,28
928,33

923,53

298,49

202,71

201,14

200,10

38,96

38,67

38,37

38,17

235,82

278,63

248,33

254,36

209,98

469,46

237,23

297,17

152,38

151,52

373,36

79,06

671,68

37,96

1.346,20

583,87
337,76

343,04

796,82

450,87

185,38

205,33

81,92

81,29

224,31
575,09

5.012,99
75,25

37,79

80,87

234,39
3.719,09

3.703,17

80,41

80,07

716,25

89,66

455,50

16,70

48,21

16,00

153,02

49,73

244,73

47,32

259,07

113,88

70,45

76,29

64,12

106,05

112,56

95

2010
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

jan/10

fev/10

m ar/10

abr/10

m ai/10

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

780,55

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

333,65

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

11,22

8,17

11,13

11,05

10,99

296,26

352,77

298,02

834,22

827,76

8,11

10,46

10,93

jun/10

10,88

250,08

8,00

9,18

10,06

96

2010
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jul/10

ago/10

set/10

out/10

nov/10

dez/10

40% 72.473,97

72.466,73

72.642,31

72.010,96

71.071,08

59.079,28

2.694.998,62

53% 31.894,19

36.119,64

39.342,42

35.143,70

37.314,27

40.428,14

Mensal

2.382.098,79

64% 24.718,61

26.558,88

24.017,36

21.003,98

24.724,42

23.719,44

Salários

Mensal

1.037.887,31

69%

8.732,53

8.731,65

9.020,53

8.978,53

11.936,92

17.302,50

Elevadores

Mensal

989.837,09

74%

8.428,10

7.991,00

7.987,81

7.952,02

7.892,83

7.827,86

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

5.307,39

5.320,01

5.700,24

6.853,20

5.048,65

9.235,16

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

2.042,08

2.041,87

2.041,06

2.031,91

2.016,79

2.000,18

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

2.077,17

2.076,96

1.926,07

2.238,12

2.013,88

2.025,25

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.765,95

2.765,67

2.764,56

2.752,18

2.972,08

2.947,61

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

511,35

451,32

1.072,82

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.676,33

1.676,16

1.675,49

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

1.828,12

2.217,41

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

1.523,94

304,76

2.119,29

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

1.202,48

1.202,36

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

1.203,91

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

1.325,55

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

Portão de Garagem

Bimestral

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

13o Taxa Administração
Imposto de Renda

13.707,82

553,19

721,99

716,05

8.552,60

6.528,21

1.667,99

1.655,57

1.641,94

4.396,66

2.157,21

1.915,85

1.789,30

1.956,54

1.963,42

1.328,18

1.322,23

1.312,39

1.301,58

731,43

364,08

1.880,57

936,07

985,06

976,96

462,93

164,50

1.475,41

186,63

1.001,58

1.210,37

1.327,66

1.275,71

1.328,84

1.259,01

172,19

851,88

552,20

2.313,92
581,38

845,50

1.139,34

5.028,14

251,42

251,32

754,90

868,21

562,71

1.476,93

435,63

671,68

671,61

671,34

37,79

880,90

3.055,29

371,65

251,45

2.277,81
1.600,56

168,57

250,20

248,34

164,19
523,03

485,12
1.070,83

1.062,86

37,61

37,33

37,02

212,91

170,63

261,22

37,79

323,64

341,50

62,05

1.230,80

178,21

192,96

180,83

297,39

98%

575,09

575,03

574,80

693,53

25.676,25

98%

268,00

266,66

563,57

265,36

632,13

24.594,09

98%

324,57

230,76

Anual

22.250,60

98%

Bimestral

22.767,77

98%

371,80

371,65

403,35

379,28

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

3.752,14

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

432,88

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

2.947,61
373,36

673,20

203,04

80,07

80,06

30,94

144,16

87,62

80,03

79,67

79,08

78,43

17,06

16,98

48,76

46,57

43,79

85,45

177,00

212,86

530,72

207,26

77,19

1.651,64

120,01

89,70

71,28

76,82

100,01

97

2010
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jul/10

ago/10

set/10

302,81

out/10

nov/10

dez/10

461,56

138,28

138,23

137,61

148,61

294,74

137,99

263,99

163,75

1.280,11

169,07

1.698,31

10,88

10,88

10,88

10,83

10,75

10,66

9,14

9,14

10,05

11,83

9,03

9,40

98

2013
Linha de Despesa

Frequência
Acum ulada

Periodicidade

Total Linha

jan/13

fev/13

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

40% 86.566,21

86.051,19

Água e Esgoto

Mensal

2.694.998,62

53% 46.287,86

51.275,40

Luz e Força

Mensal

2.382.098,79

64% 22.107,35

Salários

Mensal

1.037.887,31

69%

Elevadores

Mensal

989.837,09

74%

Encargos Sociais

Mensal

Estorno

Trimestral

Jardins/Plantas
Vale Alimentação

m ar/13

abr/13

m ai/13

jun/13

84.962,30

88.954,33

93.394,39

101.077,80

41.225,85

51.212,13

38.536,09

39.025,36

18.929,81

17.450,09

17.071,66

21.500,42

19.200,69

4.188,82

4.154,34

3.960,39

4.089,06

4.057,82

7.736,99

9.822,88

9.742,02

17.728,89

12.583,07

13.461,33

13.398,36

717.579,95

78% 60.133,97

2.229,01

3.068,13

3.461,39

434.610,59

80%

Mensal

329.182,52

81%

3.411,66

Mensal

315.581,94

83%

997,01

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

Segurança

Semestral

Piscina
Móveis e Equipamentos

2.211,32

3.091,75

152.141,22

2.189,53

3.383,57

3.356,72

3.330,41

3.304,96

3.619,88

917,98

1.004,10

1.366,11

714,78

1.122,15

2.818,33

2.795,13

2.772,94

2.751,21

2.730,19

2.717,41

181.510,09

85% 15.087,93

14.963,73

14.844,97

14.728,61

14.616,07

17.473,69

Trimestral

241.250,64

86%

Bimestral

134.723,39

87%

2.725,99

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

1.193,87

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.631,66

1.618,23

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

292,36

193,31

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

1.268,25

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

1.853,03

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

16,32

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

3.082,77

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95% 24.604,81

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

Desintetização e Desratização

Bimestral

Manut. Mater. c/incendio

154,47

2.499,26

1.708,58

1.081,82

2.185,40

2.024,51

1.410,96

1.101,77

1.605,39

1.592,81

1.580,63

1.573,24

266,39

281,34

2.884,93
1.837,78

1.158,40

1.823,20

1.313,36
1.126,30

1.057,04

2.966,66

2.078,78

1.134,25

2.942,24

2.918,89

2.896,01

489,74

321,08

535,62

512,05
891,50

1.021,61

1.097,61
2.085,26

2.132,00

1.059,81

3.233,12

4.276,35

394,45

656,60

496,64

825,36

1.209,19

986,85

4.982,39

2.121,12
29,92

111,00

1.926,47

97%

1.751,81

1.176,90

35.562,12

97%

852,91

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

20,45

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

11.327,62

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

280,56

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

998,87

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

297,11

294,67

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

1.468,50

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

1.303,68

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

684,85

958,34

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

257,21

382,89

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

112,61

Vidros

Anual

10.420,36

99%

713,49

Gás

Mensal

8.858,37

99%

293,42

14,30

4.889,53

657,19

2.004,40
359,24
938,81

362,32

20,13

19,97

19,88

2.155,21

2.234,90

592,83

401,10

476,99

305,04

584,13

634,27

614,99

292,33

565,16

287,82

715,54

1.687,42

1.444,85

1.433,52

1.422,57

1.415,92

178,26

176,84

175,45

174,11

411,65

142,00

303,45

173,30
5.251,69

210,40

170,92

170,12

2.267,49

1.320,16

431,69

50,98

50,58

50,19

49,96

1.309,30

1.298,91

1.288,72

1.278,88

1.272,89

449,51

42,42

194,19

415,33

159,47

96,76

45,18

295,72

89,25

408,64

405,44

402,34

357,55

841,29

2.349,40

79,18

101,09

307,94

83,96

92,81

357,07

102,61

2.513,72

93,15

99

2013
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jan/13

fev/13

m ar/13

abr/13

m ai/13
359,24

2.585,22
140,92

139,76

138,65

147,15

41,19

217,02

jun/13
594,94

278,18
137,56

136,51

135,87

974,25
24,14

218,82
116,62

882,58

8,83

8,76

414,13

459,82

454,09

8,69

8,62

8,58

159,71

9,49

308,94

116,34
48,63

100

2013
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jul/13

ago/13

set/13

out/13

nov/13

dez/13

40% 96.440,79

90.749,23

99.394,42

104.574,64

105.446,87

102.656,35

2.694.998,62

53% 38.143,47

37.931,49

29.512,93

30.805,11

31.630,87

34.204,65

Mensal

2.382.098,79

64% 21.084,73

19.466,22

20.074,53

19.056,50

18.972,78

22.198,02

Salários

Mensal

1.037.887,31

69%

9.208,63

8.758,20

7.332,17

8.057,24

10.523,84

10.032,07

Elevadores

Mensal

989.837,09

74% 13.378,29

1.577,29

23.678,02

13.488,90

13.180,84

10.218,37

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

6.438,18

5.511,76

287,16

14.738,21

7.857,60

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

1.744,75

104,47

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

3.614,46

3.608,69

3.595,38

3.576,43

3.561,12

3.542,69

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

2.255,73

2.228,00

2.388,10

2.947,23

3.521,83

3.811,13

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.713,34

2.709,01

2.699,02

2.684,79

2.673,30

2.659,47

Segurança

Semestral

181.510,09

85% 17.447,52

17.419,65

5.206,63

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

541,24

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

2.229,27

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.570,88

1.568,37

1.562,59

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

673,02

436,16

399,19

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

2.284,92

1.140,64

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

1.058,22

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

2.856,15

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

471,27

376,41

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

15,71

15,68

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97% 14.514,22

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

580,60

95,13

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

336,60

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

13o Taxa Administração

Anual

Imposto de Renda

5.689,08

1.427,99

1.109,23

3.976,31

447,92

4.221,00

7.439,64

1.554,35

1.547,70

1.539,69

416,55

414,77

524,60

1.130,44

1.328,21

1.119,78

1.582,47

1.663,86

2.271,95
2.927,72

1.056,53

1.052,63

1.075,01

1.070,40

1.064,87

46.784,87

29.823,98

2.814,00

2.799,44

8.206,94
51,57

357,22

640,93
97,51

3.233,82

1.102,47

2.103,05

596,63

812,70

1.772,83

97,00
3.203,33

1.259,73
2.370,78

1.195,36

12.013,94
164,68

7.478,16

6.406,32

508,69

980,23

658,19

588,16

1.655,85

1.076,11

3.428,60

83,98

2.192,36

1.209,90

3.242,11

1.553,20

39,78
1.136,43

1.261,46

19,85

621,74

1.329,74

2.638,80

91,31
58,67

58,37

19,82

39,49

19,64

6.558,66

3.409,29

9.608,74

415,88

396,59

396,28

145,15

106,97

614,07

613,09

731,58

607,61

966,61

601,88

98%

286,04

285,59

497,19

24.594,09

98%

2.591,96

2.656,53

1.786,89

1.385,72

22.250,60

98%

Bimestral

22.767,77

98%

397,09

500,63

398,42

224,27

223,30

222,15

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

2.157,79

3.351,22

1.786,68

800,00

718,50

430,60

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

374,01

163,40

325,59

371,35

282,53

320,82

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

99,77

516,38

99,24

148,07

147,44

146,68

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

1.270,99

1.268,96

1.264,28

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

410,11

411,06

376,66

370,22

368,63

366,73

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

258,20

51,90

59,77

42,07

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

1.701,51

Vidros

Anual

10.420,36

99%

2.396,31

Gás

Mensal

8.858,37

99%

85,51

2.659,47

2.046,02

10.933,61
399,86

355,13

391,92
1.017,40

14,13

77,82

151,49

121,37

98,98

98,47

101

2013
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

jul/13

ago/13

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

342,19

Xerox

Bimestral

727,56

100%

0,86

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

set/13

out/13

nov/13

154,88

125,54
4.790,24

721,18

720,03

717,37

dez/13

713,59

4.769,73
93,75
3.725,73

269,48

98,48
205,27

135,67

135,45

134,95

134,24

133,66

265,95

1.097,46

343,74

218,13

80,26

31,37

9,57

495,98

149,45
143,51

785,44

516,23
535,55

3.498,79

2.106,41

56,14

17,14

25,66

1.328,11

798,45

17,05

25,43

25,33

776,00

78,54

87,61

87,23

35,17
423,91
103,18

689,43

25,19

102

2014
Linha de Despesa

Frequência
Acum ulada

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

40% 102.691,18

Água e Esgoto

Mensal

2.694.998,62

53%

39.384,97

Luz e Força

Mensal

2.382.098,79

64%

Salários

Mensal

1.037.887,31

Elevadores

Mensal

Encargos Sociais
Estorno

jan/14

fev/14

m ar/14

abr/14

m ai/14

jun/14

108.137,12

105.642,05

83.587,76

80.801,06

78.259,98

38.004,28

36.437,91

20.160,32

34.194,40

33.462,32

19.087,81

18.987,41

20.674,71

18.134,40

20.627,81

20.086,47

69%

9.338,56

9.167,05

9.972,57

9.606,80

9.886,75

9.946,22

989.837,09

74%

10.167,53

10.110,91

10.065,62

10.194,63

11.359,26

11.705,46

Mensal

717.579,95

78%

6.421,47

6.807,52

9.320,42

5.983,31

7.918,71

6.286,46

Trimestral

434.610,59

80%

1.011,43

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

3.525,07

7.594,41

3.482,42

3.460,28

3.896,04

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

4.122,92

4.233,70

4.309,13

4.263,61

4.327,14

4.239,36

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.793,87

2.778,31

2.765,87

2.760,07

2.742,52

2.732,68

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

8.860,84

8.804,49

4.904,11

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

7.253,55

1.923,07

4.328,25

9.434,48

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

6.001,93

8.501,71

4.718,30

4.079,66

3.757,33

8.537,68

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.532,03

1.523,50

1.516,68

1.513,50

1.503,87

1.498,48

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

396,64

394,43

403,09

399,81

390,72

315,57

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

1.625,20

1.621,80

1.611,48

1.605,70

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

1.123,90

1.019,56

1.012,76

1.106,84

Serviços Prestados

Trimestral

Material de Pintura
Tarifas Operacionais

87,97

87,78

87,22

86,91

1.662,01

1.103,04

108,87

1.999,02

1.709,55

92%

1.032,05

1.026,30

160.818,90

93%

2.785,51

2.770,00

Bimestral

87.730,90

93%

Mensal

79.083,27

94%

88,86

88,36

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

3.187,39

3.169,62

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

678,48

870,92

500,97

591,11

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

1.100,28

1.094,15

1.089,25

1.086,97

617,96

2.250,44

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

1.056,13

773,38

1.036,86

1.080,91

1.081,42

1.086,53

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

626,74

3.779,65

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

33,10

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

6.757,42

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

575,95

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

983,35

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

387,80

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

387,80

1.323,12

58,08

3.269,41

95,71

8.047,29
1.779,05
689,40

82,55

82,18

82,00

103,58

140,84

148,22

108,53

1.396,24

595,55

592,88

1.378,83

1.371,15

1.365,01

1.767,73
806,62

798,28

81,48

81,19

330,29

697,49

144,89

259,45

1.689,81

594,01

385,25

381,43

157,75

353,06

317,44

158,08

145,95

206,64

205,72

205,29

435,52

426,94

430,76

432,01

998,25

1,79

156,74

163,67

203,98

203,25

1.339,81
433,96

779,02
79,67

86,73

414,53

795,56
88,81

161,46

40,73

165,11

40,87

112,55

111,40

123,91

109,55

94,88

150,72

103

2014
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jan/14

fev/14

m ar/14

abr/14

m ai/14

jun/14

139,69

138,92

138,29

138,00

137,13

136,63

25,07

33,24

33,09

33,02

32,81

32,69

276,81

85,87

5,43

0,83

104

2014
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jul/14

ago/14

set/14

out/14

nov/14

dez/14

40% 75.458,31

111.211,36

90.345,75

92.772,86

94.664,15

92.837,06

2.694.998,62

53% 30.552,82

33.652,26

30.767,42

36.595,83

33.295,91

35.886,25

Mensal

2.382.098,79

64% 19.265,42

17.902,88

18.908,29

18.119,15

18.386,35

20.624,53

Salários

Mensal

1.037.887,31

69% 11.490,09

8.641,71

6.656,40

5.669,13

9.044,27

8.106,28

Elevadores

Mensal

989.837,09

74%

9.568,88

11.507,13

11.460,15

11.730,35

11.328,36

17.042,00

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

6.992,57

9.707,46

7.696,30

4.941,87

4.708,57

6.786,23

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

1.033,87

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

3.892,93

3.876,26

5.801,45

3.838,55

3.816,04

3.793,28

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

3.965,24

4.444,55

3.380,04

2.267,06

2.194,56

2.259,93

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.662,44

2.718,80

2.707,70

2.692,36

2.676,57

2.660,60

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

6.285,18

8.059,62

5.051,14

5.227,25

5.355,80

9.700,23

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

1.635,56

1.084,27

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

2.712,46

9.322,33

7.975,27

2.658,29

9.932,39

11.645,40

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

3.963,11

2.507,37

1.484,78

1.476,37

1.467,71

2.917,91

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

410,46

408,70

407,03

404,73

93,27

92,71

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

90,65

90,27

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

2.369,86

2.038,33

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

86,84

44,73

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

372,47

367,73

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

357,85

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

3.029,95

Férias

Semestral

71.701,97

95%

6.174,50

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

1.093,02

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

868,56

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

68,06

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

1.088,93

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

43,83

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

1.932,82

2.546,38

2.005,90
1.070,77

1.083,70

1.079,27

1.073,16

1.066,86

1.060,50

303,44
458,66
56,42

29,53

44,03

43,77

2.500,29

2.485,63

2.470,80

3.011,47

3.351,62

697,52
1.680,62

588,58

1.221,36

742,21

1.718,99
12.643,65
1.123,57

4.527,32
41,44

176,12

1.425,37
309,09

307,24

3.749,33
794,92

557,04

554,77

81,13

80,78

80,45

705,82

188,41

165,45

551,62

462,13

548,39

545,12

1.681,19

1.671,17

59,64

39,52

733,46

622,10

557,58

108,40

13,22

585,25

612,43

608,78

2.660,60

327,09

162,84

162,18

698,32

203,09

202,22

201,39

150,19

149,31

98,94

1.190,45

407,96

424,89

55,03

229,48

310,84

43,64

45,35

97,71

48,57

758,99
2.280,25
2.497,13

1.342,15

77,89

108,43

163,48

107,27

113,68

40,03

13,26

168,28

187,79

105

2014
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jul/14

ago/14

set/14

out/14

nov/14

dez/14

1.066,34
36,71

133,12

135,94

135,39

134,62

133,83

266,06

8,13
145,75

291,79

15,76

32,67

32,53

54,21

17,48

32,40

24,16

24,02

15,92

26,84

53,37

31,83

106

2015
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jan/15

fev/15

m ar/15

40% 93.775,35

m ai/15

jun/15

90.398,77

94.631,19

2.694.998,62

53% 35.670,64

39.017,85

39.498,21

32.488,75

184.497,89

107.147,55

36.907,79

Mensal

2.382.098,79

64% 21.647,77

19.822,07

24.886,44

35.836,93

33.001,22

32.194,74

Salários

Mensal

1.037.887,31

69%

7.195,25

9.346,17

28.892,69

8.743,76

9.586,74

11.164,65

Elevadores

Mensal

989.837,09

74% 11.331,72

14.649,91

11.251,26

11.011,20

10.959,69

11.880,71

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

6.110,57

5.917,91

7.052,87

6.294,92

6.652,22

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

6.592,06

6.254,97

28.191,87

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

3.763,55

3.731,46

10.245,70

3.691,85

3.671,66

6.920,12

3.291,01

3.541,92

3.808,52

4.038,68

3.656,05

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

4.627,35

2.639,75

2.617,24

2.601,63

2.589,46

2.575,29

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

2.565,80

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

8.962,94

9.105,06

9.529,15

911,99

186,76

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88% 12.394,68

15.526,19

17.295,93

8.163,32

9.075,63

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

91,98

1.630,88

3.859,91

1.419,94

1.412,18

91,20

391,09

389,26

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90% 13.159,26

1.178,15

595,29

592,50

13.427,22

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

1.615,29

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

13.047,06

4.591,77

2.479,81

1.625,93

12.969,24

12.908,57

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

1.052,19

1.043,22

1.036,99

1.032,14

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

976,42

4.178,62

874,33

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

69,48

120,55

94,16

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

2.451,45

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

1.561,27

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

3.766,18

2.199,58

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

Eventuais

Trimestral

48.634,66

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

96,18

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

604,01

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

4.664,63

abr/15

18.566,90
4.477,11

1.406,97
395,63

12.790,64
1.026,50

1.120,70

347,72

15.098,51

82,36

160,99

185,72

1.826,56

220,81

2.636,92
2.793,47
6.023,37
444,68

1.333,69

1.180,24

1.004,34

1.091,55

1.542,10

1.886,87

96%

2.250,62

5.454,18

456,67

2.285,16

426,64

96%

32,62

124,07

304,83

302,24

540,85

536,23

533,04

530,54

527,64

39,21

77,76

77,30

76,94

76,51

328,54

115,38

1.011,61

169,61
103,10

1.697,89

349,61
688,19
587,09

690,69

226,29
35,95
560,58

329,57

98,17

211,88

307,26

304,64

210,62

166,28

215,31

214,14

209,64

208,49

311,58

413,77

40,14

1.174,81
1.017,20

46,06

45,66

85,34

48,41

219,87

345,35

132,04

146,15

2.090,14

212,84

106,65

119,88

132,90

202,05

107

2015
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jan/15

fev/15

m ar/15

abr/15

m ai/15

jun/15
263,23

255,28

131,99

130,86

130,08

129,47

128,76

128,29

1.011,63
189,94
561,52

15,79

407,64

83,84

101,46

89,97

94,17

119,63

34,13

33,93

33,77

33,58

50,19

87,30

86,98

197,39

177,44

39,48

294,18

108

2015
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

Água e Esgoto

Mensal

Luz e Força

Frequência
Acum ulada

jul/15

ago/15

set/15

out/15

nov/15

dez/15

40% 92.168,71

90.310,77

90.589,29

90.335,95

89.500,54

88.448,49

2.694.998,62

53% 28.362,85

30.629,79

34.930,23

31.278,23

33.718,21

33.117,86

Mensal

2.382.098,79

64% 26.011,26

26.798,80

20.351,29

17.634,77

20.197,76

20.027,13

Salários

Mensal

1.037.887,31

69%

9.550,99

12.023,00

13.200,37

12.231,85

20.853,70

19.964,76

Elevadores

Mensal

989.837,09

74% 21.967,40

11.254,45

11.227,50

11.188,34

11.124,93

11.065,18

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78% 13.045,81

12.734,00

7.015,13

7.759,98

7.645,40

13.737,21

Estorno

Trimestral

434.610,59

80% 27.466,31

24,50

130,32

12,41

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

4.617,21

5.773,38

4.020,88

4.006,86

4.469,51

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

5.248,64

5.010,96

4.998,96

5.045,54

5.097,23

5.361,58

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.559,15

2.558,38

2.552,25

1.471,28

1.983,31

2.515,36

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

5.752,34

5.589,28

5.575,90

7.267,70

6.034,91

11.227,25

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

3.802,85

832,58

1.018,48

433,36

927,37

3.396,38

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

38,13

12,58

662,95

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.467,11

1.466,67

1.463,16

2.408,96

1.449,79

1.587,83

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

394,60

394,48

94,02

93,70

389,94

387,85

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

853,47

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

4.292,61

2.437,30

4.062,44

4.045,36

3.722,37

4.290,12

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

1.104,60

1.098,67

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

Material de Pintura

Bimestral

Tarifas Operacionais

1.107,86

1.117,80

1.117,46

1.114,79

1.110,90

93% 12.381,45

4.342,61

571,83

612,57

87.730,90

93%

300,95

1.084,06

353,07

763,26

746,83

Mensal

79.083,27

94%

210,50

84,17

134,36

108,78

83,21

182,07

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

3.252,03

3.233,59

3.216,22

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94% 20.938,55

3.585,15

1.474,74

5,71

166,41

42,51

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

1.798,26

1.424,99

4.296,82

1.411,97

2.472,72

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

1.528,72

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

1.546,89

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

206,77

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

912,16

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

1.825,59

3.268,63
531,22

5.703,64

1.511,76

579,57

454,85

1.511,31

1.560,11

1.468,45

1.528,20

541,95
72,52

1.011,36

1.202,76
2.830,31

56,47

1.078,47

1.078,49
958,11
559,82

557,86

1.640,97

1.637,03

2.823,12

114,02

113,74

760,94

956,52

538,67

154,22

918,86

585,39

554,70

551,72
3.065,90

112,71

130,78

777,49
934,41

265,55

137,69

581,95

343,52

203,12
2.515,36

819,08

33,94

320,57

392,24

368,07

178,12

353,47

75,63

382,26

417,14

62,17

568,49

687,00

453,41

625,14

310,77

310,68

309,93

308,85

307,10

356,36

37,18
469,10

375,37

274,87
49,75

45,91

344,45

344,35

62,47

60,86

180,53

81,50

365,60

363,64

128,54

100,11

240,90

125,28

105,57

120,79

122,32

109

2015
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

jul/15
76,90

ago/15

set/15

194,88

out/15
113,73

nov/15
81,94

dez/15
307,22

3.523,50

79,07

127,96

127,92

1.368,01

127,61

73,56

99,17

251,54
1.379,31

993,42

193,37

199,29

269,03

205,64

181,41

399,85

1.658,47

3.253,91

150,12

136,02

135,69

139,92

131,41

136,80

2.082,31
50,06

50,05

49,93

49,75

49,47

57,40

692,14

35,71

94,04

1.326,78
266,25
86,75

127,59

42,38

24,74

688,70
600,59
89,28

110

2016
Linha de Despesa

Frequência
Acum ulada

Periodicidade

Total Linha

jan/16

fev/16

m ar/16

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

40% 88.791,63

abr/16

m ai/16

jun/16

Água e Esgoto

Mensal

2.694.998,62

53%

89.618,56

90.055,59

74.038,61

69.737,21

66.273,71

Luz e Força

Mensal

2.382.098,79

Salários

Mensal

1.037.887,31

64% 20.246,78

20.925,41

17.853,82

18.221,66

20.444,51

17.853,74

69% 10.059,94

13.320,69

19.533,52

19.806,67

20.772,77

Elevadores

Mensal

22.548,77

989.837,09

74% 10.964,31

10.904,33

10.829,61

10.730,89

Encargos Sociais

Mensal

717.579,95

78%

8.797,94

7.775,78

11.018,02

11.277,23

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

6.311,24

2.010,70

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

7.853,25

4.510,63

4.408,55

8.409,24

4.923,93

3.873,32

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

4.639,45

5.240,23

6.365,10

8.014,60

7.617,45

8.190,89

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.753,35

2.738,29

2.719,52

2.694,73

2.553,19

2.664,54

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86% 10.227,22

5.867,46

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

TV por Assinatura

Mensal

Contrato de Manutenção

Bimestral

Plano de Saúde

Mensal

Obras de Conservação

Semestral

Pró-labore

Mensal

Serviços Prestados

9.992,04

1.181,76

24.981,89
11.284,15

10.810,48

10.602,50

10.111,32

10.435,93

570,30

567,18

2.895,01

921,86

755,78

311,96

812,49

89%

2.659,25

1.421,04

3.979,39

1.398,44

1.389,13

3.995,12

150.017,57

89%

384,31

382,21

379,59

89,86

89,27

423,87

145.363,20

90%

169.257,30

91%

4.251,01

4.356,64

4.326,79

8.587,23

4.113,90

99.169,44

91%

37,15

98.744,88

92%

1.197,52

Trimestral

160.818,90

93%

349,01

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

3.186,92

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

242,53

617,23

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

1.985,49

1.112,12

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

1.848,82

2.621,64

3.863,78

2.951,31

3.398,08

2.752,46

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

709,96

573,50

1.715,23

479,45

38,29

1.029,14

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

290,43

62,03

1.415,70

1.191,87

422,78

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

286,27

284,36

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

109,14

31,51

85,66

195,23

763,61

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

1.093,39

543,70

539,98

535,05

531,49

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

348,67

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

1.079,95

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

68,54

1.748,79

25.086,77

1.082,70

1.075,28

1.065,48

1.058,39

4.184,38

310,12

12.780,02

12.425,12

7.340,34

1.073,86

79,27

610,43

134,99

133,76

132,87

28,10

132,55

1.091,25

2.478,99

2.529,35

1.352,89

1.137,52

132,27

1.346,70
1.797,58

1.569,84

27,78

129,59

199,31

8,30

365,94

496,99

306,81

558,16

855,20

297,29

332,59

329,56

229,86

709,93

227,04

3.895,68

353,11

392,18

389,50

606,48

529,06

240,96

752,71

335,49

325,86

310,82

602,45

654,21

344,16

342,32

343,02

553,78

46,38

225,33

1.824,05

724,76

1.854,71

139,67
47,71

360,32

92,29

358,35

0,33

111

2016
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

10.116,70

99%

jan/16

fev/16

m ar/16

abr/16

Material Escritório

Trimestral

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

Desentupimento

Anual

8.391,20

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

1.070,11

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

377,34

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

1.087,17

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

26,09

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

229,11

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

458,48

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

797,68

949,37

79,04

m ai/16

jun/16

403,45

1.922,19

221,16

371,77

1.576,57

100%

137,67

136,91

135,98

100%

745,49

850,72

789,89

368,11

1.024,73

132,12

154,46

302,55

134,74

300,97

127,66

133,23

1.058,12
31,86
200,01
344,87

73,72

257,14

239,06

252,93

97,65

97,00

105,33

60,40

589,18

168,05
56,88

63,14

62,71

784,05
1.383,97

269,26

126,28

364,81
1.938,43

807,62

185,35
330,76

81,76

108,22
257,02
127,36

182,71

1,46

237,18

36,48

0,72

11,54

112

2016
Linha de Despesa

Frequência
Acum ulada

Periodicidade

Total Linha

Tercerização de Serviços

Mensal

8.126.991,64

40% 65.967,72

Água e Esgoto

Mensal

2.694.998,62

53%

Luz e Força

Mensal

2.382.098,79

Salários

Mensal

1.037.887,31

Elevadores

Mensal

Encargos Sociais

jul/16

ago/16

set/16

out/16

nov/16

5.559,41

146.782,94

69.610,82

63.721,84

64% 18.826,31

19.603,83

19.089,92

19.786,86

17.017,62

69% 22.006,95

19.031,32

17.629,87

19.891,60

30.834,17

989.837,09

74% 11.859,08

11.735,02

11.705,76

11.639,41

11.590,73

Mensal

717.579,95

78% 13.134,45

12.828,77

12.198,29

10.942,54

11.348,72

Estorno

Trimestral

434.610,59

80%

Jardins/Plantas

Mensal

329.182,52

81%

3.784,83

4.162,13

4.528,49

4.128,22

4.110,96

Vale Alimentação

Mensal

315.581,94

83%

7.916,39

7.491,15

7.251,32

7.270,20

7.777,25

Taxa de Administração

Mensal

281.050,61

84%

2.653,92

2.653,66

2.647,04

2.632,04

2.621,03

Segurança

Semestral

181.510,09

85%

Piscina

Trimestral

241.250,64

86%

5.386,29

5.385,75

6.285,53

5.569,92

6.809,72

Móveis e Equipamentos

Bimestral

134.723,39

87%

391,60

Caixa Pequeno

Bimestral

190.577,17

88%

892,06

1.063,12

1.644,74

884,09

Honorários Advocatícios

Mensal

183.822,04

89%

1.473,07

1.472,92

4.226,82

1.460,92

2.341,89

TV por Assinatura

Mensal

150.017,57

89%

422,18

422,14

429,94

427,63

416,95

Contrato de Manutenção

Bimestral

145.363,20

90%

Plano de Saúde

Mensal

169.257,30

91%

4.356,65

3.214,52

5.323,56

3.693,64

3.555,24

Obras de Conservação

Semestral

99.169,44

91%

Pró-labore

Mensal

98.744,88

92%

1.132,98

1.132,87

1.130,04

1.123,64

1.118,94

Serviços Prestados

Trimestral

160.818,90

93%

1.125,76

Material de Pintura

Bimestral

87.730,90

93%

Tarifas Operacionais

Mensal

79.083,27

94%

Seguros

Trimestral

83.788,62

94%

Material Elétrico

Bimestral

74.742,47

94%

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

Bimestral

74.649,85

95%

Férias

Semestral

71.701,97

95%

Indenização Trabalhista

Anual

75.522,36

95%

6.086,81

Vale Transporte

Trimestral

59.552,80

96%

2.802,91

Material de Construção

Bimestral

49.929,03

96%

2.012,18

Eventuais

Trimestral

48.634,66

96%

Provedor de Internet

Bimestral

43.223,50

96%

Material Hidráulico

Quadrimestral

37.950,46

97%

Bombas

Quadrimestral

35.225,44

97%

75,02

Desintetização e Desratização

Bimestral

35.562,12

97%

549,48

Manut. Mater. c/incendio

Quadrimestral

35.763,34

97%

Exames Médicos

Mensal

10.606,88

97%

Carro Pipa

Bianual

30.904,31

97%

Despesas Judiciais

Quadrimestral

32.307,28

97%

Telefones

Mensal

25.520,30

98%

Academia (Sala de Ginástica)

Trimestral

26.709,12

98%

Portão de Garagem

Bimestral

25.676,25

98%

Aluguel de Equipamentos

Quadrimestral

24.594,09

98%

13o Taxa Administração

Anual

22.250,60

98%

Imposto de Renda

Bimestral

22.767,77

98%

Material de Reposição

Quadrimestral

19.412,78

98%

Material de Limpeza

Bimestral

20.527,73

98%

Gradeamento do Prédio

Bianual

16.748,75

98%

Seguro de Vida dos Funcionários

Mensal

17.622,86

99%

Controle de Acesso

Anual

15.325,22

99%

Ressarcimentos Diversos

Semestral

14.127,53

99%

Rádios Transmissores

Quadrimestral

13.987,15

99%

Serviços de Computação

Bimestral

13.274,44

99%

Sistema de Exaustão

Anual

5.551,61

99%

Despesas com Correios

Mensal

12.965,69

99%

Benfeitorias

Trianual

11.916,96

99%

Recolhimento de Lixo/Entulho

Quadrimestral

11.384,73

99%

359,29

Manutenção de Computadores

Semestral

11.381,04

99%

646,63

Material Esportivo

Bianual

10.823,48

99%

Pagamentos Diversos

Quadrimestral

10.784,46

99%

Vidros

Anual

10.420,36

99%

Gás

Mensal

8.858,37

99%

24.857,20

131,74

804,29

144,90

118,26

117,59

238,09

3.684,50

3.669,07

1.707,68
1.441,93

1.429,81

1.832,38

1.330,27

2.754,73

2.830,04

2.840,60

3.391,17

58,17

1.324,71

10.594,33
8.648,92

546,36

2.617,72

544,08
3.159,19

239,98

219,43

218,19

41,32

217,28

1.532,83

549,71

549,65

548,28

545,17

542,89

607,88

641,74

351,81

447,61

449,64

221,56

308,48

1.439,67

219,73

1.430,65

651,60

651,54

595,75

592,37

589,90

283,36

268,34

887,08
617,73

56,59

109,93

0,32

58,05

47,03

249,09

113

2016
Linha de Despesa

Periodicidade

Total Linha

Frequência
Acum ulada

jul/16

Material Escritório

Trimestral

10.116,70

99%

Lauto Técnico

Trianual

9.559,97

99%

Manutenção Hidráulica

Anual

9.539,96

99%

Antena Coletiva

Anual

8.185,25

99%

Uniformes

Semestral

8.053,54

99%

Sinalizacao Visual

Anual

7.298,37

100%

Reembolso Contratual de ISS

Bimestral

7.448,05

100%

Desentupimento

Anual

8.391,20

100%

Assembléia

Anual

7.982,82

100%

1.053,90

Reprodução-xerox

Quadrimestral

5.570,56

100%

257,97

Refeições/Lanches/Tickets

Semestral

5.527,28

100%

183,57

Sensores

Anual

4.544,88

100%

Pavagem de Reservatório

Bianual

4.485,28

100%

Eventos Sociais

Bianual

4.172,65

100%

Sinaleira

Anual

3.649,49

100%

Assessoria Gerencial/Predial

Quadrienal

3.498,79

100%

Tintas e Vernizes

Quadrienal

3.253,91

100%

Luz de Emergência

Bianual

3.245,98

100%

Gestão de Vale Transporte

Quadrimestral

3.691,03

100%

Ar Condicionado

Bianual

2.549,00

100%

Auxílio Funeral

Mensal

2.579,69

100%

Imposto Sindical

Anual

2.343,53

100%

Manutenção Elétrica

Bianual

2.273,50

100%

Molas de Blindex

Trianual

2.126,56

100%

Sauna

Bianual

2.108,83

100%

Despesas Natalinas

Bianual

2.020,90

100%

Despesas de Passagens

Semestral

1.961,40

100%

Relógio de Ponto

Quadrienal

1.938,43

100%

Ete ­ Serviço Desentupidora

Quadrienal

1.326,78

100%

Impermeabilização

Bianual

1.259,22

100%

Ficha Cadastral de Funcionários

Anual

1.190,25

100%

Veículos

Quadrienal

1.087,17

100%

Chaves/Fechaduras/Cadeados

Anual

1.002,12

100%

Interfone

Bianual

989,87

100%

Reméidos

Anual

837,07

100%

Certificação Operação

Trianual

800,67

100%

Xerox

Bimestral

727,56

100%

Caixa de Gordura

Quadrienal

689,43

100%

Manutenção e Conservação de Equipamentos

Quadrienal

688,70

100%

Lavagem de Uniformes

Quadrienal

600,59

100%

Transporte Coletivo

Trianual

383,46

100%

Despesas Mini-Market

Quadrienal

237,18

100%

I.R.R.F.

Quadrienal

116,34

100%

Gerador

Quadrienal

48,63

100%

Combustíveis e Lubrificantes

Quadrienal

36,48

100%

ago/16

set/16

out/16

nov/16

1.128,36

2.587,34

132,70

132,68

132,35

452,65

131,60

131,05

1.425,29

239,42

1.040,84
695,51

252,24

247,31

253,26

254,58

95,38

94,98

1,43

2,13

298,63
104,91

104,90

95,92

281,68

19,11

10,78

1,44

114

APÊNDICE B
Parâmetros Utilizados
Parte 01

Média

Desvio
Padrão

Lim ite
Natural
Mínim o
141.015,95

Tercerização de Serviços

79.834,35

20.393,87

Água e Esgoto

29.293,46

10.066,57

Luz e Força

59.493,17 -

Parâmetros Utilizados
Lim ite
Natural
Máxim o
18.652,76
906,25

Parte 01
Despesas com Correios
Benfeitorias

Média

Desvio
Padrão

133,86

103,29

5.958,48

7.035,90

Lim ite
Natural
Mínim o
443,73 -

Lim ite
Natural
Máxim o
176,01

27.066,18 - 15.149,21

23.187,07

3.813,19

34.626,63

11.747,51

Recolhim ento de Lixo/Entulho

406,60

308,03

1.330,68 -

517,48

Salários

9.873,07

4.214,90

22.517,78 -

2.771,64

Manutenção de Com putadores

711,32

641,09

2.634,58 -

1.211,95

Elevadores

9.685,61

3.371,13

19.798,99 -

427,77

3.607,83

2.980,50

12.549,32 -

5.333,67

Encargos Sociais

6.923,84

5.966,70

24.823,92 - 10.976,25

Pagam entos Diversos

468,89

753,09

2.728,16 -

1.790,38

12.072,52

25.481,71

88.517,63 - 64.372,60

Vidros

1.302,54

931,44

4.096,88 -

1.491,79

Jardins/Plantas

3.317,06

1.488,12

7.781,42 -

1.147,31

Gás

96,29

32,89

194,95 -

2,38

Vale Alim entação

3.017,69

1.703,68

8.128,74 -

2.093,35

Material Escritório

337,22

199,49

935,70 -

261,25

Estorno

Taxa de Adm inistração

Material Esportivo

2.729,70

179,65

3.268,65

2.190,75

Lauto Técnico

4.779,98

14,50

4.823,49

4.736,48

12.965,01

5.540,08

29.585,24 -

3.655,23

Manutenção Hidráulica

1.192,50

1.074,24

4.415,20 -

2.030,21

Piscina

6.169,50

4.137,54

18.582,13 -

6.243,13

Antena Coletiva

744,11

1.013,87

3.785,72 -

2.297,49

Móveis e Equipam entos

2.138,47

2.493,98

9.620,40 -

5.343,46

Uniform es

619,50

757,71

2.892,64 -

1.653,64

Caixa Pequeno

2.709,90

3.941,98

14.535,83 -

9.116,03

Sinalizacao Visual

810,93

720,66

2.972,92 -

1.351,06

Honorários Advocatícios

1.814,80

584,00

Reem bolso Contratual de ISS

143,47

38,89

260,13

26,81

TV por Assinatura

1.526,54

1.230,52

5.218,08 -

2.165,01

Desentupim ento

1.198,74

226,73

1.878,92

518,57

Contrato de Manutenção

1.938,18

2.065,03

8.133,27 -

4.256,92

Assem bléia

991,71

99,76

1.291,01

692,42

Plano de Saúde

1.820,90

1.343,44

5.851,23 -

2.209,43

Reprodução-xerox

222,82

169,65

731,78 -

286,14

Obras de Conservação

4.958,47

6.727,55

Refeições/Lanches/Tickets

325,13

227,92

1.008,89 -

358,62

996,18

249,22

Sensores

568,11

263,10

1.357,42 -

221,20

Serviços Prestados

4.848,93

9.428,08

1.121,32

572,71

2.839,45 -

596,82

Material de Pintura

1.271,46

2.333,64

8.272,39 -

5.729,47

Eventos Sociais

834,53

520,72

2.396,69 -

727,63

812,84

616,12

2.661,20 -

1.035,52

Sinaleira

521,36

181,55

1.066,00 -

Seguros

2.356,46

760,90

4.639,15

Material Elétrico

1.099,15

2.515,41

8.645,40 -

Portão/Antena/Circuito TV/Cancela

1.666,48

904,91

4.381,20 -

Férias

3.983,44

2.410,90

11.216,16 -

Indenização Trabalhista

8.359,18

7.888,67

32.025,20 - 15.306,84

Vale Transporte

1.538,79

943,40

4.368,98 -

1.291,40

Auxílio Funeral

891,59

989,17

3.859,10 -

2.075,92

Im posto Sindical

1.314,45

1.756,58

6.584,20 -

3.955,30

Manutenção Elétrica

720,39

657,95

2.694,23 -

1.253,45

Molas de Blindex

Material Hidráulico

1.355,37

3.020,62

10.417,24 -

7.706,49

Bom bas

1.258,05

1.320,23

5.218,74 -

2.702,63

564,81

248,96

1.311,70 -

182,08

1.552,58

682,70

3.600,69 -

495,53

Relógio de Ponto

1.938,43

Ete ­ Serviço Desentupidora

1.326,78

Segurança

Pró-labore

Tarifas Operacionais

Material de Construção
Eventuais
Provedor de Internet

Desintetização e Desratização
Manut. Mater. c/incendio
Exam es Médicos

3.566,80

62,80

25.141,11 - 15.224,17
1.743,85

248,52

33.133,16 - 23.435,31

Pavagem de Reservatório

3.498,79

6.447,09

Tintas e Vernizes

3.253,91

1.048,24

Luz de Em ergência

1.081,99

1.025,14

3.249,27

Gestão de Vale Transporte

156,20

71,49

370,66 -

58,26

Ar Condicionado

849,67

1.069,50

4.058,17 -

2.358,83

-

3.498,79

3.498,79

-

3.253,91

3.253,91

4.157,41 -

1.993,42

24,60

25,20

100,20 -

51,00

334,79

208,84

961,32 -

291,73
1.030,21

757,83

596,01

2.545,87 -

1.063,28

374,53

2.186,87 -

60,31

Sauna

421,77

381,26

1.565,54 -

722,01

Despesas Natalinas

673,63

356,83

1.744,12 -

396,86

Despesas de Passagens

163,45

177,74

696,68 1.938,43

1.938,43

-

1.326,78

1.326,78

108,23

203,71

719,36 -

502,91

7.726,08

3.488,70

18.192,17 -

2.740,01

Im perm eabilização

419,74

338,34

1.434,75 -

Despesas Judiciais

1.099,09

2.651,74

9.054,30 -

6.856,12

Ficha Cadastral de Funcionários

119,02

79,89

358,70 -

Telefones

323,04

206,61

942,87 -

296,79

Academ ia (Sala de Ginástica)

654,16

235,94

1.361,97 -

53,66

Portão de Garagem

427,94

387,26

1.589,73 -

733,85

Aluguel de Equipam entos

1.069,31

757,90

3.342,99 -

13o Taxa Adm inistração

2.781,32

159,52

3.259,89

Veículos

1.087,17

-

1.087,17

Chaves/Fechaduras/Cadeados

143,16

177,16

Interfone

329,96

85,41

586,18

1.204,38

Rem éidos

119,58

72,26

336,37 -

2.302,76

Certificação Operação

400,33

82,23

647,01

10,99

6,32

Xerox

369,78

-

Carro Pipa

Im posto de Renda

23,29

Assessoria Gerencial/Predial

73,77

674,63 -

120,65
1.087,17
388,31
73,73
97,21
153,65

305,73

201,19

909,29 -

297,83

1.078,49

1.342,02

5.104,55 -

2.947,58

Caixa de Gordura

689,43

-

689,43

689,43

397,86

562,88

2.086,50 -

1.290,79

Manutenção e Conservação de
Equipam entos

688,70

-

688,70

688,70

3.349,75

1.214,36

6.992,83 -

293,33

Lavagem de Uniform es

600,59

-

600,59

600,59

168,64

157,09

639,91 -

302,62

Transporte Coletivo

191,73

144,89

626,41 -

242,95

Controle de Acesso

1.532,52

780,11

3.872,86 -

807,82

Despesas Mini-Market

237,18

-

237,18

237,18

Ressarcim entos Diversos

1.177,29

2.075,01

7.402,32 -

5.047,73

I.R.R.F.

116,34

-

116,34

116,34

Rádios Transm issores

473,06

359,91

1.552,80 -

606,68

Gerador

48,63

-

48,63

48,63

Serviços de Com putação

241,35

286,94

1.102,18 -

619,47

Com bustíveis e Lubrificantes

36,48

-

36,48

36,48

Sistem a de Exaustão

666,36

334,37

1.669,47 -

336,74

Material de Reposição
Material de Lim peza
Gradeam ento do Prédio
Seguro de Vida dos Funcionários

29,97 -

595,27

7,98